Denuncie

O munícipe pode recorrer à Ouvidoria de Direitos Humanos para denunciar violações de direitos humanos fundamentais que decorra da ação ou omissão de agente público da administração direta ou indireta, seja ela municipal, estadual ou federal, ou ainda da ação ou omissão de funcionário de organização da sociedade civil parceira da Prefeitura de São Paulo.
 

CANAIS DE ATENDIMENTO

Atendimento Presencial:

Ouvidoria de Direitos Humanos
Rua Dr. Falcão Filho, 69 – Centro 
Atendimento de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h
Telefone de Contato: (11) 2833-4371 / 2833-4368 / 156
E-mail: smdhcouvidoria@prefeitura.sp.gov.br


Descomplica SP São Miguel Paulista
Rua Dona Ana Flora Pinheiro de Souza, 76 - Vila Jacuí - São Miguel Paulista (clicar aqui para ver no mapa)
Atendimento de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h
Agendamento feito no local

Descomplica SP Campo Limpo
R. Nossa Senhora do Bom Conselho, 59 – Campo Limpo – CEP 05763-470 - São Paulo (SP) (clicar aqui para ver no mapa)
Atendimento de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h
Agendamento feito no local

Descomplica SP Butantã

Endereço: Rua Dr. Ulpiano da Costa Manso, 201 – Butantã, São Paulo (SP) (clicar aqui para ver no mapa)
Horário de funcionamento: Segunda a sexta-feira, das 8h às 17h

Descomplica SP Santana/Tucuruvi
Endereço: Av. Tucuruvi, 808 – Tucuruvi – São Paulo (SP) (clicar aqui para ver no mapa)
Horário de funcionamento: Segunda a sexta-feira, das 8h às 17h

Outros Canais:

Acesse o Portal SP156
Acesse o site Disque 100 
Acesse o site do Ligue 180 


Orientações para o Denunciante

A Ouvidoria de Direitos Humanos recebe reclamações, denúncias, sugestões ou qualquer pronunciamento de cidadãos que tenha como objeto a prestação de serviços públicos e a conduta de agentes públicos na prestação e fiscalização de tais serviços.

Para fortalecer, em especial as denúncias, é importante destacar algumas informações:
Quem é a vítima? Quem sofre a violência?
Qual é a violência sofrida?
Quem pratica a violência?
Onde ocorreu a violência?
Como localizar a vítima ou o suspeito?

Outros dados importantes:
É um fato recorrente?
Qual a situação atual da vítima?
A denúncia já foi feita a outro órgão? Qual?