27/02/2009 16h50

Share

Sigprev

Módulo Pensão em fase final

Em fevereiro o Instituto de Previdência Municipal de São Paulo iniciou os trabalhos de homologação do módulo de pensões do SIGPREV, Sistema Integrado de Gestão Previdenciária. A instalação do novo sistema conta com a participação dos usuários internos do Instituto, da equipe PRODAM que atende o Iprem-SP e da Sonda Procwork, empresa contratada via licitação. Para marcar o início dos trabalhos, foi feita uma apresentação oficial, no início do mês, com representantes de todas as Divisões do Instituto, que direta ou indiretamente estão envolvidos nesse projeto de modernização.

De acordo com a superintendente Márcia Regina Moralez, o SIGPREV é uma das peças fundamentais para o município completar a transição do cadastro das aposentadorias dos servidores titulares de cargos efetivos para o Instituto. “Trata-se da nossa ferramenta corporativa para a concessão e pagamento das aposentadorias e pensões. O Instituto está se adequando para assumir todas as atribuições como órgão gestor único do RPPS, Regime Próprio de Previdência Social”, explica.

O processo de implantação desse novo sistema de gestão consiste basicamente na modernização do ambiente tecnológico e na migração do cadastro dos aposentados da Administração Direta, da Câmara Municipal, do Serviço Funerário, do Tribunal de Contas do Município e do próprio Iprem-SP. Em síntese, ele está sendo desenvolvido em dois módulos: um que cuidará da concessão e pagamento de pensões e outro que cuidará da concessão e pagamento das aposentadorias.

Segundo Felipe Palma, da Sonda Procwork, empresa contratada para a execução do trabalho, a implantação também deverá ocorrer em duas fases, sendo a primeira do módulo de pensão, que envolve a concessão, gestão e pagamento de aproximadamente 22 mil pensionistas. A segunda fase do SIGPREV deve ocorrer nos próximos meses.