Programação infantil

Confira a programação especial da Sala Infantil:

Palhaços em ação! Coletivo Cirkospício: 

Três palhaços chegam e demonstram suas habilidades circenses com muita diversão e acrobacia. Através de esquetes clássicas da palhaçaria levam o público ao contato com a música, imaginação e o poder da mente.

Quando: 07 e 08/09, às 15h

 Foto de duas mulheres trajadas de palhaço

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Grudadinhos - Oficina de adesivos para crianças

As crianças montam seu próprio álbum e adesivos personalizados, para grudar, com um pouco de imaginação e muita cor, criando divertidos adesivos para colar e enfeitar.

A natureza é o tema da Grudadinho, as crianças são estimuladas pelo reino animal onde vão descobrindo seu animal preferido, suas qualidades, e o que o cerca. Grudando no imaginário, incentivando a percepção visual e sentimental dos pequenos.

Desenhando, pintando, colando e criando o cenário da sua própria estorinha.

Quando: 15/09, às 15h

20 vagas (Os lugares serão preenchidos por ordem de chegada)

oficineira: Mush Spavier
grupo: Urbanera
Duração: 2h
 

 Foto de homem e mulher, ambos vestidos de palhaços, brincando com crianças

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Contos Ciganos com Cris Miguel

Zingarella gosta de sair andando pelo mundo assim como os ciganos fazem! E os lugares que mais visitou foram no Leste Europeu, uma parte do mundo onde se encontram muitos deles. Pelas suas andanças colheu histórias e músicas que são compartilhadas com muita alegria nesta brincadeira de contar histórias.

Dentre as histórias estão Vasya pé branco e o Cigano e a Galinha, intermeadas por músicas dos ciganos da Romênia, da Sérvia, da Bulgária, da Macedônia.

O espetáculo conta com música ao vivo, com acordeom, pandeiros, dança e bonecos, enfim, muitos cantos e muitos contos pra mostrar a alma alegre e colorida que este povo tem!

Quando: 22/09, às 15h

 

Oficina para crianças 2 em 1: Livro Ilustrado com carimbo, com Daniele Martin

Com um pedacinho de E.V.A e muita imaginação as crianças produzem seus próprios carimbos. Em seguida, aprendem a fazer um livro e criam uma história visual com diversos materiais. O resultado são livros cheios de fantasia, cores e formas!

Faixa-etária: Crianças a partir de 6 anos
Número de participantes: 20
(Distribuição de ingressos com 1h de antecedência por ordem de chegada ) :)
Duração: 1h30
Material incluso: papéis coloridos, linha, tesoura,
cola, materiais para desenhar e colorir, bloquinho de madeira, espuma de E.V.A.

A oficina é gratuita

Ao final da atividade, cada criança levará para casa o carimbo e o livro que criou.

Quando: 29/09, às 15h

Imagem de várias tampinhas coloridas com desenhos colados em suas superfícies. Tem caminhão, tartaruga, ovelha, carinha sorrido, coração, maçã, cupcake, sorvete, raio, barco, aves, estrelas, peixe, presente, triângulo e bolinha

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Oficina Rock para pequenos, com Laura Macoriello

A oficina contará com equipamentos antigos como vitrola, walkman, LPs, fitas cassetes, oficina de pintura e iremos apresentar os grandes astros de rock!

Através do livro, traremos lições de cidadania, como tomar banho, pentear os cabelos, ter respeito pelos mais velhos, proteger a natureza, etc.

Todas as crianças receberão um botton com ilustrações do livro e por último faremos o sorteio de um exemplar.

Quando: 06 e 07/10, às 15h

 

Imagem de divulgação com fundo verde, do lado esquerdo, há uma ilustração do cantor David Bowie e do lado direito, círculo branco com o nome do artista estilizado em verde.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Habiba – Contos Árabes Cris Miguel

Três personagens árabes compõem o espetáculo Habiba.

