Confira as Lives das Escolas de Música e Dança da Fundação Theatro Municipal

Lives acontecem às quartas, quintas e sábados

Durante o mês de maio, acompanhe as LIVES da Escola de Dança de São Paulo (EDASP) e da Escola Municipal de Musica (EMM) da Fundação do Theatro Municipal de São Paulo(FTMSP) no Instagram.

Quarta-feira às 15H - Lives EMM (@emmsaopaulo)

Quinta-feira às 15H - Conversa com artista (@edaspftm)

Sábado às 9H - Retrospectiva da Semana (@edasptftm e @emmsaopaulo)

Sábado às 10H - Aulas especiais dos 80 Anos da EDASP (@edaspftm)


Programação:

27/05 - LIVES EMM: A cada semana, um bate-papo com dois professores da EMM No dia 20/05 às 15h, os convidados serão os professores Ricardo Fukuda (violoncelo) e Gustavo Fontes (contrabaixo acústico) Ricardo Fukuda, estudou violino com Yoshitame Fukuda e Erich Lehninger, violoncelo com Zygmunt Kubala e Watson Clis. Foi indicado para bolsa na Academia da Filarmônica de Berlim, vencedor do concurso jovem solista da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo. Chefe de naipe da Bachiana Filarmônica SESI-SP. Professor da Escola Municipal de Música de São Paulo e Coordenador Artístico do Instituto Fukuda de Música. Gustavo Lange Fontes é graduado em contrabaixo pela USP, sob orientação de Henrique Autran Dourado, e pós-graduado em Mannheim (Solisten-Examen), sob orientação de Christoph Schmidt, e em Colônia (Orchester-Examen), sob orientação de Veit-Peter Schüssler. Atualmente é pós-graduando em musicologia junto à USP, sob orientação de Flávia Toni. É professor de contrabaixo da Escola Municipal de música de São Paulo (EMMSP), da Escola de Música do Estado de São Paulo (EMESP – Tom Jobim), do Instituto Fukuda, também em São Paulo, e do Núcleo de Música de Barueri.

28/05 - Conversa com Artista: Conversa com Artista do dia 28 de Maio traz Sônia Mota, artista de papel expressivo nos caminhos da dança brasileira, para falar sobre carreira e a metodologia de trabalho que desenvolveu durante sua trajetória. Sônia Mota nasceu em 1948 e iniciou sua carreira em 1963 (SP). Exerceu um papel decisivo na dança contemporânea brasileira como bailarina, professora e coreógrafa nas décadas de 70 e 80. Trabalha há 30 anos conjuntamente na Alemanha e no Brasil. Profissional independente, cria e dirige projetos sozinha e em parceria com profissionais das artes cênicas de ambos países. Sônia é autora do método de dança Arte da Presença, o qual ministra regularmente no Brasil e na Europa. Atualmente se apresenta no espetáculo solo Papierstück, laureado como o melhor espetáculo infanto/juvenil da cidade de Colônia e se ocupa de finalizar escrita do livro Arte da Presença / Presença na Arte sobre seu método de dança e sua carreira artística. Nossa host, Letícia Tadros é graduada em dança e performance pelo curso de Comunicação das Artes do Corpo PUC- SP. Como artista independente trabalha em projetos colaborativos na cena contemporânea transitando nas linguagens de dança, performance e circo. Iniciou seus estudos em dança moderna com a professora Ruth Rachou, e seguiu aprofundando seus estudos com a professora Daniela Stasi. Formada no método Pilates pelo CGPA e Criah Movimento, também debruçou seus estudos no Aikido por meio das aulas de Leonardo Sensei-APA-SP. Desde 2015 pesquisa intensivamente o método da Arte da Presença de Sônia Mota.É professora de dança moderna da Escola de Dança de São Paulo, e participa do projeto ‘Parapublicação’ do livro de Sônia Mota.


30/05 - Retrospectiva da Semana: Aos sábado nossas escolas apresentam um vídeo com a retrospectiva das aulas e de algumas atividades. Acompanhe pelo Instagram @edaspftm @emmsaopaulo