11/07/2011 12h01

Share

Prefeito anuncia desapropriação de área para instalação da Universidade Federal da Zona Leste

O terreno da futura Unifesp Leste possui uma área de 175mil metros quadrados e integra um conjunto de intervenções e investimentos coordenados para a região

Na manhã deste domingo (10), ao participar da missa campal pela abertura da 20ª Festa das Nações em Ermelino Matarazzo, o prefeito anunciou que nesta semana a Prefeitura entrou com ação judicial para a desapropriação do terreno das indústrias Gazarra, localizado na avenida Jacu Pêssego, em Itaquera, para a instalação da Universidade Federal da Zona Leste.

 A ação é uma das várias iniciativas da Prefeitura para melhorar a qualidade de vida da população da região.

A missa teve caráter de celebração pela comunidade, que sonhava com uma instituição de ensino superior pública na região.

Na introdução do folheto com os cânticos, para o acompanhamento da cerimônia religiosa, havia uma frase de destaque: "É a celebração da vitória da Universidade Federal na Zona Leste. Nossa gratidão a todos e todas que participaram nesta importante conquista para toda a Zona Leste".

O Chefe do Executivo Municipal ao se dirigir ao público confirmou que a comunidade tinha motivos para celebrar. "A Prefeitura encerra a etapa mais importante da compra do terreno onde será construída a Unifesp, pois agora esta área já está disponibilizada para o município e não poderá ser utilizada para nenhum outro fim que não seja o definido pela administração.

A Zona Leste está a um passo de realizar a maior festa do mundo que é a abertura da Copa do Mundo. Portanto, a Zona Leste cresce, se envolve cada vez mais com projetos de visibilidade nacional e isso é muito positivo para a cidade".

Segundo o prefeito, esta ação não é só da Prefeitura, é da cidade, da sociedade civil, das igrejas diversas e da população da Zona Leste que lutou para implantar mais uma universidade pública em São Paulo.

O padre Ticão, representante da Zona Leste nesta luta, lembrou que há três anos, quando fez a primeira reunião com o prefeito com a solicitação de uma instituição de ensino superior para a região, o prefeito se comprometeu prontamente em conseguir a área. "Falando do terreno, se planta a semente e pacientemente depois de um tempo se colhe o fruto.

Hoje, o nosso prefeito está aqui para dar uma resposta a toda a Zona Leste. Então queremos logo partir a fita e inaugurar a Universidade Federal", afirmou o religioso.

O terreno da futura Unifesp Leste possui uma área de aproximadamente 175 mil metros quadrados e integra um conjunto de intervenções e investimentos coordenados para o desenvolvimento da região, entre os quais se destaca o Pólo Institucional da Zona Leste, com diversos equipamentos públicos, que tem foco na oferta de capacitação técnica para a população da região.

O prefeito estava acompanhado do secretário de Coordenação das Subprefeituras, que representou as onze subprefeituras da Zona Leste, que serão beneficiadas com a nova instituição de ensino.

Festa das Nações

Antes da Missa, o prefeito caminhou entre as barracas e tomou o café da manhã organizado para os idosos assistidos pelo Lar Vicentino. A Festa das Nações faz parte do calendário oficial de eventos da cidade de São Paulo. Além das comidas típicas, o evento ainda conta com danças, músicas, bebidas de diferentes países como: Brasil, Estados Unidos, Espanha, Uruguai, Grécia, Suíça, México, Itália, Líbano, Portugal, Japão entre outros e, tem como objetivo divulgar a cultura desses povos e promover uma maior integração entre a comunidade presente à festa.

Toda a renda do evento será destinada à manutenção e aos projetos de ampliação do "Centro de Promoção Humana Lar Vicentino", entidade beneficente e cultural, que ampara e abriga idosos carentes desde 1972.