Share

Ibirapuera

 

Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº (Portão 10) – Vila Mariana
Subprefeitura Vila Mariana
Área: 1.584.000 m²
Funcionamento: diariamente das 5h às 0h - Fone: (11) 5574-5045 – Fax: (11) 5573-4180

 O Parque Ibirapuera possui 10 portões com horários e atendimentos diferenciados. Confira:

Acesso a pedestres:
- Avenida IV Centenário, portões: 05, 06 e 07A;
- Avenida Pedro Álvares Cabral, portões: 02, 03, 04, 09 e 10.
- Avenida República do Líbano, portões: 07, 08 e 09A.

Acesso a veículos:
- Av. Pedro Álvares Cabral – Portões: 03 (livre mediante uso cartão zona azul), 07 e 10 (apenas a credenciados).
- Av. República do Líbano – Portão 07 (livre mediante uso cartão zona azul).

Horário dos Portões:
- Portões: 02, 03, 05 e 10, das 05h às 00h.
- Portões: 04, 06 e 09, das 05h às 22h.
- Portões: 07, 08 e 09A, das 06h às 20h.
- Portão: 07A, das 07h às 17h.

Horário dos Portões, somente aos sábados no “Ibira 24h”:
- Portões de acesso a veículos fecham às 22h00, todos os veículos no interior do Parque devem sair até meia-noite, exceto veículos credenciados.
- Portões de acesso a pedestres fecham às 22h, exceto os Portões 02 e 10 com livre acesso 24h.

Recomenda-se ao visitante o uso dos meios de transporte: ônibus, integração metro-ônibus, táxi, bicicleta ou a pé.

Mais informações para acessos e conduções ao parque, entre em contato com a SPTRANS pelo telefone 156 ou site: www.sptrans.com.br

Confira:
Mapa de localização
Passeio virtual - Conheça o Parque seguindo as trilhas

Sobre o Parque
Ano de inauguração: 1954

INFRAESTRUTURA
Pista de Cooper, parque infantil, lanchonetes, áreas de estar, ciclofaixa, bicicletário com aluguel de bicicleta, fonte multimídia, quadras poliesportivas, campos de futebol, aparelhos de ginástica e Praça Burle Marx.
Funcionam também na área do parque: Escola de Jardinagem, Divisão Fauna, Viveiro Manequinho Lopes, Planetário e Escola Municipal de Astrofísica, UMAPAZ, Herbário, Museu Afro-Brasil, CECCO (SMS), Pavilhão das Culturas Brasileiras, OCA e Bosque da Leitura (SMC), Fundação Bienal, Auditório Ibirapuera, MAC, MAM e Pavilhão Japonês.
PARTICULARIDADES
Inaugurado em 21 de agosto de 1954 durante as comemorações do IV Centenário de São Paulo, o projeto do Parque foi concebido pelos arquitetos Oscar Niemeyer, Ulhôa Cavalcanti, Zenon Lotufo, Eduardo Kneese de Mello, Ícaro de Castro Mello, além do paisagista Augusto Teixeira Mendes.
Vegetação implantada constituída de eucaliptal com sub-bosque, bosques heterogêneos, jardins, gramados e alamedas de alecrim-de-campinas, alfeneiro, bambu-chinês, chichá, falsa-figueira-benjamim, guariroba, ipê-roxo, jerivá e seafórtia. Há conjuntos de carvalho-brasileiro, jaqueira, pínus e sete-capotes e exemplares isolados de espécies como figueira-de-bengala, pau-brasil, pau-ferro e tamareira-das-canárias. Num trecho do Córrego do Sapateiro há vegetação ribeirinha espontânea protegida por uma cerca. Foram registradas 494 espécies, das quais 16 estão ameaçadas como a cabreúva, o chichá e o pau-marfim. O Viveiro Manequinho Lopes produz mudas de espécies ornamentais herbáceas, arbustivas, trepadeiras, de interior e plantas medicinais para uso no município, além de receber e distribuir mudas de árvores usadas nos programas de arborização urbana. O parque conta ainda com as coleções de plantas ornamentais, hortícolas e medicinais do campo experimental da Escola de Jardinagem que o utiliza nas aulas práticas de seus cursos.
São 218 espécies que dividem espaço com milhares de usuários, sendo 35 de borboletas, 10 de peixes, oito de répteis (cágados, tigres-d’água e serpentes), uma de anfíbio, mamíferos incluindo morcegos e gambá-de-orelha-preta e, 156 espécies de aves. No lago, colhereiro, cabeça-seca e marreca-parda já foram observadas. Nos gramados, joão-de-barro, canário-da-terra e cardeais. Nos bosques, ouve-se a balburdia de papagaios, maracanãs e periquitos, e melodias de sabiás, que parecem competir com o ruído “urbano”. É possível observar várias espécies de beija-flores, pica-paus, pombos silvestres e papa-moscas e representantes migratórios, que aqui chegam na primavera. Nesse período, araponga, sabiá-ferreiro e os anambés fazem “escala” rápida no parque e seguem viagem para áreas mais florestadas da cidade. A grande quantidade de aves atrai predadores como o gavião-de-cauda-curta, gavião-de-cabeça-cinza, gavião-miúdo, quiri-quiri, falcão-de-coleira e peregrino, além de corujas como mocho-diabo. O “martelar” das arapongas, sem dúvida, é o canto que mais chama atenção do público, formando uma legião de curiosos debaixo de seus poleiros. Também chama atenção a borboleta gema, pela mancha alaranjada sobre o fundo amarelo de suas asas.
O parque é um dos destinos mais procurados pela população paulistana e também uma das mais importantes áreas verdes, de cultura e lazer da cidade.
CICLOFAIXA DE LAZER:
Circuito Zona Oeste e Circuito Paulista Centro - funciona aos domingos e feriados, das 7h as 16h.
ÔNIBUS:
175T-10 – Metrô Santana – Metrô Jabaquara
477U-10 – Heliópolis – Shop. Iguatemi (Cir.)
509M-10 – Jd. Miriam – Term. Princ. Isabel
5154-10 – Term. Sto. Amaro – Est. da Luz
5164-21 – Cidade Leonor – Pq. Ibirapuera
5175-10 – Balneário São Fco. – Pça. da Sé
5178-10 – Jd. Miriam – Lgo. São Francisco
5185-10 – Term. Guarapiranga – Pq. D. Pedro II
5194-10 – Jd. São Jorge até Apurá – Lgo. São Francisco
5300-10 – Term. Sto Amaro – Term. Pq. D. Pedro II
+ informações: www.sptrans.com.br 


 

PARQUE IBIRAPUERA – ÁREAS EXTERNAS
O Parque Ibirapuera possui portões de acesso com horários e atendimentos diferenciados. Confira:
Acesso a pedestres:
- Avenida IV Centenário, portões: 05, 06 e 07ª (UMAPAZ).
- Avenida Pedro Álvares Cabral, portões: 02, 03, 04, 09 e 10.
- Avenida República do Líbano, portões: 07, 08 e 09A.
Acesso a veículos:
-Avenida Pedro Álvares Cabral – Portões: 01 - Serviços Auditório Ibirapuera, 03 - Livre mediante uso cartão Zona Azul, possibilitando acesso a vários bolsões de estacionamento) e 10 - apenas a credenciados, não podendo, portanto, ser utilizado por visitantes.
- Avenida República do Líbano – Portão 07 - Livre mediante uso cartão Zona Azul.
Horário dos Portões:
- Portões: 02, 03, 05 e 10, das 05h00 as 24h00.
- Portões: 04, 06 e 09, das 05h00 as 22h00.
- Portões: 07, 08 e 09A, das 06h00 as 20h00.
- Portão: 07A, das 07h00 as 17h00.
Informações: www.prefeitura.sp.gov.br/svma
Recomenda-se ao visitante o uso dos meios de transporte: ônibus, integração metro-ônibus, táxi, bicicleta ou a pé.
*Maiores informações para acessos e conduções ao parque, entre em contato com a SPTRANS pelo telefone 156 ou site: www.sptrans.com.br.
Horário dos Portões, somente aos sábados no “Ibira 24h”:
- Portões de acesso a veículos fecham às 22h00, todos os veículos no interior do Parque devem sair até meia-noite, exceto veículos credenciados.
- Portões de acesso a pedestres fecham às 22h, exceto os Portões 02 e 10 com livre acesso 24h.
Informações: www.prefeitura.sp.gov.br/svma
Recomenda-se ao visitante o uso dos meios de transporte: ônibus, integração metro-ônibus, táxi, bicicleta ou a pé.
*Maiores informações para acessos e conduções ao parque, entre em contato com a SPTRANS pelo telefone 156 ou site: www.sptrans.com.br.

