Share

Ibirapuera

 

Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº (Portão 10) – Vila Mariana
Subprefeitura Vila Mariana
Área: 1.584.000 m²
Funcionamento: diariamente das 5h às 0h - Fone: (11) 5574-5045 – Fax: (11) 5573-4180

 O parque possui 10 portões com horários e formas de acesso diferenciados. Confira:

Para pedestres:
- Avenida IV Centenário, portões: 05, 06 e 07A;
- Avenida Pedro Álvares Cabral, portões: 02, 03, 04, 09 e 10.
- Avenida República do Líbano, portões: 07, 08 e 09A.

Para veículos:
- Av. Pedro Álvares Cabral – Portões: 03 (cartão zona azul) e 10 (somente veículos credenciados).
- Av. República do Líbano – Portão 07 (cartão zona azul).

Horário dos portões:
- Portões: 02, 03, 05 e 10, das 05h as 24h.
- Portões: 04, 06 e 09, das 05h as 22h.
- Portões: 07, 08 e 09A, das 06h00 as 20h.
- Portão: 07A, das 07h as 17h.

Confira:
Mapa de localização
Passeio virtual - Conheça o Parque seguindo as trilhas

Sobre o Parque
Ano de inauguração: 1954

INFRAESTRUTURA
Pista de Cooper, parque infantil, lanchonetes, áreas de estar, ciclofaixa, bicicletário com aluguel de bicicleta, fonte multimídia, quadras poliesportivas, campos de futebol, aparelhos de ginástica e Praça Burle Marx.
Funcionam também na área do parque: Escola de Jardinagem, Divisão Fauna, Viveiro Manequinho Lopes, Planetário e Escola Municipal de Astrofísica, UMAPAZ, Herbário, Museu Afro-Brasil, CECCO (SMS), Pavilhão das Culturas Brasileiras, OCA e Bosque da Leitura (SMC), Fundação Bienal, Auditório Ibirapuera, MAC, MAM e Pavilhão Japonês.
PARTICULARIDADES
Inaugurado em 21 de agosto de 1954 durante as comemorações do IV Centenário de São Paulo, o projeto do Parque foi concebido pelos arquitetos Oscar Niemeyer, Ulhôa Cavalcanti, Zenon Lotufo, Eduardo Kneese de Mello, Ícaro de Castro Mello, além do paisagista Augusto Teixeira Mendes.
Vegetação implantada constituída de eucaliptal com sub-bosque, bosques heterogêneos, jardins, gramados e alamedas de alecrim-de-campinas, alfeneiro, bambu-chinês, chichá, falsa-figueira-benjamim, guariroba, ipê-roxo, jerivá e seafórtia. Há conjuntos de carvalho-brasileiro, jaqueira, pínus e sete-capotes e exemplares isolados de espécies como figueira-de-bengala, pau-brasil, pau-ferro e tamareira-das-canárias. Num trecho do Córrego do Sapateiro há vegetação ribeirinha espontânea protegida por uma cerca. Foram registradas 494 espécies, das quais 16 estão ameaçadas como a cabreúva, o chichá e o pau-marfim. O Viveiro Manequinho Lopes produz mudas de espécies ornamentais herbáceas, arbustivas, trepadeiras, de interior e plantas medicinais para uso no município, além de receber e distribuir mudas de árvores usadas nos programas de arborização urbana. O parque conta ainda com as coleções de plantas ornamentais, hortícolas e medicinais do campo experimental da Escola de Jardinagem que o utiliza nas aulas práticas de seus cursos.
São 218 espécies que dividem espaço com milhares de usuários, sendo 35 de borboletas, 10 de peixes, oito de répteis (cágados, tigres-d’água e serpentes), uma de anfíbio, mamíferos incluindo morcegos e gambá-de-orelha-preta e, 156 espécies de aves. No lago, colhereiro, cabeça-seca e marreca-parda já foram observadas. Nos gramados, joão-de-barro, canário-da-terra e cardeais. Nos bosques, ouve-se a balburdia de papagaios, maracanãs e periquitos, e melodias de sabiás, que parecem competir com o ruído “urbano”. É possível observar várias espécies de beija-flores, pica-paus, pombos silvestres e papa-moscas e representantes migratórios, que aqui chegam na primavera. Nesse período, araponga, sabiá-ferreiro e os anambés fazem “escala” rápida no parque e seguem viagem para áreas mais florestadas da cidade. A grande quantidade de aves atrai predadores como o gavião-de-cauda-curta, gavião-de-cabeça-cinza, gavião-miúdo, quiri-quiri, falcão-de-coleira e peregrino, além de corujas como mocho-diabo. O “martelar” das arapongas, sem dúvida, é o canto que mais chama atenção do público, formando uma legião de curiosos debaixo de seus poleiros. Também chama atenção a borboleta gema, pela mancha alaranjada sobre o fundo amarelo de suas asas.
O parque é um dos destinos mais procurados pela população paulistana e também uma das mais importantes áreas verdes, de cultura e lazer da cidade.
CICLOFAIXA DE LAZER:
Circuito Zona Oeste e Circuito Paulista Centro - funciona aos domingos e feriados, das 7h as 16h.
ÔNIBUS:
175T-10 – Metrô Santana – Metrô Jabaquara
477U-10 – Heliópolis – Shop. Iguatemi (Cir.)
509M-10 – Jd. Miriam – Term. Princ. Isabel
5154-10 – Term. Sto. Amaro – Est. da Luz
5164-21 – Cidade Leonor – Pq. Ibirapuera
5175-10 – Balneário São Fco. – Pça. da Sé
5178-10 – Jd. Miriam – Lgo. São Francisco
5185-10 – Term. Guarapiranga – Pq. D. Pedro II
5194-10 – Jd. São Jorge até Apurá – Lgo. São Francisco
5300-10 – Term. Sto Amaro – Term. Pq. D. Pedro II
+ informações: www.sptrans.com.br 


