11/08/2010 10h43

Share

Secretaria Municipal da Saúde e Samaritano entregam última etapa do Serviço de Atenção Integral ao Dependente

Investimento de R$ 25 milhões tem foco na recuperação física e educacional, reinserção social e apoio psicossocial ao dependente químico

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) entrega hoje (11/8), às 10h30, em parceria com o Hospital Samaritano, a totalidade do Serviço de Atenção Integral ao Dependente (SAID), na Avenida Almirante Delamare, 3.033, zona sul da capital.

"O SAID é a primeira clínica pública para tratamento ao dependente, e a Secretaria Municipal da Saúde fica satisfeita em disponibilizar mais uma unidade, que vem complementar o trabalho de uma equipe que, desde 2005, ampliou a rede de atendimento na área de Saúde Mental, Álcool e Drogas", comenta Januario Montone, secretário Municipal da Saúde de São Paulo.

O complexo é um centro para o tratamento gratuito e intensivo de dependentes químicos - homens, mulheres, adolescentes e crianças a partir de 6 anos -, com a preocupação em desenvolver um programa voltado não só à dependência química, mas também para a recuperação física e a educacional, a reinserção social e o apoio psicossocial. O serviço atua, prioritariamente, recebendo os pacientes que são encaminhados pela Ação Integrada Centro Legal, que há um ano atua de maneira estratégica na região central da capital oferecendo assistência ao morador de rua e dependente químico.

Em seus 7 mil m² de área, estão distribuídos 80 leitos. A primeira etapa foi inaugurada em fevereiro deste ano com a entrega de 20 leitos na ala Masculino Adulto. Além das áreas específicas voltadas para o tratamento da dependência, o SAID conta com consultórios para atendimento odontológico e ginecológico, quadras poliesportivas, oficinas terapêuticas, salas de aula e de atividades em grupo.

Os pacientes do SAID são assistidos por uma equipe multidisciplinar com mais de 220 profissionais, que contempla: médicos, fisioterapeutas, enfermeiros, psicólogos, fonoaudiólogos, assistentes sociais, terapeutas ocupacionais, professores de educação física e de alfabetização. "Nosso objetivo é promover a saúde, reduzindo danos e riscos, e buscar a inclusão social dos pacientes", afirma José Antônio de Lima, superintendente corporativo do Hospital Samaritano.

Sobre o Hospital Samaritano

Fundado em 1894, o Hospital Samaritano de São Paulo destaca-se pela excelência e humanização no atendimento à saúde. Em 2004, o hospital foi acreditado pela Joint Commission International (JCI), mais importante órgão certificador de padrões da excelência em saúde do mundo. O hospital foi reacreditado pela JCI em 2007.

O SAID é a segunda unidade, nesta área, sob gestão do Hospital Samaritano, unidade que utiliza o método da Chestnut Health Systems. No ano passado, foi inaugurado o Projeto Jovem Samaritano, voltado exclusivamente para rapazes com idade entre 14 e 18 anos. Situado em Cotia, foi implantado em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo.

Serviço
Inauguração do Serviço de Atenção Integral ao Dependente (SAID)
Data:
11/8/2010
Horário: às 10h30
Endereço: Avenida Almirante Delamare, 3.033, Heliópolis