Espetáculo da Fonte Multimídia
Segundas a Domingos.
Segunda a Sexta, 12h00 às 14h00 | 20h00 às 22h00. Show das águas.
Sábado e Domingo, 20h30 às 21h00 | 21h00 às 21h30. Show das águas com projeção de luzes e som.
Informações: www.divinacomedia.com.br
Responsável: PMSP e Pão de Açúcar – Divina Comédia Produções Artísticas

VERÃO ALPHA FM 2016 Sábado e Domingo 13 e 14 de Fevereiro de 2016, das 10 às 17h
Evento que tem por objetivo levar cultura, entretenimento, saúde e bem estar aos frequentadores do parque por meio de atividades como exercícios, shows, palestras e apresentações culturais.

Programação:
Sábado e domingo - das 10h às 17h
Atividades das tendas ESTAÇÃO SAÚDE: aferição de pressão, Calculando o IMC, orientação com nutricionistas, teste de glicemia ESTAÇÃO TERCEIRA IDADE: oficina de atividades para memória, oficina de artesanato, dança sênior, alongamento, jogos ESTAÇÃO INFANTIL: oficina de jardinagem, pintura artística de rosto, intervenções circenses ESTAÇÃO BEM ESTAR: quick massage.
Sábado e domingo – 11h e 12h
Atividades Físicas: aulas de aeróbica e zumba
Sábado - 14h30: Teatro infantil
Domingo - 16h: Teatro infantil
Responsável: Alpha FM.

COMEMORAÇÃO DO ANO NOVO CHINÊS
Domingo 14 de Fevereiro de 2016, das 10h às 14h
Desfile de roupas típicas chinesas para senhoras de 60/70/80 anos e também para adolescentes. Na segunda parte do evento, apresentações do Leão e do Dragão e Danças Típicas chinesas. A idéia é apresentar a cultura chinesa para os frequentadores do parque como presente pelo aniversário da cidade.
Responsável: Li Wing Kay de Arte e Cultura Chinesa.

 

Acesso: Av. Pedro Álvares Cabral - Portão 03
Contato: 3629-1075 | info@auditorioibirapuera.com.br
Informações: www.auditorioibirapuera.com.br

AUDITÓRIO IBIRAPUERA_PROGRAMAÇÃO DE FEVEREIRO
19 FEV | 2016 | 21h
TROVADORES URBANOS em Trovadores Urbanos – 25 anos

No show Trovadores Urbanos – 25 Anos, os seresteiros apresentam um espetáculo divertido, romântico, repleto de histórias curiosas e momentos especiais vividos pelo grupo. No repertório, entre outras canções, “Começaria Tudo Outra Vez”, “Luar do Sertão”, “Sinfonia Paulistana” e “Se Todos Fossem Iguais a Você”. Na ocasião, ocorrerá ainda a gravação de um CD e um DVD com a participação de artistas convidados. duração: 90 min (aproximadamente)
ingressos: Gratuito. Distribuição de ingressos na bilheteria do Auditório, uma hora e meia antes da apresentação. Limite de dois ingressos por pessoa. Sujeito à lotação da casa. [livre para todos os públicos]

20 FEV | 2016 | 21h
21 FEV | 2016 | 19h

SILVA em Júpiter participação especial de Cícero (dia 20) e Maria Gadú (dia 21)
O cantor Silva, revelação da nova cena musical brasileira, faz show do disco Júpiter, o terceiro da carreira, acompanhado por Hugo Coutinho (bateria), Rodolfo Simor (guitarra e synth) e Jackson Pinheiro (baixo). No repertório da apresentação estão composições do novo álbum, como “Eu Sempre Quis”, “Feliz e Ponto” e “Deixa Eu Te Falar”, além de canções de trabalhos anteriores. O show conta com a participação especial de Cícero (sábado, dia 20) e Maria Gadú (domingo, dia 21). duração: 90 min (aproximadamente) ingressos: R$ 20,00 e R$10,00 (meia-entrada) A venda de ingressos para esse espetáculo será realizada pelo site www.ingressorapido.com.br, pelos pontos de venda da Ingresso Rápido e pelo telefone 11 4003 1212, a partir do dia 12 de fevereiro. Na bilheteria do Auditório Ibirapuera, os ingressos poderão ser adquiridos a partir do dia 19 de fevereiro. [livre para todos os públicos]

