Share

Ibirapuera

 

Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº (Portão 10) – Vila Mariana
Subprefeitura Vila Mariana
Área: 1.584.000 m²
Funcionamento: diariamente das 5h às 0h - Fone: (11) 5574-5045 – Fax: (11) 5573-4180

 O parque possui 10 portões com horários e formas de acesso diferenciados. Confira:

Para pedestres:
- Avenida IV Centenário, portões: 05, 06 e 07A;
- Avenida Pedro Álvares Cabral, portões: 02, 03, 04, 09 e 10.
- Avenida República do Líbano, portões: 07, 08 e 09A.

Para veículos:
- Av. Pedro Álvares Cabral – Portões: 03 (cartão zona azul) e 10 (somente veículos credenciados).
- Av. República do Líbano – Portão 07 (cartão zona azul).

Horário dos portões:
- Portões: 02, 03, 05 e 10, das 05h as 24h.
- Portões: 04, 06 e 09, das 05h as 22h.
- Portões: 07, 08 e 09A, das 06h00 as 20h.
- Portão: 07A, das 07h as 17h.

Confira:
Mapa de localização
Passeio virtual - Conheça o Parque seguindo as trilhas

Sobre o Parque
Ano de inauguração: 1954

INFRAESTRUTURA
Pista de Cooper, parque infantil, lanchonetes, áreas de estar, ciclofaixa, bicicletário com aluguel de bicicleta, fonte multimídia, quadras poliesportivas, campos de futebol, aparelhos de ginástica e Praça Burle Marx.
Funcionam também na área do parque: Escola de Jardinagem, Divisão Fauna, Viveiro Manequinho Lopes, Planetário e Escola Municipal de Astrofísica, UMAPAZ, Herbário, Museu Afro-Brasil, CECCO (SMS), Pavilhão das Culturas Brasileiras, OCA e Bosque da Leitura (SMC), Fundação Bienal, Auditório Ibirapuera, MAC, MAM e Pavilhão Japonês.
PARTICULARIDADES
Inaugurado em 21 de agosto de 1954 durante as comemorações do IV Centenário de São Paulo, o projeto do Parque foi concebido pelos arquitetos Oscar Niemeyer, Ulhôa Cavalcanti, Zenon Lotufo, Eduardo Kneese de Mello, Ícaro de Castro Mello, além do paisagista Augusto Teixeira Mendes.
Vegetação implantada constituída de eucaliptal com sub-bosque, bosques heterogêneos, jardins, gramados e alamedas de alecrim-de-campinas, alfeneiro, bambu-chinês, chichá, falsa-figueira-benjamim, guariroba, ipê-roxo, jerivá e seafórtia. Há conjuntos de carvalho-brasileiro, jaqueira, pínus e sete-capotes e exemplares isolados de espécies como figueira-de-bengala, pau-brasil, pau-ferro e tamareira-das-canárias. Num trecho do Córrego do Sapateiro há vegetação ribeirinha espontânea protegida por uma cerca. Foram registradas 494 espécies, das quais 16 estão ameaçadas como a cabreúva, o chichá e o pau-marfim. O Viveiro Manequinho Lopes produz mudas de espécies ornamentais herbáceas, arbustivas, trepadeiras, de interior e plantas medicinais para uso no município, além de receber e distribuir mudas de árvores usadas nos programas de arborização urbana. O parque conta ainda com as coleções de plantas ornamentais, hortícolas e medicinais do campo experimental da Escola de Jardinagem que o utiliza nas aulas práticas de seus cursos.
São 218 espécies que dividem espaço com milhares de usuários, sendo 35 de borboletas, 10 de peixes, oito de répteis (cágados, tigres-d’água e serpentes), uma de anfíbio, mamíferos incluindo morcegos e gambá-de-orelha-preta e, 156 espécies de aves. No lago, colhereiro, cabeça-seca e marreca-parda já foram observadas. Nos gramados, joão-de-barro, canário-da-terra e cardeais. Nos bosques, ouve-se a balburdia de papagaios, maracanãs e periquitos, e melodias de sabiás, que parecem competir com o ruído “urbano”. É possível observar várias espécies de beija-flores, pica-paus, pombos silvestres e papa-moscas e representantes migratórios, que aqui chegam na primavera. Nesse período, araponga, sabiá-ferreiro e os anambés fazem “escala” rápida no parque e seguem viagem para áreas mais florestadas da cidade. A grande quantidade de aves atrai predadores como o gavião-de-cauda-curta, gavião-de-cabeça-cinza, gavião-miúdo, quiri-quiri, falcão-de-coleira e peregrino, além de corujas como mocho-diabo. O “martelar” das arapongas, sem dúvida, é o canto que mais chama atenção do público, formando uma legião de curiosos debaixo de seus poleiros. Também chama atenção a borboleta gema, pela mancha alaranjada sobre o fundo amarelo de suas asas.
O parque é um dos destinos mais procurados pela população paulistana e também uma das mais importantes áreas verdes, de cultura e lazer da cidade.
CICLOFAIXA DE LAZER:
Circuito Zona Oeste e Circuito Paulista Centro - funciona aos domingos e feriados, das 7h as 16h.
ÔNIBUS:
175T-10 – Metrô Santana – Metrô Jabaquara
477U-10 – Heliópolis – Shop. Iguatemi (Cir.)
509M-10 – Jd. Miriam – Term. Princ. Isabel
5154-10 – Term. Sto. Amaro – Est. da Luz
5164-21 – Cidade Leonor – Pq. Ibirapuera
5175-10 – Balneário São Fco. – Pça. da Sé
5178-10 – Jd. Miriam – Lgo. São Francisco
5185-10 – Term. Guarapiranga – Pq. D. Pedro II
5194-10 – Jd. São Jorge até Apurá – Lgo. São Francisco
5300-10 – Term. Sto Amaro – Term. Pq. D. Pedro II
+ informações: www.sptrans.com.br 


