Barra de Impressão

Controle de Zoonoses


Início - Secretarias - Saúde / Vigilância em Saúde / Controle de Zoonoses / Lab Zoonoses


Toxoplasmose

 


 Oocistos esporulados e não esporulados
 (Fonte: University of Pennsylvania - School of Veterinary Medicine)

 

 

 

Oque é?

Doença de distribuição mundial e prevalência alta causada pelo Toxoplasma gondi. O gato é o hospedeiro definitivo e o homem e outros animais são os hospedeiros intermediários. A infecção é bastante freqüente, mas os casos de doença são raros, porém importantes, principalmente em gestantes e indivíduos imunocomprometidos.

 

Transmissão

  • Ingestão de oocistos presentes em jardins, caixas de areia, etc;
  • Ingestão de cistos presentes em carne crua ou mal cozida;
  • Transmissão congênita ou transplacentária.

 

 

Diagnóstico Laboratorial

Pesquisa de anticorpos no soro ou líquor

Humano

  • Imunofluorescência Indireta (I.F.I.): detecta a fase aguda (IgM) e a fase crônica (IgG).
  • Ensaio imunoenzimático (ELISA): detecta a fase aguda (IgM) e a fase crônica (IgG).
  • Teste de avidez dos anticorpos IgG (ELISA): No início da infecção são produzidas IgG de baixa avidez indicando infecção recente.

Resultado: 24 a 48 horas.

Animal

  • Imunofluorescência Indireta (I.F.I.): detecta anticorpos da classe IgG
  • Hemaglutinação Indireta com e sem 2M-Mercaptoetanol: detecta anticorpos da classe IgG e IgM

Resultado: 24 a 48 horas.

 

Prevenção

  • As carnes devem ser completamente cozidas;
  • Os gatos devem ser alimentados com alimentos secos, enlatados ou fervidos e suas fezes eliminadas diariamente;
  • Caixas externas de areia devem ser cobertas;
  • Mulheres grávidas sem anticorpos para T. gondii devem usar luvas ao lidar com jardinagem, carne crua e com felinos.

 

Interpretação

Soros com títulos até 256 na imunofluorescência são freqüentemente encontrados em indivíduos aparentemente sadios. Todavia, somente um estudo da cinética dos anticorpos do soro permite conclusões mais seguras sobre a doença, recomendando-se para isso, amostras pareadas com intervalo de 10 dias. Na fase aguda, predominam os anticorpos da classe IgM, sendo este dado de primordial importância na mulher grávida e em casos agudos da doença.

O teste de avidez de IgG é um teste auxiliar para caracterizar se a infecção é aguda ou pregressa. Dependendo da porcentagem de avidez da IgG e dos índices de anticorpos específicos IgG e IgM para toxoplasma, pode-se inferir se a infecção é aguda ou crônica e, conseqüentemente, qual o período mais provável que a infecção ocorreu.

 

Envio Correto de Material

  • Material
    • Soro (1 ml)
    • Sangue (5 ml)
    • Líquor (1 ml)
  • Conservação/Transporte
    • Soro: refrigerado ou congelado;
    • Sangue: refrigerado

Observação
Soro/Sangue: Recomenda-se amostras pareadas


 

 

Veja também :

  • Laboratório de Zoonoses
  • Preço dos Exames Laboratoriais
  • Laboratório da Fauna Sinantrópica
  • Animais Sinatrópicos
  • Vigilância Zoosanitária
     

 


  • Copyright
  • SAC