26 FEV | 2016 | 21h

MÚSICA NO FOYER com HERBERT LUCAS, SAXOFONISTA em Sons Que Faço
No espetáculo Sons que Faço, o saxofonista Herbert Lucas – formando da Escola do Auditório em 2015 e integrante de grupos como Saxofonando, Ensemble de Saxofones Belvedere e Banda Radar Metropolitano – mostra o encontro da música clássica com a popular em composições como “Brasiliana No 7” (Radamés Gnatalli) e “Grab It” (Jacob ter Veldhuis), em apresentação que conta com a participação especial de músicos convidados. duração: 60 min (aproximadamente) ingressos: Gratuito. Entrada por ordem de chegada ao foyer do Auditório Ibirapuera. [livre para todos os públicos]

27 de FEV | 20h
28 de FEV | 19h

14º FESTIVAL INTERNACIONAL DE LÍNGUA & CULTURA (IFLC)
Nos dias 27 e 28 de fevereiro, o Auditório Ibirapuera será palco da 14a edição do Festival Internacional de Língua & Cultura (IFLC, na sigla em inglês), que acontece pela primeira vez no Brasil e reunirá jovens músicos, cantores e dançarinos de vários países. Promovido pelo Centro Cultural Brasil-Turquia, representante oficial do IFLC no Brasil, o festival é uma celebração ao diálogo entre os povos e à diversidade de culturas e talentos linguísticos de todo o mundo, com o objetivo de promover encontros culturais, aprendizagem e intercâmbio de informações em apoio à paz, à amizade e à compreensão. duração: 90 min (aproximadamente)
ingressos: Gratuito. Distribuição de ingressos na bilheteria do Auditório, uma hora e meia antes da apresentação. Limite de dois ingressos por pessoa. Sujeito à lotação da casa. [livre para todos os públicos]

 

Acesso: Av. República do Líbano - Portão 07
Responsável:
CSMB – Serviços de Extensão
Contato:
2291-5763 | e-mail: bosquedaleitura@prefeitura.sp.gov.br
Informações:
www.bibliotecas.sp.gov.br

Bosque da Leitura
Sábados e Domingos, das 10h às 16h

 

CECCO
Acesso: Av. IV Centenário – Portão 05
Segunda à Sexta, 8h às 17h
Responsável: CECCO Ibirapuera - Contato: 5549-7840 | www.ceccoibirapuera.com.br

O Centro de Convivência e Cooperativa oferece as seguintes oficinas:
Arte em Tecido, Ateliê Livre, Bijouteria, Caminhada, Canto, Colóquio Cultural, Da África ao Samba/Percussão, Dança Circular, Fios e Bordados, Imagem, Jardinagem, Marchetaria, Mosaico, Tai Chi Pai Lin, Viagens ao Brasil – Museu Afro, Xian Gong / Lian Gong, Yoga.

 

Acesso: Av. Pedro Álvares Cabral - Portões 03 e 10
Responsável:
Escola Municipal de Astrofísica Prof. Aristóteles Orsini
Contato:
5575-5206 ou 5575-5425 | svmaescoladeastrofisica@prefeitura.sp.gov.br
Informações:
www.prefeitura.sp.gov.br/astronomia

Acesso: Av. IV Centenário – Portão 07A
Responsável:
Escola de Jardinagem
Contato: 5539-5291 | Inscrições:
oficinasjardim@prefeitura.sp.gov.br
Informações:
www.prefeitura.sp.gov.br/escoladejardinagem

O detalhamento da programação, com atualização ao longo do ano, é divulgado mensalmente pelo Boletim Informativo da Escola Municipal de Jardinagem e fica disponível no site.

