logo da secretaria da saúde

DOENÇAS E AGRAVOS


O Centro de Controle de Doenças (CCD) coordena as ações de prevenção e controle das doenças transmissíveis (crônicas e agudas), das doenças e agravos não transmissíveis e das intoxicações. Coordena as ações de vigilância epidemiológica para que os serviços realizem o diagnóstico, tratamento e acompanhamento dos doentes e de seus contatos. Executa ações de controle tais como: vacinação de rotina, bloqueios vacinais, campanhas de vacinação, ações educativas junto à população, medicação de populações expostas, busca ativa de suspeitos de doenças de notificação compulsória. Gerencia e analisa os sistemas de informação para subsidiar as medidas de intervenção. Realiza estas ações por meio de suas subgerências e áreas técnicas. 
 

  • Programas Municipais de Controle da Hanseníase, da Tuberculose e das Hepatites Virais.
     
  • Vigilância das Doenças Sexualmente Transmissíveis (Aids, sífilis e outras) que subsidia as ações de intervenção a serem definidas e executadas pela Secretaria Municipal de Saúde (Programa Municipal de Aids).
     
  • Programa Municipal de Imunização, responsável pela coordenação, planejamento, execução e supervisão das ações de imunização, incluindo as estratégias especiais, tais como campanhas e vacinação de bloqueios de surtos, além do armazenamento e distribuição dos imunobiológicos.
     
  • Controle e prevenção das Doenças Agudas Transmissíveis de notificação compulsória e de surtos (sarampo, rubéola, meningites, influenza, doenças transmitidas por alimento, conjuntivites etc.), que é realizado por meio das ações de vigilância epidemiológica, como vacinação de comunicantes, vacinação de população exposta, campanhas de vacinação, executadas pelos serviços de saúde sob a coordenação do CCD, de acordo com protocolos definidos pelo Ministério da Saúde.
     
  • Doenças e Agravos Não Transmissíveis (DANT), como diabetes, hipertensão, obesidade, tabagismo, violência e acidentes são estudados e acompanhados pela área de Doenças e Agravos Não Transmissíveis (DANT), para subsidiar ações de intervenção.
     
  • Prevenção e Controle das Intoxicações são também de responsabilidade do CCD e constituem um programa municipal. O Centro do Controle de Intoxicações (CCI), situado no Hospital Arthur Ribeiro Saboya, atende aos pacientes que ali chegam e orienta os profissionais de saúde dos demais serviços sobre o diagnóstico e o tratamento das intoxicações agudas, por meio de atendimento telefônico em plantão contínuo (24 horas). O médico de plantão também orienta a população quanto aos primeiros socorros e medidas de descontaminação em casos de exposições às substâncias tóxicas. O CCI realiza, também, exames laboratoriais necessários para a investigação e o acompanhamento dos casos de intoxicação. 

 

  • Doenças Transmitidas por Vetores e outras Zoonoses

 
 

Doenças Crônicas Transmissíveis

Doenças Agudas Transmissíveis 

Programa Municipal de Prevenção e Controle das Intoxicações (PMCCI)

Doenças e Agravos NãoTransmissíveis (DANT)

 

Doenças Transmitidas por Vetores e outras Zoonoses


 

 Veja também: