28/09/2010 17h48

Share

Metrô Leve chega até Cidade Tiradentes

O Metrô Leve que chega em Cidade Tiradentes, em 2014 reduzirá o tempo de viagem de 2 horas para 50 minutos

A Prefeitura de São Paulo e o Governo do Estado assinou em 27 de setembro, o contrato para a implantação do Metrô Leve entre Vila Prudente e Cidade Tiradentes, no prolongamento da Linha 2-Verde do Metrô.

 A extensão da Linha 2-Verde reduzirá o tempo de viagem entre o extremo da Zona Leste da Capital e a região central - estima-se que o trajeto que hoje é feito em cerca de 2 horas será diminuído para 50 minutos. A previsão é que sejam atendidos cerca de 500 mil usuários/dia no trecho Vila Prudente-Cidade Tiradentes.

 As obras ficarão a cargo do Consórcio Expresso Monotrilho Leste, formado pelas construtoras Queiroz Galvão S/A e OAS Ltda, além da Bombardier Transportation Brasil Ltda e Bombardier Transit Corporation. O grupo venceu a licitação ao apresentar uma proposta no valor de R$ 2,46 bilhões para construção de vias, fornecimento de sistema e trens. Os investimentos na implantação da nova linha terão recursos provenientes da Prefeitura (R$ 1 bilhão) e do Estado (R$ 1,46 bilhão).

 O prolongamento da Linha 2-Verde

 O programa para o prolongamento da Linha 2-Verde do Metrô está em andamento. As obras civis do trecho que compreendem as estações Vila Prudente e Oratório já foram iniciadas. As fundações da futura estação Vila Prudente, que se integrará à estação homônima da Linha 2-Verde, também estão em execução. Além disso, estão sendo implantados os pilares das estruturas elevadas ao longo do canteiro central da Avenida Luiz Ignácio Anhaia Mello, por onde circularão os trens.

 Até 2012, entrará em operação o trecho entre Vila Prudente e Parque São Lucas, passando por Oratório. Em 2014, o Metrô Leve chegará na Cidade Tiradentes. Quando finalizada, a linha terá 24,5 km de extensão e 17 estações: Vila Prudente, Oratório, Parque São Lucas, Camilo Haddad, Vila Tolstoi, Vila União, Jardim Planalto, Sapopemba, Fazenda da Juta, São Mateus, Iguatemi, Jequiriçá, Jacu-Pêssego, Erico Semer, Marcio Beck, Cidade Tiradentes e Hospital Cidade Tiradentes.

 O Metrô Leve

 O Metrô Leve é uma tecnologia pioneira no Brasil. Construído em elevado, evitará muitas desapropriações, tornando a implantação do projeto mais rápida e econômica. Além disso, por estar inserido no eixo das avenidas, não provocará interferência no sistema viário. O Metrô Leve é amigável ao meio ambiente, pois não emite gases e tem baixo nível de ruído.

 Neste sistema de transporte, a composição funciona com tração elétrica e corre sobre pneus em uma viga, circulando em via elevada entre 12 e 15 metros de altura, dependendo do trecho.

 Histórico

 Em abril de 2009, o governo do Estado de São Paulo e a Prefeitura assinaram um convênio para a implantação do Metrô Leve entre Vila Prudente e Cidade Tiradentes, substituindo o projeto ampliação do Expresso Tiradentes a partir de Vila Prudente.

O Expresso Tiradentes é um corredor exclusivo de transporte coletivo que liga o Parque Dom Pedro II ao Sacomã e a Vila Prudente, implantado pela Prefeitura e administrado pela SPTrans.