Combate à corrupção é tema de curso da CGM na Escola Municipal de Administração Pública

 A Controladoria Geral do Município de São Paulo (CGM/SP), por meio da Divisão de Promoção da Ética, da Coordenadoria de Promoção da Integridade (COPI), ministrou, nesta sexta-feira (05/04), pela primeira vez, o curso “Combate à Corrupção – Modulo I – Fundamentos”, na Escola Municipal de Administração Pública de São Paulo (EMASP). O curso foi direcionado para servidores públicos e teve 4 horas de duração.

O objetivo do curso foi sensibilizar os agentes públicos sobre as ações gerais que levam à corrução, desmistificando as principais desculpas dadas para se cometer ações corruptas e esclarecendo sobre os modelos mentais que permitem ações sem julgamentos éticos, levando em consideração a regulamentação da Lei Anticorrupção pelo município, através do Decreto 55.107/14.

O assistente de gestão de políticas públicas da Divisão de Promoção da Ética, Danilo Montingelli, responsável por ministrar o curso na EMASP, contextualiza a iniciativa: “Nós já ministrávamos o curso de ética e percebemos que faltava a questão do combate à corrupção. Embora exista o decreto regulamentando a Lei Anticorrupção, o código de conduta do servidor público não cita o tema e as pessoas não falam abertamente, como se ainda fosse um tabu. Entendeu-se a necessidade de falar sobre a corrupção para que os agentes se sintam mais livres para agir da forma correta”.

A metodologia do Curso de Combate à Corrupção foi dividida em três partes com a atividade sendo iniciada com um processo de troca de experiências para sentir a tolerância de cada um sobre o tema. Num segundo momento, o curso faz uma contextualização definindo a corrupção e suas raízes históricas no Brasil e a apresentando dados de uma pesquisa de percepção da corrupção. O curso é encerrado com um questionário com três perguntas, resumindo todo o material didático apresentado.

A supervisora técnica adjunta de saúde, da Secretaria Municipal de Saúde, Claudia Orita, participou da primeira turma do curso de combate à corrupção. Ela percebeu o crescimento, nos últimos anos, de ações judiciais na saúde e se deparou com a necessidade de ampliar seus conhecimentos sobre a legislação e o combate à corrupção. “Você ouve tantas pessoas cobrarem um posicionamento que, às vezes, você se questiona: será que estou certa, será que estou errada? Eu saio do curso com a certeza de que estou agindo da maneira correta e ética”.

O curso “Combate à Corrupção – Módulo I – Fundamentos” será ministrado uma vez por mês, até dezembro, na EMASP. O segundo módulo do curso já está sendo preparado, com uma ampliação no tema de Compliance.