Plano Municipal de Desenvolvimento Econômico

O Plano de Desenvolvimento Econômico, primeiro do município, foi elaborado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo em parceria com a sociedade civil e o setor privado. O documento apresenta ações e propostas de curto e médio prazo que visam impulsionar a retomada econômica da Capital, além de promover um desenvolvimento econômico sustentável e inclusivo.

O estudo identificou 10 setores considerados estratégicos para a administração municipal, que totalizam mais de 70% dos empregos da Capital. São eles: comércio e varejo; economia verde e sustentabilidade; economia criativa; educação e qualificação; infraestrutura e construção; indústria; saúde, esporte e qualidade de vida; serviços financeiros e profissionais; tecnologia e inovação; turismo e gastronomia.

O documento propõe a atuação de todas as secretarias municipais e órgãos públicos, para que em conjunto com o setor privado e a sociedade, ocorra uma estratégia integrada de desenvolvimento, identificando vocações regionais, necessidade de obras públicas, desburocratização, desestatização, qualificação da mão de obra, benefícios sociais, geração de renda e cultura.

O PMDE começou a ser construído oficialmente em 2019, mas desde 2018 a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo e a Ade Sampa vem realizando estudos, levantamentos e audiências públicas para conhecer melhor as necessidades da população e do setor privado, especialmente nas periferias. Durante esse período foram realizadas centenas de reuniões com milhares de pessoas, que propuseram projetos e ações para a administração municipal.

Além das sugestões recebidas do setor privado e da sociedade, a equipe do PMDE, que conta com o apoio da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas – Fipe, analisou os principais planejamentos da Prefeitura de São Paulo, como o Plano Plurianual, o Plano Diretor Estratégico, o Programa de Metas, a Agenda 2030 e o Plano de Ação Climática. O objetivo dessa integração é ter um maior impulsionamento do poder público nas ações e diretrizes estruturantes para a retomada econômica da cidade no pós-pandemia.

Para acompanhar a execução do PMDE e receber as sugestões debatidas nas Câmaras Temática, a Prefeitura criou o Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico. O CMDE será composto por 30 membros, sendo 10 do poder público, e 10 da sociedade civil. 

O documento ficará em consulta pública por 30 dias, após esse período o PMDE será publicado no diário oficial. 

Acesse aqui o PMDE.