Mobilidade e Trasportes

AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DOS SERVIÇOS DE TRANSPORTE

Página em processo de atualização. Última alteração: 02/10/2017 - 13h15

A medição estruturada e sistemática do desempenho e da qualidade dos serviços de transporte permite implementar um sistema de gestão de informações comparativas, integrando indicadores, pesquisas de opinião, pesquisas operacionais e procedimentos técnicos de verificação.

 

Índice de Qualidade do Transporte – IQT

Para avaliar a qualidade da prestação do serviço de transporte é utilizado o Índice de Qualidade do Transporte – IQT, por meio é atribuída uma pontuação à empresa operadora, utilizando um sistema de ponderação sobre os indicadores estabelecidos.

Essa sistemática tem por objetivo promover a melhoria contínua dos serviços prestados, estabelecendo um ranking do desempenho das empresas. Isto possibilita àquelas que apresentarem resultados inferiores, empreenderem esforços para atingir o nível das demais, elevando, assim, a qualidade do Sistema de Transporte.

As empresas operadoras, por exigência contratual, tem a obrigatoriedade, também, de implantar e certificar Sistemas de Gestão da Qualidade e do Meio Ambiente, com base nos requisitos das Normas NBR ISO 9001 e 14001, devendo, para tanto, considerar os parâmetros de avaliação estabelecidos e desenvolver seus indicadores de autogestão.

Cálculo individual dos indicadores

Cálculo dos indicadores estabelecidos de acordo com a respectiva ficha técnica, sendo as medições efetuadas por  linha, lote de linhas e empresa.

Transformação dos Resultados em Pontuação

Transformação dos resultados obtidos de cada indicador em pontuação, numa escala de 0 a 10, em função da variação em relação à referência estabelecida ou no resultado máximo (maior valor obtido acima da referência), considerando as seguintes situações:

1.    Todos os resultados abaixo da referência – será feita uma distribuição linear das notas, de 0 a 10;

2.    Todos os resultados acima da referência – será feita uma distribuição exponencial das notas, a partir de 5 (50% da nota máxima), sendo que o melhor resultado receberá a nota máxima (10);

3.    Um resultado igual ou acima da referência – será atribuída a nota máxima (10). Para os resultados abaixo da referência será feita a distribuição linear das notas de 0 a 9;

4.    50% ou mais resultados acima da referência – será feita uma distribuição exponencial das notas, a partir de 5, sendo que o melhor resultado receberá a nota máxima (10). Para os 50% com resultados abaixo da referência, será feita a distribuição linear das notas de 0 a 5;

5.    Menos de 50% dos resultados acima da referência – a nota de partida será proporcional ao número de Empresas Contratadas com resultados acima/abaixo da referência.

 

 Melhoria Individual dos Resultados

Com objetivo de promover o reconhecimento do desempenho individual, a empresa poderá obter até 2 pontos (limitado à nota máxima do indicador – 10) pela melhoria do resultado de cada indicador em relação ao mês anterior. O percentual de melhoria obtido é aplicado sobre o total de pontos possíveis (2).  

Ponderação da Pontuação

 

Multiplicação da pontuação pelo peso relativo do indicador, estabelecido com base no seu grau de importância relativa na mensuração do desempenho dos serviços de transporte, dentro de sua categoria de avaliação.

Índice de Qualidade do Transporte – IQT Mensal

 

O IQT Mensal é apurado por meio do somatório das notas finais individuais ponderadas de cada um dos 10 indicadores, gerando uma pontuação numa escala de 0 a 100.

Índice de Qualidade do Transporte – IQT Semestral

O IQT Semestral é apurado com base no resultado médio do semestre de referência, nas seguintes estratificações: 

1.    Linhas e lote de linhas - média aritmética simples das notas do semestre.

2.    Empresa - média aritmética das notas do semestre das linhas e lotes de linhas de responsabilidade da empresa, ponderada pelo numero médio de passageiros no mesmo período.

3.    Setor, Subsistema e Sistema - média aritmética das notas do semestre das linhas e lotes de linhas que compõem os setores, subsistemas ou sistema, ponderada pelo numero médio de passageiros no mesmo período.

    Avaliação do Resultado do IQT

O resultado do Índice de Qualidade do Transporte – IQT é classificado como de ótimo, bom, regular ou ruim. A escala de pontuação para cada faixa de classificação é definida pela Contratante, com base no desempenho do conjunto de linhas e lotes de linhas do Sistema de Transporte.

  Ciclos de Avaliação de Desempenho
 

São realizados Ciclos Semestrais de Avaliação dos Resultados do Índice de Qualidade do Transporte – IQT.

O IQT Semestral é consolidado e avaliado pelo Comitê constituído pelo Órgão Gestor, identificando os pontos críticos em relação a referenciais comparativos.

Manutenção do Nível de Desempenho

A empresa operadora deve manter o nível mínimo de desempenho definido pelo Órgão Gestor. Caso a empresa apresente por dois meses consecutivos resultados insatisfatórios,  essa deve elaborar e encaminhar ao Órgão, no prazo por ele fixado, relatório contendo, no mínimo, a identificação do problema (resultado indesejado de um processo); análise das causas do problema; e o plano de ação, contendo as medidas a serem adotadas, responsável e prazo de conclusão, o qual que não deverá ultrapassar o Ciclo de Avaliação em andamento. 

Dados de Agosto de 2017: