Vacinação

Veja informações aqui!

 

       Avanços tecnológicos contribuíram para a melhoria de várias áreas da humanidade. Na área da saúde as vacinas contribuíram, consideravelmente, para prevenir doenças, mantê-las sob controle ou eliminá-las. Elas são compostas de partes de vírus ou bactérias ou ainda do próprio vírus ou bactéria mortos ou enfraquecidos e faz com que nosso organismo produza defesa contra eles.
Desta forma, se um destes organismos infectar o nosso corpo, esta defesa será acionada para não desenvolvermos aquela doença.

     A vacinação ficou famosa com as campanhas de vacinação contra a varíola, que eliminou esta doença do planeta e contra a poliomielite em fase de eliminação. No Brasil, a prevenção de doenças sempre foi uma preocupação importante para a saúde pública. Para que as vacinas fossem oferecidas para toda a população, independentemente da condição social ou econômica, foi criado o programa nacional para unificar as estratégias em todo o território federal. Ressaltamos que os critérios atuais, utilizados pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI) para a introdução das vacinas, são elaborados levando-se em consideração a capacidade dos laboratórios produtores, dos estudos da situação epidemiológica nacional das doenças, dos grupos mais afetados, da frequência e proporção de casos, das taxas de incidência e mortalidade, da gravidade dos casos, entre outros aspectos clínicos e epidemiológicos.

     O PNI tem diversos motivos para comemorar. Os impactos positivos das ações contra a Poliomielite e as estratégias dos dias nacionais de vacinação fizeram com que a Organização Mundial de Saúde nos premiasse com o Certificado de Erradicação da Poliomielite, em 1994, e que fosse recomendado a outros países que adotassem estratégias como as nossas.

     O município de São Paulo segue as orientações técnicas do PNI e do Programa Estadual de Imunizações (PEI), mas foi pioneiro ao implantar a vacinação contra influenza, no ano de 1998, para pessoas a partir dos 60 anos de idade, estendendo-se para o âmbito nacional no ano seguinte. O Programa Municipal de Imunizações deu início ao processo de implantação nas maternidades da vacinação contra hepatite B e as formas graves da tuberculose para que a criança receba a vacina nas primeiras horas de vida.

     As vacinas transformaram muitas doenças da infância em memórias distantes, mas não podemos esquecer que para mantermos as doenças imunopreveníveis distante da nossa realidade é necessária cobertura vacinal alta de forma homogenia para todas as vacinas do calendário básico.

     Portanto, é de responsabilidade de todos os setores da sociedade o compromisso com a prevenção de doenças por meio da vacinação, iniciando ou mantendo atualizadas as cadernetas de vacinação da criança, do adolescente, da gestante, do adulto e do idoso.

     O município de São Paulo conta com uma rede de salas de vacinas em todas as regiões, oferecendo gratuitamente as vacinas recomendadas pelo PNI.

 

Veja também:

 

 

Consulte a Unidade de Saúde mais próxima de você para realizar a Vacinação no Município de São Paulo pelo Busca Saúde.