Share

Saúde Ocular

Área Técnica - Atenção Básica

Atendimento à população indígena

No bairro de Parelheiros, localizado na região sul da cidade de São Paulo, vivem os índios Guaranis, que foram os primeiros habitantes do local, hoje tão populoso. Atualmente eles vivem confinados principalmente em duas aldeias – Tenonde-Porã e Krukutu.

Historicamente essa população indígena vive excluída dos serviços de saúde de especialidades, não só devido à distância que se encontram do centro da cidade, como também pela falta de hábito de recorrer a esses serviços.

As propostas da Área Técnica de Saúde Ocular para esse grupo social compreendem o desenvolvimento de ações nas próprias aldeias, e exigem uma perfeita integração entre os serviços de saúde ocular, área técnica da saúde da população indígena e a população em questão.

Foi elaborado um projeto para garantir atendimento oftalmológico a essa população, lembrando que a freqüência de agravos oculares é desconhecida nesse grupo social.

São prioridades nesse projeto:

É importante lembrar que a COVISA atua nesse grupo no controle e tratamento do tracoma, doença ocular infecciosa de notificação compulsória.