 

O Parque Ibirapuera possui portões de acesso com horários e atendimentos diferenciados. Confira:
Acesso a pedestres:
- Avenida IV Centenário, portões: 05, 06 e 07ª (UMAPAZ).
- Avenida Pedro Álvares Cabral, portões: 02, 03, 04, 09 e 10.
- Avenida República do Líbano, portões: 07, 08 e 09A.
Acesso a veículos:
-Avenida Pedro Álvares Cabral – Portões: 01 - Serviços Auditório Ibirapuera, 03 - Livre mediante uso cartão Zona Azul, possibilitando acesso a vários bolsões de estacionamento) e 10 - apenas a credenciados, não podendo, portanto, ser utilizado por visitantes.
- Avenida República do Líbano – Portão 07 - Livre mediante uso cartão Zona Azul.
Horário dos Portões:
- Portões: 02, 03, 05 e 10, das 05h00 as 24h00.
- Portões: 04, 06 e 09, das 05h00 as 22h00.
- Portões: 07, 08 e 09A, das 06h00 as 20h00.
- Portão: 07A, das 07h00 as 17h00.
Horário dos Portões, somente aos sábados no “Ibira 24h”:
- Portões de acesso a veículos fecham às 22h00, todos os veículos no interior do Parque devem sair até meia-noite, exceto veículos credenciados.
- Portões de acesso a pedestres fecham às 22h, exceto os Portões 02 e 10 com livre acesso 24h.
Informações: www.prefeitura.sp.gov.br/svma
Recomenda-se ao visitante o uso dos meios de transporte: ônibus, integração metro-ônibus, táxi, bicicleta ou a pé.
*Maiores informações para acessos e conduções ao parque, entre em contato com a SPTRANS pelo telefone 156 ou site: www.sptrans.com.br

Caminhada Dia Mundial de Combate ao AVC
Sábado 01 de Novembro de 2014, das 8h30 às 12h30
Palestra com orientações sobre o combate ao AVC e depoimento de um um destaque nacional acometido pela doença, exercícios de alongamento para a caminhada e finalização do evento.
Responsável: Lecal 8 Marketing Ltda – Eraldo Lustoza

Show da Turma da Lancheira e da Palavra Cantada
Domingo, 16 de Novembro de 2014, das 17h às 18h30
Responsável: Secretaria da Comunicação da PMSP

Novembro Laranja - Campanha Nacional de Alerta ao Zumbido
Domingo, 09 de Novembro das 8h às 12h
Em 2014, a Campanha passará a abranger outros problemas do ouvido além do zumbido, como tontura e hipersensibilidade auditiva. O evento Novembro Laranja quer alcançar a população de modo bonito, elegante, pacífico e efetivo: um movimento nacional para popularizar vários cuidados necessários com os ouvidos. Durante todo o mês de novembro, alertaremos nas mídias sociais e imprensa televisiva/impressa que: 1. zumbido pode ser sinal precoce para identificar os ouvidos mais frágeis para sons; 2. é necessário investigar corretamente as causas; 3. tratar precocemente pode fazer toda a diferença.
Responsável: Associação de Pesquisa Interdisciplinar e Divulgação do Zumbido – ADIPIZ

Música na Grama - Descortinando uma Orquestra
Domingo 16 de Novembro de 2014, das 10h às 11h30
Espetáculo Musical com arranjos modernos e dinâmicos de repertório de músicas eruditas, intervenção de um palhaço que irá questionar o maestro sobre os naipes, instrumentos, partituras, movimentos e histórias da evolução da música.
Responsável: Projeto VAI – SMC

Espetáculo da Fonte Multimídia
Segundas a Domingos.
Segunda a Sexta, 12h00 às 14h00 | 20h00 às 22h00. Show das águas.
Sábado e Domingo, 20h30 às 21h00 | 21h00 às 21h30. Show das águas com projeção de luzes e som.
Informações: www.divinacomedia.com.br
Responsável: PMSP e Pão de Açúcar – Divina Comédia Produções Artísticas

PATINANDO COM A GUARDA
Domingo 23 de Novembro de 2014, das 10h às 18h
Local: Marquise do ibirapuera ao lado do baneiro perto do MAM
Responsável: Federacao Paulista dos Esportes sobre patins e GCM.

