Subprefeitura M'Boi Mirim

Governo renova o programa Nossa Guarapiranga, que inicia nova fase

A iniciativa visa melhorar a qualidade da água da represa, que abastece cerca de 4 milhões de pessoas

Hoje, 22 de março, em que se comemora o Dia Mundial da Água, foi oficializado o relançamento do programa Nossa Guarapiranga, em uma parceria do Governo do Estado, a Sabesp, e a Prefeitura de São Paulo. A iniciativa prevê a conservação da Represa e suas margens, a retirada de resíduos, e diversas ações de limpeza durante o ano. O programa existe de 2011, e o novo acordo estabelecido tem validade de 12 meses, com possível prorrogação de mais 5 anos.

Estiveram presentes no evento o Prefeito da Cidade de São Paulo, o Governador do Estado, Prefeita Regional e Chefe de Gabinete da Regional M’Boi Mirim, a Prefeita Regional da Capela do Socorro, Secretário de Estado de Saneamento e Recursos Hídricos, além dos Secretários do Meio Ambiente, da esfera Municipal e Estadual, e o Presidente da Sabesp. Além de secretários, o evento também contou com a presença de munícipes.

Histórico

Desde seu lançamento em 2011, o programa já retirou 121 mil metros cúbicos de resíduos da represa e sua margem. Para que isso fosse possível, foram instaladas 11 ecobarreiras em diversos córregos pela região, que filtram e retém o lixo, ajudando a purificar a água. Cerca de 30m³ são retirados diariamente por embarcações.

Além da limpeza, o programa é responsável também pelo reflorestamento das ilhas da represa Guarapiranga, como a Ilha da Formiga, hoje um local de lazer. São plantadas novas mudas de árvores, e é realizado o controle de plantas aquáticas que podem ser prejudiciais à qualidade da água.

Cerca de 1 milhão de pessoas vivem hoje próximas à represa, e estima-se que 4 milhões utilizam suas águas indiretamente, para consumo, prática de esportes, ou lazer.

 

Gibi da Turma da Mônica

No evento foi lançado o quadrinho “O craque do time”, da Turma da Mônica, autoria de Mauricio de Sousa, que estava presente. A revistinha é uma parceria da Sabesp com a Mauricio de Sousa Produções, o Instituto Trata Brasil, a Cúria Metropolitana de São Paulo e as secretarias de Saneamento e Recursos Hídricos e da Educação.

Um milhão de exemplares serão distribuídos pela Secretaria da
Educação para alunos do ensino fundamental em escolas públicas da rede estadual e também em igrejas católicas. O objetivo é explicar para as crianças a importância da rede de água e esgoto para a saúde e o bem estar das famílias.