 

O Parque Ibirapuera possui 10 portões de acesso com horários e atendimentos diferenciados. Confira:
Acesso a pedestres:
- Avenida IV Centenário, portões: 05, 06 e 07A.
- Avenida Pedro Álvares Cabral, portões: 02, 03, 04, 09 e 10.
- Avenida República do Líbano, portões: 07, 08 e 09A.
Acesso a veículos:
- Avenida Pedro Álvares Cabral – Portões: 03 (livre mediante uso cartão zona azul), 07 e 10 (apenas a credenciados).
- Avenida República do Líbano – Portão 07 (livre mediante uso cartão zona azul).
Horário dos Portões:
- Portões: 02, 03, 05 e 10, das 05h00 as 24h00.
- Portões: 04, 06 e 09, das 05h00 as 22h00.
- Portões: 07, 08 e 09A, das 06h00 as 20h00.
- Portão: 07A, das 07h00 as 17h00.
Horário dos Portões, somente aos sábados no “Ibira 24h”:
- Portões de acesso a veículos fecham às 22h00, todos os veículos no interior do Parque devem sair até meia-noite, exceto veículos credenciados.
- Portões de acesso a pedestres fecham às 22h, exceto os Portões 02 e 10 com livre acesso 24h.
Informações: www.prefeitura.sp.gov.br/svma
Recomenda-se ao visitante o uso dos meios de transporte: ônibus, integração metro-ônibus, táxi, bicicleta ou a pé.
*Maiores informações para acessos e conduções ao parque, entre em contato com a SPTRANS pelo telefone 156 ou site: www.sptrans.com.br

EXIBIÇÃO OHI SENSAÇÕES FUTURAS – 350 ANIVERSÁRIO DA SAINT-GOBAIN
De 29 de Março a 04 de Abril de 2015, das 10h às 22h.
*Dia 30/3: fechada das 10h às 12h e das 20h às 23h
Exposição Sensações do Futuro é dividida em quatro grandes cubos visitáveis, a mostra é uma jornada sensorial sem precedentes, criada com as mais modernas, inovadoras e tecnológicas soluções construtivas do Grupo. Cada pavilhão é capaz de provocar sensações únicas, separadas pelos temas Ver, Ouvir, Colorir e Criar. Entrada gratuita, duração da visita: entre 30 e 45 minutos.
Responsável: Saint Gobain do Brasil

IV MUTIRÃO DA SAÚDE E DA CIDADANIA - ROTARY DAY
Domingo, 12 de Abril de 2015, das 9h às 16h
Serviços ao público: Aferição de pressão Arterial, Detecção do diabetes, Massagem terapêutica, Orientação odontológica, entre outros.
Responsável: Rotary Distrito 4420

 

12 ABR 2015 | 11H
RUSSIAN STATE SYMPHONY ORCHESTRA

Com mais de 100 integrantes, uma das principais orquestras do mundo faz sua estreia no Brasil. No sábado, a matinê infantil apresenta A Bela Adormecida (Tchaikovsky), com demonstração didática dos instrumentos e leitura da história original. No domingo, a plateia externa recebe Khovanshchina (Mussorgsky) e A Bela Adormecida e Romeu e Julieta (Tchaikovsky). Os concertos são uma iniciativa do Mozarteum Brasileiro.
duração: 90 minutos (aproximadamente)
gratuito, platéia externa
[livre para todos os públicos] L

 

12 MAR 2015 | 18H
OUVIR O RIO: UMA ESCULTURA SONORA
com ORQUESTRA BRASILEIRA DO AUDITÓRIO

Em tempos de crise hídrica, o evento propõe uma reflexão sobre o uso da água. A Orquestra Brasileira do Auditório, OBA, abre a noite homenageando a água. Em seguida, o documentário Ouvir o Rio mostra o processo de criação da instalação sonora de Cildo Meireles RIO OIR, com direção de Marcela Lordy. A instalação foi montada em 2011, no Ocupação do Itaú Cultural, e é composta pelos sons das principais bacias hidrográficas brasileiras.
duração: 90 minutos (aproximadamente)
gratuito, plateia externa
[livre para todos os públicos] L 

Aulas do Método DeRose
Sábados, das 09h00 às 10h00.
Aula aberta gratuita do Método DeRose, um método de qualidade de vida e alta performance que, através de diversas técnicas, entre elas respiratórias, de força,flexibilidade e de concentração, e conceitos de boa forma , boa administração das emoções e bons relacionamentos humanos, visa tornar melhor a vida do praticante e do mundo que o rodeia.
Informações: 3589-7227; danilo.c@metododerose.org
Site: http://deroseplazasul.com/sobre/aulas-gratuitas e www.autossuficiencia.wordpress.com
Responsável: FDI- Associação do Fundo de Imagem.

