sms

Programa de Atenção Integrada ao Paciente Diabético- PAI



Criado em 2002, atende aos pacientes ambulatoriais diabéticos, que fazem uso de insulina, por serem do tipo 1 ou que temporariamente necessitam de insulina para controle rigoroso dos níveis glicêmicos.

O Programa que tem como objetivos: melhorar o controle glicêmico, aumentar a auto-estima e aderência do paciente ao tratamento, além de diminuir a incidência de complicações agudas e crônicas, atende, mensalmente, 200 pacientes diabéticos (crianças, adolescentes, adultos do tipo 1, gestantes e/ou mulheres com diabetes gestacional) previamente selecionados na Seção Técnica de Endocrinologia, que necessitam de controle rigoroso dos níveis de glicemia, permanente ou temporariamente, em seu domicílio.

Um aparelho para dosagem da glicemia capilar (taxa de glicose no sangue) e um “kit" de materiais contendo: tiras reagentes para dosagem de glicemia, insulina, lancetas e seringas são repassados aos pacientes, por preço bem abaixo do mercado.

A equipe multiprofissional é composta por assistente social, enfermeira, médico endocrinologista, nutricionista e psicóloga.
Estudos mundiais sobre controle dos pacientes diabéticos são unânimes em afirmar que o controle glicêmico é a única forma de prevenção das complicações do diabetes, tanto vasculares, quanto neuropáticas, ao lado da educação dos pacientes e da informação continuada.