Dúvidas frequentes

Perguntas sobre o SUPRI, BEC, COMPRASNET e outros sistemas

1 ) Como se cadastrar no Sistema de Suprimentos - SUPRI? 

O cadastramento no SUPRI deverá ser feito por Ofício ou Memorando encaminhado para SMG/COBES/DGSS-4, com o visto do Titular da Unidade Orçamentária conforme dispões o item 1.5 da Portaria Intersecretarial SF SMA 01/96, contendo o nome completo, registro funcional e o Módulo em que irá operar: Controle de Estoque e/ou Requisição Automática de Distribuição e/ou Tela E 606 - PESQUISA PRECOS DE COMPRA POR MATERIAL.

  • Se o servidor for operar no almoxarifado, no Módulo de Controle de Estoque deverá ser informado o código SUPRI do(s) almoxarifado(s), bem como se deverá atribuída a Tela A-122;
  • Se servidor for operar na(s) Unidade(s) de Consumo, no Módulo de Requisição Automática – Distribuição, deverá ser informado o código SUPRI da(s) Unidade(s) de Consumo, bem como se deverá ser atribuída a tela: A-067 - REQUISIÇÃO DE MATERIAIS - DISTRIBUIÇÃO e/ou A-068 AUTORIZA REQUISIÇÃO DE MATERIAIS-DISTRIBUIÇÃO.

O cadastramento no Reflection – IMS3 deve ser solicitado para a PRODAM pela informática da Unidade. pelo e-mail dpc_vsl@prodam.com.br


2 - Como acessar o SUPRI?

Quando o operador acessar a rede da PMSP, acessar o reflection, e no "menu de aplicativos", digitar a opção correspondente ao IMS3 e teclar <enter>.

Digitar /FOR SJ100601 <enter>

Na tela Menu do SUPRI digitar: ADM (60); SUB (00); OPERADOR (RF do operador); PASSWORD (senha do operador); TIPO (A/C/E); OPÇÃO (nº da tela).

3 - Como desativar operadores no SUPRI?

O Titular da Unidade Orçamentária responsável pelo Almoxarifado, deverá enviar expediente solicitando a desativação do operador, indicando o nome e RF completos, e a Unidade a qual ele pertence.

4 - Como obter o nome lógico do operador?

O operador consegue com a sua Assessoria de Informática, ou diretamente pelo Sistema, acessando o aplicativo IMS3, e após digitar /FOR PRODAM. Os dados (nome lógico e código da unidade) deverão ser encaminhados para o DGSC por memorando, assinados pela chefia do referido operador, para que seja incluído no SUPRI.

5 - Como cadastrar a senha do operador no SUPRI?

A senha é pessoal e intransferível. Somente o próprio operador poderá cadastrar a sua senha. Estando na tela menu do SUPRI, digitar: ADM (60); SUB (00); OPERADOR (RF do operador); PASSWORD (deixar em branco); TIPO (A); OPÇÃO (002); <enter>.

Estando na tela A-002 – Atualização de Operadores, digitar: CÓDIGO DE ATUALIZAÇÃO (A); OPERADOR (RF completo); PASSWORD (digitar senha com até 08 dígitos alfanuméricos); digitar no campo motivo cadastramento de senha; teclar <enter>.

6 - Como recuperar a senha do operador no SUPRI?

O DGSC não tem acesso a nenhuma senha cadastrada no SUPRI. Portanto, a Unidade deverá enviar memorando ou ofício ao DGSC, solicitando recuperação da senha, informando o nome completo do operador, RF, código do Almoxarifado.

Obs: A recuperação da senha da rede e do reflection deverá ser requerida diretamente à Assessoria de Informática de cada Unidade.

7 - Como cadastrar almoxarifados no SUPRI?

Considerando que a rotina de cadastramento de conta contábil não é mais realizada desta forma não sendo necessário o encaminhamento para SF/DICON, , a Unidade Orçamentária encaminha solicitação formal para DGSC, para a criação do almoxarifado no Sistema SUPRI.

8 - Como desativar os almoxarifados no SUPRI?

Considerando que a rotina de cadastramento de conta contábil não é mais realizada não sendo necessário o encaminhamento para SF/DICON , a Unidade Orçamentária encaminha solicitação formal a para DGSC, desde que o mesmo esteja com os saldos físicos/financeiros zerados e com nenhuma nota de transferência pendente de recebimento e a entregar.