Programa Saúde no Esporte
Segunda a Sábado, 07h00 às 13h00.
O programa aborda assuntos relacionados à prevenção e saúde no esporte, com orientações médicas, avaliações e orientações nutricionais e físicas.
- Orientações Médicas sobre a importância do exercício físico regular para a saúde, qualidade de vida, risco cardiovascular, hipertensão, diabetes, obesidade, sedentarismo, entre outras.
- Orientações Nutricionais sobre o valor de uma adequada alimentação saudável, hidratação e controle de peso. Abordando temas como: alimentação e diabetes, alimentação e hipertensão, alimentação e atividade física, entre outras.
- Orientações Físicas para a prática regular de exercícios físicos, qualidade de vida. Abordagens como atividade física e corrida, atividade física e Caminhada, atividade física e vestuário, atividade física e alongamentos, atividade física e flexibilidade, entre outras.
- Avaliações: Peso e Altura, IMC, C. Abdominal, pressão arterial, teste de flexibilidade, entre outras.
Responsável: Supervisor Daniel Fernandes | Contato: 3396-6462.

Programa Saúde no Parque : Lian Gong em 18 terapias e Tai Chi Qi Gong
Segundas a Sábados, das 10h30 às 11h30.
Prática aberta e gratuita de ginástica chinesa: Lian Gong e Tai Chi Qi Gong
Responsável: Totao Comunicações.
Contato: tattabeltran@gmail.com
* Não haverá atividade em dias de chuva.

Programa Saúde no Parque: Conversando em Círculo
Última Quinta de todo mês, após a prática Lian Gong, 10h30.
O círculo, milenar forma de comunicação, interação e vivência de muitos povos, integra as atividades do Saúde no Parque como forma de permitir troca e aprofundamento de conceitos, reflexões que possam servir de ferramenta àqueles que estão na busca de melhor compreensão de si mesmos e do mundo. Conversando em Círculo é uma proposta aberta que aborda temas variados de interesse comum.
Responsável: Totao Comunicações.
Contato: tattabeltran@gmail.com
* Não haverá atividade em dias de chuva.

Aulas do Método DeRose
Domingos, das 09h às 10h
Aula aberta gratuita do Método DeRose, um método de qualidade de vida e alta performance que, através de diversas técnicas, entre elas respiratórias, de força,flexibilidade e de concentração, e conceitos de boa forma , boa administração das emoções e bons relacionamentos humanos, visa tornar melhor a vida do praticante e do mundo que o rodeia.
Informações: (11) 3589-7227 | danilo.c@metododerose.org
Site: http://deroseplazasul.com/sobre/aulas-gratuitas e www.autossuficiencia.wordpress.com
Responsável: FDI - Associação do Fundo de Imagem.

Acesso: Av. Pedro Álvares Cabral - Portão 03
Contato: 3629-1075 | info@auditorioibirapuera.com.br
Informações: www.auditorioibirapuera.com.br

 

3 4 5 ABR 2015| 21H 19H
CRUCES MARGISTRALES com LUIS SALINAS e YAMANDU COSTA; LUCIANA JURY e ANA PAULA DA SILVA; FRANCO LUCIANI TRÍO E CELSO ALMEIDA TRIO

Cruzamentos Magistrais, em português, aposta no diálogo e na mestiçagem cultural por meio do encontro de seis artistas da música popular da Argentina e do Brasil: Luis Salinas e Yamandu Costa (sexta, 3); Luciana Jury e Ana Paula da Silva (sábado, 4) e Franco Luciani Trío e Celso Almeida Trio (domingo, 5). Os shows estreiam em São Paulo e se repetem em Buenos Aires.
duração: 90 minutos (aproximdamente)
ingressos gratuitos e retirados com 1h30 de antecedência
[livre para todos os públicos] L

10 ABR 2015 | 21H
CARLOS MALTA E PIFE MUDERNO com HAMILTON DE HOLANDA

O multi-instrumentista conhecido como escultor do vento, Carlos Malta, reúne um time de peso e propõe uma viagem pelas tradições regionais e contemporâneas da música brasileira. No repertório, canções de Malta e outras da MPB e de CDs do grupo.
duração: 90 min (aproximadamente)
ingressos: R$ 20,00 e R$10,00 (meia entrada)
[livre para todos os públicos] L

11 12 ABR 2015| 16H 11H
RUSSIAN STATE SYMPHONY ORCHESTRA

Com mais de 100 integrantes, uma das principais orquestras do mundo faz sua estreia no Brasil. No sábado, a matinê infantil apresenta A Bela Adormecida (Tchaikovsky), com demonstração didática dos instrumentos e leitura da história original. No domingo, a plateia externa recebe Khovanshchina (Mussorgsky) e A Bela Adormecida e Romeu e Julieta (Tchaikovsky). Os concertos são uma iniciativa do Mozarteum Brasileiro.
duração: 90 minutos (aproximadamente)
sábado 11 - gratuito, ingressos retirados com uma hora e meia de antecedência - acesso para adultos acompanhado de, no mínimo, duas crianças
domingo 12 - externo
[livre para todos os públicos] L

 

12 MAR 2015 | 18H
OUVIR O RIO: UMA ESCULTURA SONORA com ORQUESTRA BRASILEIRA DO AUDITÓRIO

Em tempos de crise hídrica, o evento propõe uma reflexão sobre o uso da água. A Orquestra Brasileira do Auditório, OBA, abre a noite homenageando a água. Em seguida, o documentário Ouvir o Rio mostra o processo de criação da instalação sonora de Cildo Meireles RIO OIR, com direção de Marcela Lordy. A instalação foi montada em 2011, no Ocupação do Itaú Cultural, e é composta pelos sons das principais bacias hidrográficas brasileiras.
duração: 90 minutos (aproximadamente)
gratuito, plateia externa
[livre para todos os públicos] L

