Programação de Maio - Casas de Cultura

Confira a programação completa

Vivência em Dança de Salão - Vivência

Nesta ocasião o dançarino e coreógrafo Rogerio Da Col realiza um bate papo de forma introdutória a respeito da dança de salão enquanto diálogo corporal, apresentando seu contexto histórico com as principais referências, seus fundamentos, além de realizar uma demonstração de alguns dos principais movimentos da dança de salão aos participantes.

| Casa de Cultura Raul Seixas. 01/05, às 11h. Livre. Grátis. 90 minutos.

 

Encantar com o Nordeste - Música

Formado em 2012, na zona leste de São Paulo, o Krakatoa trio rompe o silêncio em suas apresentações, estabelecendo com o público um diálogo intimista cujos argumentos são o xaxado, baião, arrasta pé, xote e canções de mestres da cultura popular. Na apresentação Encantar com o Nordeste, o trio apresenta releituras de canções de Luiz Gonzaga, Dominguinhos e Alceu Valença.

| Casa de Cultura Raul Seixas. 01/05, às 16h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Part. Roda Samba dá Cultura - Música

"Raquel Tobias é acompanhada pelo grupo Mulheres no Sincopado, um projeto que vibra a força e a potência das mulheres do samba. São sete mulheres com sete experiências e vivências do que é ser mulher em rodas de samba, que se juntaram em um intenso trabalho de pesquisa, de resgate e de exaltação dos(as) grandes compositores(as) e intérpretes do Brasil. Inspiradas em sambistas de grande representatividade como Beth Carvalho, Dona Ivone Lara, Clementina de Jesus e Geovana Aparecida, elas trazem um repertório cheio de balanço e história."

| Casa de Cultura M'Boi Mirim. 01/05, às 17h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Macaco Fantasma - Transfluências Modernistas - Performance

O espetáculo é uma homenagem que o grupo faz aos 100 anos da Semana de Arte Moderna. Sob uma ótica contemporânea, o grupo visita autores das três fases do Modernismo Brasileiro e resgata a relevância e a atualidade desse movimento que também influenciou outros momentos fundamentais da cultura popular brasileira, como o Tropicalismo e a Vanguarda Paulistana.

| Casa de Cultura Butantã. 01/05, às 17h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Samba da Cultura - Cultura Popular e Tradicional

"Em 16 anos de existência, o Samba da Cultura realiza encontros mensais sempre com surpresas e com diversos convidados. Sempre de forma cultural, visa a qualidade e o resgate da cultura popular, principalmente do samba na sua forma mais expressiva com a presença de sambistas de outras localidades e comunidades."

| Casa de Cultura M'Boi Mirim. 01/05, às 18h. Livre. Grátis. 180 minutos.

 

Sambando na Praça/Ademir Fogaça "Poesia e Batucada" - Música

Ademir Fogaça é um cantor e compositor paulista nascido e criado na Vila Brasilândia, que conta com mais de 500 obras gravadas na voz de grandes nomes como: Belo, Exaltasamba, Leci Brandão, Turma do Pagode, Sorriso Maroto, Molejo, ART Popular, Thiaguinho, Pixote, Claudinho e Buchecha, Sampa Crew, Samprazer e outros. Por dez anos, o músico integrou o grupo Gamação e, em 2012, lançou seu primeiro livro “O samba nosso de cada dia” que no mesmo ano recebeu o prêmio de honra ao mérito na sessão solene na Casa de Cultura Vila Brasilândia em SP. Ele vem numa roda de samba toda especial na Praça Benedicta Cavalheiro.

| Casa de Cultura Brasilândia. Dia: 02/05 às 16h. Livre. Grátis. 120 minutos.

 

Encontro de Literatura acessível: A princesa que (não) sabia as palavras - Contação de Histórias

Nesta contação o público infantil vai conhecer a história da Princesa Elena, que vive aflita com a impossibilidade de assumir seu lugar de rainha porque muitos dizem que ela não sabe as palavras. Determinada, ela parte em uma jornada em busca do lugar onde, segundo ouvira, todos conhecem as palavras.

| Casa de Cultura São Rafael. Dia: 05/05 às 10h e 14h. Livre. Grátis. 50 minutos.

 

O Show da Olga - Circo

A palhaça Olga está de férias e descobre que tem um show (do qual havia se esquecido) marcado para daqui a 1 hora. Desesperada e atrasada, ela cria e ensaia o show junto com a plateia e, no fim das contas, este ensaio geral se torna o próprio espetáculo diante do público! Muita música, histórias e palhaçadas compõem este espetáculo leve, alegre e divertido.

| Casa de Cultura Guaianases. Dia: 06/05 às 11h e às 15h. Livre. Grátis. 45 minutos.

 

Banda Fera Neném - Apresentação Infantil

A banda Fera Neném surge com um repertório autoral destinado ao público infantil (de zero a cem anos), com canções como “Rio de cocô”, “O voo do jacaré”, “Monstro banguela”, “Morfeu” e “Bicho papão”. O Fera Neném é um quarteto de baby rock, quase punk, meio reggae, mais precisamente panqueca. Formada por Gustavo Cabelo (baixo e voz), Lia Biserra (voz), Pedro Gogom (bateria e voz) e Peri Pane (guitarra e voz), a banda tem influência de diversos gêneros musicais como os já citados rock’n’roll e reggae; além de baião, fado, pop e marchinhas de carnaval. O repertório é formado por canções inéditas compostas pelos próprios integrantes da banda.

| Casa de Cultura Hip Hop Leste. Dia: 06/05 às 14h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

VOGUE FOR LIFE - Intervenção Artística

Criado no ano de 2019, VOGUE FOR LIFE tem como principal objetivo levar a Cultura Ballroom, Cultura Preta, Latina e LGBTQIA+, e suas discussões de forma artística a todos (as/es). Na primeira parte do evento o público participa de um bate-papo sobre a Cultura Ballroom e vivência em dança, na segunda parte é convidado para uma Jam com intervenções musicais e performáticas.

| Casa de Cultura Campo Limpo. Dia: 06/05 às 16h. 16 anos. Grátis. 210 minutos.

 

Dia Municipal do Reggae - Música

O projeto propõe a realização do espetáculo musical com o DJ Fya Sound e o seu sistema de som, denominado "Robô Sonoro", que traz o protagonismo da linguagem reggae tradicional.

| Casa de Cultura São Mateus - Júlio Guerra. Dia: 07/05 às 13h. 10 anos. Grátis. 480 minutos.

 

Iori descobre o sol, o sol descobre Iori - Apresentação Infantil

"O Coletivo Cafuzas foi fundado em 2014 e iniciou suas pesquisas com foco nas narrativas orais e escritas ligadas às culturas indígenas, africanas e afro-brasileiras, em razão da riqueza e da profundidade encontradas nestes universos culturais e também com o intuito de contribuir de alguma forma com o fortalecimento dessas culturas, no que dizem respeito à nossa própria formação cultural, à nossa história e à nossa ancestralidade.

Ao longo de sua trajetória, passou a pesquisar também histórias que tratam de liberdade, memória e resistência, bem como de mulheres brasileiras que lutaram por direitos e por justiça em diversas áreas, com o intuito de que essas narrativas possam inspirar e apontar caminhos, gerar reflexões e motivar encontros repletos de afeto, compartilhamentos, descobertas e aprendizados mútuos. Atualmente o coletivo é formado pelas narradoras Roberta Stein e Rosana Borges Silva que convidam algumas parceiras para determinadas ações."

| Casa de Cultura Guaianases. Dia: 07/05 às 14h. Primeira Infância. Grátis. 50 minutos.

 

A luz da cena - Debate

O produtor técnico do espaço Cita, Davi Damasceno, vizinho da Casa de Cultura Campo Limpo, fará uma vivência de produção técnica em luz mostrando os principais tipos de refletores, mesas, gelatinas e técnicas de iluminação de pequenos eventos culturais, tanto em música quanto em artes cênicas para iniciantes nessa área com as principais ferramentas de adaptações para diferentes realidades, como espaço aberto ou fechado.

| Casa de Cultura Campo Limpo. Dia: 07/05 às 14h. 14 anos. Grátis. 60 minutos.

 

Filhas de Elza - Música

Duo formado em 2016 composto pela cantora e compositora Flavia Pantaleão e a baterista e percussionista Pitee Batelares, duas mulheres LGBTQIA+, periféricas e sobreviventes da música. No ano de 2021 fizeram o lançamento de dois singles, participaram de festivais e eventos culturais dentro e fora da cidade de São Paulo.

| Casa de Cultura Parelheiros. Dia: 07/05 às 16h. Livre. Grátis. 50 minutos.

