26/10/2010 18h23

Share

Capela de São Miguel Arcanjo tombada em 1938

Confira o documento do tombamento da capela

Bem tombado: Capela de São Miguel Paulista.
Localização: Km 24 da antiga Rio-São Paulo.
Data de construção: 1622
Proprietário: Arquidiocese de São Paulo
Tombamento: Processo n.º 368/73, inscrição n.º 101, Livro de Tombo Histórico nº 1, pg 14. Data: 21.10.1938 (SPHAN), 06;05;1975 (ex-oficio).

Histórico:
O aldeamento supõe a existência de uma capela, erguida entre 1580 a 1584, que teria sido substituída pela atual, datada de 1622, inscrito sobre a porta principal. Deve-se sua construção ao bandeirante Fernando Munhoz e ao Padre João Alvares. Construída em taipa de pilão, sofreu reformas no século XVIII, sob orientação dos franciscanos. Foi acrescida de um complemento de adobe que elevou o pé direito de quatro para seis metros. O telhado da nave subiu, deixando em nível inferior a cobertura da típica varanda lateral. Criou-se um espaço para um coro e abriram-se duas janelas acima do telhado do alpendre fronteiro.

Descrição:
Trata-se de um exemplar de arquitetura jesuíta dos primeiros tempos, de linhas sóbrias e regulares. De taipa de pilão, é uma capela alpendrada que possuía telhado de duas águas. O alpendre fronteiro, de uma só queda, era sustentado por colunas de tijolos antigos. Possui ainda sua banca de comunhão e pia batismal em jacarandá torneado e alguns retábulos paulistas contemporâneos. Seu valor documentário reside no fato de ser uma das poucas capelas alpendradas que subsistem dos primeiros séculos da colonização.

Fonte:

- Guia dos bens tombados – São Paulo
- www.IPHAN.gov.br