Share

Ibirapuera

 

INFRAESTRUTURA

Pista de Cooper, parque infantil, lanchonetes, áreas de estar, ciclofaixa, bicicletário com aluguel de bicicleta, fonte multimídia, quadras poliesportivas, campos de futebol, aparelhos de ginástica e Praça Burle Marx.

PARTICULARIDADES

Inaugurado em 21 de agosto de 1954 durante as comemorações do IV Centenário de São Paulo, o projeto do Parque foi concebido pelos arquitetos Oscar Niemeyer, Ulhôa Cavalcanti, Zenon Lotufo, Eduardo Kneese de Mello, Ícaro de Castro Mello, além do paisagista Augusto Teixeira Mendes.

Vegetação implantada constituída de eucaliptal com sub-bosque, bosques heterogêneos, jardins, gramados e alamedas de alecrim-de-campinas, alfeneiro, bambu-chinês, chichá, falsa-figueira-benjamim, guariroba, ipê-roxo, jerivá e seafórtia. Há conjuntos de carvalho-brasileiro, jaqueira, pínus e sete-capotes e exemplares isolados de espécies como figueira-de-bengala, pau-brasil, pau-ferro e tamareira-das-canárias. Num trecho do Córrego do Sapateiro há vegetação ribeirinha espontânea protegida por uma cerca. Foram registradas 494 espécies, das quais 16 estão ameaçadas como a cabreúva, o chichá e o pau-marfim. O Viveiro Manequinho Lopes produz mudas de espécies ornamentais herbáceas, arbustivas, trepadeiras, de interior e plantas medicinais para uso no município, além de receber e distribuir mudas de árvores usadas nos programas de arborização urbana. O parque conta ainda com as coleções de plantas ornamentais, hortícolas e medicinais do campo experimental da Escola de Jardinagem que o utiliza nas aulas práticas de seus cursos.

São 218 espécies que dividem espaço com milhares de usuários, sendo 35 de borboletas, 10 de peixes, oito de répteis (cágados, tigres-d’água e serpentes), uma de anfíbio, mamíferos incluindo morcegos e gambá-de-orelha-preta e, 156 espécies de aves. No lago, colhereiro, cabeça-seca e marreca-parda já foram observadas. Nos gramados, joão-de-barro, canário-da-terra e cardeais. Nos bosques, ouve-se a balburdia de papagaios, maracanãs e periquitos, e melodias de sabiás, que parecem competir com o ruído “urbano”. É possível observar várias espécies de beija-flores, pica-paus, pombos silvestres e papa-moscas e representantes migratórios, que aqui chegam na primavera. Nesse período, araponga, sabiá-ferreiro e os anambés fazem “escala” rápida no parque e seguem viagem para áreas mais florestadas da cidade. A grande quantidade de aves atrai predadores como o gavião-de-cauda-curta, gavião-de-cabeça-cinza, gavião-miúdo, quiri-quiri, falcão-de-coleira e peregrino, além de corujas como mocho-diabo. O “martelar” das arapongas, sem dúvida, é o canto que mais chama atenção do público, formando uma legião de curiosos debaixo de seus poleiros. Também chama atenção a borboleta gema, pela mancha alaranjada sobre o fundo amarelo de suas asas.

O parque é um dos destinos mais procurados pela população paulistana e também uma das mais importantes áreas verdes, de cultura e lazer da cidade.

Estão instalados na área do Ibirapuera divisões e departamentos ligados às Secretarias Municipais do Verde e do Meio Ambiente , Cultura e Saúde.

> Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente

VIVEIRO MANEQUINHO LOPES

O viveiro produz mudas de espécies ornamentais herbáceas, arbustivas, trepadeiras, de interior e plantas medicinais para uso no município, além de receber e distribuir mudas de árvores usadas nos programas de arborização urbana.

 

 > Clique aqui para mais informações

 

 HERBÁRIO MUNICIPAL

O herbário possui um grande acervo de plantas identificadas e catalogadas, sendo fonte valiosa para fins de pesquisa. As mais de 12.000 espécies estão prensadas e secas, o que as mantém conservadas por muitos anos.

 

> Clique aqui para mais informações 

 

UNIVERSIDADE ABERTA DE MEIO AMBIENTE E CULTURA DE PAZ - UMAPAZ

Seu propósito é a difusão da educação socioambiental, a partir da promoção de cursos , oficinas e encontros.

  

> Clique aqui para mais informações

 

 

 

PLANETÁRIO PROFESSOR ARISTÓTELES ORSINI

Primeiro planetário construído no Brasil, o prédio é importante patrimônio histórico, científico e cultural, abrigando regularmente sessões abertas ao público.

  

> Clique aqui para mais informações

 

 

ESCOLA MUNICIPAL DE ASTROFÍSICA

A escola oferece cursos e palestras de níveis variados, destinados ao público que deseja ampliar seus conhecimentos no campo da astronomia.

 

 > Clique aqui para mais informações

 

 

ESCOLA MUNICIPAL DE JARDINAGEM

A escola oferece cursos, palestras e oficinas destinados ao público que deseja ampliar seus conhecimentos na área de jardinagem. Abriga também o Programa de Atendimento às Plantas, com o propósito de auxiliar os munícipes a respeito de como cuidar das plantas.