 

"Grande Sarau Lietero/Musical de 22" - Sarau

Evento de escritores da periferia com leitura de textos, recitais, exposições das suas obras e um bate papo para conhecimento da forma de escrita e revelação de métodos; além da intercalação de algumas atrações musicais.

| Casa de Cultura Santo Amaro - Júlio Guerra. Dia: 07/05 às 16h. Livre. Grátis. 180 minutos.


Ocupação Baiana na Praça da Feira Livre - Intervenção Artística

"A ocupação baiana é uma festa que traz a musicalidade do pagodão baiano, a beleza do samba de roda misturado com axé music e potencializado pelo ritmo ijexá e a história da Bahia contada pela poesia e canções."

| Casa de Cultura Território Cidade Ademar. Dia: 07/05 às 16h. Livre. Grátis. 120 minutos.

 

Paulo Meyer & The Thunderheads - Música

O gaitista, cantor e compositor Paulo Meyer é um dos pioneiros do blues no Brasil, sendo considerado um dos mais autênticos e carismáticos artistas intrinsecamente ligados a este gênero musical em atividade no país. Suas apresentações se caracterizam pela originalidade na escolha do repertório (que inclui composições próprias em português e inglês) e pela energia contagiante do som da banda Paulo Meyer & The Thunderheads, que invariavelmente acaba empolgando a plateia.

| Casa de Cultura Tremembé. Dia: 07/05 às 16h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Fera Neném ocupa a ELI - Espaço de Leitura e Intervenção da Casarão - Apresentação Infantil

A banda Fera Neném surge com um repertório autoral destinado ao público infantil (de zero a cem anos), com canções como “Rio de cocô”, “O voo do jacaré”, “Monstro banguela”, “Morfeu” e “Bicho papão”. O Fera Neném é um quarteto de baby rock, quase punk, meio reggae, mais precisamente panqueca. Formada por Gustavo Cabelo (baixo e voz), Lia Biserra (voz), Pedro Gogom (bateria e voz) e Peri Pane (guitarra e voz), a banda tem influência de diversos gêneros musicais como os já citados rock’n’roll e reggae, além de baião, fado, pop e marchinhas de carnaval. O repertório é formado por canções inéditas compostas pelos próprios integrantes da banda.

| Casa de Cultura Vila Guilherme. Dia: 07/05 às 16h30. Livre. Grátis. 60 minutos.


Sarauê Especial Aniversário de 195 anos de Parelheiros - Sarau

"Sarauê, cultura e arte na periferia é um movimento cultural sem fins lucrativos, que movimenta desde 2015 a cena do bairro de Parelheiros, localizado no extremo sul da zona sul de SP, com edições de sarau e oficinas de formação em arte e cultura para os moradores locais. O fio condutor do projeto é a literatura, especificamente a poesia, mas o sarau também acolhe variadas linguagens artísticas, priorizando sempre a participação dos artistas e coletivos locais (ou que sejam atuantes em regiões periféricas de São Paulo).

Apesar de não ter um espaço físico, as atividades do Sarauê são realizadas em equipamentos e espaços públicos da região, eles são reconhecidos como Ponto de Cultura pelo Ministério da Cultura, através da Lei Cultura Viva. Neste mês de maio é celebrado os 195 anos de Parelheiros, e o Sarauê trás uma edição especial onde através de um bate-papo com convidados (a confirmar), será discutido sobre a história do bairro e a importância histórica, ambiental e social de Parelheiros para a cidade de São Paulo. A atividade acontecerá de maneira online e será transmitido pelo facebook da Casa de Cultura de Parelheiros."

| Facebook Casa de Cultura Parelheiros. Dia: 07/05 às 17h. Livre. Grátis. 90 minutos.


Dia Municipal do Reggae - Música

Com 10 turnês internacionais, Lei Di Dai - a rainha do dancehall coroada pela revista Rolling Stone - ganhou destaque na Billboard Internacional e na cena reggae mundial com grande êxito! Sua música está sendo tocada nas rádios na França, Inglaterra, Alemanha, Portugal, Itália, Austrália e Brasil.

| Casa de Cultura São Mateus - Júlio Guerra. Dia: 07/05 às 17h. 10 anos. Grátis. 60 minutos.


Contação de História : Adriana Napoli - Contação de Histórias

Contos de Mulheres: Nesta apresentação serão narradas histórias que, de maneira lúdica, provocam uma reflexão sobre o papel da mulher na sociedade. São contos da tradição oral de diferentes partes do mundo, que mostram mulheres que com inteligência, sagacidade e determinação buscam seus objetivos. Com a contadora de histórias: Adriana Napoli.

| Casa de Cultura Tremembé. Dia: 07/05 às 17h30. Terceira Idade. Grátis. 30 minutos.


Lambidas Periféricas 2022 - Artes Visuais

Gisele Pinheiro é produtora e gestora cultural, poeta, artista plástica e educadora socioeducativa periférica. O Coletivo Lambidas Periféricas emerge e se destaca como um conjunto de ações culturais coletivas e compartilhadas de jovens pretos moradores dos extremos periféricos, que instaura fatores e possibilidades de novas vivências e reflexões, tencionando toda a cena do contexto social periférico, pois abre espaço para que corpos negros LGBTQIA+ performem em resistência às adversidades cotidianas, por meio de apresentações artísticas, encontro de debate temático informativo e intervenção visual de lambe-lambe e estêncil como ferramenta de enfrentamento ao racismo, a homofobia, transfobia, lesbofobia, machismo e sexismo.

| Casa de Cultura Hip Hop Sul. Dia: 07/05 às 18h. Livre. Grátis. 90 minutos.


"AVANTE/22 – Colagens de um Brasil (não)moderno" por Yaga Goya - Intervenção Visual

A partir do dia 08 de Maio, dia do Artista Plástico, acontece na Casarão Vila Guilherme a exposição “AVANTE/22 - Colagens de um Brasil (não)moderno” da multiartista Yaga Goya no Espaço de Leitura e Intervenção - ELI. A intervenção contará com 20 obras de colagem manual inéditas que serão incorporadas ao acervo permanente da Casa, onde a artista propõe a partir da comemoração do centenário da Semana de Arte Moderna, de toda a discussão que se aprofunda e das perspectivas contemporâneas, refletir o que é ser brasileira em 2022 e apresentar as imagens que para além de retratos colados são reflexos do que se vi(vê) por aqui.

O conceito de “Moderno” surge no século XIX-XX, assim como o “Modernismo” no Brasil, surgindo inicialmente como um movimento de constituir uma relação ambígua com a cultura, à agressão do mundo industrial e que valorizaria a cultura cotidiana, mas quem falava? Do que e como se tratava? Que brasis eram esses? Você estava ali? Junto desse eterno ciclo errôneo da nossa construção social, temos um Brasil contemporâneo que segue complexo, e que ora prospera, ora escorrega. Temos condições de colar o que nasceu quebrado?

| Casa de Cultura Vila Guilherme. Dia: 08/05 às 15h. Livre. Grátis. 180 minutos.

 

Bloco Jah É na Praça - Performance

Depois de vários ensaios na praça Benedicta Cavalheiro, estamos prontos para uma apresentação musical de 120 minutos de duração com muito swing, tendo no repertório do bloco o reggae, o samba reggae e suas vertentes como raggamuffin, afoxé e ijexá, numa pegada baiana/paulista. A composição da apresentação tem guitarra, contrabaixo, 2 vozes principais e bateria com ritmistas.

| Casa de Cultura Brasilândia. Dia: 08/05 às 16h. Livre. Grátis. 120 minutos.

 

David Hubbard e QG Imperial - Música

David Hubbard, cantor e compositor de reggae, é natural da Guiana, mas há 20 anos é residente no Brasil, e tem em suas veias as águas do Caribe, pois escreveu o início de sua história musical percorrendo as ilhas da região: Barbados, Cuba, Trinidad e Tobago. Dono de profunda intimidade com a música de Peter Tosh, e muito bem acompanhado da banda QG Imperial, David interpreta com desenvoltura a obra que é um dos alicerces do reggae mundial, o Bush Doctor.

| Casa de Cultura Itaim Paulista. Dia: 08/05 às 16h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Planta e Raiz no Cultural - Música

A Banda Planta e Raiz com seus 19 anos de carreira e 11 álbuns, se firma como uma das principais bandas de reggae brasileiro. Fernandinho, Franja, Juliano, Samambaia e Zeider tocam canções que fazem os corações dos ouvintes baterem mais forte e ter força para lutar por seus sonhos na dura realidade do dia a dia.

