Trabalho Novo

O trabalho socioeducativo realizado pela Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS) envolve um plano intersecretarial e com diferentes iniciativas. O Programa Trabalho Novo, criado em 2017, é um destes exemplos e realizou 2.626 contratações de pessoas em situação de rua, em parceria com, aproximadamente, 130 empresas. Foram mais de 5,3 mil pessoas capacitadas e 1.246 continuam empregadas. No início de 2019, o termo de parceria entre a Prefeitura, Rede Cidadã e Banco do Brasil foi finalizado. Assim, dando sequência ao projeto, a SMADS publicou um novo edital, no dia 9 de fevereiro, para a viabilização de uma proposta de capacitação, seguindo as normativas do Sistema Único de Assistência Social (SUAS).

O Programa Acessuas Trabalho tem capacidade para atender 150 beneficiários por mês e abrange todos os territórios do município. A atuação será em parceria com a Organização da Sociedade Civil (OSC) que vencer a licitação e estiver de acordo com o Decreto nº 58.330 DE 20 DE JULHO DE 2018, que institui o Programa Trabalho Novo na capital paulista.

A nova fase se propõe a desenvolver ações voltadas para garantir direitos das pessoas em situação de vulnerabilidade e/ou risco social a partir do acesso aos serviços e da inclusão no mundo do trabalho. Para isso, as ações devem integrar com a rede socioassistencial, outras políticas e promover o desenvolvimento do protagonismo de seus usuários, a partir de atividades que visam o resgate de autonomia, considerando as capacidades e potencialidades dos participantes. Ações realizadas pelas equipes devem ser transversais a todas as atividades.

O processo de recebimento das propostas das OSCs interessadas foi encerrado em março, que contou com a participação de oito organizações. No momento, está ocorrendo análise para a definição da instituição que estiver mais capacitada para executar os serviços. Entre os critérios estão a apresentação de um plano de trabalho contendo a metodologia a ser aplicada, obedecendo a parâmetros, como, o desenvolvimento de um trabalho socioeducativo e socioemocional, articulações para acesso e conquista de trabalho, o acompanhamento estruturado dos técnicos, entre outros.

Cabe ressaltar que os 148 serviços da rede socioassistencial voltados para população em situação de rua realizam, por meio de uma articulação local e de parcerias com o setor privado, cursos de capacitação profissional, rede de estímulo à geração de renda, e atividades de lazer e cultura, visando a reinserção social da população.

Informações e dúvidas: Entrar em contato com a Adriana Prandini, pelo telefone 3291-9732 ou aprandini@prefeitura.sp.gov.br
 

A imagem é de um stand em um evento. Nela estão os materiais do Trabalho Novo, como folders e cartazes, todos nas cores azul e branco. Em um dos materiais há um homem e uma mulher sorrindo. Ao fundo há uma TV ligada.