Serviços à Comunidade

PAP - Programa de Atendimento às Plantas
A Escola Municipal de Jardinagem promove o Programa de Atendimento às Plantas, com o propósito de auxiliar os munícipes a respeito de como cuidar das plantas.
Contato: papjardim@prefeitura.sp.gov.br | 5539-5291

Respeite as árvores de São Paulo
A poda irregular é considerada crime ambiental! Conheça a Campanha “Respeite as árvores de São Paulo” da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente contra a poda radical e veja como é possível denunciar em www.prefeitura.sp.gov.br/meio_ambiente, no link CAMPANHAS.

Oficina, Palestra, Trilha ou Minicurso
As inscrições são feitas mediante preenchimento de ficha própria para cada atividade (oficina, palestra, trilha ou minicurso), disponível no site. Observe as datas a partir das quais as inscrições estão disponíveis. Ocasionalmente, os eventos também são divulgados/disponibilizados através de e-mail enviado com pelo menos cinco dias de antecedência à data de suas realizações.

Acesso: Av. Pedro Álvares Cabral – Portão 03
Contato:
5576-7639 ou 5576-7640 | e-mail: contato@bienal.org.br
Informações:
www.bienal.org.br

 

Museu Afro Brasil - Organização Social de Cultura
Av. Pedro Álvares Cabral, s/n - Parque Ibirapuera - Portão 10.
São Paulo / SP - 04094 050 - Fone: 55 11 3320-8900

O funcionamento do museu é de terça-feira a domingo, das 10 às 17hs, com permanência até às 18hs.
Entrada Inteira: R$ 6,00 - Meia Entrada: R$ 3,00 – Grátis aos sábados. Obs.: Conferir no site politica de gratuidade. Para agendar visita mediada pelos educadores do Núcleo de Educação entre em contato: agendamento@museuafrobrasil.ogr.br - Inscrições de eventos do Núcleo de Educação: eventos.educacao@museuafrobrasil.org.br /Telefone: 3320-8900 ramal 8921.

Longa duração Exposição Acervo Com mais de 6 mil obras, entre pinturas, esculturas, gravuras, fotografias, documentos e peças etnológicas, de autores brasileiros e estrangeiros, produzidos entre o século XV e os dias de hoje, o acervo abarca diversas facetas dos universos culturais africanos e afro-brasileiros. Atualmente, está divido em 06 núcleos: África: Diversidade e Permanência, Trabalho e Escravidão, As Religiões Afro-Brasileiras, O Sagrado e o Profano, História e Memória e Artes Plásticas: a Mão Afro-Brasileira.

02 de fevereiro, às 19h ABERTURA DE EXPOSIÇÃO "Giracorpogira II” Jaques Faing, artista visual carioca, busca apreender o invisível, explorando seu próprio movimento, circulando ousadamente dentro das passarelas, o movimento da câmera fotográfica e o das figuras para ousar captar algo mais do que uma imagem. O resultado são cores pulverizadas pela harmonia entre a baixa velocidade da câmera, a alta velocidade da dinâmica das personagens e o deslocamento contínuo do olhar do artista. São baianas desmaterializadas girando delicadamente acima do chão, como abstrações que revelam sutilezas cromática, cinética e poética.

02 de fevereiro, às 19h ABERTURA DE EXPOSIÇÃO “Devoção” Rodrigo Koraicho apresenta ao público 40 imagens realizadas entre outubro e novembro de 2013 nas cidades de Katmandu, no Nepal e Varanasi, na Índia. Integra ainda a exposição uma série de registros do cotidiano de trabalho do fotógrafo e de seu assistente durante a viagem.

Até 20/03/2016 Exposição “Louça Fina, a arte de Fernando Ribeiro” A exposição conta com 80 trabalhos inéditos - pinturas e colagens - do artista plástico Fernando Ribeiro. Nesta série, o artista se apropria de ícones da pintura nacional e internacional, recriando e fazendo alusões à História das Artes plásticas brasileira e mundial. Ao utilizar suportes diferenciados da pintura tradicional, Fernando Ribeiro busca tanto questionar o suporte da obra como também, a partir da apropriação de objetos de terceiros, estabelecer um diálogo com o espectador sobre questões variadas, desde o consumismo até o valor da obra de arte como memória e parte da história. Simples pratos de papelão, de fácil acesso a qualquer um, se transformam, a partir da intervenção do artista, em sofisticadas e divertidas obras de arte.