Brasil Dançante.... Nossos ritmos nossa gente
Local: Marquise em frente à Aranha (local em definição)
Sábado 29 de Novembro de 2014 às 14h (duração 40 minutos)
O Projeto “Brasil Dançante. Nossos ritmos. nossa gente.” é uma inciativa que interliga pesquisa, arte e diversidade cultural, que tem como resgate a disseminação da cultura popular Brasileira, levando para parques da Cidade de São Paulo um espetáculo que espelha a riqueza da arte e da cultura Brasileira.
Realizado por jovens com Deficiência Intelectual, o projeto mostra um aspecto importante da nossa diversidade. Aqui o universo da deficiência é mostrado por meio das potencialidades de atores, músicos e dançarinos, mostrando o folclore das regiões de nosso Brasil. Um espetáculo de dança, performance e musica, onde apresentaremos as danças típicas das regiões Brasileira, tendo como pano de fundo o Cacuria dança típica do estado do Maranhão , em forma de “ cortejo” o espetáculo incorpora a plateia e convida os expectadores a embarcarem em uma emocionante e divertida “ aula” de ritmos e danças Brasileiras.
Responsável: Associação de Pais Amigos Excepcionais do Estado de São Paulo.

01 NOV 2014| 19H
38ª MOSTRA INTERNACIONAL DE CINEMA com Orquestra Experimental de Repertório
A 38ª Mostra Internacional de Cinema comemora o centenário da criação do personagem Carlitos, com a exibição do curta Corrida de Automóveis para Meninos (1914), dirigido por Henry Lehrman, e do longa O Circo (1928), dirigido e estrelado por Charles Chaplin. Os filmes são acompanhados pela Orquestra Experimental de Repertório com a regência do Maestro Carlos Eduardo Moreno.
duração: 120 minutos (aproximadamente)
gratuito, plateia externa
[livre para todos os públicos] L

20 NOV 2014| 11H
ORQUESTRA AFRO-BRASILEIRA em TRIBUTO A ABIGAIL MOURA
A Orquestra, que nasceu em 1942 como um grupo voltado à divulgação da arte e cultura musical negra brasileira, apresenta, no Dia da Consciência Negra, um tributo a seu criador, o compositor e arranjador Abigail Moura, que esteva a frente do grupo por 30 anos.
duração: 90 minutos (aproximadamente)
gratuito, plateia externa
[livre para todos os públicos] L

23 NOV 2014| 18H
PRECIOSIDADES VIVARA com CHICO PINHEIRO QUARTETO, ESPERANZA SPALDING e LOURENÇO REBETEZ
Promovendo jazz e música instrumental, o espetáculo reúne atrações nacionais, Chico Pinheiro Quarteto e Lourenço Rebetez, e a contrabaixista e cantora americana Speranza Spalding em apresentação gratuita para a plateia externa do Auditório.
duração: 140 minutos (aproximadamente)
gratuito, plateia externa
[livre para todos os públicos] L

Aulas do Método DeRose
Sábados, 09h00 às 10h00.
Aula aberta gratuita do Método DeRose, um método de qualidade de vida e alta performance que, através de diversas técnicas, entre elas respiratórias, de força,flexibilidade e de concentração, e conceitos de boa forma , boa administração das emoções e bons relacionamentos humanos, visa tornar melhor a vida do praticante e do mundo que o rodeia.
Informações: 11 3589-7227; danilo.c@metododerose.org Site: http://deroseplazasul.com/sobre/aulas-gratuitas e www.autossuficiencia.wordpress.com - Responsável: FDI- Associação do Fundo de Imagem.

Programa Saúde no Esporte
Segunda a Sábado, 07h00 às 13h00.
O programa aborda assuntos relacionados à prevenção e saúde no esporte, com orientações médicas, avaliações e orientações nutricionais e físicas.
- Orientações Médicas sobre a importância do exercício físico regular para a saúde, qualidade de vida, risco cardiovascular, hipertensão, diabetes, obesidade, sedentarismo, entre outras.
- Orientações Nutricionais sobre o valor de uma adequada alimentação saudável, hidratação e controle de peso. Abordando temas como: alimentação e diabetes, alimentação e hipertensão, alimentação e atividade física, entre outras.
- Orientações Físicas para a prática regular de exercícios físicos, qualidade de vida. Abordagens como atividade física e corrida, atividade física e Caminhada, atividade física e vestuário, atividade física e alongamentos, atividade física e flexibilidade, entre outras.
- Avaliações: Peso e Altura, IMC, C. Abdominal, pressão arterial, teste de flexibilidade, entre outras.
Responsável: José Roberto Rivelino | Contato: 3396-6462.