Segundo o cantor, a banda tem como objetivo ajudar as pessoas a construírem seus sonhos: “Este disco, que será lançado em agosto, é a síntese de tudo do que fizemos até hoje, escolhemos este nome “Exército Delirante”, porque tem muito a ver com a realidade do brasileiro; tem a ver com o que somos, essa fé de nunca desacreditar dos nossos sonhos, de fazer as coisas com as próprias mãos e de vencer todas as batalhas.

| Casa de Cultura Itaim Paulista. Dia: 08/05 às 18h. 12 anos. Grátis. 60 minutos.

 

Trio Borogodó - Música

"Borogodó significa um atrativo pessoal irresistível - é aquilo que não pode ser definido como beleza/charme, ou seja, é aquele ‘algo a mais’ que não tem descrição definida ou razão de ser, mas é indiscutivelmente o que desperta o interesse de todos que estão à volta. “

Nesta formação de Chico de Andrade, Chiquinho Alves e Will Santos, podemos dizer que o Trio Borogodó tem aquele ‘algo a mais’ pela junção de muito forró destas três trajetórias. Esse ‘algo’ é fazer o povo dançar muito valorizando a tradição do Forró, unindo públicos de todas as idades à cultura do nordeste que é formidável, e aí sim tem um borogodó acontecendo!

| Casa de Cultura Freguesia do Ó. Dia: 08/05 às 19h. Livre. Grátis. 90 minutos.

 

ADR Brasil - Música

O bairro Cidade Tiradentes, no extremo da Zona Leste de São Paulo, completa 38 anos na quinta 21 de Abril e para celebrar, a casa de cultura Municipal Hip Hop Leste convidou o grupo ADR Brasil, que com a sua nova tour “Viva La Vida” apresenta ao público um repertório totalmente autoral, com músicas que retratam em cada verso a realidade do povo periférico. O nome da turnê é inspirada no novo single “Viva La Vida”, e em cada música o público pode esperar um flow envolvente, letras que podem ser cantadas pelo público do começo ao fim. Adaptado às novas regras sanitárias, o grupo ADR Brasil preparou um show presencial contagiante que promete aproximar o público do melhor do rap nacional.

| Casa de Cultura Hip Hop Leste. Dia: 08/05 às 19h. Livre. Grátis. 45 minutos.


"Mamãe, tem uma Drag Queen contando histórias!"- Contação de Histórias

O projeto “Mamãe tem uma Drag Queen contando histórias!” tem como objetivo incentivar a leitura através da contação de história. Na história, Cíntia é uma princesa prometida em casamento desde a sua infância e através de um encantamento de sua fada madrinha, descobre que o verdadeiro amor vai além das convenções sociais. A apresentação é em formato de Arena, com inspiração nos moldes ancestrais que contavam histórias em volta da fogueira.

| Casa de Cultura Hip Hop Leste. Dia: 25/05 às 10h. Livre. Grátis. 40 minutos.

 

Cortejo Baque de Clara - Cultura Popular e Tradicional

"A Cortejo Baque de Clara realizará um cortejo de maracatu com diversos instrumentos por Cidade Ademar, em frente onde será a Casa de Cultura, em uma quarta-feira, que é o dia que acontece a feira do bairro. O Cortejo Baque de Clara faz referência ao nome da Vila onde o Coletivo 231 surgiu em julho de 2021, a Vila Clara. Já o nome “Baque” é uma denominação dos diferentes toques dos maracatus nação, onde cada uma delas tem a sua própria característica e peculiaridade sonora.

Conhecido pelo sotaque percussivo, em formato de um cortejo musical percussivo, o Coletivo 231 vem homenagear as nações dos maracatus pernambucanos e os grupos percussivos de maracatus da capital paulista e de outras regiões do Brasil. Com a duração de 60 minutos o público tem a oportunidade neste espetáculo de passear e conhecer o universo rítmico do maracatu de baque virado cantado e tocado através das loas, toadas e arranjos musicais-percussivos presentes no folguedo pernambucano; além de conhecer cada um dos instrumentos utilizados.”

| Casa de Cultura Território Cidade Ademar. Dia: 11/05 às 11h. Livre. Grátis. 60 minutos.


Sombra na BDB - Música

Sombra faz parte do clássico grupo de rap SNJ (Somos Nós a Justiça), donos do hit “Se tu lutas tu conquistas”, que marcou o início dos anos 2000. A brasilidade é marca registrada do rapper, que dialoga com vários estilos musicais; do baião ao manguebeat, passando pela MPB e reggae, ele evoca com um registro único sua rima e seu ragga num projeto especial junto com a BDB para fortalecer o movimento.

| Casa de Cultura Brasilândia. Dia: 18/05 às 18h. Livre. Grátis. 180 minutos.


David Hubbard e QG Imperial - Música

David Hubbard, cantor e compositor de reggae, é natural da Guiana, mas há 20 anos é residente no Brasil, e tem em suas veias as águas do Caribe, pois escreveu o início de sua história musical percorrendo as ilhas da região: Barbados, Cuba, Trinidad e Tobago. Dono de profunda intimidade com a música de Peter Tosh, e muito bem acompanhado da banda QG Imperial, David interpreta com desenvoltura a obra que é um dos alicerces do reggae mundial, o Bush Doctor.

| Casa de Cultura Campo Limpo. Dia: 13/05 às 18h. Livre. Grátis. 60 minutos.


Oralidades Pretas - Exposição - Sarau

Sarau Musical da Capoeira traz a junção da oralidade oriunda de culturas tradicionais de matriz africana como a capoeira, o samba de roda, o jongo, o maculelê, o rap e as danças afro em um ambiente de mistura poética - um espaço dedicado à poesia corporal, musical e falada, onde a diversidade é a convidada de honra na celebração por meio de ritmos e batucadas. O coletivo de artistas na afirmação da execução da cultura negra pelo próprio negro à sua representatividade, busca fomentar a oralidade às novas gerações e recriar o papel histórico dos mestres do saber (griots) das linhagens de matriz africana.

| Casa de Cultura Butantã. Dia: 13/05 às 19h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

A Próxima História - Teatro Adulto

Inspirada na fala de Eduardo Galeano, escritor e jornalista uruguaio, nasceu a pergunta que guia a narrativa poética da peça: Se este mundo em que vivemos estivesse grávido, como você imagina que seria o outro mundo que vai nascer? "A Próxima História" é composta por elementos diferentes e por possíveis respostas. Uma experiência sensorial e reflexiva em que a música, o canto e a dança entrelaçam-se com narrativas para co-criar sentidos, sensações e etc.

| Casa de Cultura Santo Amaro - Júlio Guerra. Dia: 13/05 às 17h. 16 anos. Grátis. 60 minutos.

 

Fya Sound System - Música

O projeto propõe a realização de espetáculo musical com o DJ Fya Sound e o seu sistema de som denominado "Robô Sonoro" trazendo o protagonismo da linguagem reggae tradicional com duração de 360 minutos até 480 minutos, e ocorrerá na Casa de Cultura.

| Casa de Cultura Hip Hop Leste. Dia: 14/05 às 14h. Livre. Grátis. 180 minutos.

 

CoNexão H2MOB - Dança

O dia de eventos na futura Casa de Cultura Cidade Ademar, será iniciado com o coletivo de breaking Conexão H2MOB, formado por Deise Miranda e demais artistas do território de Cidade Ademar.

H2MOB é um coletivo que iniciou em 2019 através da necessidade de estruturar um trabalho onde pudessem estimular a geração de renda e comercializar as suas produções culturais. Este coletivo é formado por dançarinos periféricos do município de São Paulo e São Bernardo, que possuem uma protagonismo também individualizado em seus territórios, tendo como objetivo atual a difusão da cultura Hip Hop pelo elemento Breaking/Dança.

| Casa de Cultura Território Cidade Ademar. Dia: 14/05 às 14h. Livre. Grátis. 30 minutos.

 

IDM - BREAKING FESTIVAL NA HIP HOP SUL - Batom, Cabelo, Atitude e Dança: Festival de Dança Periférica - Dança

Identidade Em Movimento é um grupo de jovens que busca o entretenimento através da dança, mostrando alegria e diversão com o intuito de transmitir bem-estar e saúde.

Dentro ou fora do palco, o IDM é um grupo consolidado pela tradição, pelo profissionalismo e pela pluralidade dos participantes. Numa trajetória desde 2009, completando 13 anos de história, os bailarinos e amantes da dança que chegam ao grupo vindo de todos os tipos de problemas sociais, possuem como vivência as danças urbanas, o ballet clássico e a dança contemporânea; e a partir dessa diversidade é que surgiu o nome do grupo “Identidade em Movimento” - que trata de ter sua própria identidade dentro da dança.

| Casa de Cultura Hip Hop Sul. Dia: 14/05 às 15h. Livre. Grátis. 120 minutos.

