Barra de Impressão

Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento


Início - Secretarias - Urbanismo e Licenciamento / Arco do Futuro / Arco Tietê


Arco Tietê

O Projeto Arco Tietê faz parte do programa Arco do Futuro e tem como objetivo promover estudos para o desenvolvimento urbano com equilíbrio social, econômico e ambiental

O Arco Tietê é uma das mais estratégicas áreas da cidade de São Paulo. Caracteriza-se por uma região onde se implantou o sistema ferroviário e o parque industrial que revolucionou a economia da cidade no século XX e onde as políticas públicas de manutenção e estímulo ao emprego na indústria e suas atividades econômicas agregadas devem ocorrer paralelas às ações de preservação, proteção e recuperação do nosso patrimônio cultural.

Setor especifico da Macroárea de Estruturação Metropolitana, definida pelo Plano Diretor Estratégico do município, onde se implantou uma rede de infraestrutura de importância regional com a predominância de vias estruturais, sistema ferroviário e rodovias que articulam diferentes municípios e pólos de empregos da Região Metropolitana de São Paulo, o Arco Tietê é um território adequado para receber transformações urbanísticas e econômicas, que ofereçam maior aproveitamento do solo urbano, através do aumento da densidade construtiva e demográfica e da implantação de novas atividades econômicas com abrangência metropolitana, que propiciem um equilíbrio adequado entre a oferta de habitação e a oportunidade de emprego e renda.

O espaço urbano do perímetro do Arco Tietê contém relações complexas, que articulam escalas urbanas e econômicas de abrangências do local ao regional e que devem necessariamente ser consideradas na análise deste território. Caracteriza-se pela porção central da planície fluvial do rio Tietê, onde devem ser compatibilizados os usos, padrões e tipologias de parcelamento do solo urbano, com as condicionantes geológico-geotécnicas, atentando para a minimização dos problemas das áreas de risco, de solo contaminado e para a prevenção do aparecimento de novas situações de vulnerabilidade.

Além de ser uma área com condições propicias para a manutenção da população moradora e para a nova população desejada, através da oferta adequada de serviços, equipamentos e infraestrutura urbana, apresenta condições exemplares para a recuperação da qualidade dos sistemas ambientais e hidrológicos da cidade, especialmente o Rio, córregos e áreas vegetadas, articulando-os adequadamente com os sistemas de infraestrutura existentes, em especial a drenagem, o saneamento básico, a mobilidade e os novos padrões de urbanização vinculados a critérios de sustentabilidade.

Trata-se de um perímetro de intervenção que contém relações complexas que articulam escalas urbanas e econômicas de abrangências do local ao regional, representando o primeiro passo no processo de construção do Arco do Futuro.

Tem-se como exemplo, um conjunto de projetos de mobilidade com interferência direta na área, como o projeto implantação do Trem de Alta Velocidade (TAV) a cargo da Agência Nacional de Transportes Terrestres; o projeto de implantação dos trens regionais sob responsabilidade da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM; a expansão da rede metroviária, incluindo suas novas linhas e estações da Companhia do Metropolitano e considerando inclusive possíveis diretrizes de enterramento das linhas; as novas premissas de desenvolvimento urbano instituídas pelo Plano Diretor Estratégico do Município de São Paulo; a rede de corredores de ônibus municipais a cargo da Secretaria Municipal de Transportes; o plano diretor de saneamento da bacia do Alto Tietê a cargo da SABESP entre diversos outros projetos de infraestrutura que qualificam a área como um ponto notável da metrópole paulista.

Os estudos de viabilidade de transformação urbana da área do Arco Tietê vêm sendo desenvolvidos desde o dia 15 de abril de 2013, conforme o Chamamento Público para Manifestação de Interesse Privado-PMI (Chamamento Púbico nº 01/2013/SMDU), proposto pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano – SMDU da Prefeitura Municipal de São Paulo, cujos documentos referentes podem ser acessados por meio dos links abaixo:

Comunicado de Chamamento Público e anexos
Atas das reuniões da Comissão Especial de Avaliação (CEA)
Atas e Apresentações das Sessões Públicas realizadas
Diretrizes e escopo mínimo para atendimento ao Chamamento
Perguntas e esclarecimentos (1ª e 2ª fase)
Comunicados CEA (1ª e 2ª fase)
Comunicado 2ª fase do Chamamento Público

Saiba mais:
Como o Plano Diretor desenhou o Arco Tietê?
Objetivos e Estratégias
Como está o desenvolvimento do projeto?
Arquivos do chamamento público
OUC Água Branca

Para dirimir dúvidas e encaminhar sugestões, envie um e-mail para arcotiete@prefeitura.sp.gov.br


  • Copyright
  • SAC