25/07/2005 12h03

Share

Campanha de combate ao rato e a leptospirose

06/07/2005 - SPIT

Dia – 08 de Julho das 14 horas às 16:00 horas
Local – CEU Curuçá - Av. Marechal Tito – 3450- Itaim Paulista

PROGRAMAÇÃO
(sujeita a alteração)

Abertura: Subprefeito Itaim Paulista/Vila Curuçá – Dr. Diógenes Sandim Martins
Peça Teatral: “Os Emergente” – Controle dos roedores
Filme: “O rato não roeu” (Centro de Controle de Zoonoses da Secretaria Mun. Saúde)
Palestra: Luciana R. Jordão (Bióloga de Zoonoses) - Espécies e Hábitos dos roedores urbanos – Conhecer para melhor combater.
Palestra: Supervisor de Educação
Palestra: Supervisão de Saúde - Relato de vítimas de leptospirose

Campanha de combate ao rato e a proliferação das doenças por ele causada

Resumo do Projeto Fluir - saneamento da rede hídrica,  rebaixamento e alargamento da calha dos córregos, limpeza de galerias e bocas de lobo, aumento da vazão sob os trilhos da linha férrea, reconstrução da mata ciliar e construção de parques lineares as margens dos córregos. Com objetivo de prevenir enchentes, criar espaços de lazer e melhorar a qualidade de vida da população.

A Subprefeitura Itaim Paulista está inserida no anel periférico de maior crescimento populacional está em 2º lugar no índice de exclusão social do município. Além disso, é cortada no sentido norte sul por seis córregos(sub-bacias afluentes do Rio Tietê). Isto faz com que o território seja intensamente irrigado e impermeabilizado, favorecendo a ocorrência de enchentes e a proliferação de ratos.

Campanha de combate ao Rato tem o objetivo de eliminar a proliferação de ratos e sua migração natural, para as residências e comércios, quando ocorre a limpeza de córregos, galerias, bueiros e boca de lobos.

Evolvendo os agentes comunitários de saúde, as escolas e as associações de bairro, fazer uma campanha de combate a praga e a transmissão das doenças  por eles veiculada(leptospirose).
Encontro organizado para discutir proposta e por em prática ações, ampliando as ações de SUVIS (Supervisão de Vigilância Sanitária) que consiste em desratizar através de envenenamento.

Itaim Paulista promove campanha combate ao rato e à proliferação de doenças
O encontro é  para discutir as formas de prevenção às doenças ocorre no dia 8 de julho. A região teve sete casos de morte por leptospirose registrada entre 2004 e 2005. 

A subprefeitura de Itaim Paulista realiza no dia 8 de julho uma ação sistêmica entre as coordenadorias locais e a comunidade para evitar a proliferação de doenças causadas por ratos. Como medida de prevenção, a reunião discutirá as melhores formas de combater a praga urbana
- principalmente porque a região está inserida no anel periférico de maior crescimento populacional e está em 2º lugar no índice de exclusão social do município. Além disso, a subprefeitura é cortada no sentido Norte-Sul por seis córregos, afluentes do rio Tietê, o que faz com que o território seja intensamente irrigado e impermeabilizado, favorecendo a ocorrência de enchentes e a proliferação dos ratos. Entre 2004 e 2005, foram seis casos confirmados de mortes provocados por leptospirose na região.

Tarefas

Organizado entre as coordenadorias de Ação Social, Infra-Estrutura, Saúde e Educação, o encontro servirá para debater o trabalho a ser realizado por cada uma das coordenadorias. No entanto, a pauta de tarefas já foi pré-estabelecida:

A coordenadoria de Ação Social fará um levantamento do numero de famílias  moradoras na beira dos córregos - especificando o numero de crianças, idosos e portadores de deficiência para identificar e negociar junto ao CDHU moradias para quem se encontra em áreas de risco.
Infra-Estrutura e Obras está fazendo um levantamento das necessidades de remoção de lixo, da limpeza das margens, do alargamento e aprofundamento da calha dos córregos para aumentar a vazão e diminuir o transbordo. Fará ainda a limpeza de galerias e bocas de lobo, o aumento da vazão sob os trilhos da linha férrea, a reconstrução da mata ciliar e a construção de parques lineares às margens dos córregos para prevenir enchentes e criar espaços de lazer.

Principal responsável pela contenção das doenças, a coordenadoria de Saúde vai identificar, através dos agentes comunitários de saúde e do Programa de Saúde da Família, as patologias vindas da proliferação de pragas, principalmente dos ratos, e manter a aplicação do veneno e o controle de zoonoses, que normalmente já é realizada pela Supervisão de Vigilância Sanitária (Suvis).

Já a coordenadoria de Educação vai envolver as famílias através das crianças, que assim poderão informar as famílias sobre as melhores formas de acondicionamento do lixo e outros cuidados com relação aos detritos das casas. Além disso, a coordenadoria já organiza uma peça teatral que retrata a realidade das beiras dos córregos. A idéia é fazer dos alunos uma frente de combate para melhorar a qualidade de vida dos moradores da região ribeirinha.