 

Avoapé - Dança

O Coletivo Diário surgiu em 2018, a partir de inquietações e encontros dentro do Espaço Cultural Adebankê, uma ocupação na Zona Leste de São Paulo, construída para fortalecer e difundir a cultura negra e periférica. Apresenta voz e corpo de artistas que enfrentam o corre todos os dias, e a partir disso o Coletivo constrói entre partilhas, expressão e escrita de narrativas íntimas, seu trabalho independente, sempre com parcerias e colaborações culturais. Entre os principais trabalhos do grupo estão “Diário de Um Certo Artista”, “DUCA na sua casa” e além de “Avoapé”.

| Casa de Cultura Raul Seixas. Dia: 14/05 às 15h. Livre. Grátis. 40 minutos.

 

Lorih - Música

Lorih atua na música há 6 meses e é morador da Vila Marari, na Cidade Ademar. Canta trap, funk, rap e outros gêneros, com vários lançamentos para acontecer. Nesse show rápido, Lorih vai cantar suas músicas já lançadas e outras músicas inéditas, além de abrir o show do Projeto Funk SP.

| Casa de Cultura Território Cidade Ademar. Dia: 14/05 às 15h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

David Hubbard e QG Imperial - Música

David Hubbard, cantor e compositor de reggae, é natural da Guiana, mas há 20 anos é residente no Brasil, e tem em suas veias as águas do Caribe, pois escreveu o início de sua história musical percorrendo as ilhas da região: Barbados, Cuba, Trinidad e Tobago. Dono de profunda intimidade com a música de Peter Tosh, e muito bem acompanhado da banda QG Imperial, David interpreta com desenvoltura a obra que é um dos alicerces do reggae mundial, o Bush Doctor.

| Casa de Cultura Butantã. Dia: 14/05 às 16h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

"Mamãe, tem uma Drag Queen contando histórias!" - Contação de Histórias

 

O projeto “Mamãe tem uma Drag Queen contando histórias!” tem como objetivo incentivar a leitura através da contação de história. Na história, Cíntia é uma princesa prometida em casamento desde a sua infância e através de um encantamento de sua fada madrinha, descobre que o verdadeiro amor vai além das convenções sociais. A apresentação é em formato de Arena, com inspiração nos moldes ancestrais que contavam histórias em volta da fogueira.

| Casa de Cultura Itaim Paulista. Dia: 14/05 às 16h. Livre. Grátis. 40 minutos.

 

Paredão do Sabonete e Projeto Funk SP - Música

No espaço da futura Casa de Cultura, o paredão de funk do DJ Sabonete e os MCs do Projeto Funk SP vão encerrar o dia de eventos com uma apresentação musical de duas horas. Neste mesmo dia, o Coletivo DB, que organiza eventos de encontro de carros antigos tunados, organizarão um evento na praça ao lado da Casa de Cultura; o objetivo é fazer com que os dois eventos dialoguem.

| Casa de Cultura Território Cidade Ademar. Dia: 14/05 às 16h. Livre. Grátis. 120 minutos.

 

Banda Caminho Suave - Música

Neste evento presencial, a banda Caminho Suave apresenta peculiares sonoridades e releituras para as obras do clássico álbum "Valores". Uma experiência leve e harmônica ao ar livre com a positiva vibração da música reggae em sintonia com a natureza, propício para um lindo fim de tarde que alegrará os corações dos presentes.

Criada em 2008 na região do Itaim Paulista, zona leste de São Paulo, a banda une as tradições mais antigas da Jamaica - o Reggae Roots e Ska - e as influências de outras vertentes da música afro-brasileira e da música experimental contemporânea.

| Casa de Cultura São Rafael. Dia: 14/05 às 17h. Livre. Grátis. 90 minutos.

 

Grupo Divas do Reggae - Música

"Este ano o coletivo Som Na Praça está completando 06 anos de fundação, mas a história começa bem antes disso lá nos finais da década de 80 e início dos anos 90, quando se forma a Família TDH.

O coletivo Som na Praça propõe objetivamente a criação de conteúdos artísticos visando apoiar e fomentar atividades que promovam a cultura em geral e principalmente o reggae como agente de transformação social. Este projeto pretende poder assumir o caráter de auxílio emergencial e possui características inclusivas, além de tratar dos vários temas tabus dentro da sociedade como um todo. No geral, propõe a realização de um espetáculo musical trazendo o protagonismo das mulheres com duração de 60 minutos até 90 minutos, e ocorrerá na Casa de Cultura.

| Casa de Cultura Campo Limpo. Dia: 14/05 às 18h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

"Mamãe, tem uma Drag Queen contando histórias!"- Contação de Histórias

 

O projeto “Mamãe tem uma Drag Queen contando histórias!” tem como objetivo incentivar a leitura através da contação de história. Na história, Cíntia é uma princesa prometida em casamento desde a sua infância e através de um encantamento de sua fada madrinha, descobre que o verdadeiro amor vai além das convenções sociais. A apresentação é em formato de Arena, com inspiração nos moldes ancestrais que contavam histórias em volta da fogueira.

 

| Casa de Cultura Tremembé. Dia: 14/05 às 18h30. Livre. Grátis. 40 minutos.

 

Oralidades Pretas Sarau Musical da Capoeira - Interculturalismo e Ancestralidade de Matriz Africana - Celebração do Dia da África - Sarau

Sarau Musical da Capoeira traz a junção da oralidade oriunda de culturas tradicionais de matriz africana como a capoeira, samba de roda, jongo, maculelê, rap e as danças afro, em um ambiente de mistura poética - um espaço dedicado à poesia corporal, musical e falada, onde a diversidade é convidada de honra na celebração por meio de ritmos e batucadas.
O coletivo de artistas na afirmação da execução da cultura negra pelo próprio negro à sua representatividade, busca fomentar a oralidade às novas gerações e recriar o papel histórico dos mestres do saber (griots) das linhagens de matriz africana.

Discotecagem às 19h00 - Feira de Empreendedorismo Africano às 19h30 - Sarau às 20h00.

| Casa de Cultura Hip Hop Sul. Dia: 14/05 às 19h. Livre. Grátis. 120 minutos.

 

CARLOS NAVAS – ACÚSTICO - Música

O versátil intérprete Carlos Navas tem 26 anos de carreira, 10 CDs e 1 DVD solo lançados de grande sucesso. Nesta apresentação, ele é acompanhado pelo violonista Paulo Miranda e apresenta clássicos da canção brasileira e internacional numa homenagem às Mães, como “Nada Além” (Custódio Mesquita/Mário Lago) , “Jura” (Sinhô) e “Quizas, Quizas, Quizas”, bolero de autoria do cubano Osvaldo Ferrés, celebrizado por Nat King Cole.

| Casa de Cultura Tremembé. Dia: 14/05 às 19h. Terceira Idade. Grátis. 50 minutos.

 

Banda 365 - (Especial 40) - Sarau

Uma das bandas mais cultuadas e respeitadas dos anos 1980, o 365 está perto de completar 40 anos de existência. Fundada no auge do movimento punk-rock e new wave no país, por Miro de Melo (bateria), Tiquinho (guitarra), Adauto (baixo) e Oclinhos (vocal), a banda ficou conhecida no circuito undergroud paulista por suas canções de protesto.

| Casa de Cultura Itaim Paulista. Dia: 14/05 às 20h. 10 anos. Grátis. 60 minutos.

 

Fya Sound System - Música

"Felipe da Silva Teixeira conhecido como DJ Fya Sound, morador da Cohab I região leste do município de São Paulo, apareceu para o meio musical quando foi participar da “Batalha de DJ” promovido pela TV Cultura e em 2009 afirmou a sua escolha ao participar do campeonato “4x4 Batidas & Scratches”, ambos acontecimentos são de notória expressão no meio artístico cultural.

DJ Fya possui influências do Hip Hop, RAP, Rock, porém com o sistema de som denominado Robô Sonoro desde o ano de 2010 e realiza festas que flertam com a cultura Reggae Sound System em suas mais diversas vertentes Ragga, Roots, Dance Hall dentre outras. Nos bailes "Sound Scratch" e "Sound da Leste" foi organizador da festa e no "CCPC Jameika" atuou como DJ/Selectah convidado."

| Casa de Cultura São Rafael. Dia: 15/05 às 12h. Livre. Grátis. 360 minutos.