9 - Como cadastrar as unidades de consumo no SUPRI?

Atender o Item 1.4 da Portaria Intersecretarial SF/SMA 01/96, ou seja, a Unidade Orçamentária encaminha ao DGSC as informações cadastrais relativas à Unidade de Consumo a ser cadastrada (nome do responsável, denominação da Unidade, endereço, CEP e telefone).

10 - Como desativar as unidades de consumo no SUPRI?

Atender o Item 1.4 da Portaria Intersecretarial SF/SMA 01/96, ou seja, a Unidade Orçamentária encaminha ao DGSC o código das Unidades de Consumo a serem desativadas no SUPRI.

11 - Como iniciar o almoxarifado no SUPRI (cadastramento inicial)?

O operador deverá incluir um empenho na tela A-045 ou receber uma transferência pela tela A-048 para iniciar o Almoxarifado no Sistema.

12 - Como cadastrar impressoras no SUPRI?

A Unidade deverá solicitar à Assessoria de Informática o LTERM da impressora. Em posse deste dado, solicitar ao DGSC por e-mail o cadastramento da impressora no SUPRI, informando o código da Unidade e o LTERM da impressora.

13 - Como alterar os dados cadastrais das unidades no SUPRI?

Atender o Item 1.4 da Portaria Intersecretarial SF/SMA 01/96, ou seja, a Unidade Orçamentária encaminha ao DGSC o código das Unidades a serem alteradas no SUPRI, informando quais dados deverão ser alterados.

14 - Quando uma unidade já foi desativada no SUPRI, a mesma pode ser reativada?

Sim, desde que o Titular da Unidade Orçamentária encaminhe memorando ou ofício ao DGSC, informando o código do Almoxarifado ou Unidade de Consumo a ser reativada, com todos os dados atualizados.

15 - Como saber se o material já está cadastrado no SUPRI?

Consultar a tela C-346 – Pesquisa Fonética de Materiais, informando a descrição do material, e no campo PESQUISAR informar se deseja consultar "Bens e Consumo, Bem Patrimonial para Compra, Bem Patrimonial Adquirido, Serviços". Não é necessário preencher o código do Almoxarifado, pois desta forma a pesquisa é feita em todo o banco de dados da codificação. Caso a Unidade preencha o código do Almoxarifado, o Sistema irá pesquisar os itens que estão registrados no seu estoque. Não preencher o código da impressora, para que a consulta seja feita em tela, de maneira mais rápida.No caso da necessidade de pesquisar peças de veículos, pode-se utilizar a tela C-348 – Pesquisa Código Fabricante x Código SUPRI.

16 - Como proceder a caso o material não esteja cadastrado

Caso o código não esteja cadastrado, enviar memorando ou ofício ao DGSC apontando a descrição completa do material, anexando a cópia da nota fiscal do fornecedor, nota de empenho e seu anexo.

17 - Existe procedimento específico para codificação de materiais da saúde?

Sim. A Unidade deverá enviar expediente a SMS/CPME – GRUPO TÉCNICO, para que esse verifique a classificação correta do material, pré-codifique, e envie ao DGSC para a codificação e cadastramento no SUPRI.

18 - Quando o código do material estiver suspenso, o que fazer?

Quando o código estiver suspenso, a Unidade deverá entrar em contato com o DGSC, para verificação do ocorrido. Geralmente é feita a suspensão do item por estar fora dos padrões de mercado, obsoleto pelo tempo decorrido, ou ainda por erro de classificação. Caso a Unidade necessite utilizar o referido código, deverá comprovar que o mesmo ainda está em condições de ser usado, ou que está nos padrões de mercado.

19 - Quando o código do material estiver desativado, o que fazer?

Para materiais desativados, a Unidade deverá primeiramente verificar se a desativação foi no próprio Almoxarifado, ou se foi na PMSP como um todo.

Caso seja no Almoxarifado, a Unidade poderá reativa-lo utilizando a tela A-042 – ATUALIZAÇÃO DOS DADOS CADASTRAIS DO MATERIAL, preenchendo o código do Almoxarifado, código do material e "R" de reativar.

20 - Como cadastrar um empenho no SUPRI? E se a unidade orçamentária não estiver correta?