Atividades Fixas

Programa Saúde no Parque: Lian Gong e Tai Chi Qi Gong em 18 Terapias
Segundas a Sábados, 10h30 às 11h30.
Prática aberta e gratuita de ginástica chinesa: Lian Gong e Tai Chi Qi Gong
Responsável: Totao Comunicações.
Contato: 3266-5829 | e-mail: totaocom@globo.com ou liangong@saudenoparque.com.br
Informações: www.saudenoparque.com.br
* Não haverá atividade em dias de chuva.

Programa Saúde no Parque: Conversando em Círculo
Última Quinta de todo mês, após a prática Lian Gong, 10h30.
O círculo, milenar forma de comunicação, interação e vivência de muitos povos, integra as atividades do Saúde no Parque como forma de permitir troca e aprofundamento de conceitos, reflexões que possam servir de ferramenta àqueles que estão na busca de melhor compreensão de si mesmos e do mundo. Conversando em Círculo é uma proposta aberta que aborda temas variados de interesse comum.
Responsável: Totao Comunicações.
Contato: 3266-5829 | e-mail: totaocom@globo.com ou liangong@saudenoparque.com.br
Informações: www.saudenoparque.com.br * Não haverá atividade em dias de chuva.

Aulas do Método DeRose
Domingos, das 09h00 às 10h00.
Aula aberta gratuita do Método DeRose, um método de qualidade de vida e alta performance que, através de diversas técnicas, entre elas respiratórias, de força,flexibilidade e de concentração, e conceitos de boa forma , boa administração das emoções e bons relacionamentos humanos, visa tornar melhor a vida do praticante e do mundo que o rodeia.
Informações: 11 3589-7227; danilo.c@metododerose.org - Site: http://deroseplazasul.com/sobre/aulas-gratuitas e www.autossuficiencia.wordpress.com - Responsável: FDI- Associação do Fundo de Imagem.

Acesso: Av. Pedro Álvares Cabral - Portão 03
Contato: 3629-1075 | info@auditorioibirapuera.com.br
Informações: www.auditorioibirapuera.com.br

NOVEMBRO 2014
Programação sujeita a alteração


31 OUT 2014| 21H
ILEGAL, O FILME

Sessão especial do filme “Ilegal”, idealizado e produzido por Tarso Araujo e Raphael Erichsen. O documentário conta a história de Katiele Fischer e sua filha epiléptica de cinco anos, e retrata a dificuldade da família em conseguir importar Cannabidiol (CBD), substância extraída da planta Cannabis sativa, a maconha.
duração: 90 minutos (aproximadamente)
ingressos gratuitos e retirados com 1h30 de antecedência
[livre para todos os públicos] L

01 NOV 2014| 19H
38ª MOSTRA INTERNACIONAL DE CINEMA com Orquestra Experimental de Repertório

A 38ª Mostra Internacional de Cinema comemora o centenário da criação do personagem Carlitos, com a exibição do curta Corrida de Automóveis para Meninos (1914), dirigido por Henry Lehrman, e do longa O Circo (1928), dirigido e estrelado por Charles Chaplin. Os filmes são acompanhados pela Orquestra Experimental de Repertório com a regência do Maestro Carlos Eduardo Moreno.
duração: 120 minutos (aproximadamente)
gratuito, plateia externa
[livre para todos os públicos] L

02 NOV 2014| 11H
YAMANDU E CANTILENA ENSEMBLE

Violonista e compositor de jazz do Rio Grande do Sul, Yamandu divide o palco com o grupo paulistano de música erudita em apresentação na 8ª Semana Ticket de Cultura.
duração: 90 minutos (aproximadamente)
ingressos gratuitos e retirados com 1h30 de antecedência
[livre para todos os públicos] L

07 NOV 2014| 21H
GRUPO LUNI

O grupo paulista, famoso no boom do rock brasileiro dos anos 1980, lembra os antigos sucessos, com o visual de sempre, que mescla humor, performance e música. O Luni é formado por Marisa Orth, André Gordon e Natalia Barros (vozes) , Gilles Eduar (sax e clarinete), Fernando Figueiredo (voz e dj), Theo Werneck (guitarra e voz), Lelena Anhaia (contrabaixo), Ruben Feffer (teclados e acordeon), Kuki Stolarski (bateria) e Fernando Bastos (sax).
duração: 90 minutos (aproximadamente)
ingressos: R$ 20,00 e R$10,00 (meia entrada)
[livre para todos os públicos] L
08 NOV 2014| 21H
NELSON TRIUNFO lançamento do CD Do Soul ao Hip Hop
Nelson Triunfo, um dos precursores do hip hop no Brasil, mostra o repertório do disco “Do Soul ao Hip Hop”, composto por canções autorais, e comemora seus 60 anos.
duração: 80 minutos (aproximadamente)
ingressos: R$ 20,00 e R$10,00 (meia entrada)
[livre para todos os públicos] L