 

"MULHERES NO SAMBA ROCK - A MÃE TA ON - PARTICIPAÇÃO ESPECIAL CANTINHO DO SAMBA ROCK" - Intervenção Artística

Samba Rock Mulheres e o Cantinho do Samba Rock comemoram os 30 anos da Casa de Cultura do Butantã em um baile muito especial. Com a presença do Mulheres no Samba Rock, os DJs irão sacudir as pickups e ninguém vai ficar parado!

| Casa de Cultura Butantã. Dia: 15/05 às 14h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Ouroboros - Música

William e Kalfani são irmãos e filhos do mestre DJ KL JAY, um dos fundadores do maior grupo de rap do Brasil, o Racionais MCS. Will é DJ há mais de 10 anos e já trabalhou com Marcelo D2 e Rael, e saiu em turnê com o Racionais na comemoração dos 25 anos do grupo em 2014. Kalfani já fez parte do grupo Pollo e atualmente é DJ e sócio do irmão na fundação do estúdio KANDA ENT em São Paulo. Eles trabalham juntos e são produtores musicais no estúdio, produzindo beats e construindo parcerias importantes no mercado musical. Depois de lançarem 3 singles com o Duo 2:22 music ao longo do ano de 2021, eles acabam de lançar o primeiro disco produzido pelo estúdio em parceria com a KL Música, e trazem nesta apresentação o rapper Zudzilla que participa do disco.

| Casa de Cultura Ipiranga Chico Science. Dia: 15/05 às 15h. Livre. Grátis. 120 minutos.

 

Encontro de Maracatu da ZL - Cultura Popular

Em maio, mais especificamente no dia 13, é comemorado o Dia Nacional da Denúncia contra o Racismo, celebração alternativa à data em que foi assinada a Lei Áurea, que “aboliu” a escravidão no Brasil. Sob essa perspectiva a Casa de Cultura Raul Seixas promove um Encontro de Maracatu com os grupos e coletividades que pesquisam essa manifestação e valorizam essa que é uma das principais manifestações da cultura afro-brasileira, genuinamente pernambucana e nordestina reconhecida como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil.

| Casa de Cultura Raul Seixas. Dia: 15/05 às 15h. Livre. Grátis. 120 minutos.

 

Musical Mapinguary – Sobre Bichos e Monstros - Teatro Infantil

Adivinha quem vem aí? É o gigante fedorento Mapinguari, acompanhado do Chibamba, e do Curupira. Vem aí uma “Festa no céu” com muita música inédita, parlendas e brincadeiras. Vem aí uma viagem à Bremem, com direito a uma paradinha para comprar um rabo do seu bicho preferido. Vem aí o homem do saco, é melhor ficar de olho! De olho no Homem, e no “Tempo” porque só o tempo sabe, quanto tempo o tempo tem! Vem aí muita diversão e encantamento com a magia de quem conta e a participação de quem ouve, nesse fantástico musical, “sobre bichos e monstros”.

A Cia Mapinguary foi criada no ano 2000, por Carlos Godoy com a proposta de contação de histórias com narrativa oral cênica. A fonte inspiradora da Cia é o folclore infantil, teatro de bonecos e os contos populares do Brasil e do mundo.

| Casa de Cultura São Miguel. Dia: 15/05 às 15h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Maryaákoré - Música

Maryákoré é uma guerreira em meio às batalhas cotidianas pela vida e pela arte, é uma obra-síntese de dedicação da artista. O evento é um espetáculo musical autoral do mais recente álbum da artista Consuelo de Paula. A apresentação terá controle sanitário com o uso obrigatório de máscara, álcool/gel e apresentação do comprovante de vacina, trabalhando com 70% da capacidade máxima da casa, que é de 80 pessoas.

| Casa de Cultura Santo Amaro - Júlio Guerra. Dia: 15/05 às 16h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Cantos da Minha Terra - Música

O projeto Cantos para Minha Terra retrata de forma poética todos os momentos significativos de uma história de vida onde valorizamos nossas origens e as raízes, pois nosso presente é resultante do nosso passado. As canções deste show são um estímulo às nossas lembranças e apegos que conquistamos ao longo de nossas vidas, e onde às vezes, nas horas encurtadas pelas correrias do dia a dia, esquecemos de valorizar ações tão simples do nosso cotidiano, como sentir o cheiro da chuva de verão ou da terra molhada - onde lembramos da nossa infância e juventude guardada nas caixinhas das nossas memórias.

No tempo que esfumaça a memória dos aconchegos, das amizades passadas que buscamos e que já são outras, as águas que correm já não são as mesmas, e as pessoas que buscamos também não. São muitos os momentos tão importantes que se passaram, mas estão tão presentes em nossas memórias e nas canções que agora as eternizam.

| Casa de Cultura Guaianases. Dia: 15/05 às 17h. 10 anos. Grátis. 60 minutos.

 

Ndee Naldinho - Música

Ndee Naldinho é um cantor e compositor brasileiro, pioneiro do Rap brasileiro, iniciando sua trajetória e conhecimento da Black Music no início de 1984 nas rádios e frequentando as festas das equipes de som de São Paulo. Com o seu primeiro nome artístico "Ndee Rap" em 1988, se destacou a ponto de ser incentivador e convidado para gravar seu primeiro trabalho musical na coletânea “O som das Ruas” da equipe Chic Show, onde gravou duas faixas musicais “Rap de Arromba” e o grande clássico “O melô da lagartixa”. O show de Ndee Naldinho vai integrar a programação comemorativada Casa de Cultura São Rafael e ocorrerá na sequência do Sound System com o DJ Fya Sound.

| Casa de Cultura São Rafael. Dia: 15/05 às 17h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Fuzaka forró eletrônico - Cultura Popular e Tradicional

"O duo FUZAKA possui influência da cultura tradicional brasileira e da música eletrônica. Personagens e elementos estéticos da cultura tradicional são utilizados como referência ao ancestral, inseridos a um contexto urbano, resultando em uma música experimental e dançante."

| Casa de Cultura Freguesia do Ó. Dia: 15/05 às 17h30. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

David Hubbard e QG Imperial - Música

"David Hubbard, cantor e compositor de reggae, é natural da Guiana e tem em suas veias as águas do Caribe, pois escreveu o início de sua história musical percorrendo as ilhas da região: Barbados, Cuba, Trinidad e Tobago. Dono de profunda intimidade com a música de Peter Tosh, David, muito bem acompanhado da banda QG Imperial, interpreta com desenvoltura a obra que é um dos alicerces do reggae mundial, o Bush Doctor."

| Casa de Cultura Vila Guilherme. Dia: 15/05 às 18h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Nos bastidores da lona - Circo

A Cia. Canta Circo & Teatro nasceu em 2013 da amizade entre os artistas João Rocha e Weslei Soares. Após alguns anos de trabalhos conjuntos em diversas companhias, os dois decidiram unir as ideias e desenvolver um trabalho onde pudessem misturar as linguagens da Música, do Teatro e do Circo. A Cia. tem no repertório três espetáculos: “ShakesPirando, Nos Bastidores da Lona e Rei Mídias''.

| Casa de Cultura Campo Limpo. Dia: 18/05 às 14h. Livre. Grátis. 50 minutos.

 

Mundano - Circo

"O espetáculo traz novidades para o circo contemporâneo. A mistura do teatro de grupo com o artista de rua e circo, faz com que haja vivacidade e a busca clássica por ir além dos limites. Pretendem ressignificar números de malabarismo, música excêntrica e equilibrismo, além de trazer muita interação com o público e uma reflexão sobre a existência humana, permeadas por muitos risos, sorrisos e gargalhadas."

| Casa de Cultura Hip Hop Leste. Dia: 18/05 às 16h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Fabinho Zabumbão - Música

Apaixonado pela zabumba e com um jeito muito particular de tocar este instrumento, no ano de 2000, Fabinho criou juntamente com Flavinho Lima e Acrísio de Sá, o seu trio de forró, chamado Trio Zabumbão. Durante todos esses anos de trabalho com o Trio, gravou 02 CDs, sendo eles: “Forró dos Namorados” e “10 anos do Trio Zabumbão”.

| Casa de Cultura Freguesia do Ó. Dia: 18/05 às 20h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Histórias Mágicas - Circo

Através de histórias como Os Três Desejos, Presentes Mágicos e o Espelho Mágico. A apresentação traz canções criadas especialmente para o trabalho, além de uma divertida brincadeira de rimar inspirada no livro Varinha de imaginar.

| Casa de Cultura Campo Limpo. Dia: 19/05 às 15h. Primeira Infância. Grátis. 50 minutos.

