Pessoas com Deficiência

A Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS) possui 49 serviços voltados ao atendimento e acolhimento de Pessoas com Deficiência e 3.039 vagas. Os encaminhamentos para os serviços podem ser feitos pelo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) ou pelo Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS).

 

Núcleo de Apoio à Inclusão Social para Pessoas com Deficiência (NAISPD)

O núcleo de apoio ao processo de inclusão social para pessoas com deficiência tem por finalidade a garantia de direitos, o desenvolvimento de mecanismos para a inclusão social, a equiparação de oportunidades e a participação das pessoas com deficiência, a partir de suas necessidades individuais e sociais. No âmbito da assistência social pode ser desenvolvido por meio da oferta e promoção do acesso de pessoas com deficiência à rede socioassistencial e aos serviços de outras políticas públicas.

Desenvolve ações extensivas aos familiares, de apoio, informação, orientação e encaminhamento, com foco na qualidade de vida, exercício da cidadania e inclusão na vida social, bem como desenvolve ações articuladas com as áreas governamentais de educação, saúde, transporte especial e programas de desenvolvimento da acessibilidade.

O serviço deve favorecer o desenvolvimento de capacidades adaptativas para a vida diária e prática: aquisição de habilidades, potencialização da capacidade de comunicação e socialização, considerando necessidades e as especificidades da deficiência.

  • Público-alvo

Pessoas com deficiência que vivenciam situações de vulnerabilidade, risco e violações de direitos ou pela ausência de acesso a possibilidades de inserção social.

  • Funcionamento

De segunda a sexta feira com atendimento por 8 horas nos dias úteis e divididos em turnos de 4 horas, considerando o contraturno escolar para os estudantes.

  • Forma de acesso ao serviço

Demanda encaminhada e/ou validada pelo CRAS, CREAS. Unidade: Espaços/locais (próprios, locados ou cedidos) administrados por organizações sem fins econômicos.

  • Modalidades:

1. Núcleo de Apoio à Inclusão Social para Pessoas com Deficiência I: para crianças de 0 a 6 anos;
2. Núcleo de Apoio à Inclusão Social para Pessoas com Deficiência II: de 7 anos a 14 anos;
3. Núcleo de Apoio à Inclusão Social para Pessoas com Deficiência III: a partir de 15 anos.

Centro Dia da Pessoa com Deficiência

Serviço destinado à atenção diurna de pessoas com deficiência em vulnerabilidade social, que estejam com seus direitos violados e com grau de dependência (Grau I e II, segundo a ANVISA), que necessitam de auxílio para desenvolver atividades de vida diária (instrumentais ou básicas), sendo necessário o apoio de um espaço que ofereça proteção social especial, caracterizado pelo atendimento de uma equipe multidisciplinar, que irá auxiliar na garantia de direitos através de ferramentas e ações como fortalecimento de vínculos, estímulo para autonomia, inclusão social, por meio de ações de acolhida, escuta qualificada para orientação, trabalho em rede, entre outros.

Este serviço será referenciado ao Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS.

Público-alvo

Pessoas com deficiência que possuem limitações para realização das atividades de vida diária (AVD) com retaguarda familiar, mas que não consigam obter em sua residência em período integral os cuidados e apoios necessários para o seu pleno desenvolvimento; que residam no território de abrangência do serviço; que sejam prioritariamente beneficiárias do Benefício de Prestação Continuada – BPC; com 18 a 59 anos e 11 meses, de ambos os sexos, em situação de risco pessoal e social (fragilidade nos vínculos familiares negligencia, violência física, psicológica, econômica); e cujos familiares e/ou responsáveis não possuam alguém que apoie a pessoa com deficiência em sua ausência.