17 18 ABR 2015 | 21H
JAZZ SINFÔNICA NA ERA DO RÁDIO regência JOÃO MAURÍCIO GALINDO com FABIANA COZZA

A Jazz Sinfônica inicia a série de 2015 no Auditório Ibirapuera com a regência do maestro titular, João Maurício Galindo, e a convidada Fabiana Cozza em uma homenagem à era do rádio.
duração: 90 minutos (aproximadamente)
ingressos: R$ 20,00 e R$10,00 (meia entrada)
[livre para todos os públicos] L

19 ABR 2015 | 19H
RENATO BRAZ E BRENO RUIZ com ROBERTO LEÃO e MÁRIO GIL

Renato Braz é o intérprete e Breno Ruiz, o pianista, compositor e também cantor. No palco, a dupla que está reinventando a canção brasileira recebe convidados para mostrar parcerias de Breno com outros compositores.
duração: 90 minutos (aproximadamente)
ingressos: R$ 20,00 e R$10,00 (meia entrada)
[livre para todos os públicos] L

24 25 ABR 2015 | 21H
VIRGÍNIA RODRIGUES convida BNEGÃO E TIGANÁ SANTANA em MAMA KALUNGA

A cantora baiana Virgínia Rodrigues traz seu timbre para o público paulista no lançamento do quinto álbum, Mama Kalunga, com repertório que celebra os rituais afro-brasileiros e o samba, em composições de Abigail Moura, Moacir Santos, Roberto Mendes e Tiganá Santana, entre outros. O projeto é um dos selecionados do programa Rumos Itaú Cultural 2014-2015.
duração: 90 minutos (aproximadamente)
ingressos: R$ 20,00 e R$10,00 (meia entrada)
[livre para todos os públicos] L

26 ABR 2015 | 16H
GRUPO TRIII em LANÇAMENTO DE CD

Formado por Estevão Marques, Marina Pittier e Fê Sztok o grupo infantil lança novo livro e CD: "Brazil for Children".
duração: 60 minutos (aproximadamente)
ingressos: R$ 20,00 e R$10,00 (meia entrada)
[livre para todos os públicos] L

 

Acesso: Av. República do Líbano - Portão 07
Responsável:
CSMB – Supervisão de Bibliotecas
Contato:
3675-8096 | e-mail: bosquedaleitura@prefeitura.sp.gov.br
Informações:
www.bibliotecas.sp.gov.br

*No período de 04/04 a 07/06 – sábados e domingos, o Bosque da Leitura Parque Ibirapuera ficará fechado para reforma do prédio. As atividades retornarão no sábado, dia 13/06 no horário normal, das 10h às 16h.

 

Acesso: Av. IV Centenário - Portão 05
Segunda a Sexta, 08h00 as 17h00.
Responsável:
CECCO Pq. Ibirapuera
Contato:
5549-7840.

 

O Centro de Convivência e Cooperativa oferece as seguintes oficinas:
Caminhada, Dança Circular, Colóquio Cultural, Lian Gong, Xiang Gong, Tai Chi Pai Lin, Tai Ji Qi Gong/ Meditação, Alongamento, Arte em Tecido, Artes Plásticas, Ateliê Livre, Bijouteria, Dança do Ventre, Fios e Bordados, Marchetaria, Mosaico, Música, Núcleo de Economia Solidária, Poesia, Projeto CRER-SER e Yoga.

Oficinas Abertas:

Caminhada. Terças e Quintas , 08h00.
Colóquio Cultural. Quartas, 14h00.
Dança Circular. Sextas, 10h15.
Lian Gong. Sextas, 08h00.
Lian Gong e Dao Yin. Segundas, 08h00.
Lian Gong e Xiang Gong. Quartas, 08h00.
Tai Chi Pai Lin. Terças e Quintas, 10h00.
Tai Ji Qi Gong e Meditação. Segundas, 10h00

Oficinas Com Vagas Limitadas:

Alongamento. Segundas, 15h00.
Artes Plásticas. Sextas, 08h00
Arte em Tecido. Terças, 10h00
Arte em tecido passo a passo. Terças, 08h00.
Arte e Artesania. Quartas, 08h00.
Atelier Livre 1. Quinta, 09h00.
Atelier Livre 2. Quinta, 10h00.
Bijouteria. Segundas e Terças. Segundas, 15h00. Terças, 14h00.
Dança do ventre. Quintas e Sextas. Quintas, 13h00. Sextas, 10h00.
Fios e bordados. Quartas, 14h00.
Marchetaria. Segundas, 09h00.
Mosaico. Terças e quintas. Terças, 13h30. Quintas, 15h00.
Núcleo de Economia Solidária. Segundas, 13h00.
Oficina de Automassagem. Segundas, 13h30.
Oficina de música. Quartas, 15h00.
Poesia. Quintas, 13h30.
Projeto crer-ser. Terças e Quintas, 09h00.
Yoga. Terças a Quintas. Terças, 15h00. Quartas e Quintas, 08h00.

 

Acesso: Av. Pedro Álvares Cabral - Portões 03 e 10
Responsável:
Escola Municipal de Astrofísica Prof. Aristóteles Orsini
Contato:
5575-5206 ou 5575-5425 | svmaescoladeastrofisica@prefeitura.sp.gov.br
Informações:
www.prefeitura.sp.gov.br/astronomia

Acesso: Av. IV Centenário – Portão 07A
Responsável:
Escola de Jardinagem
Contato: 5539-5291 | Inscrições:
oficinasjardim@prefeitura.sp.gov.br
Informações:
www.prefeitura.sp.gov.br/escoladejardinagem

O detalhamento da programação, com atualização ao longo do ano, é divulgado mensalmente pelo Boletim Informativo da Escola Municipal de Jardinagem e fica disponível no site.