09 NOV 2014| 19H
LIA SOPHIA com FAFÁ DE BELÉM e MAX DE CASTRO

A cantora, compositora e instrumentista Lia Sophia, representante da produção contemporânea musical do Norte do país, traz sua sensualidade latina e sua música para o público do Auditório.
duração: 90 minutos (aproximadamente)
ingressos: R$ 20,00 e R$10,00 (meia entrada)
[livre para todos os públicos] L

12 NOV 2014| 21H
FAMÍLIA LIMA em gravação do DVD 20 Anos com ANDREAS KISSER e CHITÃOZINHO E XORORÓ
O grupo do Rio Grande do Sul comemora seus 20 anos no Auditório Ibirapuera em gravação do seu DVD. Com a participação dos convidados especiais: Andreas Kisser e Chitãozinho e Xororó.
duração: 90 minutos (aproximadamente)
ingressos: R$ 20,00 e R$10,00 (meia entrada)
[livre para todos os públicos] L

14 15 NOV 2014| 21H
MULHERES

Com roteiro de Mia Couto, baseado em canções de Chico Buarque, o concerto traz um mosaico de sons e de culturas em homenagem às mulheres. Sobem ao palco Coro Luther King, Ensamble Cello in Concert, Bibi Ferreira, Monica Salmaso, Fabiana Cozza, Cida Moreira, Maria João (Portugal), Marian Tamari (Palestina) e Annie Murath (Chile). Com participação de Zezé Motta e Ester Goes e direção de Martinho Lutero Galati e Naum Alves de Souza.
duração: 90 minutos (aproximadamente)
ingressos: R$ 20,00 e R$10,00 (meia entrada)
[livre para todos os públicos] L

20 NOV 2014| 11H
ORQUESTRA AFRO-BRASILEIRA em TRIBUTO A ABIGAIL MOURA

A Orquestra, que nasceu em 1942 como um grupo voltado à divulgação da arte e cultura musical negra brasileira, apresenta, no Dia da Consciência Negra, um tributo a seu criador, o compositor e arranjador Abigail Moura, que esteva a frente do grupo por 30 anos.
duração: 90 minutos (aproximadamente)
gratuito, plateia externa
[livre para todos os públicos] L

21 22 NOV 2014| 21H
JAZZ SINFÔNICA + ZÉ LUIZ MAZZIOTTI regência FABIO PRADO

O concerto de encerramento da temporada 2014 traz o músico paulista Zé Luiz Mazziotti com a orquestra, sob a regência do maestro Fábio Prado, interpretando canções de Lupcínio Rodrigues. Arranjos e participação especial do pianista Gilson Peranzzetta .
duração: 90 minutos (aproximadamente)
ingressos: R$ 20,00 e R$10,00 (meia entrada)
[livre para todos os públicos] L

23 NOV 2014| 18H
PRECIOSIDADES VIVARA com CHICO PINHEIRO QUARTETO, ESPERANZA SPALDING e LOURENÇO REBETEZ

Promovendo jazz e música instrumental, o espetáculo reúne atrações nacionais, Chico Pinheiro Quarteto e Lourenço Rebetez, e a contrabaixista e cantora americana Speranza Spalding em apresentação gratuita para a plateia externa do Auditório.
duração: 140 minutos (aproximadamente)
gratuito, plateia externa
[livre para todos os públicos] L

24 NOV 2014| 21H
10º FESTIVAL DE CINEMA ITALIANO

Evento de abertura do 10º Festival de Cinema Italiano seguido por exibição de título ainda não definido.
duração: 180 minutos (aproximadamente)
ingressos gratuitos e retirados com 1h30 de antecedência
[livre para todos os públicos] L

26 a 28 NOV 2014
FÓRUM INTERNACIONAL DE BIENAIS

Com o tema “Como Fazer Bienais em Tempos Contemporâneos”, a segunda edição do evento propõe palestras e workshops com profissionais relacionados ao tema. O evento segue, dias 29 e 30, com programação em exposições na cidade. Mais informações e inscrições: worldbiennialforum.org/pt-br/.
[livre para todos os públicos] L

29 NOV 2014| 11H
MÚSICA NO FOYER

Formações musicais da Escola do Auditório dão continuidade à série Música no Foyer.
duração: 60 minutos (aproximadamente)
gratuito, entrada por ordem de chegada, no foyer do Auditório Ibirapuera
[livre para todos os públicos] L

