07/12/2011 14h58

Share

PRODAM participou da Virada Inclusiva 2011

Imagem do post

Com o objetivo de celebrar as conquistas dos cerca de 30 milhões de brasileiros com algum tipo de deficiência, a Secretaria Municipal de Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, em parceria com a Secretaria do Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, realizou nos dias 3 e 4 de dezembro a 2ª edição da Virada Inclusiva. Este ano, a PRODAM participou da Feira de Cultura Inclusiva, na praça da Luz, no dia 3 de dezembro, das 10h às 17h, com exposição audiodescritiva, apresentação de xadrez  para deficientes visuais, balé coreográfico inclusivo, entre outras ações.

A Feira de Cultura Inclusiva busca envolver a sociedade no debate de temas ligados à inclusão, promovendo autoestima, cidadania e o combate ao preconceito. Além das apresentações de artistas com e sem deficiência, este ano, o evento contou também com uma série de ações promovidas pela empresa na “Estação PRODAM: Um olhar para o futuro”.

Os participantes da Virada Inclusiva 2011 que passaram pela praça da Luz no sábado tiveram a oportunidade de assistir a uma demonstração de xadrez para deficientes visuais e vivenciar a exposição audiodescritiva “A curiosa São Paulo”, com fotografias de pessoas e lugares da capital, além de conferir a mostra “Samir, um mergulho para o futuro!”, com a trajetória, como nadador, de Samir Pereira Goes, colaborador da PRODAM há treze anos. Com Síndrome de Down, Samir começou a nadar ainda bebê e participa de competições desde 1989. Em 1991, foi medalha de ouro e prata nos 8º Jogos Internacionais, em Minneapolis, EUA. E agora, em novembro, voltou de Portugal com mais algumas medalhas após participar do “1st DSISO Open European Championship”.

Além disso, a PRODAM promoveu uma apresentação de balé inclusivo. Baseada na coreografia de Isadora Duncan, com movimentos livres inspirados em elementos da natureza, como água, fogo, vento e nas imagens das deusas gregas, invocando cada uma o seu poder feminino, a apresentação “Natureza Feminina” visa incentivar a dança entre pessoas com e sem deficiência, de diferentes faixas etárias.

No espaço da empresa também estavam disponíveis dez máquinas para as estações de atendimento, sendo duas adaptadas para deficientes visuais e quatro para o cadastramento on-line do cartão Defis (autorização especial de estacionamento), cadastro de cartão do idoso (CET/DSV) e de isenção no rodízio para deficientes. Houve ainda, informações gerais sobre o projeto “Cão Guia”, em parceria com o Sesi. Cerca de 30 colaboradores da PRODAM estiveram trabalhando no evento como voluntários.

As ações da 2ª Virada Inclusiva são fruto do esforço conjugado entre as secretarias e outras esferas da administração pública do Estado, Municípios e sociedade civil organizada, também contando com a participação voluntária de pessoas e grupos do mundo artístico e esportivo. O objetivo é garantir o pleno exercício da cidadania e a inclusão social de todas as pessoas com deficiência, como forma de intensificar os laços de igualdade e de direitos, tendo como força motriz o desejo de uma sociedade verdadeiramente democrática e inclusiva.