Serviços à Comunidade

PAP - Programa de Atendimento às Plantas
A Escola Municipal de Jardinagem promove o Programa de Atendimento às Plantas, com o propósito de auxiliar os munícipes a respeito de como cuidar das plantas.
Contato: papjardim@prefeitura.sp.gov.br | 5539-5291

Respeite as árvores de São Paulo
A poda irregular é considerada crime ambiental! Conheça a Campanha “Respeite as árvores de São Paulo” da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente contra a poda radical e veja como é possível denunciar em www.prefeitura.sp.gov.br/meio_ambiente, no link CAMPANHAS.

Acesso: Av. Pedro Álvares Cabral – Portão 03
Contato:
5576-7639 ou 5576-7640 | e-mail: contato@bienal.org.br
Informações:
www.bienal.org.br

SP ARTE – FEIRA INTERNACIONAL DE ARTE DE SÃO PAULO
De 09 a 12 de abril de 2015, 09 a 11/04 das 13h às 21h, 12/04 das 11h as 19h (aberto ao publico)
Galerias nacionais e internacionais de arte expõem suas obras e promovem arte moderna e contemporânea, brasileira e internacional, estreitando o relacionamento entre colecionadores, artistas, críticos de arte, curadores, diretores de museus, instituições culturais e galerias.
Ingresso: R$ 40,00 (promocional ou meia R$ 20,00)
Site: www.sp-arte.com | fone: (11) 3094-2820

FA SÃO PAULO – FEIRA DE JÓIAS – 2ª Edição
Dias 25 e 26 de abril de 2015, no 1º dia das 09h as 20h / 2º dia 10h as 18:00.
A FA São Paulo é uma exposição de design de joias, que conecta fabricantes e importadores do setor, atacadistas, lojistas e revendedores de todo o país.
Gratuito
Site: www.fasaopaulo.com.br

 

Museu Afro Brasil - Organização Social de Cultura
Acesso: Av. Pedro Álvares Cabral, s/n - Parque Ibirapuera - Portão 10
São Paulo / SP - 04094 050 - Fone: 55 11 3320-8900

O funcionamento do museu é de terça-feira a domingo, das 10 às 17hs, com permanência até às 18hs - Entrada gratuita. Na última quinta-feira de cada mês, o horário de funcionamento será estendido até às 21hs, para atendimento noturno ao público visitante. Para agendar visita mediada pelos educadores do Núcleo de Educação entre em contato: agendamento@museuafrobrasil.ogr.br Inscrições de eventos do Núcleo de Educação: eventos.educacao@museuafrobrasil.org.br / Telefone: (11) 3320-8900 ramal 8921

 

Acervo | Exposição de longa duração
Com mais de 6 mil obras, entre pinturas, esculturas, gravuras, fotografias, documentos e peças etnológicas, de autores brasileiros e estrangeiros, produzidos entre o século XV e os dias de hoje, o acervo abarca diversas facetas dos universos culturais africanos e afro-brasileiros. Atualmente, está divido em 06 núcleos: África: Diversidade e Permanência, Trabalho e Escravidão, As Religiões Afro-Brasileiras, O Sagrado e o Profano, História e Memória e Artes Plásticas: a Mão Afro Brasileira.

Até 26 ABR | Exposição “O Banzo, O Amor e a Cozinha de Casa” – exposição individual de Sidney Amaral
Cinquenta pinturas, desenhos e esculturas formam o conjunto de peças da exposição “O Banzo, O Amor e a Cozinha de Casa”. Para Emanoel Araujo, diretor curatorial do Museu Afro Brasil, Sidney Amaral sempre trabalha em dois tempos: o da realidade dos objetos e o de se incluir como personagem que age de livre arbítrio na composição do fundo negro. “Sidney é o equilibrista em ação, discutindo o cotidiano de um homem negro numa sociedade, sempre disposta a se esquecer dos valores destinados a todos, sem exceção”.

11 ABR | Lançamento de Livro – África Artes
Horário: 11h
Publicação do Núcleo de Pesquisa sobre a Coleção de Arte Africana do Museu Afro Brasil
Autores: Juliana Ribeiro da Silva Bevilacqua e Renato Araújo da Silva.

12 ABR | Ateliê Aberto: Imprenssões da cor
Horário: 14h
Este projeto tem a intenção de promover ou ampliar o contato do público, especialmente das famílias que visitam o Parque do Ibirapuera aos finais de semana, com o Museu Afro Brasil.
No segundo final de semana de cada mês os educadores conduzem experiências artísticas que têm como principal objetivo propiciar aos visitantes o contato com linguagens, técnicas e materiais diversos. Tudo isso num clima gostoso, de brincadeira, experimentação.

