Selo de Direitos Humanos e Diversidade

Sobre o Selo

 Sobre o Selo

O programa Selo de Direitos Humanos e Diversidade, como projeto do Programa de Metas da Cidade de São Paulo 2017-2020, surgiu da constatação de que a inserção no mercado de trabalho é fundamental para a promoção da igualdade em direitos, ao permitir que as pessoas vivam com dignidade e respeito e construam sua noção de cidadania. A partir disto, a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania buscou se colocar neste debate através do reconhecimento de boas práticas de diversidade e inclusão em organizações públicas, privadas e do terceiro setor.

 

Estrutura do Programa

O programa do Selo ocorre em dois momentos:

  • A abertura do edital, a seleção e a premiação das iniciativas;
  • A Rede de Acompanhamento no período posterior.

O Selo está dividido em 11 categorias:

  • Criança e Adolescente;
  • Egressos do Sistema Prisional e Pessoas Privadas de Liberdade
  • Igualdade Racial;
  • Imigrantes;
  • Juventude;
  • LGBTI;
  • Mulheres;
  • Pessoas com Deficiência;
  • Pessoas em Situação de Rua;
  • Pessoas Idosa;
  • Tranversalidades.

Buscou-se abarcar as temáticas e públicos atendidos pela Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania, acrescentando mais duas categorias consideradas importantes para uma rede representativa: Pessoas com Deficiência (através de parceria com a Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência) e Egressos do Sistema Prisional e Pessoas Privadas de Liberdade.

Além da diversidade de categorias, foram criadas três dimensões dentro das quais as iniciativas poderiam ser inscritas. As dimensões foram criadas para permitir atrair diversos tipos de iniciativas e projetos que façam inclusão mas também promoção de direitos humanos.

Elas são:

  • Inclusão e Gestão da Diversidade como práticas de contratação, promoção e gestão de pessoas alinhadas com a diversidade e a proteção dos direitos humanos;
  • Responsabilidade Social, como projetos voltados à comunidade e à sociedade;
  • Imagem e Posicionamento, como iniciativas voltadas à comunicação, marketing e desenvolvimento de produtos e serviços visando a inclusão e promoção da cidadania.

O Selo possui validade de 1 ano e o término de sua vigência coincidirá com o lançamento da edição seguinte. O objetivo dessa proposta é inspirar as organizações a aprofundarem suas iniciativas e expandi-las para outras dimensões e categorias. Na edição seguinte do programa, a organização poderá se inscrever, seja na mesma ou em outras categorias, ou ainda com a mesma iniciativa, especialmente se ela houver demonstrado significativo incremento.