Subprefeitura Sé

Fiscalização durante a 21ª Parada do Orgulho LGBT apreendeu cerca de 48 mil mercadorias

A Prefeitura Regional Sé realizou 1.335 apreensões no último domingo, 18, durante a 21ª Parada do Orgulho LGBT, na Avenida Paulista. A quantidade é referente ao número de sacos em que o material apreendido é depositado. Em cada um deles cabem 36 latas de cerveja, por exemplo, o que resulta em, aproximadamente, 48 mil apreensões de produtos comercializados irregularmente.

A fiscalização contou com mais de 200 funcionários, para supervisionar todo o trajeto, desde a saída na Avenida Paulista, passando pela rua da Consolação até a dispersão na Praça Roosevelt. As equipes ainda verificavam as ruas transversais do trajeto para coibir as irregularidades.

“As ações de fiscalização foram firmes e rigorosas para manter a ordem e combater as irregularidades”, afirmou o prefeito regional da Sé, Eduardo Odloak. Um caminhão flagrado abastecendo os ambulantes foi apreendido. Para reaver o veículo, o proprietário deverá pagar uma multa e apresentar a documentação do veículo em ordem, inclusive sem multas municipais.

Limpeza:

A limpeza da Paulista e da Consolação, bem como das ruas do entorno, contou com uma operação de guerra: 609 funcionários e colaboradores, 45 veículos, sendo 13 caminhões pipa, 13 caminhões antares, 12 caminhões habitáculos, 3 compactadores, além de quatro varredeiras.


Assim que o último trio cruzou a Paulista, os funcionários iniciaram a varrição e lavagem da via, que resultou em 71,6 toneladas de detritos e para isso foram utilizados 195 m³ de água de reuso e 650 litros de desinfetante.

Vale lembrar que há um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado com o Ministério Público, que permite a realização de apenas três eventos anuais na Avenida Paulista, sendo a Parada do Orgulho LGBT, a São Silvestre e a festa de final de ano.