O primeiro apresenta a personagem Habiba, uma contadora de histórias que narra através dos tapetes persas. O segundo é o Príncipe Ádil, que vem falar de como enfrentar e vencer os medos. E, por fim, o Fantasma da Tia Khalil, que gosta de fazer kibe, dar sustos e cantar!
Apresentando a cultura árabe através de histórias, dança, música tradicional, bonecos e brincadeiras, o espetáculo fala da luta pelos sonhos, de valores e de coragem, e passeia pelo imaginário árabe de mercadores e suas viagens pelo deserto, encanto e magia de uma tradição de contadores de histórias.

Quando: 12/10, às 15h

Feira de troca de livros infantis

No dia das crianças a Biblioteca Mário de Andrade promoverá especialmente uma feira de troca de livros infantis.

É uma ótima oportunidade para fomentar o hábito de leitura e incentivar o compartilhamento literário entre as crianças!

As regras são as mesmas que a feira de troca de livros mensal:
* Um por um (vale gibis, livros etc.)
* Só serão aceitos livros e gibis em bom estado de conservação


Quando: 12/10, às 14h
Local: Sala Infantil

 

Príncipe Siddhi com Cris Miguel

Cris Miguel apresenta a história de Siddhi, um pequeno príncipe indiano que se sentia como um pássaro preso na gaiola vivendo dentro do Palácio de Ouro e Prata, pois seus pais não permitiam
nunca que ele saísse de lá. Mandavam presentes e muitos agrados, mas nada o satisfazia além da vontade de conhecer o mundo além das muralhas.

Inspirado na história de Sidharta Gautama, e em pequenas lendas da vida de Buda tiradas do livro de Noorinayat Khan. Noor foi uma real princesa indiana, filha de um mestre sufi que escrevia e contava histórias pra crianças. Um espetáculo que traz de forma divertida e comovente valores como respeito, harmonia e beleza no caminho da busca da verdade.

Apresentando a cultura indiana, os contos são ilustrados com teatro de sombras, música e dança clássica da Índia, que de forma singela buscam a comunhão com o público de todas as idades no
resgate da função ancestral de se contar uma história.

Quando: 13/10, às 15h

 

Musicalização para bebês  (até 3 anos), com Bel Borges

“Música é como o mar: tem adulto que nada no raso e criança que nada no fundo." (Helio Ziskind)

Brincar. Cantar uma melodia. Acompanhar na palma da mão, estalar os dedos, tirar sons do próprio corpo. Imitar sons e inventar outros tantos. Dançar. Fazer de si um instrumento musical! Essa é a proposta do projeto “Voz, Som e Movimento”: uma vivência musical para ser compartilhada entre adultos e crianças, com jogos e brincadeiras que visam sensibilizar a escuta e estimular a percepção, unindo as possibilidades expressivas do corpo e da voz,
som e movimento. Na brincadeira e no jogo, adultos e crianças vão trocando afetos, descobrindo e construindo juntos novas maneiras de ler e compreender o mundo.

Conteúdos:
? Percepção e sensibilização da escuta
? Brincadeiras e jogos musicais da cultura popular
? Jogos de som e movimento
? Histórias sonorizadas
? Apreciação musical

Bel Borges, cantora, atriz, preparadora vocal e educadora musical, é formada pelo Instituto de Artes da Unesp no curso de Educação Artística, com habilitação em Música. Participou de diversas formações da pedagogia Orff, no Brasil e no exterior – em 2014 fez o curso ORFF AFRIQUE: Orff Schulwerk and African Musical Traditions, em Ghana, África.

Público alvo: grupos de bebês e crianças de até 3 anos, acompanhados pelos pais/ responsáveis
Duração: 1 hora

Quando: 20/10, às 15h

 

Musicalização para crianças (4 a 8 anos), com Bel Borges

“Música é como o mar: tem adulto que nada no raso e criança que nada no fundo." (Helio Ziskind)

Brincar. Cantar uma melodia. Acompanhar na palma da mão, estalar os dedos, tirar sons do próprio corpo. Imitar sons e inventar outros tantos. Dançar. Fazer de si um instrumento musical! Essa é a proposta do projeto “Voz, Som e Movimento”: uma vivência musical para ser compartilhada entre adultos e crianças, com jogos e brincadeiras que visam sensibilizar a escuta e estimular a percepção, unindo as possibilidades expressivas do corpo e da voz,
som e movimento. Na brincadeira e no jogo, adultos e crianças vão trocando afetos, descobrindo e construindo juntos novas maneiras de ler e compreender o mundo.