29 NOV 2014| 21H
MARCELO PRETTO E SWAMI JR. lançamento do CD A CARNE DAS CANÇÕES

O duo Marcelo Pretto (voz) e Swami Jr. (violão 7 cordas) mostra um novo álbum, com repertório de inéditas e criativas de canções de compositores da cena paulista, como Rodrigo Campos, Antonio Loureiro, Kiko Dinucci, Douglas Alonso e Arrigo Barnabé. Participações de Beto Villares (violão) e Zé Rolê (projeto 'Psilosamples').

duração: 90 minutos (aproximadamente)
ingressos: R$ 20,00 e R$10,00 (meia entrada)
[livre para todos os públicos] L

30 NOV 2014| 19H
MAURICIO PEREIRA em PRA ONDE QUE EU TAVA INDO

O músico Mauricio Pereira apresenta seu novo trabalho, “Pra Onde Que Eu Tava Indo”, depois de quatro anos sem gravar. No palco, Mauricio nos vocais e saxofones; Tonho Penhasco, violões e guitarras; Tânia Murakami, teclados; Henrique Alves, baixo elétrico; e Gabriel Basile na bateria e percussão.
duração: 75 minutos (aproximadamente)
ingressos: R$ 20,00 e R$10,00 (meia entrada)
[livre para todos os públicos] L
 

Acesso: Av. República do Líbano - Portão 07
Sábados e Domingos
Responsável: CSMB – Supervisão de Bibliotecas
Contato: 3675-8096 | e-mail: bosquedaleitura@prefeitura.sp.gov.br
Informações: www.bibliotecas.sp.gov.br

 

Bosque da Leitura
Sábados e Domingos, 10h às 16h.

 

FEIRA DE TROCA DE LIVROS E GIBIS – Edição 2014
Domingo 16 de Novembro de 2014, das 10h às 15h.

Responsável: COORDENADORIA DO SISTEMA MUNICIPAL DE BIBLIOTECAS – CSMB.

 

Acesso: Av. IV Centenário - Portão 05
Segunda a Sexta, 08h00 as 17h00.
Responsável: CECCO Pq. Ibirapuera
Contato: 5549-7840.

O Centro de Convivência e Cooperativa oferece as seguintes oficinas:
Caminhada, Dança Circular, Colóquio Cultural, Lian Gong, Xiang Gong, Tai Chi Pai Lin, Tai Ji Qi Gong/ Meditação, Alongamento, Arte em Tecido, Artes Plásticas, Ateliê Livre, Bijouteria, Dança do Ventre, Fios e Bordados, Marchetaria, Mosaico, Música, Núcleo de Economia Solidária, Poesia, Projeto CRER-SER e Yoga.

Acesso: Av. Pedro Álvares Cabral - Portões 03 e 10
Responsável: Escola Municipal de Astrofísica Prof. Aristóteles Orsini
Contato: 5575-5206 ou 5575-5425 | svmaescoladeastrofisica@prefeitura.sp.gov.br
Informações: www.prefeitura.sp.gov.br/astronomia

Acesso: Av. IV Centenário – Portão 07A
Responsável: Escola de Jardinagem
Contato: 5539-5291 | Inscrições: oficinasjardim@prefeitura.sp.gov.br
Informações: www.prefeitura.sp.gov.br/escoladejardinagem

O detalhamento da programação, com atualização ao longo do ano, é divulgado mensalmente pelo Boletim Informativo da Escola Municipal de Jardinagem e fica disponível no site.

Serviços à Comunidade

PAP – Programa de Atendimento às Plantas
A Escola Municipal de Jardinagem promove o Programa de Atendimento às Plantas, com o propósito de auxiliar os munícipes a respeito de como cuidar das plantas.
Contato: papjardim@prefeitura.sp.gov.br | (11) 5539-5291

Respeite as árvores de São Paulo
A poda irregular é considerada crime ambiental! Conheça a Campanha “Respeite as árvores de São Paulo” da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente – S.V.M.A./P.M.S.P. contra a poda radical. E veja como é possível denunciar! www.prefeitura.sp.gov.br/meio_ambiente, no link CAMPANHAS.

Oficina, Palestra, Trilha ou Minicurso
As inscrições são feitas mediante preenchimento de ficha própria para cada atividade (oficina, palestra, trilha ou minicurso), disponível no site. Observe as datas a partir das quais as inscrições estão disponíveis. Ocasionalmente, os eventos também são divulgados/disponibilizados através de e-mail enviado com pelo menos cinco dias de antecedência à data de suas realizações.

Acesso: Av. Pedro Álvares Cabral – Portão 03
Contato: 55767639 ou 55767640 | e-mail: contato@bienal.org.br
Informações: www.bienal.org.br

BIENAL – 31ª BIENAL de São Paulo
Visitação pública:
Até 07 de Dezembro de 2014

Terças, quintas, sextas e domingos das 9h às 19h e às quartas e sábados das 9h às 22h.
Todas as segundas-feiras o evento é fechado.