 

Casa - um cortejo para lugar nenhum - Dança

No ano de 2018 o Grupo Corpo Molde, criou o processo de criação Casa | Um Cortejo A Lugar Nenhum, abordando as vivências e universos existentes em nossos recantos dentro de nossa própria Casa. O Processo foi construído sobre a trilha sonora de Cícero no álbum Canções de Apartamento, este processo intenso foi construído em conjunto com os intérpretes-criadores que trouxeram necessidades de pesquisas internas em provocação cênica para a construção e reflexão do espetáculo. Intensidade e leveza estavam presentes na construção coreográfica e na potencialidade dos corpos.

| Casa de Cultura Campo Limpo. Dia: 20/05 às 14h. Livre. Grátis. 35 minutos.

 

Contos de Sabedoria Africana - Contação de Histórias

Em Contos de Sabedoria Africana, são narrados contos de tradição oral valorizando a sabedoria do povo africano. “O Coração do Baobá”, nos conta sobre os tesouros que podem ser encontrados dentro dessas árvores e que também podem ser encontrados fora dela, como o brilho da amizade e o amor; já em “ Duas Mulheres e o Céu”, trata-se de um conto sobre a origem das estrelas, finalizando com “N’Golo e Bendé Bendé”, uma divertida aventura vivida por alguns animais das savanas africanas. As histórias são permeadas de cantos e ritmos que reforçam ainda mais a potência das histórias.

| Casa de Cultura M' Boi Mirim. Dia: 20/05 às 17h. Primeira Infância. Grátis. 50 minutos.

 

Blues, Rock e Country com Gutok Band - Música

"A partir do ano de 1995, Flávio vem se especializando no estilo Country Music. Com um sério trabalho de pesquisa neste estilo, o qual era pouco difundido no país, lançou em 2003 sua primeira vídeo-aula “TELECOUNTRY”, que continua sendo um grande sucesso e referência para quem quer desenvolver-se na técnica da guitarra country."

| Casa de Cultura Freguesia do Ó. Dia: 20/05 às 18h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Sambas e Brasilidades - Maurinho de Jesus - Música

O conjunto de sonoridades da terra, das quais o compositor, cantor e cavaquinhista Maurinho de Jesus é tributário, está presente nas 18 faixas selecionadas para esse show. O título do show “Sambas e Brasilidades” está conectado com nossa ancestralidade afro-brasileira e revela facetas da nossa miscigenação. Para Maurinho de Jesus, o samba é a expressão máxima da nossa Brasilidade, sendo uma entidade ancestral que guarda o “Brasil Real” e que deve ser protegido e exaltado, pois é ele que nos ajuda a resistir, a "re-existir" e a “reinventar" uma nova história brasileira, rica e original. Nessa apresentação, acompanhado de bandolim e pandeiro, divide belíssimas canções com músicos parceiros.

| Casa de Cultura M'Boi Mirim. Dia: 20/05 às 19h30. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Sintonize na Estação do Amor - Música

Dizem que em tempos de ódio é bom andar bem amado. É com essa ideia na mente que o DJ, poeta, cantor, compositor e produtor musical Dani Lova resolveu trazer boas vibrações de amor em tempos pandêmicos e polarizados com sua apresentação. Sintonize na Estação do Amor, um álbum com cerca de 10 músicas autorais que contêm poemas embalados pelo mais puro Reggae Music.

Faz parte do álbum, faixas como “Baby ouça”, “Longe de você”, “Meu desejo é teu beijo” e “Eu quero te amar”. Esse trabalho tem a ousadia de falar de amor em tempos de ódio. Ele traz às pessoas a celebração do afeto como forma de resistência, como ato político e como forma de manter a sanidade em meio ao caos; o amor em um tempo de tantas urgências, de polarização, de muito monólogo e pouco diálogo. “O amor é tudo que temos para manter a sanidade, assim como a própria arte”, explica Dani Lova, que além da produção também assina a direção musical das apresentações.

| Casa de Cultura Campo Limpo. Dia: 20/05 às 20h. Livre. Grátis. 65 minutos.

 

Nos Bastidores da Lona - Circo

Como será que um palhaço acorda? Como será que ele se prepara para suas apresentações? É exatamente isso que vemos no espetáculo “Nos Bastidores da Lona”. A cooperação dos palhaços em não deixar o circo falir após uma crise é a chave da brincadeira. Entre números clássicos, música, acrobacia e muito humor, a história toma forma e nos mostra que na vida não conseguimos fazer nada sozinhos!

| Casa de Cultura Raul Seixas. Dia: 21/05 às 11h. Livre. Grátis. 50 minutos.

 

Espetáculo desconforto - Brincante

Trata-se de um conjunto de atividades culturais voltadas a celebrar o aniversário da Casa de Cultura São Rafael e envolvem brincadeiras tradicionais, sessões de pintura facial, distribuição de pipocas e a apresentação do espetáculo infantil Ciranda das Artes.

| Casa de Cultura São Rafael. Dia: 21/05 às 14h. Livre. Grátis. 120 minutos.

 

Oryai, O Brinquedo dos Curumins - Teatro Infanto-juvenil

O roteiro desta apresentação conta a história de crianças – indígenas e não indígenas, que se encontram para “dividir brincadeiras e experiências”. Clarissa é uma menina dos nossos dias, gosta de rock, de jogos online e vive entediada. Ao completar 13 anos, Clarissa ganha um estranho presente: um boneco indígena que a leva a conhecer toda a cultura de seus antepassados; com seu boneco Clarissa percorre o caminho do Peabiru, e aprende a lenda da criação do mundo, da noite e do primeiro homem, segundo antigas versões indígenas, aprendendo a brincar como brincam os indígenas brasileiros.

| Facebook Casa de Cultura Parelheiros. Dia: 21/05 às 15h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Um canto para Yabás - Cultura Popular e Tradicional

Um Canto Para Yabás é um show repleto de encanto, composto por canções autorais de Paula da Paz e compositoras parceiras, que exaltam a força e a beleza das energias femininas da natureza cultuadas no candomblé. Além das canções e com uma banda formada só por mulheres, serão ditos e cantados pequenos contos sobre os efeitos das Yabás em suas passagens pelo AIÊ(Terra).

| Casa de Cultura Santo Amaro - Manoel Mendonça. Dia: 21/05 às 16h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

VOGUE FOR LIFE - Intervenção Artística

Criado no ano de 2019, VOGUE FOR LIFE tem como principal objetivo levar a Cultura Ballroom, Cultura Preta, Latina e LGBTQIA+, e suas discussões de forma artística a todos (as/es). Na primeira parte do evento o público participa de um bate-papo sobre a Cultura Ballroom e vivência em dança, na segunda parte é convidado para uma Jam com intervenções musicais e performáticas.

| Casa de Cultura Ipiranga Chico Science. Dia: 21/05 às 16h. 16 anos. Grátis. 210 minutos.

 

BLACK EVOLLUTION 04 - Música

Apresentação musical, que traz um repertório que reúne o melhor da música brasileira, vertentes do rap, black, R&B e reggae.

| Casa de Cultura Guaianases. Dia: 21/05 às 17h. 10 anos. Grátis. 60 minutos.

 

O Lixão - Teatro Infanto-juvenil

“Uma montanha de lixo surge em um terreno baldio, localizado entre dois prédios de apartamentos, provocada pelo desleixo dos moradores. A convivência com o lixão altera as relações pessoais, ninguém assume a responsabilidade pelo seu aparecimento e todos reclamam do incômodo vizinho. Até que resolvem fazer alguma coisa...”

| Casa de Cultura Butantã. Dia: 21/05 às 14h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

MADMEN’S CLAN: DE VOLTA ÀS RAÍZES - Hip Hop

Grupo musical com mais de 15 anos de história, iniciou seus trabalhos com o nome Family Soul, vindo do Gospel com base principalmente em instrumentos de sopro, na época com 16 membros. Em 2006 essa formação se desfez e decididos a se tornar um produto diferenciado nasceu o Clã dos Loucos.

Na formação atual é desenvolvido um trabalho diferenciado, o qual une influências nacionais e internacionais.
O grupo já possui uma discografia com três discos, em 2008 lançou “Ao Som do Headphone”, em 2009 ”GO Back”, em 2013 “A festa Começou” e mais alguns singles.