Até 20/03/2016 Exposição “Cúmulo” Exposição individual do artista Caíto, com cerca de 20 esculturas inéditas inspiradas na palavra que dá título à mostra: Cúmulo.

s.m. Excesso de coisas que se sobrepõem umas às outras; muitos objetos que se encontram amontoados, acúmulo...Situação de incidência máxima...

ATIVIDADES EDUCATIVAS

Inscrições de eventos do Núcleo de Educação: eventos.educacao@museuafrobrasil.org.br
Entrada Inteira: R$ 6,00 - Meia Entrada: R$ 3,00 – Grátis aos sábados. Obs.: Conferir no site politica de gratuidade

Às terças e quintas, após as visitas das 11h30 e 13h30 Oficina Brincadeiras do Congo (Programação de férias) Atividade com brincadeiras tradicionais congolesas, tendo como ponto de partida as visitas mediadas à exposição de longa duração. A proposta é resgatar o encantamento de crianças e adultos com um universo lúdico cada vez mais esquecido nas grandes cidades.

As atividades acontecerão após as visitas, os grupos poderão participar da atividade mediante solicitação, por e-mail, ao realizar o agendamento.

13 de fevereiro (sábado) às 14h00 Oficina Costurando memórias A partir de uma visita à exposição Carolina em Nós, com foco na produção literária de Carolina Maria de Jesus, o Núcleo de Educação do Museu Afro Brasil realizará uma oficina de confecção de pequenos cadernos. Recorrendo a um método de amarração simples, os visitantes serão convidados a criar seus próprios diários, inspirados na vida da autora.
Inscrições: eventos.educacao@museuafrobrasil.org.br

14 de fevereiro (domingo) às 14h00 Visita mediada ao espaço expositivo Visitas para grupos espontâneos Ao longo do mês de fevereiro serão realizadas visitas a exposição de longa duração com foco nos públicos espontâneos.
As visitas aos finais de semana são realizadas com no mínimo 5 e, no máximo, 20 pessoas. Para participar, é necessário chegar com 15 minutos de antecedência ao horário programado e procurar o setor de acolhimento. Neste dia, o Museu Afro Brasil é pago, valores dos ingressos e política de gratuidade estão disponíveis no endereço www.museuafrobrasil.org.br

20 de fevereiro (sábado) às 14h00 Oficina Impressões da Cor Nas oficinas oferecidas pelo Museu Afro Brasil os participantes serão convidados a vivenciar propostas artísticas a partir de experiência estéticas criativas e lúdicas .
Inscrições: eventos.educacao@museuafrobrasil.org.br

21 de fevereiro (domingo) às 14h00 Visita mediada ao espaço expositivo Visitas para grupos espontâneos Ao longo do mês de fevereiro serão realizadas visitas a exposição de longa duração com foco nos públicos espontâneos.
As visitas aos finais de semana são realizadas com no mínimo 5 e, no máximo, 20 pessoas. Para participar, é necessário chegar com 15 minutos de antecedência ao horário programado e procurar o setor de acolhimento. Neste dia, o Museu Afro Brasil é pago, valores dos ingressos e política de gratuidade estão disponíveis no endereço www.museuafrobrasil.org.br

27 de fevereiro (sábado) às 11h00 Contação ou mediação de história Aos Pés do Baobá Durante este evento de contação de histórias ou mediação de leitura, os visitantes terão oportunidade de conhecer narrativas africanas ou afro-brasileiras e, em seguida, participar de um bate-papo conduzido por integrantes do Núcleo de Educação do Museu Afro Brasil.
Público-alvo: infanto juvenil acompanhados por um responsável..
Inscrições: eventos.educacao@museuafrobrasil.org.br

27 de fevereiro (sábado) às 14h00 Oficina Nsaka za bana (Programação de férias) A partir de uma breve visita ao museu e tomando como ponto de partida, a localização geográfica, aspectos históricos e linguísticos do Congo, os educadores conduzirão discussões sobre o poder da palavra. Em seguida, os
9 participantes serão convidados a conhecer e brincar com palavras e textos curtos em Lingala e kikongo e a experimentar movimentos corporais articulados a cantigas congolesas.