A Unidade deverá cadastrar o empenho na tela A-045 – Registro da Compras Efetuadas, verificando sempre o ÓRGÃO/UNIDADE correspondente à sua Unidade. Lembrando que o SUPRI só aceita cadastro de empenhos para a mesma dotação orçamentária da Unidade.

21 - Quando do cadastro do empenho, o sistema informar "empenho não cadastrado no sistema seo", como proceder?

Pela integração parcial do SISTEMA SUPRI com o SISTEMA NOVOSEO, a informação tem uma defasagem de 1 (um) dia. Portanto a Unidade deverá verificar a data de emissão do empenho, e acrescentar 1 dia, para depois cadastrá-lo no SUPRI.
Caso este prazo já tenha vencido, a Unidade deverá entrar em contato com o DGSC.

22 - Como cadastrar materiais no almoxarifado?

A Unidade deverá acessar a tela A-046 – Entrada de Materiais, informando o CÓDIGO DO ALMOXARIFADO; NÚMERO DO EMPENHO; CNPJ DO FORNECEDOR; NOTA FISCAL; CÓDIGO DO MATERIAL; QUANTIDADE; VALOR TOTAL DO MATERIAL.

23 - Como efetuar a distribuição de um material?

A distribuição de materiais ocorre sempre de um Almoxarifado para as suas Unidades de Consumo, ou seja, dentro de uma mesma dotação orçamentária.

Para efetuar a distribuição a Unidade deverá acessar a tela A-047 – Distribuição de Materiais e preencher corretamente todos os campos pertinentes.

24 - Como efetuar uma transferência de um material?

A transferência de materiais ocorre sempre de um Almoxarifado para outro Almoxarifado, de dotações orçamentárias diferentes.

Para efetuar a transferência a Unidade deverá acessar a tela A-048 – Transferência Para e preencher corretamente todos os campos pertinentes.

Não existe distribuição de materiais de Almoxarifado para Almoxarifado.

25 - Como corrigir entradas incorretas no almoxarifado?

As entradas de materiais por empenho, efetuadas de maneira incorreta, cadastrados pela tela A-046, deverão obrigatoriamente ser corrigidas pela tela A-064 – Ajuste de Lançamento de Materiais no Empenho.

Caso a entrada tenha sido feita por doação, devolução sem nota ou transferência, as correções deverão ser feitas pela tela A-044 – Ajuste de Lançamento.

26 - Como cancelar notas de distribuição ou transferência?

A notas deverão ser canceladas pela tela E-605 – Reemissão / Cancelamento. Caso a nota de transferência já tenha sido recebida pelo Almoxarifado recebedor, o cancelamento não é permitido.

27 - Como corrigir os estoques dos almoxarifados que possuem saldos físicos / financeiros incorretos?

A Unidade deverá acessar a tela A-044 - Ajuste de Lançamento, para fazer as correções acrescentando ou diminuindo os valores dos estoques, dependendo da sua necessidade.

Após o ajuste efetuado, o responsável deverá informar no Processo de Ocorrências do SUPRI a ocorrência que provocou o ajuste nos estoques.

28 - Como efetuar a baixa de material no SUPRI?

A Unidade deverá, antes da baixa, publicar no D.O.M a relação de materiais a serem baixados, para verificar se alguma Unidade tem interesse, estipulando um prazo para retorno. Caso não haja interesse a Unidade deverá autuar um processo específico para a baixa, especificando se a baixa é por desuso ou imprestabilidade.

Após a autorização expressa da Chefia responsável é que o operador emitirá as notas de baixa no SUPRI, na tela A-052 – Baixa por Desuso / Emprestabilidade. O material deverá ser enviado ao DGSC – Seção de Bens Inservíveis, conforme legislação específica de baixa.

29 - Quais os procedimentos necessários para o fechamento do almoxarifado para inventário semestral?

O Inventário Semestral ocorre sempre em junho e dezembro do ano corrente. Todos os Almoxarifados da PMSP devem paralisar seus trabalhos dentro dos períodos de 15 a 30 de junho e 15 de 15 a 31 de dezembro.

Durante a paralisação os Almoxarifados não poderão efetuar nenhuma movimentação, a não ser o ajuste de Inventário. Estarão também liberadas as telas de consulta e emissão de relatórios.