A banda já gravou com o Rapper Thaíde e o CD GO Back teve produção do DJ Dree. Apesar de só estar chegando agora às rádios e mídia em geral, o grupo já é conhecido no meio musical e frequentemente abre shows e divide palco com alguns artistas: Mv Bill, Dexter, Racionais Mc’s, Negra Li, Sampa Crew, Realidade Cruel, Karol Conká, Samprazer, Péricles, Belo, Arlindo Cruz e Pixote.

| Casa de Cultura M'Boi Mirim. Dia: 21/05 às 18h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

"ACÚSTICO BRASILIDADES" - Música

“Acústico Brasilidades” foi inspirado no ideograma “SANKOFA”, que na tradição africana significa - captar o essencial da prática de Abdias: o Sankofa, representado por um pássaro que volta a cabeça à cauda, símbolo que é traduzido por: “retornar ao passado para ressignificar o presente e construir o futuro”. O artista Anderson Tobias traz à cena o musical com um repertório maduro e plural, evidenciando sua influência do Samba, da Bossa, do Samba Jazz e da MPB. O Projeto “Acústico Brasilidades” apresenta neste espetáculo ritmos que dialogam com esta brasilidade, como nas canções de Luiz Gonzaga, Luiz Melodia, Claudio Zoli, Cazuza, Wilson da Neves, João Nogueira, Marcos Valle, Mart'nália e entre outros gênios da música brasileira.

| Casa de Cultura Freguesia do Ó. Dia: 21/05 às 20h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

O que eu costumo engolir? - Dança

O espetáculo O QUE EU COSTUMO ENGOLIR? é uma provocação cênica que retrata o cotidiano da mulher preta e gorda na sua tentativa constante de afirmação. É uma performance onde o público é convidado a participar diretamente e responder este questionamento que leva o título através de um contato direto com as intérpretes. Com as interações, serão ativados fragmentos coreográficos que criam um estado de presença e de regurgitar as condições para qual esses corpos são designados.

| Casa de Cultura Campo Limpo. Dia: 21/05 às 20h. Livre. Grátis. 45 minutos.

 

Resgatando o fio das velhas histórias - Contação de Histórias

Dois andarilhos chegam de longa viagem e encontram muita gente junto ao casebre deles. Depois de saber que aquele povo todo (público) quer escutar histórias, eles vão relembrando a experiência dos velhos e das velhas - fatos reais de indígenas caçadas que se tornaram suas bisavós e de avôs africanos rezadores, que benziam medo de menino que não dormia sozinho com medo de Quibungo, até chegar nas águas claras do mar azul que banha as terras nordestinas de suas mães. E, assim, vão puxando o fio ancestral cantando e contando histórias antigas que ouviram deles e delas. Serão três contos tradicionais resgatando as culturas indígena, africana e brasileira.

| Casa de Cultura Raul Seixas. Dia: 22/05 às 11h. Livre. Grátis. 45 minutos.

 

Cortejo Baque de Clara - Cultura Popular e Tradicional

O Cortejo Baque de Clara faz referência ao nome da Vila onde o Coletivo 231 surgiu em julho de 2021, a Vila Clara. Já o nome “Baque” é uma denominação dos diferentes toques dos maracatus nação, onde cada uma delas tem a sua própria característica e peculiaridade sonora. Conhecido pelo sotaque percussivo. Em formato de um cortejo musical percussivo, o Coletivo 231 vem homenagear as nações dos maracatus pernambucanos e os grupos percussivos de maracatus da capital paulista e de outras regiões do Brasil. Grupos e Nações esses onde o músico Petzera construiu uma parceria e contato bem próximo ao longo de vinte e cinco anos de pesquisa deste folguedo genuinamente brasileiro, com mestres e comunidades maracatuzeiros. Com a duração de 60 minutos o público tem a oportunidade neste espetáculo de passear e conhecer o universo rítmico do maracatu de baque virado cantado e tocado através das loas, toadas e arranjos musicais-percussivos presentes no folguedo pernambucano. Além de conhecer cada um dos instrumentos utilizados. Esta apresentação também é adaptável a diversos formatos como palco aberto, palco italiano, auditórios, feiras de eventos, feiras de ruas e eventos em geral.

| Casa de Cultura Território Cidade Ademar. Dia: 22/05 às 11h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Intelectualidade Selvagem - Música

"Cuba e Outras Ilhas'' apresenta seu mais recente lançamento, o álbum "Chuva de Inseto". A apresentação conta com as novas canções do seu terceiro álbum. Todas as autorais são de Alexandre Cuba e alguns parceiros mostrando que sua sonoridade continua cada vez mais múltipla e que os diversos ritmos explorados chegarão em revoada aos ouvidos e corações de quem está a fim de desembarcar nesse rico arquipélago musical.

| Casa de Cultura Território Cidade Ademar. Dia: 22/05 às 15h. Livre. Grátis. 50 minutos.

 

Ladeira das Crianças - Teatro Infanto-juvenil

No bonde da ladeira tem criança que sonha em ser DJ, menino curioso para saber o que há dentro do pote, menina de cabelo de nuvem; tem criança igual a todo mundo que foi criança um dia e morou na periferia. As histórias de crianças periféricas ganham a cena e revelam seus desejos e sonhos, embalados pelo ritmo do funk.

| Casa de Cultura Raul Seixas. Dia: 22/05 às 15h. Livre. Grátis. 50 minutos.

 

Camarada Ernesto - Música

Lançamento do disco e apresentação da banda Camarada Ernesto, apresentando composições que farão parte do disco de estreia. A banda lança o seu primeiro disco autoral, que terá 13 faixas, contendo uma versão da música "Alma não tem cor", de André Abujamra.

| Casa de Cultura Campo Limpo. Dia: 22/05 às 15h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

GIRANÇA - Intervenção Artística

GIRANÇA é uma intervenção artística que expressa através de algumas expressões afro-brasileira as tensões e as alegrias dos corpos políticos periféricos nas ruas. O Jongo Jogado, O samba de roda rodado, o coco de roda, os corpos livres que impulsionados pela tambores se manifestando irão conduzir a GIRANÇA, circulando pela praça, finalizando com apresentação percussiva para todo mundo dançar.

| Casa de Cultura São Miguel. Dia: 22/05 às 15h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Meu Canto Caipira - Música

Responsáveis por um dos mais belos e aplaudidos duetos femininos da história da música sertaneja. “Layde & Laura” somam 25 anos de carreira, 18 álbuns gravados e vários prêmios no currículo, elas formam a dupla feminina que mais gravou modas de viola na história do sertanejo.

| Casa de Cultura Santo Amaro - Júlio Guerra. Dia: 22/05 às 16h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Beleza Rústica - Música

O show mescla composições da artista com clássicos consagrados da música caipira, chegando com a proposta de ser um elo entre o tradicional e o moderno, o projeto foi concebido com cuidado em matéria de sonoridade, elaborada por Adriana Farias, uma cantora, musicista, violeira que inova, adotando um estilo único, porém sem deixar de lado as raízes que tanto inspiraram sua trajetória. Além de cantora e violeira, a artista também é apresentadora do “Viola Minha Viola Especial” da tv cultura e jurada do "Cante Comigo” na Hora do Faro.

| Casa de Cultura Ipiranga Chico Science. Dia: 22/05 às 17h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Síntese Convida - Música

Síntese convida, apresentado por Neto e Dj Willião, conta com a participação de Jota Jota Rapper e Inglês, ambos artistas de São José dos Campos pertencentes à Família Matrero. A atração traz ao público um total de 22 canções clássicas do Rap Joseense, no qual as gerações do novo expoente do Rap Nacional se inspiram.

| Casa de Cultura São Mateus. Dia: 22/05 às 17h. 10 anos. Grátis. 60 minutos.

 

Forró made in Caruaru - Música

"A apresentação Forró Made in Caruaru, apresentado pelo cantor Azulinho tem percorrido vários espaços de Cultura popular em Pernambuco e Paraíba, fortalecendo desde o forró pé de serra de Azulão, (pai) do PISEIRO que está em alta aceitação no Brasil e na Europa. O novo espetáculo conta com um repertório recheado de boa música e também de novidades, como o lançamento de um novo trabalho que está sendo gravado, assim Azulinho está se atualizando para expandir seu trabalho musical mostrando que é um jovem cantor eclético e talentoso. Nessa apresentação interpreta músicas autorais e de outros artistas como os mestres Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Jackson do Pandeiro; e também interpreta sucessos atuais, incluindo o ritmo piseiro."

| Casa de Cultura Freguesia do Ó. Dia: 22/05 às 19h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

"Mamãe, tem uma Drag Queen contando histórias!" - Contação de Histórias

Cíntia é uma princesa prometida em casamento desde a sua infância e através de um encantamento de sua fada madrinha, descobre que o verdadeiro amor vai além das convenções sociais.

| Casa de Cultura Hip Hop Leste. Dia: 25/05 às 10h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Na terra, no céu e no mar.. tem histórias para viajar! - Contação de Histórias

A partir do conto popular “A princesa que só se casava com quem se escondesse e ela não visse onde” do livro Contos de Adivinhação de Ricardo Azevedo e “Viva Deus!” ou “O pescador, o anel e o rei”, conto de tradição oral, Drika Nunes convida a todos para juntos viajarem por terra, céu e um mar de aventuras, encontros e desencontros com animais e seres mágicos, desejos inusitados, amigos incertos e segredos bem guardados.

| Casa de Cultura São Rafael. Dia: 25/05 às 10h e 14h. Livre. Grátis. 50 minutos.

 

Jane & Herondy - Música

A dupla de cantores Jane & Herondy começou sua carreira em 1975 e são os autênticos representantes dos anos 70 e 80. Eles foram recordistas de vendas e execução durante 10 anos de estrada, mantendo-se ainda hoje na mídia pelo extraordinário sucesso da música “Não se vá” e pela credibilidade de um casamento perfeito.

| Casa de Cultura Butantã. Dia: 25/05 às 14h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Banda Doctor Play - Música

A Banda Doctor Play, preparou um repertório especial para comemorar o mês das mães na Casa de Cultura São Miguel Paulista, um mix de ritmo e encanto com músicas de romantismo, alegria, samba e resgate ao passado, uma forma bem eclética de encantar e homenagear todas as mamães.

| Casa de Cultura São Miguel. Dia: 26/05 às 16h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Cólera 40 anos sem parar - Música

Formada em 1979, uma das precursoras do punk rock brasileiro traz de volta os maiores sucessos do movimento e o repertório do disco “Acorde! Acorde! Acorde!” lançado em 2018, com canções inéditas em 14 anos.

| Casa de Cultura São Miguel. Dia: 27/05 às 18h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

30 anos de Casa de Cultura do Butantã - Música

O poeta e músico Clovis Ribeiro apresenta um sarau e um show especial para celebrar os 30 anos de atividades da Casa de Cultura do Butantã. O artista apresenta seus trabalhos de música e poesia, além de reunir diversos poetas e músicos da região nessa celebração. A apresentação é mais que especial: São os 30 anos da Casa de Cultura do Butantã.

| Casa de Cultura Butantã. Dia: 27/05 às 19h. Livre. Grátis. 90 minutos.

 

Voguinho de uma Sexta a Noite: adentrando a ballroom - Dança

A Cia. Manuela vive a Ballroom como eixo principal de suas pesquisas e vivências, e, por meio do voguing vem criando novas narrativas a fim de potencializar corpas trans e LGBs periféricas. A Cia Manuela enxerga a dança como veículo de mensagem: "A dança nos faz expressar as nossas realidades e indagações, é a forma mais legítima do corpo responder em qual lugar estamos, o que queremos comunicar e para onde queremos ir."

| Casa de Cultura Ipiranga Chico Science. Dia: 27/05 às 19h. Livre. Grátis. 120 minutos.

 

Boombap nova-iorquino ao reggae jamaicano - Hip Hop

Uma apresentação que transita por vários estilos tais como: dubstep, rap, trap, drill, ragga, boom bap e jazz. Phantom conduz as músicas e em alguns momentos convida demais músicos para um dueto, assim elevando ainda mais o nível do espetáculo. As fases da apresentação tem uma descrição narrativa do elemento cultural rap dentro da proposta hip hop, que vem crescendo gradativamente nas periferias dentre os jovens que nelas habitam.

| Casa de Cultura Tremembé. Dia: 28/05 às 15h. Livre. Grátis. 50 minutos.

 

Histórias Mágicas - Contação de Histórias

Entre canções e histórias como "Os três desejos", "Presentes Mágicos" e "O Espelho Mágico". O público é convidado a sentir o quanto a vida é surpreendente e a construir varinhas mágicas para transformar o mundo.

| Casa de Cultura Guaianases. Dia: 28/05 às 15h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Cantação de brinquedos - Tapioca e Macaxeira

"É preciso brincar para afirmar a vida" Uma cantação de Brinquedos. Tapioca e Macaxeira utilizam brinquedos e objetos do cotidiano para uma apresentação lúdica. A dupla traz em seu repertório canções e brincadeiras para interação com a plateia. Cantação de brinquedos é uma manifestação da recreação, atividade lúdica que promove prazer e alegria.

| Casa de Cultura São Miguel. Dia: 28/05 às 16h. Livre. Grátis. 50 minutos.

 

Shamani no Festival #ficaemCasarão - Música

"Shamani é um encontro. Do ancestral com o contemporâneo. Do material com o cósmico. E de quatro almas que perseguem o insondável através da música. A banda da cidade de São Paulo junta no mesmo espaço e tempo músicos tão complementares quanto os quatro elementos, são “cantautores” que se dedicam à pesquisa de sonoridades múltiplas, dando origem a encantos e experimentos que transcendem as ondas sonoras.

Da experiência na direção musical do maestro Nando Diniz com a bagagem vocal de Thomé, das letras místicas de Sereno com as cadências pop do compositor Dudy Cardoso, indicado ao Grammy Latino. Em seu DNA a banda carrega a potência da canção brasileira, embaladas por arranjos sonoridades universais, do MPB, Rock ao maculelê, da música andina à africana e até eletrônico, resultando em uma linguagem autêntica e moderna."

| Casa de Cultura Vila Guilherme. Dia: 28/05 às 17h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Eu Canto Samba - Música

A apresentação intitulada “Eu canto samba” do artista Roberto Ferreira e banda, tem no repertório músicas inéditas do CD e a reprodução de clássicos do samba. "Eu canto Samba" visa proporcionar ao público emoção, alegria e interação, através de uma experiência musical única.

| Casa de Cultura Guaianases. Dia: 28/05 às 17h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

O Auto do Queijo Divino - Teatro

Com muita música e humor, o espetáculo é inspirado nas obras do grande folclorista Luís da Câmara Cascudo e levará o público a momentos de riso e reflexão. O Auto do Queijo Divino é uma grande imersão na cultura popular Brasileira.

| Casa de Cultura Itaim Paulista. Dia: 28/05 às 17h. Livre. Grátis. 50 minutos.

 

A mulher pode ser o que ela quiser - Contação de Histórias

Meninas que voam na altura das nuvens, meninas que nadam com os peixes, meninas que correm atrás da bola, meninas que olham para o céu. Meninas podem escolher a profissão de seus sonhos, assim como os meninos. Inspiradas no livro “50 brasileiras incríveis para conhecer antes de crescer”, da Débora Thomé, as narradoras do Coletivo Cafuzas convida todas as pessoas a conhecer histórias de heroínas reais.

| Casa de Cultura Hip Hop Sul. Dia: 29/05 às 11h. Primeira Infância. Grátis. 40 minutos.

 

Florilégio - Teatro Adulto

"O espetáculo parte do território do real, ancestral e dos sonhos, em um espaço/tempo que nos aproxima de pessoas e histórias. Transitamos entre poesias, músicas, danças, lutas, mas também entre encontros e desencontros próprios de nosso tempo, e por narrativas que envolvem a construção de uma comunidade, construindo uma tessitura em torno dos sentidos do esperançar - inspiração vinda do educador Paulo Freire."

| Casa de Cultura Vila Guilherme. Dia: 29/05 às 17h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Banda 365: Especial 40 - Música

A Banda 365 surgiu em 1983 no auge do movimento punk-rock e new wave no país. Fundada por Miro de Melo (bateria), Tiquinho (guitarra), Adauto (baixo) e Oclinhos (vocal), ela ficou conhecida no circuito underground paulista por suas canções de protesto.

| Casa de Cultura São Mateus. Dia: 29/05 às 17h. 10 anos. Grátis. 60 minutos.

 

30 anos de Casa de Cultura do Butantã - Intervenção Artística

O Coletivo da Quebrada apresenta documentário sobre os 30 anos da Casa de Cultura do Butantã. O Coletivo de audiovisual narra a história e a importância da Casa de Cultura na região, seus personagens e suas estórias.

| Casa de Cultura Butantã. Dia: 31/05 às 16h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Samba: O blues brasileiro - Música

Com uma bagagem e formação vocal baseadas no jazz e no blues, Sérgião como é conhecido no meio artístico apresenta um trabalho que prioriza a essência da música negra brasileira e genuína que é o Samba. O repertório é baseado em samba raiz, com muito suingue e brasilidade embalados pela voz potente de Sérgião.

| Casa de Cultura São Miguel. Dia: 29/05 às 18h30. Livre. Grátis. 60 minutos.