  

> Clique aqui para mais informações

  

DIVISÃO DE FAUNA – UNIDADE DE ATENDIMENTO E MANEJO À FAUNA SILVESTRE

A Divisão de Fauna Silvestre presta atendimento veterinário visando à recuperação de animais silvestres da cidade São Paulo. É responsável ainda pelo levantamento e conservação da fauna municipal.

 

> Clique aqui para mais informações

 


  > Secretaria Municipal de Cultura

AUDITÓRIO IBIRAPUERA

Projetado por Oscar Niemeyer, o local abriga diversos shows e espetáculos para plateias internas e externas. Abriga ainda uma escola que oferece aulas de música.

> Clique aqui para mais informações

 

 

BOSQUE DA LEITURA

Vinculado ao Sistema Municipal de Bibliotecas, é um ambiente cultural que incentiva a leitura e o acesso à informação. Dispõe de acervo de literatura e informação e recebe doações de revistas, quadrinhos, mangás e gibis.

 

> Clique aqui para mais informações

 

FUNDAÇÃO BIENAL

Criada na década de 50, a fundação tem como sede um pavilhão emblemático projetado por Oscar Niemeyer, e abriga anualmente exposições de arte e outros eventos de grande porte.

  

> Clique aqui para mais informações

 

MUSEU AFRO BRASIL

O museu destaca a perspectiva africana na formação do patrimônio, identidade e cultura brasileira, celebrando a Memória, História e a Arte Brasileira e a Afro Brasileira.

 

 > Clique aqui para mais informações

  

 

MUSEU DE ARTE MODERNA

Sua coleção contém mais de 5 mil obras produzidas pelos nomes mais representativos da arte moderna e contemporânea, principalmente brasileira. Abriga ainda uma grande gama de atividades como cursos, palestras e performances.

 

> Clique aqui para mais informações

 

OCA - PAVILHÃO LUCAS NOGUEIRA GARCEZ

Projetado por Oscar Niemeyer, possui uma estrutura peculiar e recebe diversas exposições e instalações durante todo o ano. No passado chegou a abrigar o Museu da Aeronáutica de São Paulo e o Museu do Folclore.

 

> Clique aqui para mais informações

 

PAVILHÃO DAS CULTURAS BRASILEIRAS

Trata-se de um espaço de exposição e centro de referência e pesquisa voltado para a proteção e divulgação da diversidade cultural brasileira.

 

> Clique aqui para mais informações  

  

PAVILHÃO JAPONÊS

Inspirado no Palácio Katsura, em Quioto, o espaço promove a memória e as remete às tradições da cultura japonesa.

 

  > Clique aqui para mais informações

 

 

 

 > Secretaria Municipal de Saúde

 CECCO

É um espaço que oferece ações de caráter cultural, educativo e de saúde, para promover a criatividade, a solidariedade e a interação entre os participantes.

 

 > Clique aqui para mais informações

  

 

 

 

O Parque Ibirapuera possui portões com horários e atendimentos diferenciados:

 

Acesso a pedestres:

- Avenida IV Centenário, portões: 05, 06 e 07A (UMAPAZ);

- Avenida Pedro Álvares Cabral, portões: 02, 03, 04, 09 e 10.

- Avenida República do Líbano, portões: 07, 08 e 09A.

Acesso a veículos:

- Avenida Pedro Álvares Cabral – Portões: 01 - Serviços Auditório Ibirapuera, 03 - Livre mediante uso cartão Zona Azul, possibilitando acesso a vários bolsões de estacionamento) e 10 - apenas a credenciados, não podendo, portanto, ser utilizado por visitantes.

- Avenida República do Líbano – Portão 07 - Livre mediante uso cartão Zona Azul.

Horário dos Portões:

- Portões: 02, 03, 05 e 10, das 05h às 00h.

- Portões: 04, 06 e 09, das 05h às 22h.

- Portões: 07, 08 e 09A, das 06h às 20h.

- Portão: 07A, das 07h às 17h.

Horário dos Portões, somente aos sábados no “Ibira 24h”:

- Portões de acesso a veículos fecham às 22h00, todos os veículos no interior do Parque devem sair até meia-noite, exceto veículos credenciados.

- Portões de acesso a pedestres fecham às 22h, exceto os Portões 02 e 10 com livre acesso 24h.

Recomenda-se ao visitante o uso dos meios de transporte: ônibus, integração metro-ônibus, táxi, bicicleta ou a pé.

CICLOFAIXA DE LAZER:

Circuito Zona Oeste e Circuito Paulista Centro - funciona aos domingos e feriados, das 7h as 16h.

ÔNIBUS:

175T-10 – Metrô Santana – Metrô Jabaquara

477U-10 – Heliópolis – Shop. Iguatemi (Cir.)

509M-10 – Jd. Miriam – Term. Princ. Isabel

5154-10 – Term. Sto. Amaro – Est. da Luz

5164-21 – Cidade Leonor – Pq. Ibirapuera

5175-10 – Balneário São Fco. – Pça. da Sé

5178-10 – Jd. Miriam – Lgo. São Francisco

5185-10 – Term. Guarapiranga – Pq. D. Pedro II

5194-10 – Jd. São Jorge até Apurá – Lgo. São Francisco

5300-10 – Term. Sto Amaro – Term. Pq. D. Pedro II

+ informações: www.sptrans.com.br