25 ABR | Contação de História – Aos pés do Baobá
Horário: 11h
Durante este evento de contação de histórias ou mediação de leitura, os visitantes terão oportunidade de conhecer narrativas africanas ou afrobrasileiras e, em seguida, participar de um bate-papo conduzido por integrantes do Núcleo de Educação do Museu Afro Brasil

25 ABR | Abertura de exposição “ Betty King – das Pinturas, dos Relevos e dos Alumínios Anodizados”
Horário: 13h
A exposição traz obras significativas do seu percurso artístico ligado ao debate entre a segunda geração de artistas abstratos brasileiros e o desejo por uma arte internacional. Nascida em New Orleans, em 1932, sua formação cosmopolita trouxe contribuições significativas para o circuito nacional durante a década de 60 e 70, em especial o período onde residiu na cidade de Salvador entre os anos de 1958 e 1966. A exposição conta com mais de 100 obras, desde pinturas em óleo sobre tela, apresentando suas investigações sobre o plano e a cor e os trânsitos entre a figuração e a imagem abstrata, por meio de relevos em papel e suas inovadoras séries de “Aluminium”: chapas do metal gravadas por processos químicos e industriais produzidas pela artista a partir de 1967. Logo, nesta mostra, será possível observar, em especial, a dedicação desta artista, radicada no Brasil, na busca de novas técnicas e linguagens ao longo de mais de 3 décadas.

26 ABR | Ação Educativa – Brincadeiras do Congo
Horário: 11h
A partir de uma visita ao museu, os visitantes serão convidados a conhecer e experimentar palavras, movimentos, músicas e brincadeiras congolesas.

Até 10 MAI | Exposição – “ Henrique Oswald – Um Gravador, Um Desenhista, Um Pintor: Uma Obra em Transmutação
A mostra revela as múltiplas facetas do artista carioca cujo falecimento completa 50 anos em 2015.A exposição é composta por cerca de 60 pinturas, desenhos e gravuras. As obras integram os acervos particulares da família do artista e do diretor curatorial do Museu Afro Brasil, Emanoel Araujo. Ele frequentou as aulas de gravura ministradas por Henrique Oswald na Escola de Belas Artes, na Salvador dos anos 1960. “Como mestre ele era calmo e sereno. Suas palavras concentravam uma sabedoria e um conhecimento das muitas e diferentes técnicas da gravura, da xilogravura”, afirma Araujo, que atesta a forte influência de Henrique Oswald sobre os artistas locais durante o período de professorado na Bahia. “Nos desenhos e nas gravuras explodia o drama do nosso tempo, protesto contra a opressão, a guerra, a tristeza, o avassalamento do homem. Nos óleos, porém, triunfava a Bahia, o mistério dos casarões”, afirmou o escritor Jorge Amado (1912-2001).

Até 10 MAI | Exposição “Christian Cravo- Luz & Sombra”
A mostra é composta por 40 fotografias em preto-e-branco, resultado de várias incursões do artista por seis países africanos: Namíbia, Botsuana, Zâmbia, Quênia, Uganda e Tanzânia. “A minha proposta é mostrar uma África diversa daquela que estamos acostumados a ver. A África não é apenas o continente negro, berço da cultura baiana, mas também é o solo que deu origem à vida”, afirma o fotógrafo. Nascido em 1974, Christian Cravo foi criado num ambiente artístico, em Salvador. Ele é filho do artista brasileiro Mario Cravo Neto (1947-2009) e da dinamarquesa Eva Christensen; e neto do renomado artista baiano Mario Cravo Jr. (1923).

Até 10 MAI | Exposição “Roberto Hotte – Um Escultor de Art Brut”
A mostra é composta por 24 esculturas inspiradas no poema “Os Peixes” da norte-americana Marianne Morre (1887-1972), uma das mais importantes poetisas do século XX.O termo francês art brut (arte bruta, em tradução literal) identifica a produção artística de criadores livres de qualquer influência de estilos oficiais, incluindo as diversas vanguardas, ou das imposições do mercado de arte. Criada em 1945, a expressão é de autoria do pintor Jean Dubuffet (1901-1985).

 

Acesso e Local: Av. Pedro Álvares Cabral, 1301
Terça das 10h00 às 21h00, quarta a domingo das 10h00 às 18h00. Entrada gratuita
Responsável: Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo
Contato: 5573-9932 | Informações: www.mac.usp.br | www.twitter.com/mac_usp | www.facebook.com/usp.mac

- Olhares Cruzados nos Museus da USP - Identidade Diversas | 23 Jan a 14 Jun – 1° ANDAR
As comemorações dos 80 anos da USP têm uma tônica de reflexão. Fazem pensar sobre tudo o que foi empreendido, os caminhos tomados, os resultados obtidos. Ao fazer um amplo balanço sobre tudo o que se construiu até aqui e sobre a Universidade do presente, estamos também nos preparando para as decisões e estratégias pelas quais ela deverá se atualizar para continuar a ser uma instituição chave para o futuro.

- Flieg fotógrafo. Indústria, design, publicidade, arquitetura e arte na obra de Hans Gunter Flieg | 20 SET 2014 A 29 MAR 2015 – 3° ANDAR
A história da fotografia moderna no Brasil ainda apresenta segmentos pouco estudados e mal conhecidos como é o caso da produção voltada à indústria, à arquitetura, ao design e à publicidade. O nome de Hans Gunter Flieg desponta nesse contexto por seu caráter pioneiro e pela excelência de sua contribuição para a profissionalização dessas áreas no Brasil nas quais atuou durante cerca de quatro décadas.

- León Ferrari - Lembranças de meu pai | 28 SET 2013 A 03 MAI 2015
León Ferrari talvez tenha sido um dos artistas que, nas últimas décadas, na Argentina (seu país de origem) e no Brasil (onde viveu por anos), melhor herdou o espírito combativo e resistente das vanguardas do último século. Sua obra investe contra as diversas formas de repressão à liberdade, além de posicionar-se, sempre crítica e irônica, frente a alienação da sociedade contemporânea. León Ferrari – Lembranças de Meu Pai , com curadoria de Carmen Aranha, dá conta dessas características da obra do artista.

