01/09/2010 15h42

Share

Água de reuso garante economia de 80% na lavagem de ruas

Ruas de São Paulo são lavadas com água reaproveitável

Imagem do post

Água reaproveitada faz bem ao planeta

Para evitar o desperdício e preservar a água potável, a Secretaria de Serviços, atenta às questões ambientais, vem utilizando água de reuso - não potável - na limpeza pública da cidade de São Paulo.

O contrato firmado pela Secretaria de Serviços com as empresas que realizam a varrição na Capital prevê que as mesmas utilizem da água reaproveitada para a limpeza de vias públicas e lavagem de feiras livres, calçadões e logradouros públicos. Essa medida já vem garantindo economia de 80% nos gastos com a utilização de água.

Diariamente são utilizados cerca de 550 mil litros de água de reuso. As cinco empresas de varrição pública, contratadas pela Prefeitura, compram a água que é produzida nas Estações de Tratamento de Esgoto. Nas ruas de São Paulo são usados dois tipos de caminhões com capacidade para armazenar até 12 mil litros.

A água de reuso sofre tratamento para tornar-se inerte do ponto de vista bacteriológico permitindo que ela seja usada para geração de energia, refrigeração de equipamentos, limpeza de vias, irrigação de áreas verdes, além da lavagem de veículos.

Em São Paulo os locais públicos são lavados em virtude da necessidade de limpeza dos espaços, visto que nem sempre a varrição dos mesmos é o suficiente para a total limpeza e eliminação de odores. Todos os dias cerca de 8.500 pessoas fazem a limpeza de aproximadamente 6.900 quilômetros de via públicas.

Fonte: Secretaria Municipal de Serviços