Novo Festival “Culturas Urbanas, Conexões Artísticas” traz programação cultural focada na inovação artística

Entre os dias 8 e 26 de outubro, a Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo promove o C.U.C.A., que leva às ruas e espaços culturais da cidade de São Paulo, atividades artísticas gratuitas de diversas linguagens

Dança, cinema, performance, música, saraus, rodas de conversa, workshops, oficinas e festas. Tudo isso acontece no Culturas Urbanas, Conexões Artísticas - C.U.C.A., novo projeto da Secretaria Municipal da Cultura que tem como objetivo apresentar à cidade, além de um encontro de linguagens artísticas, práticas experimentais resultantes da união entre elas. Esse hibridismo propõe não só uma conexão entre as múltiplas culturas, como também integra a população à cidade por meio da arte. O evento é realizado entre os dias 8 e 21 de outubro e conta com inúmeras atividades espalhadas pelas ruas e espaços culturais.

“Há alguns anos a SMC fazia o Mês da Cultura Independente (MCI). Do nosso ponto de vista, ele se tornou anacrônico. Resolvemos questionar o que é independente hoje e chegou a este novo formato que estimula artistas de linguagens diferentes a desenvolverem projetos originais criando conexões”, explica o Secretário Municipal de Cultura, André Sturm.

No dia 20, às 18h, na Praça das Artes, a Orquestra de Beatmakers. DJs, músicos multi instrumentistas, tecladistas, sintetizadores e vocalistas criarão uma orquestra eletrônica para unir samples de músicas brasileiras, beats, scratchs, ruídos sonoros e poesias. Compondo a performance da experiência sonora, projeções mixam imagens do estilo de vida urbano de São Paulo ao público, que ao integrar-se à apresentação, também terá os movimentos capturados e exibidos em tempo real. Os cantores Anelis Assumpção e Bnegão participarão do espetáculo.cin

Também aliando música e tecnologia, acontece o Concerto Acoustic Informatic, que será na Sala Olido, dia 21, às 18h. O pianista e compositor franco-americano Dan Tepfer propõem uma intervenção com algorítmos matemáticos computadorizados a um piano acústico. Assim, as ondas geradas pela música são convertidas em gráficos projetados em tempo real.

Outra atividade com foco na interação é o EFÊMERESP. No dia 18, às 15h, o Beco do Pinto recebe um grupo de maracatu que fará uma camuflagem do público participante com o espaço por meio de pinturas corporais. Já no Largo da Memória, às 18h, além desta atividade, os grupos Guaiú Sampler e Bando farão uma sessão de improviso musical utilizando computadores, sintetizadores, guitarras, percussões e vozes, numa performance múltipla.

No dia 13 de outubro, o Centro da cidade abriga mais uma edição do Sp na Rua. Desta vez, serão mais de 40 coletivos oferecendo 10 horas de festas com manifestações musicais, performáticas e de outras linguagens. O evento que acontece dia 13 de outubro vem para estimular ainda mais a valorização dos espaços públicos como palco para intervenções artísticas, além de evidenciar o fato de São Paulo ser conhecida pelos variados discursos, representações e identidades culturais.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA:

CRACA E RETRIGGER
O Terminal Nova Cachoeirinha é palco para as performances audiovisuais e musicais. O DJ e produtor Felipe Julián, mais conhecido como CRACA, leva às ruas de São Paulo um híbrido eletrônico com projeções de imagens de micro-organismos oceânicos. No dia 17, da música eletrônica às vanguardas experimentais, o músico RETRIGGER se apresenta com laptops, joysticks de videogames, sintetizadores e theremin, o primeiro instrumento eletrônico do mundo, com a proposta de fazer o público dançar. O artista mistura referências dos anos 60, às sonoridades do punk, ritmos árabes e da música popular brasileira fazendo uma viagem ao tempo através de colagens sonoras futuristas e nostálgicas.
| Terminal Nova Cachoeirinha. Av. Inajar de Souza, 4120-4262 – Vila Nova Cachoeirinha. Dias 10 e 17, 19h, Livre.

ORQUESTRA DE BEATMAKERS
No dia 20, na Praça das Artes, beatkmakers, DJs, músicos multi instrumentistas, tecladistas, sintetizadores e vocalistas criarão de forma orgânica e experimental uma orquestra eletrônica para unir samples de músicas brasileiras, beats, scratchs, ruídos sonoros e poesias. Compondo a performance da experiência sonora, projeções mixam imagens do estilo de vida urbano de São Paulo ao público, que ao integrar-se à apresentação, também terá os movimentos capturados e exibidos em tempo real. Os cantores Anelis Assumpção e Bnegão participarão do espetáculo.
| Praça das Artes. Av. São João, 281 – Centro. Livre. Dia 20, Sáb., 18h