O título da 31a Bienal de São Paulo – Como (…) coisas que não existem – é uma invocação poética do potencial da arte e de sua capacidade de agir e intervir em locais e comunidades onde ela se manifesta. O leque de possibilidades para essa ação e intervenção está aberto – uma abertura que é a razão da constante alteração do primeiro dos dois verbos no título, antecipando as ações que poderiam tornar presentes as coisas que não existem. Começamos por falar sobre elas, para em seguida viver com elas, e então usar, mas também lutar por e aprender com essas coisas, em uma lista sem fim.
Considerando que a nossa compreensão e capacidade de ação são sempre limitadas ou parciais, muitas coisas ficam de fora dos modos comumente aceitos de pensar e de atuar. Porém, essas coisas que não existem são essenciais para superar expectativas e convicções. Quando nos encontramos sem saída, debatendo sobre explicações distintas sobre nossa experiência no mundo, as coisas que não existem se tornam tangíveis em sua ausência. Elas nos confrontam quando testemunhamos injustiças ou quando encontramos situações que nos parecem insuperáveis, pois nos fazem falta as ferramentas necessárias para agir.
Virada
As diversas crises políticas, sociais, religiosas, econômicas e ecológicas que vivenciamos, a distribuição cada vez mais desigual do poder e dos recursos e a sensação de que carecemos dos meios ou opções para realizar uma mudança verdadeira parecem ter chegado a um estado de virada. “Virada” pode ser entendida como “conversão”, tanto religiosa como para definir um ponto em que uma certa situação comum cede lugar a uma configuração ou entendimento diferente. Porém, no momento de virada em que nos encontramos, a mudança parece ocorrer sem que seus mecanismos, direção e consequências exatos sejam claros.
A virada – a nossa virada – não é moderna, orientada para o futuro, progressista. É, ao contrário, desordenada, às vezes enganosa, definitivamente inconstante. Ela parece estar tentando sair dos parâmetros estabelecidos a fim de dar espaço à complexidade e à flexibilidade, sem receio de conflitos e enfrentamentos. Esse estado de virada é nossa condição contemporânea e, por conseguinte, a condição desta 31a Bienal.
Coletividade, conflito, imaginação, transformação
A 31ª Bienal quer analisar diversas maneiras de gerar conflito, por isso muitos dos projetos têm em suas bases relações e confrontos não resolvidos: entre grupos diferentes, entre versões contraditórias da mesma história ou entre ideais incompatíveis. As dinâmicas geradas por esses conflitos apontam para a necessidade de pensar e agir coletivamente, modo mais poderoso e enriquecedor do que a lógica individualista que nos é geralmente imposta.
Paralelamente a isso, a imaginação é vista como uma ferramenta para ir além da nossa situação atual, transformando-a. Em seu melhor estado, a arte é uma força disruptiva. Na medida em que ela permite imaginar o mundo diferente, ela cria situações em que o rejeitado pode se tornar aceito e valorizado. Por sua vez, a transformação pode então ser entendida como uma forma de efetivar mudanças, apontando para novas direções de virada – valendo-se de transgressão, transmutação, transcedência, transgênero e de outras ideias transitórias que agem contra a imposição de uma única e absoluta verdade. De fato, essas “trans-” palavras oferecem maneiras de se aproximar de coisas que não podem ser inteiramente ditas ou escritas, mas dependem de outras linguagens.
Processo
Esta não é uma Bienal fundada em objetos de arte, mas em pessoas que trabalham com pessoas que, por sua vez, trabalham em projetos colaborativos com outros indivíduos e grupos, em relações que devem continuar e desenvolver-se ao longo de sua duração e talvez mesmo depois de seu encerramento. Embora se possa dizer que um pequeno grupo de pessoas sejam os iniciadores, o foco da 31ª Bienal é posto sobre todos aqueles que entrarão em contato com ela e dela farão uso, bem como sobre o que será criado a partir dos encontros no evento como um todo. Essa abertura do processo precisa ser entendida como um meio de aprendizagem: uma troca educacional estabelecida ao longo e em cada um dos níveis e que é, por conseguinte, não resolvida e experimental.
Jornada
A expectativa é de que todos que entrarem em contato com a 31ª Bienal possam nos acompanhar em uma jornada, curta ou longa, para explorar algumas das possibilidades ali presentes para depois seguirem os seus próprios caminhos, individuais e/ou coletivos, levando algo novo consigo. Espera-se que esse momento compartilhado seja transformador para todos os envolvidos. Para isso ocorrer, os projetos artísticos, as palavras e ideias surgidas na exposição, discussões e performances que acontecem enquanto durar a Bienal, todos precisam ser confrontados, apropriados, usados e abusados. Ao longo desses encontros, dentro e em torno da 31a Bienal, por meio do que são fundamentalmente atos artísticos da vontade, as coisas que não existem podem ser trazidas à existência e, assim, contribuir para uma visão diferente do mundo. É provável que seja este, no fim das contas, o potencial da arte.
Responsável: Fundação BIENAL DE SÃO PAULO