- Rafael França - Entre Mídias | 15 MAR 2014 A MAI 2015
A partir de um grande conjunto de obras de Rafael França e de seu arquivo pessoal doado ao MAC USP em 1993, o Museu vem trabalhando na conservação, documentação e catalogação de sua obra, assim como na organização do arquivo do artista, aberto a estudantes e pesquisadores.

- Hudinilson Junior: Em torno de Narciso | 25 JAN 2014 A 03 MAI 2015
O Museu de Arte Contemporânea da USP sempre acompanhou com interesse a trajetória de Hudinilson Junior. Desde 1982 suas obras estiveram presentes em dezenove exposições organizadas pelo Museu que, no início de 2013, adquiriu mais três obras do artista. Hoje, das mostras em cartaz na Nova Sede do MAC USP duas contam com seus trabalhos.

- Julio Plaza Indústria Poética | 09 NOV 2013 A 03 MAI 2015
Um dos indicadores da singularidade da gestão de Walter Zanini como diretor do MAC USP (1963-1978) foi relação que manteve com diversos artistas, mantidas não em condições meramente protocolares, ou estritamente pessoais, mas calcadas em criar compromissos mútuos no sentido de criar alternativas para a arte e para o museu de arte.

- Fronteiras Incertas: arte e fotografia no acervo do MAC USP | 28SET 2013 A 03 MAI 2015
Um dos principais desafios do MAC USP é refletir de forma crítica sobre o legado que nos deixaram as várias vertentes da arte das últimas décadas e suas supostas superações. De que maneira? Colocando determinadas obras produzidas há algum tempo em franco confronto com a produção mais atual. Neste sentido, Fronteiras Incertas: Arte e Fotografia no Acervo do MAC USP , com curadoria de Helouise Costa, responde a esse propósito, fazendo aderir à produção mais recente uma espessura histórica, uma espécie de “antes” pouco conhecido pelo meio artístico em geral apenas preocupado com o “agora”.

- Classicismo, Realismo, Vanguarda: Pintura Italiana no Entreguerras | 31 AGO 2013 A 03 MAI 2015
O Museu de Arte Contemporânea da USP inaugura a exposição Classicismo, Realismo, Vanguarda: Pintura Italiana no Entreguerras, apresentando as 71 pinturas italianas adquiridas entre 1946 e 1947, por Francisco Matarazzo Sobrinho, o Ciccillo, e sua esposa Yolanda Penteado, para a criação do antigo MAM de São Paulo.

- O Artista como Autor / O Artista como Editor | 15 JUN 2013 A MAI 2015
A partir das coleções que formam o acervo do MAC USP, esta exposição apresenta duas características fundamentais da cena artística das últimas décadas: de um lado, o artista que age sobre o mundo, reivindicando sua inscrição como autor, por meio de gestos e estruturas formais que ratifiquem sua individualidade – uma atitude “quente” perante a realidade; de outro, o artista que, por meio de uma atitude “fria” frente ao real, age como quem joga com imagens já prontas, ressignificando o sentido original delas, quer por meio da escolha arbitrária de uma ou outra imagem, quer pela articulação de várias.

- o Agora, o Antes: uma síntese do acervo do MAC USP | 06ABR 2013 A 03 MAI 2015
A exposição o Agora, o Antes: uma síntese do acervo do MAC USP apresenta uma revisão crítica dos gêneros tradicionais da arte (alegoria, retrato, paisagem e natureza-morta) e toma como partido a convivência em um mesmo espaço de objetos ou registros de ações originados em tempos e lugares distintos.

- MAC 50: Doações Recentes 2 | 23FEV 2013 A 03 MAI 2015
Em 2010, intensificando seu programa de atualização do acervo, o MAC USP buscou – entre outras ações - maior aproximação com artistas, colecionadores e galerias, para que os curadores do Museu pudessem identificar na produção contemporânea obras que dialogam com aspectos importantes da coleção do MAC USP.

Acesso: Av. Pedro Álvares Cabral - Portão 03
Horário: Terça a Domingo e Feriados, 10h00 às 18h00 (encerramento bilheteria às 17h30). Ingresso: R$ 6,00 | Contato: 5085-1300
Informações: www.mam.org.br | www.facebook.com/MAMoficial | www.twitter.com/MAMoficial | www.youtube.com/MAMoficial e http://www.googleartproject.com/collection/museu-de-arte-moderna-de-sao-paulo/Educativo MAM - Agendamento: 5085-1313 | e-mail: emaileducativo@mam.org.br

27/01 até 21/06
Museu Dançante | Curadoria: Felipe Chaimovich
GRANDE SALA

O projeto ocupa a Grande Sala do museu com obras do acervo do MAM que exploram a relação com
o corpo do espectador e tangem noções como gravidade, desequilíbrio e flutuação.

07/04 até 21/06
Piero Manzoni |Curadoria: Paulo Venâncio
SALA PAULO FIGUEIREDO

A produção do artista italiano Piero Manzoni (1933-1963) corresponde ao curto período de seis
anos. Entretanto, a força e a radicalidade de seus trabalhos deixaram marcas que reverberam na arte
até hoje. Desde os seus primeiros Ahcromes (série monocromática) até as últimas obras, seu caráter
conceitual e irônico o inscrevem em uma tradição moderna que remetem a Marcel Duchamp.