As oficinas são realizadas com no mínimo 5 e, no máximo, 20 crianças acompanhadas por seus respectivos responsáveis e respeitando a ordem de inscrição e/ou chegada.
Inscrições: eventos.educacao@museuafrobrasil.org.br

28 de fevereiro (domingo) às 10h30 Visita com oficina Kotambola ya bana (Programação de férias) A visita explora o acervo de maneira lúdica e apresenta obras de arte escolhidas para sensibilizar os pequenos visitantes. Durante o percurso, além de conhecer as exposições, as crianças participarão de brincadeiras que envolvem histórias e músicas que remetem às nossas matrizes africanas.

A atividade será realizada com no mínimo 5 e, no máximo, 15 crianças de 6 a 12 anos acompanhadas por seus respectivos responsáveis e respeitando a ordem de inscrição e/ou chegada. .
Inscrições: eventos.educacao@museuafrobrasil.org.br

BIBLIOTECA “Carolina Maria de Jesus”
A biblioteca possui cerca de 10.000 itens, incluindo livros, revistas e outros tipos de periódicos, teses, posters e material multimídia, com uma coleção especializada em escravidão, tráfico de escravos, abolição da escravatura, da América Latina, Caribe e Estados Unidos.
Horário de Funcionamento: 3ª feira a 6ª das 10h às 17h30 / Aos sábados, das 10h às 14h.

 

Acesso e Local: Av. Pedro Álvares Cabral, 1301
Terça das 10h00 às 21h00, quarta a domingo das 10h00 às 18h00. Entrada gratuita
Responsável: Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo
Contato: 2648-0254 | Informações: www.mac.usp.br 

 

Acesso: Av. Pedro Álvares Cabral - Portão 03
Horário: Terça a Domingo e Feriados, 10h00 às 18h00 (encerramento bilheteria às 17h30)
Contato: 5085-1300
Informações: www.mam.org.br
Educativo MAM - Agendamento: 5085-1313 | e-mail: emaileducativo@mam.org.br

                                                   Programação de Fevereiro
Carnaval no MAM
06 (SAB)
15h Família MAM

Oficina de barangandão arco-íris
Um brinquedo colorido para voar no carnaval!

07 (DOM)
15h Domingo MAM

Oficina de frevo com Jorge Fofão

09 (TER)
15h Família MAM

Oficina de frevo com Jorge Fofão

27 (SAB)
Abertura das exposições: Natureza Franciscana + Educação como Matéria Prima

28 (DOM)
Domingo MAM
11h Oficina artística – Em frente a Aranha do MAM
15h Apresentação Musical – Em frente a Aranha do MAM

Acesso: Av. Pedro Álvares Cabral - Portões 03 e 10
Responsável: Prefeitura de São Paulo, Secretaria Municipal de Cultura
Terça a Domingo, 09h00 às 18h00.
Contato: 5083-0199.

Acesso: Av. Pedro Álvares Cabral - Portões 03 e 10
Funcionamento: quarta-feira, sábado, domingo e feriados, das 10h00 às 12h00 e das 13h00 às 17h00.
Ingresso: R$ 6,00 - adulto | R$ 3,00 - Crianças de 6 a 11 anos, estudantes e idosos de 60 a 65 anos.

Menores de 5 anos e idosos acima de 65 anos, entrada gratuita.
Responsável: Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e Assistência Social
Contato: 3208-1755 r 124 | 5081-7296 | Informações: www.bunkyo.org.br / pavilhao@bunkyo.org.br

“O OLHAR JAPONÊS NO BRASIL”
A partir do dia 21 de janeiro, uma programação especial reúne artistas de diferentes manifestações culturais no Pavilhão Japonês, no Parque Ibirapuera, para celebrar a restauração e reabertura do local, bem como os 462 anos da cidade de São Paulo. Trata-se d’O Olhar Japonês no Brasil, um evento que ressalta o intercâmbio cultural entre Brasil-Japão.
De 21 de janeiro a 28 de fevereiro de 2016
Visitação: quarta-feira, sábado e domingo (aberto dias 21, 22 e 25; quinta, sexta e segunda-feira, pelo aniversário de São Paulo)
Horário: das 10h às 12h e das 13h às 17h
Contribuição: R$ 5,00 a R$ 10,00 (isento para crianças até 4 anos e idosos acima de 65 anos)