O responsável pelo Almoxarifado deverá acessar a tela A-116 – Suspensão do Almoxarifado Para Inventário Semestral e suspender o mesmo para realização do inventário.

30 - Como efetuar ajustes nos materiais, quando o almoxarifado está suspenso para inventário semestral?

Na necessidade de efetuar ajustes, por verificação de erros físicos/financeiros nos estoques, o responsável deverá acionar a tela A-115 – Ajuste de Inventário Semestral, digitando código do Almoxarifado; número do processo de ocorrências do SUPRI; código do material que apresentar divergência na quantidade apontada no SUPRI e aquela apurada na ocasião da contagem do material na prateleira; digitar ainda a quantidade encontrada na contagem do material, no campo SALDO APURADO.

31 - Como utilizar corretamente todas as telas do módulo controle de estoques do SUPRI?

O DGSC disponibiliza para todos os interessados o MANUAL CONTROLE DE ESTOQUES, que esclarece todas as dúvidas referentes ao preenchimento de cada tela, campo a campo, do módulo controle de estoques.

32 - Como proceder no caso do operador necessitar de treinamento do SUPRI?

Caso o operador tenha a necessidade de conhecer o SUPRI, deverá enviar por e-mail para o DGSC, solicitando treinamento do(s) módulo(s) que compõem o Sistema, informando o nome completo e RF do operador e a Unidade a qual ele pertence. O DGSC agendará um dia para a apresentação das telas de cada módulo, de acordo com a necessidade, e informará a Unidade interessada, do dia e horário da realização da apresentação.

COMPRASNET

1 - Como faço para cadastrar na ferramenta COMPRASNET?

O interessado deverá encaminhar ofício ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão – Secretaria de Gestão (SEGES), informando os ambientes de TREINAMENTO, PRODUÇÃO E COTAÇÃO ELETRÔNICA, o Termo de Adesão

Anexar ao ofício: Portaria de competência, Título de Nomeação (Autoridade Competente/homologador) e Portaria de composição da Comissão .

Relacionar os nomes, CPF e o perfil (autoridade competente/homologador, pregoeiro, pregoeiro suplente, equipe de apoio, etc..)

Acrescentar módulo para consulta e inclusão em ambiente de Treinamento/Produção e Cotação Eletrônica (SICAF/SIDEC/SISPP/CATMAT/CATSERV).

Conforme modelo do ofício abaixo e deverá ser encaminhado digitalizado no link: https://protocolo.planejamento.gov.br/protocolo/login), de acordo com o passo a passo.

Acess o OFÍCIO MODELO COMPRASNET

Passo a passo para o envio do oficio digitalizado -  PROTOCOLO PLANEJAMENTO ENVIO OFICIO 28 05 2019

2 - Para acessar a ferramenta COMPRASNET precisa de certificação digital?

Sim. A unidade deverá verificar se há Ata de Registro de Preços para o objeto. Em caso negativo, deverá fazer a contratação.

Bolsa Eletrônica de Compras - BEC

1 - Como faço para ter acesso ao Cadastro Unificado de Fornecedores do Estado de São Paulo - CAUFESP?

O interessado deverá enviar e-mail ao caufesp@fazenda.sp.gov.br com as seguintes informações:

CADASTRO ACESSO CAUFESP

Unidade Compradora
Órgão: PMSP/SECRETARIA/COORDENADORIA
Nome completo
RG
CPF
e-mail
telefone

2 - Como faço para cadastrar no Siafem/Siafisico?

Acessar o site: https://www.bec.sp.gov.br/BECSP/Home/Home.aspx, no rodapé da Página clicar no menu “Tire suas Dúvidas” e, posteriormente clicar em” Fale Conosco”.

Escolha a opção Perfil Siafem/Siafísico:

Preencher os campos:

Nome de Contato, Telefone, Ramal, e-mail de contato, do Responsável pelo Cadastro.

Cadastrar o perfil do usuário:

Nome do usuário, CPF, Código da Unidade Compradora.

Escolha a opção Operador Siafísico:

Nome de Contato, Telefone, Ramal, e-mail de contato, do Responsável pelo Cadastro.

Cadastrar o Operador Siafísico:

Nome do usuário, Telefone, Ramal, e-mail para envio da senha, escolher entre as opções (ativar) ou (inativar), CPF, RG, Código da Unidade Compradora.