Programa de Residência em Gestão Pública

O que é?

É uma ótima oportunidade para pessoas com graduação completa e que desejam experimentar uma experiência de impacto no setor público e poder contribuir com as diversas políticas e temas ligados a gestão da maior cidade do Brasil.

O Programa de Residência em Gestão Pública na Prefeitura de São Paulo, previsto na Lei Municipal nº 17.673/21, é uma modalidade de ensino caracterizada pela formação em serviço e foi construído com o objetivo de estimular a formação, a qualificação e a atuação profissional voltada à atuação profissional no setor público, com ênfase nos temas ligados à Administração Municipal.

O programa busca atrair e formar novos talentos para o setor público, buscando inovações para a resolução de problemas e compartilhando conhecimento. O programa é uma mistura dos tradicionais programas de residência (muito comuns na área de saúde) com o que há de melhor nos programas de trainee de empresas.

O Programa de Residência em Gestão Pública é destinado a pessoas com formação em qualquer curso de graduação e é coordenado pela Secretaria Municipal de Gestão. Os residentes participarão de projetos e atividades estratégicas em temas ligados a diversas políticas públicas dos mais distintos órgãos da Prefeitura do Município de São Paulo e serão supervisionados por profissionais experientes e com sólida formação. Os residentes em gestão pública terão jornada de atuação de 40 horas semanais e receberão bolsa mensal no valor de R$ 3.300.

Tem duração mínima de 12 meses, podendo ser renovado, a critério da administração, por até dois períodos iguais e consecutivos, mediante avaliação prévia de desempenho. Ao final, os residentes receberão certificados de conclusão, que poderão ser considerados como critério classificatório ou de desempate em concursos públicos da Prefeitura. No programa estão previstas cotas para pessoas pretas e pardas e para pessoas com deficiência.

A residência conta com amplo programa de formação, que conterá diversas disciplinas com conteúdos modernos e práticos. Os residentes também deverão desenvolver e apresentar um Trabalho de Conclusão de Residência, sob a orientação dos servidores municipais, além de participar de diversas atividades complementares e de extensão. 

Vale destacar que a diversidade é um valor fundamental da residência. Para tanto, buscamos promover políticas e ações afirmativas voltadas a tornar a participação mais inclusiva e equitativa.

É esperado dos residentes ampla capacidade de pensamento crítico e interesse em contribuir com a gestão e às políticas públicas da cidade de São Paulo.

Para participar do programa, os interessados deverão se inscrever no processo seletivo.