04/04 | Família MAM
15h Apresentação O Circo di SóLadies com as palhaças Xamanga Biroba e
Pina Brownie – Classificação Livre
Atividades Gratuitas. Vagas Limitadas.
Distribuição de senhas com 30 minutos de antecedência.
+info:educativo@mam.org.br e +55 11 5085-1313

05/04
11h Oficina de auto retrato na argila com Educativo MAM
15h30 Teatro de Marionetes com Abraão Gouveia

10/04 | Virada da Saúde
16h – Visita mediada às exposições em cartaz + experiência poética
Público alvo: jovens e adultos
Inscrições com 30 minutos de antecedência. 25 vagas

11/04 | Família MAM
15h Performance Na mesma cena, de Dança sem fronteiras
16h30 Exibição do filme Muito Além Do Peso. Classificação Livre
Atividades Gratuitas. Vagas Limitadas.
Distribuição de senhas com 30 minutos de antecedência.
+info:educativo@mam.org.br e +55 11 5085-1313

12/04 | Virada da Saúde
11h Oficina de Sucos Verdes com Educativo MAM
14h Apresentação musical com Banda Alana

18/04 | Família MAM
15h Visita mediada às exposições em cartaz com experiência poética
Classificação: 04 anos
Atividades Gratuitas. Vagas Limitadas.
Distribuição de senhas com 30 minutos de antecedência.
+info:educativo@mam.org.br e +55 11 5085-1313

19/04
11h Oficina de aquarelar a canetinha com Educativo MAM
14h30 Jam de dança com Núcleo de Improvisação em Contato (NIC)

25/04 | Família MAM
15h Oficina de música e movimento para bebês com Sandra Bittar
Classificação: 6 meses
Atividades Gratuitas. Vagas Limitadas.
Distribuição de senhas com 30 minutos de antecedência.
+info:educativo@mam.org.br e +55 11 5085-1313

26/04
11h Oficina de fotomontagem com Educativo MAM
14h Bate papo (AINDA NÃO TEMOS O NOME)
16h Pocket show de hip hop DI Mandê

28/04 | Família MAM
10h30 Visita mediada às exposições em cartaz para pais, mães e bebês com brincadeiras cantadas
Classificação: bebês de até 18 meses
Atividades Gratuitas. Vagas Limitadas.
Distribuição de senhas com 30 minutos de antecedência.
+info:educativo@mam.org.br e +55 11 5085-1313

Acesso: Av. Pedro Álvares Cabral - Portões 03 e 10
Responsável: Prefeitura de São Paulo, Secretaria Municipal de Cultura
Terça a Domingo, 09h00 às 18h00.
Contato: 5083-0199.

Acesso: Av. Pedro Álvares Cabral - Portões 03 e 10
Funcionamento: quarta-feira, sábado, domingo e feriados, das 10h00 às 12h00 e das 13h00 às 17h00.
Ingresso: R$ 6,00 - adulto | R$ 3,00 - Crianças de 6 a 11 anos, estudantes e idosos de 60 a 65 anos. Menores de 5 anos e idosos acima de 65 anos, entrada gratuita.
Responsável: Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e Assistência Social
Contato: 3208-1755 r 124 | 5081-7296 | Informações: www.bunkyo.org.br / pavilhão@bunkyo.org.br

Acesso: Av. Pedro Álvares Cabral - Portão 03
Responsável: Prefeitura de São Paulo, Secretaria Municipal de Cultura.
Contato: 5082-1777 | Informações: oca@prefeitura.sp.gov.br

Acesso: Av. Pedro Álvares Cabral - Portões 03 e 10
Responsável: Planetário Prof. Aristóteles Orsini
Contato: 5575-5425 | planetariodoibirapuera@prefeitura.sp.gov.br
Informações: www.prefeitura.sp.gov.br/planetarios

Acesso: Av. IV Centenário, 1268 - Portões 07 e 07A
Responsável: Universidade Aberta do Meio Ambiente e da Cultura de Paz
Contato: 5572-1004
Informações: www.prefeitura.sp.gov.br | www.blogumapaz.blogspot.com | www.twitter.com/umapaz

*Programação completa de cursos e palestras no local ou por telefone.
Inscrições: inscricoesumapaz@prefeitura.sp.gov.br

A Universidade Aberta do Meio Ambiente e da Cultura de Paz oferece as seguintes atividades:
A UMAPAZ é um departamento da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente da cidade de São Paulo, tem o propósito de sensibilizar e contribuir para a formação de pessoas capazes de viver de forma sustentável, de promover na sua comunidade, modos de convivência socioambiental sustentável. Oferece cursos e atividades de educação ambiental e para a convivência, tendo como princípios o respeito à comunidade da vida, a biodiversidade e a diversidade humana, a transdisciplinaridade e a cultura de paz, acolhendo a Carta da Terra como documento-base.

Biblioteca: Espaço Sapucaia
Acervo voltado ao meio ambiente e cultura de paz. Livros, teses, trabalhos técnicos, periódicos, CD’s, DVD’s, VHS e fotografias. Dedicada à pesquisa, consulta e empréstimo. O acervo pode ser conhecido no site www.umapaz.phlweb.com.br
Segunda a Sextas, 09h00 às 19h00 | Sábados, 09h00 às 13h00 |Informações: 5083-1928 | Contato: bibliotecaumapaz@prefeitura.sp.gov.br.