Acesso: Av. Pedro Álvares Cabral - Portão 03
Responsável: Prefeitura de São Paulo, Secretaria Municipal de Cultura.
Contato: 5082-1777 | Informações: oca@prefeitura.sp.gov.br

Acesso: Av. Pedro Álvares Cabral - Portões 03 e 10
Responsável: Planetário Prof. Aristóteles Orsini
Contato: 5575-5425 | planetariodoibirapuera@prefeitura.sp.gov.br
Informações: www.prefeitura.sp.gov.br/planetarios

PLANETÁRIO PROFESSOR ARISTÓTELES ORSINI
Reabertura do Planetário Ibirapuera, a partir de 24 de Janeiro de 2016.

Planetário do Ibirapuera é reaberto em São Paulo
Com lotação máxima dos 320 lugares disponíveis na cúpula do planetário, a apresentação aborda como é o céu da cidade de São Paulo sem a poluição e luminosidade, as constelações e os planetas. É uma ótima oportunidade para conhecer um pouco mais sobre astronomia. O espaço foi inaugurado em 1957 e é o primeiro planetário no país. Tem 550 metros quadrados, possui 320 lugares e a reforma contemplou o restauro do piso, parte hidráulica e elétrica, reforma das poltronas e o teto, sistema de ar condicionado, instalação de para-raios, além de um novo projeto pedagógico e a contratação de profissionais para atuarem no local. A Universidade Aberta de Meio Ambiente e Cultura de Paz (UMAPAZ), departamento de Educação Ambiental, da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente (SVMA), fez uma parceria com a Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciências (FUNDATEC) para a reabertura e funcionamento do planetário. A UMAPAZ também é a responsável pela Escola Municipal de Astrofísica (EMA) e a Escola Municipal de Jardinagem (EMJ).

Até o final de fevereiro, o planetário oferecerá quatro sessões diárias, de terça a domingo, às 10h, 12h, 15h e 17h. A entrada é gratuita e é necessário chegar 30 minutos antes da apresentação, para retirar a senha. A partir do mês de março, durante a semana, o atendimento será para escolas de rede pública e privada (através de agendamento) e aos finais de semana e feriados, as sessões serão para público em geral.

Acesso: Av. IV Centenário, 1268 - Portões 07 e 07A
Responsável: Universidade Aberta do Meio Ambiente e da Cultura de Paz
Contato: 5572-1004
Informações: www.prefeitura.sp.gov.br/umapaz | www.blogumapaz.blogspot.com | www.twitter.com/umapaz

*Programação completa de cursos e palestras no local ou por telefone.
Inscrições: inscricoesumapaz@prefeitura.sp.gov.br

A Universidade Aberta do Meio Ambiente e da Cultura de Paz oferece as seguintes atividades:
A UMAPAZ é um departamento da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente da cidade de São Paulo, tem o propósito de sensibilizar e contribuir para a formação de pessoas capazes de viver de forma sustentável, de promover na sua comunidade, modos de convivência socioambiental sustentável. Oferece cursos e atividades de educação ambiental e para a convivência, tendo como princípios o respeito à comunidade da vida, a biodiversidade e a diversidade humana, a transdisciplinaridade e a cultura de paz, acolhendo a Carta da Terra como documento-base.

Biblioteca: Espaço Sapucaia
Acervo voltado ao meio ambiente e cultura de paz. Livros, teses, trabalhos técnicos, periódicos, CD’s, DVD’s, VHS e fotografias. Dedicada à pesquisa, consulta e empréstimo. O acervo pode ser conhecido no site www.umapaz.phlweb.com.br
Segunda a Sextas, 09h00 às 19h00 | Sábados, 09h00 às 13h00 |Informações: 5083-1928 | Contato: bibliotecaumapaz@prefeitura.sp.gov.br