Share

Serviços

Área Técnica de Saúde da Pessoa Idosa/ Coordenadoria de Gestão Especializada e Temática - COGET

Unidade Básica de Saúde   |  Unidade de Referencia à Saúde do Idoso

Programa Acompanhante de Idosos   |  Caderneta de Saúde à Pessoa Idosa

 Atualizado em 10/01/2017

Unidade Básica de Saúde - UBS

A Rede de Atenção à Saúde da Pessoa Idosa inicia-se na Unidade Básica de Saúde – UBS, a porta de entrada no Sistema de Saúde. Os idosos devem estar sempre vinculados e matriculados a este local, onde a maioria dos problemas da população idosa, como por exemplo, Hipertensão Arterial Sistêmica, Diabetes Millitus, doenças cardiovasculares, e doenças osteoarticulares e depressão, devem ser atendidos e resolvidos.

Nos casos onde as doenças de difíceis controles e que necessitam de maiores cuidados, o idoso é encaminhado para as Unidades de Referência à Saúde do Idoso – URSI.

Topo

Unidade de Referência à Saúde do Idoso - URSI

URSIA Unidade de Referência à Saúde do Idoso (URSI) é uma unidade especializada para atender ao idoso na sua área de abrangência. Ela se insere no nível secundário da atenção à saúde, oferecendo atendimento pela Equipe Interprofissional, em âmbito individual e coletivo, dentro de uma visão integral. A Equipe Interprofissional constitui o Núcleo de Atenção Integral à Saúde do Idoso, que, além de desenvolver ações de assistência a doenças de maior complexidade e a problemas de saúde específicos da população idosa, deve desenvolver ações preventivas e de promoção e proteção à saúde, atividades de treinamento e capacitação de profissionais da atenção básica e pesquisas específicas na área da gerontologia, tendo como principal papel a implementação das políticas públicas de saúde, em especial as políticas específicas para a população idosa, que constam da área da Saúde, no Capítulo IV da Política Municipal do Idoso (Das Ações Governamentais, artigos 27-39, 2002).

O objetivo das URSI’s é garantir a promoção e atenção integral à saúde do idoso mais fragilizado no nível secundário de assistência do SUS, para que o idoso permaneça na comunidade durante o maior tempo possível e com a maior capacidade funcional atingível, obedecendo aos protocolos de encaminhamento.

As URSI’s devem prestar atendimento às patologias mais complexas, aos problemas específicos do envelhecimento e às complicações das patologias mais prevalentes. Os profissionais dessas Unidades devem assumir, também, ações de prevenção de doenças e de promoção e proteção da saúde, além de ações educativas e de auxílio aos profissionais da atenção primária, num trabalho interprofissional e intersetorial.

A equipe gerontológica é composta idealmente pelos seguintes profissionais com especialização em Gerontologia ou Geriatria: Assistente Social, Enfermeiro, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Médico Geriatra, Nutricionista, Psicólogo e Terapeuta Ocupacional. Outros profissionais fundamentais são Auxiliar Técnico Administrativo e Auxiliar de Enfermagem, estes não necessitando de formação específica.

Os encaminhamentos dos idosos da Atenção Primária para as URSI’s devem obedecer aos protocolos de encaminhamento, onde se especifica as condições passíveis de atenção no nível secundário. Além disso, é necessário conseguir a contra-referência para a Atenção Primária, assim que o plano de condutas e tratamentos for estabelecido pelos profissionais da equipe


RELAÇÃO DAS UNIDADES DE REFERÊNCIA À SAÚDE DA PESSOA IDOSA - URSI

 

 

 

Topo

Programa Acompanhante de Idosos - PAI

PAIÉ um tipo de cuidado domiciliar bio-psico-social a pessoas idosas em situação de fragilidade e vulnerabilidade social, que disponibiliza a prestação dos serviços de profissionais e acompanhantes de idosos, para apoio e suporte nas Atividades de Vida Diárias (AVD’s) e para suprir outras necessidades de saúde e sociais.

Objetivos

 

Equipe de Trabalho do Programa Acompanhante de Idosos

A Equipe de profissionais do PAI é composta de 1 Coodenador, com formação em Serviço Social, 1 médico clínico, 1 enfermeiro, 2 auxiliares de enfermagem, 1 agente administrativo, 10 Acompanhantes de Idosos e 1 motorista.

Relação do Programa Acompanhante de Idosos - PAI

 Prêmios de Reconhecimento

O Programa Acompanhante de Idosos é reconhecido como um programa exemplar e inovador. No decorrer do seu desenvolvimento, foi objeto de apresentação em congressos, seminários, mesas-redondas e teve sua experiência publicada em diversos locais, sendo a experiência divulgada em jornais, revistas, televisão e rádio.

Destacamos os seguintes reconhecimentos públicos, que valorizam a eficiência e a eficácia do Programa:

Topo

Caderneta de Saúde à Pessoa Idosa

A Caderneta de Saúde da Pessoa Idosa é um documento do Ministério da Saúde, para facilitar o acompanhamento da saúde da população idosa.

CadernetaNela consta várias informações de saúde úteis para facilitar o acompanhamento do idoso na rede de saúde. Este documento deve sempre acompanhar o idoso.

Na Caderneta está descrito as condições de saúde do individuo idoso e outros aspectos que possam interferir no seu bem-estar, identifica sinais de risco e prioriza as ações de recuperação, de promoção e de atenção. Auxilia na identificação dos idosos frágeis ou em processo de fragilização.

Para obter a Caderneta de Saúde da Pessoa Idosa é só solicita-la na Unidade Básica de Saúde – UBS, onde o idoso esta cadastrado.

Topo