Conteúdos:
? Percepção e sensibilização da escuta
? Brincadeiras e jogos musicais da cultura popular
? Jogos de som e movimento
? Histórias sonorizadas
? Apreciação musical

Bel Borges, cantora, atriz, preparadora vocal e educadora musical, é formada pelo Instituto de Artes da Unesp no curso de Educação Artística, com habilitação em Música. Participou de diversas formações da pedagogia Orff, no Brasil e no exterior – em 2014 fez o curso ORFF AFRIQUE: Orff Schulwerk and African Musical Traditions, em Ghana, África.

Público alvo: crianças de 4 a 8 anos, acompanhados pelos pais/responsáveis.
Duração: 1 hora

Quando: 20/10, às 16h

 Foto de duas meninas sorrindo e brincando com instrumentos musicais

 

 

 

 

 

 

 

 

Oficina Animação de bolso – Flipbook

Os participantes serão convidados à criar o brinquedo óptico Flipbook - um bloco de folhas pequeno onde se desenha
uma sequência de imagens, folha a folha, como quadros sobrepostos. Ao repassar, essas folhas rapidamente, é criada a
ilusão de movimento com os desenhos sequenciados.

Metodologia:
-O que é “Flipbook”?
Os participantes conhecerão exemplos de
animação realizada via brinquedo óptico.

-Fazendo um “Flipbook”!
Primeiramente será levantado ideias e
depois serão realizados os desenhos
quadro a quadro.

-Ação!
-A seqüência dos desenhos serão
agrupados e realizarão a exibição dos
resultados.

Danilo Pêra (1984) é graduado em Artes Visuais pela Universidade Belas Artes de São Paulo. Atuou como educador no Museu de
Arte de São Paulo (MASP), Museu da Imagem e do Som(MIS-SP), Pinacoteca do Estado de São Paulo e na 32o Bienal Internacional de Artes de São Paulo. Ministrou aulas de Foto e Vídeo para jovens no Programa Fábricas de Cultura do Catavento Cultural e no Projeto Tela Brasil da Buriti Filmes.
Em paralelo desenvolve produção artística.

Quando: 27/10, às 15h
Público alvo: Crianças e adolescentes acompanhados pelo pais ou responsáveis.
Número de vagas: 20 pessoas
(distribuição de ingressos com 1h de antecedência)

 

Oficina Cortejo com dupla de palhaços

“O momento do encontro é o momento da possibilidade, é o instante que dá vazão ao concreto e ao inimaginável.”

“Le Petit Corteje” trata-se de uma oficina-cortejo que acontece em espaços alternativos (locais de convivência, escolas, bibliotecas, praças etc.) e mistura jogos, música, palhaçaria e improvisação.

Cangica e Marcha lenta caminham juntos, vem de outros tempos como que viessem de qualquer lugar e fossem também para lugar algum (estão de passagem) e chegam neste tempo e espaço
para encontrar novos criadores (artistas que talvez ainda não saibam que o são).

Motivados a festejar, brincar, e celebrar, com músicas e brincadeiras, propõem uma oficina cortejo. No momento inicial, acontece uma “oficina de criação teatral”, já ministrada pelos palhaços, onde eles criam e esquematizam, junto ao participantes, como será o cortejo, a criação parte da pergunta “Se você fosse um super-herói, que poder você teria para mudar o mundo?”.

O público entra como participante da intervenção, criando
estéticas, movimentos, e jogos, passeando pelo espaço,
(des)organizadamente levando a vivenciar um momento de
fantasias e brincadeira.

Quando: 02, 03 e 04/11, às 15h