Share

Histórico

Origem dos bairros remonta ao século XVII

Vila Formosa

Sabe-se que em meados do século XVII, Brás Cubas possuía terras, uma chácara, que de vez em quando visitava, tal chácara situava-se em terras dos atuais bairros do Pari ou Tatuapé. A área hoje pertencente à V. Formosa, desde meados do século XIX, era ocupada por chacareiros e sitiantes. As notícias que se tem dessa época, afirmam que em 1.885, aproximadamente, esta área pertencia à família dos "Casa Grande", conhecida como Sítio Casa Grande.

Em 1.911 passou a pertencer aos irmãos Jacob, de modo que uma parte de Vila Carrão, onde se localiza a atual Av. Guilherme Giorgi e a Vila Mafra, pertenciam à Rafael Jacob, o antigo Sítio Salles. A zona do atual Jardim Vila Formosa e parte do cemitério, eram da Companhia Melhoramento do Brás.
Efetivamente, o bairro teve seu desenvolvimento iniciado em 1.933. A denominação "Formosa" foi escolhida pelos donos das terras, relembrando a antiga denominação da atual cidade de Ilhabela, que se chamava Formosa.
O bairro de Vila Formosa fica situado a cerca de 9,5 quilômetros, em linha reta, do marco zero do centro da cidade, conta com pouco mais de 40 anos de história.

Data de aniversário: 2° domingo de outubro

Vila Aricanduva

Aricanduva é uma palavra de origem tupi, que significa sítio das plantas aíris, um determinado tipo de palmas. No século XVII o riacho Aricanduva já era mencionado, assim como um arrabalde da cidade de São Paulo de mesmo nome. A origem da Vila Aricanduva data, aproximadamente, de 1.902 ou 1.905, mas, seu desenvolvimento ocorreu por volta de 1.950.
A abertura do trecho da Radial Leste, veio a abrir, para a Vila Aricanduva, novas perspectivas de progresso, tornando-a sobretudo mais próxima do centro.
Um novo impulso foi dado à Vila quando, em 1976, deu-se início à construção da Avenida Aricanduva sobre o leito do córrego considerado o 4º rio da cidade. Como tantos outros bairros periféricos da cidade de São Paulo, inclusive pertencentes à essa regional administrativa, sofre de descontinuidades do crescimento da cidade de São Paulo.

Data de aniversário: 2°domingo de novembro 

Vila Carrão

Originou-se de um antigo sítio à beira de uma trilha por onde iam e vinham os gentios da aldeia de Piratininga à de Biacica ou Imbiacica, trilha essa engrossada pelos bandeirantes em busca de aventura.
Essas terras de acordo com alguns historiadores faziam parte da indefinida "Sesmaria de João Ramalho", que ao longo dos anos passou pelas mãos de muitos proprietários e recebeu nomes como "Tucuri, "Bom Retiro" e "Chácara Carrão".

Aos poucos do vasto sítio "Tucuri", "Bom Retiro" ou "Chácara Carrão" surgiram os bairros: Vila Carrão, Vila Nova Manchester, Vila Santa Isabel e Jardim Têxtil, e o cenário agrícola foi dando lugar ao progresso. Hoje, além de forte e diversificado comércio, o bairro de Vila Carrão entrou para o rol de empreendimentos imobiliários cinco estrelas na Zona Leste.

Data de aniversário: 3° domingo de setembro


Leia mais:

Casa do Regente Feijó, remanescente da arquitetura bandeirista

No meio do caminho da Zona Leste, as contradições de Aricanduva