Museu Afro Brasil - Organização Social de Cultura
Acesso: Av. Pedro Álvares Cabral, s/n - Parque Ibirapuera - Portão 10
São Paulo / SP - 04094 050 - Fone: 55 11 3320-8900

O funcionamento do museu é de terça-feira a domingo, das 10 às 17hs, com permanência até às 18hs - Entrada gratuita. Na última quinta-feira de cada mês, o horário de funcionamento será estendido até às 21hs, para atendimento noturno ao público visitante. Para agendar visita mediada pelos educadores do Núcleo de Educação entre em contato: agendamento@museuafrobrasil.ogr.br Inscrições de eventos do Núcleo de Educação: eventos.educacao@museuafrobrasil.org.br /Telefone: 3320-8900 ramal 8921

Acesso e Local: Av. Pedro Álvares Cabral, 1301
Terça das 10h00 às 21h00, quarta a domingo das 10h00 às 18h00. Entrada gratuita
Responsável: Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo
Contato: 5573-9932 |Informações: www.mac.usp.br | http://twitter.com/#!/mac_usp | www.facebook.com/usp.mac

Acesso: Av. Pedro Álvares Cabral - Portão 03
Horário: Terça a Domingo e Feriados, 10h00 às 18h00 (encerramento bilheteria às 17h30)
Contato: 5085-1300
Informações: www.mam.org.br
Educativo MAM - Agendamento: 5085-1313 | e-mail: emaileducativo@mam.org.br

Acesso: Av. Pedro Álvares Cabral - Portões 03 e 10
Responsável: Prefeitura de São Paulo, Secretaria Municipal de Cultura
Terça a Domingo, 09h00 às 18h00.
Contato: 5083-0199.

Acesso: Av. Pedro Álvares Cabral - Portões 03 e 10
Funcionamento: quarta-feira, sábado, domingo e feriados, das 10h00 às 12h00 e das 13h00 às 17h00.
Ingresso: R$ 6,00 - adulto | R$ 3,00 - Crianças de 6 a 11 anos, estudantes e idosos de 60 a 65 anos. Menores de 5 anos e idosos acima de 65 anos, entrada gratuita.
Responsável: Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e Assistência Social
Contato: 3208-1755 r 124 | 5081-7296 | Informações: www.bunkyo.org.br / pavilhão@bunkyo.org.br

Acesso: Av. Pedro Álvares Cabral - Portão 03
Responsável: Prefeitura de São Paulo, Secretaria Municipal de Cultura.
Contato: 5082-1777 | Informações: oca@prefeitura.sp.gov.br

Acesso: Av. Pedro Álvares Cabral - Portões 03 e 10
Responsável: Planetário Prof. Aristóteles Orsini
Contato: 5575-5425 | planetariodoibirapuera@prefeitura.sp.gov.br
Informações: www.prefeitura.sp.gov.br/planetarios

Acesso: Av. IV Centenário, 1268 - Portões 07 e 07A
Responsável: Universidade Aberta do Meio Ambiente e da Cultura de Paz
Contato: 5572-1004
Informações: www.prefeitura.sp.gov.br | www.blogumapaz.blogspot.com | www.twitter.com/umapaz

*Programação completa de cursos e palestras no local ou por telefone.
Inscrições: inscricoesumapaz@prefeitura.sp.gov.br

A Universidade Aberta do Meio Ambiente e da Cultura de Paz oferece as seguintes atividades:
A UMAPAZ é um departamento da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente da cidade de São Paulo, tem o propósito de sensibilizar e contribuir para a formação de pessoas capazes de viver de forma sustentável, de promover na sua comunidade, modos de convivência socioambiental sustentável. Oferece cursos e atividades de educação ambiental e para a convivência, tendo como princípios o respeito à comunidade da vida, a biodiversidade e a diversidade humana, a transdisciplinaridade e a cultura de paz, acolhendo a Carta da Terra como documento-base.

Biblioteca: Espaço Sapucaia
Acervo voltado ao meio ambiente e cultura de paz. Livros, teses, trabalhos técnicos, periódicos, CD’s, DVD’s, VHS e fotografias. Dedicada à pesquisa, consulta e empréstimo. O acervo pode ser conhecido no site www.umapaz.phlweb.com.br
Segunda a Sextas, 09h00 às 19h00 | Sábados, 09h00 às 13h00 |Informações: 5083-1928 | Contato: bibliotecaumapaz@prefeitura.sp.gov.br.