15/01/2008 11h42

Share

CET lança nova versão do Selo Trânsito Seguro

A edição 2008 do programa adota regras de avaliação mais rigorosas para reduzir os acidentes com motocicletas

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) lança, nesta terça-feira, 15 de janeiro, o "Programa Selo Trânsito Seguro", edição 2008. A nova versão do programa é mais exigente que a atual, ampliando o foco de segurança. 

O principal objetivo do "Selo Trânsito Seguro" é obter resultados na diminuição dos acidentes com motociclistas, certificando empresas do setor por adotar práticas eficientes de gestão de segurança em suas atividades, oferecendo aos profissionais seguro de vida, convênio de saúde, convênios para revisão mecânica das motos, auxílio extra por afastamento em caso de acidentes, equipamentos de proteção, como capacetes e jaquetas, treinamento específico para motociclistas e outros requisitos.

Em 2008, para receberem o certificado da CET, as empresas prestadoras de serviço de motofrete que espontaneamente decidirem participar do programa deverão ter no mínimo 60% de aprovação no total de indicadores avaliados, 10% a mais que em 2007.

Além disso, serão avaliados 7 indicadores com peso diferenciado na pontuação. Os indicadores referentes à manutenção, exigência e fiscalização do uso de equipamentos de segurança e controle de tempo das tarefas terão peso maior na pontuação. O requisito treinamento, além de também ter peso maior será eliminatório. A empresa que tiver nota zero neste item será desclassificada.

A concessão do selo confere à empresa o direito de uso de uma logomarca específica que poderá ser colada na motocicleta ou na roupa dos profissionais. O processo de concessão é contínuo e o selo obtido tem validade por um ano.

Diariamente, um motociclista morre em São Paulo e outros 25 são feridos, muitos deles com gravidade. Apesar de representarem apenas 10% da frota de veículos da Cidade, motocicletas se envolveram em 29% dos acidentes de trânsito que resultaram em mortes em 2006, de acordo com levantamento feito pela CET com base em dados do Instituto Médico Legal (IML).

A certificação é uma declaração de compromisso com a segurança no trânsito e deve se tornar um diferencial de mercado cada vez mais valorizado pelos clientes do serviço de motofrete. A inscrição no programa é voluntária e gratuita. O regulamento e o manual estão disponíveis no site da CET (www.cetsp.com.br).

Edição 2007

Desde o início do programa, em dezembro de 2006, 41 empresas receberam a certificação. No total, elas administram frota de 4.200 motocicletas. Todas receberam o selo por adotarem práticas eficientes para prevenir o risco de acidentes de trânsito.

Das empresas certificadas, 95% estabelecem controle do tempo de realização das tarefas, 82% oferecem ou já ofereceram reciclagem e treinamentos específicos de pilotagem segura para seus funcionários, 73% fiscalizam o uso e oferecem Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) como capacete, jaqueta, calça e bota aos seus empregados, 72% monitoram a realização da manutenção preventiva dos principais sistemas das motocicletas a seu serviço.

O programa vem recebendo o apoio de diversas instituições e empresas tomadoras do serviço de motofrete, entre as quais Ambev, Banco Itaú, Porto Seguro Seguradora, Sesc São Paulo, Unilever do Brasil, Maggion Pneus, entre outras. Em setembro deste ano, estas instituições assinaram o Documento de Compromisso das empresas de São Paulo pelo Trânsito Seguro na Contratação de serviços de Motofrete, na qual se comprometem a dar prioridade à contratação de empresas do setor, certificadas pela CET.

Abaixo a relação das empresas já certificadas:
 

 

 

Data

Empresas Certificadas

9 de abril de 2007

Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, Danlex Transportes Ltda, Serviço de Motos Expresso - SPS Ltda, RAE Express Serviços Rápidos Ltda, Millex Transporte Ltda e New Executive Express Serviços de Moto Frete Ltda.

19 de junho de 2007

Disk Entrega e Logística Ltda, Millenium Express Transportes Ltda, GT Express Ltda, Fast Courrier, Disk Motofrete Ltda, Urbana Serviços de Entregas Rápidas Ltda, Titan Serviços de Moto Ltda, BME - Berrini MotoBoy Express Motoboy Ltda, GDJ Comércio de Transportes Especiais Ltda, GDEX Transportes Especiais Ltda.

21 de Agosto de 2007

Solegal Express Ltda, RRJ Localrent Locação de Veículos, Transporte e Equipamentos Ltda, Trans Tour Enviar e Receber Ltda, Transportadora Mundial Ltda, LGM Transportes Especiais Ltda, E-Service Delivery Ltda.

31 de outubro de 2007

Coopermund, Dmarc Express Ltda, Febex Serviços de Entregas de Documentos Ltda, Friends Express Serviços Ltda, GK Transportes Urgentes Ltda, Gonçalves Express Ltda, M.A.C Express Ltda, Mapa Moto Express, Spark Express Entregas de Malotes, Velocity Net Serviços de Mensageiros.

5 de dezembro de 2007

Paratodos Entregas Rápidas Ltda, Mundial Express Entregas Rápidas Ltda, Carga Leve Transportes Lig Moto Ltda, Help Express Serviços Ltda, Hikari Express Transportes de Encomendas Ltda, Hikari Moto Express Transportes Urgentes Ltda, Disk Boys Entrega de Documentos Ltda, KLC Transportes Locação e Comércio Ltda e Master Boys Comércio e Transportes Especiais Ltda.