BIOGRAFIA DO PATRONO NUTO SANT´ANNA


Nuto Sant Anna
Benevenuto Silvério de Arruda Sant'Anna nasceu em 5 de setembro de 1889 em Itirapina, São Paulo.

 
Nuto, como era conhecido, foi escritor, jornalista e historiador. Iniciou sua carreira no jornalismo na cidade de São Carlos no jornal ’O Alfa’ e, ainda nesta profissão, mudou-se em 1910 para a capital do Estado, trabalhando então como redator do Correio Paulistano, no setor bibliográfico.
 
Essa experiência familiarizou-o com a pesquisa e deu-lhe o embasamento para o trabalho como historiador que exerceu em paralelo às suas atividades.
 
Aos 24 anos publicou sua primeira coletânea de poemas, Versos de Nuto Sant’Anna. Entre suas obras estão Troféus, Miserere, São Paulo histórico, As meninas da Casa Verde e Primeiro amor.
 
Influenciou os círculos literários com suas poesias, publicadas no Correio Paulistano. Colaborou também com O Estado de São Paulo e, junto com seu irmão Leopoldo, fundou um jornal em 1930 denominado O Dia.
 
Colaborou nas revistas O Pirralho, A Vida Moderna e Cigarra. Foi diretor do Departamento de Cultura da Prefeitura de São Paulo e fundou a Revista do Arquivo Municipal, que depois ficou sob orientação de Sérgio Milliet.
 
Organizou e publicou a série de doze volumes Documentos interessantes, inventários e testamentos e sesmarias, do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo. Em 1945 foi eleito para a Academia Paulista de Letras. Faleceu em 2 de janeiro de 1975, em São Paulo.


Fontes:
Wikipedia
http://pt.wikipedia.org/wiki/Nuto_Santana#Biografia


 

 

logo SMB

Nuto Sant’anna