Conjuntivite

Informações para o cidadão e profissionais de saúde

 

 

A conjuntivite é a inflamação de uma membrana que em condições normais é fina e transparente (conjuntiva) e recobre a parte branca visível do globo ocular ou seja, a esclera e também as partes internas das pálpebras superiores e inferiores.

 

As conjuntivites podem ser de vários tipos de acordo com o agente etiológico: virais, bacterianas, alérgicas, químicas entre outras.

As conjuntivites virais são responsáveis pela maioria dos surtos e epidemias, pois são altamente contagiosas.
 

 MODO DE TRANSMISSÃO:

 Forma direta: mão-olho-mão

Forma indireta: através de objetos contaminados (lenços, toalhas, maquiagem, etc.)

 

QUADRO CLÍNICO:

  • Irritação ocular,
  • Lacrimejamento
  • Olhos vermelhos
  • Secreção purulenta na bacteriana e aquosa na viral
  • Sensação de corpo estranho (areia nos olhos)
  • Fotofobia (maior sensibilidade à claridade)
  • Pálpebras inchadas

 

 

COMO TRATAR E PREVENIR

 O tratamento vai depender do agente etiológico e o médico deve ser SEMPRE CONSULTADO.
Num primeiro momento as medidas de higiene são fundamentais tais como:

  • Lavar as mãos com frequência
  • Evitar coçar os olhos
  • Não compartilhar objetos de uso comum (maquiagem, toalhas, lenços, fronhas, etc.)
     

 

COMO EVITAR A TRANSMISSÃO?

As pessoas que estão com conjuntivite devem:

  • Lavar as mãos e rosto com freqüência
  • Separar os objetos de uso pessoal
  • Evitar freqüentar piscinas e aglomerações de pessoas

 

COMPLICAÇÕES DA CONJUNTIVITE

A mais grave complicação é: a opacificação da córnea podendo levar à cegueira.

 

 

 

Veja o anúncio da campanha: 

 

FOLDER - De olho na higiene das mãos