CONCERTO ACOUSTIC INFORMATIC
Ainda unindo música às plataformas tecnológicas, no dia 21, na Sala Olido, o pianista e compositor franco-americano Dan Tepfer apresenta o “Concerto Acoustic Informatic”. Ao integrar algorítmos matemáticos computadorizados a um piano acústico, o artista faz com que as ondas geradas pela música que está sendo tocada sejam convertidas em gráficos projetados em tempo real. Como compositor, Tepfer recebeu uma bolsa de estudos na Academia Americana de Artes e Letras e estreou os trabalhos autorais em lugares como o Castelo de Praga e o Carnegie Hall. O músico coleciona uma série de prêmios, dentre eles dos Concursos do Festival de Jazz da Costa Leste e do Piano de Solo do Montreux Jazz Festival.
| Galeria Olido – Sala Olido. Av. São João, 473 – Centro. Livre. Dia 21, Dom., 18h

CINE NO DECK
No dia 19, o Largo São Francisco será palco de exibição de clássicos do cinema nacional e internacional, com execução das trilhas sonoras ao vivo. O filme Hitler 3º Mundo, do diretor José Agrippino de Paula, considerado um marco do cinema marginal brasileiro, terá as suas composições criadas pelos músicos Kiko Dinucci e Cadu Tenório. Com guitarra, violino, percussão e sintetizadores, a proposta é fazer uma releitura dos ruídos e sons desconexos que caracterizam o longa.
Em seguida, o Sonpekiza Trio, formado pelos músicos Bruno Iasi, André Senna e Paulo Bira, interpretará canções de um dos maiores filmes da história do cinema, A Paixão de Joana d’Arc, do diretor dinamarquês Carl Theodor Dreyer.
| Largo São Francisco. Dia 26, às 19h30 e às 21h30. 

EFÊMERESP
O Beco do Pinto será palco para o artista plástico Raurício Barbosa, que acompanhado do grupo de maracatu Arrastão do Beco, fará mimetizações, ou seja, camuflagens do público com o território por meio de pinturas corporais.
No Largo da Memória, além das mimetizações, os grupos Guaiú Sampler e Bando farão uma sessão de improviso musical utilizando computadores, sintetizadores, guitarras, percussões e vozes para conectar a música eletrônica ao jazz e outros ritmos como maracatu, jongo, ciranda e côco.
| Beco do Pinto. Rua Roberto Simonsen, 136b – Sé. Dia 18, Qui., 15h às 17h
| Largo da Memória. R. Xavier de Toledo, 161, Centro. Dia 18, Qui., 18h às 22h


SALTO VAZIO

Criado especialmente para o C.U.C.A, o espetáculo “Salto Vazio”, da Aletal Cia., mistura dança, performance e teatro. A dramaturgia que mostra as relações humanas a partir do diálogo de um casal de artistas com o espaço urbano se desenvolve em um automóvel parado simulando o caos de um engarrafamento. A primeira apresentação acontece dia 8, nas escadarias do Theatro Municipal.
| Escadaria do Theatro Municipal. Dia 8, Seg., 16h
| Praça do Patriarca. Dia 9, Ter., 16h
| Praça dos Correios. Dia 11, Qui., 16h

SP NA RUA
Um dos eventos mais aguardados do ano, o SP NA RUA reflete a riqueza e diversidade musical da noite paulistana. Agrupa festas e atrações que têm uma veia artística em comum e que juntos criam experiências inéditas nos espaços urbanos do centro de São Paulo.

Coletivos participantes:

MAMBA NEGRA + MARSHA
Gueto Pro Gueto + FRESH Dancehall
Festa Amem + Animalia
coletividade.NÁMÍBIÀ + BATEKOO SP
Baile em Chernobyl + Helipa LGBT
Vampire Haus + Bandida Coletivo
Feminine Hi-Fi + Ruído Rosa Aparelhagem + Aqualtune + Mumma in Dub
Selvagem + PSICO.TRóPICA
Arena Djanguru Sistema Dsom + Dubversão Sistema de Som
Dubstep NA RUA_ + Trance de Rua
Batata Eletrônica + Unidos do BPM
Boteco Pratododia + Cremosa Vinil
Terremoto Sound System + House Sounds Sistema de Som
Metanol FM + CALDO
Pilantragi + je TREME mon amour
Coletivo Sistema Negro + BAQUIRA SISTEMA DE SOM
Calefação Tropicaos + QUACK
Carlos Capslock + House Of Divas
VENGA, VENGA + Free Beats
Discopédia + Roda de Sample
Natividade Sistema Sonoro + 4P Sistema de Som

AUDIOVISUAIS
Dmtr.org
Camille Laurent LD
Martin Shankar - Monxtra
Coletivo 60Hz
VJ Foga (Bonde Sinistro)
Aieda Freitas
Legítima Defesa
Mirella Brandi x Muepetmo
Palco Córtex (Curadoria ADA - Ateliê Digital Analógico)

| Centro Histórico. Dia 13, a partir das 20h.