Barra de Impressão

Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente


Início - Secretarias - Meio Ambiente / Notícias


01/12/2016 17h54

Biblioteca em geladeira incentiva a leitura no Buenos Aires

Frequentador pode retirar gratuitamente os livros, que vêm de doações.

Ao andar pela Praça da Mãe, dentro do Parque Buenos Aires, o visitante se depara com uma cena curiosa: duas geladeiras ao lado de alguns bancos. Os eletrodomésticos, porém, possuem ali uma função bem diferente da usual. São bibliotecas.

Com uma pintura bem colorida na parte de fora, as prateleiras internas estão recheadas de livros vindos de doações. As obras vão desde gibis e clássicos infantis, até romances como O Vermelho E O Negro, do escritor francês Stendhal, além de publicações em inglês e guias de viagem. Variedade é o que não falta.

Qualquer pessoa pode retirar um exemplar das geladeiras, levar para casa e depois devolver. Caso tenha gostado muito da obra, pode ficar com ela e deixar outra no lugar. Quase todos os livros vêm de doações do público, que ocorrem principalmente aos domingos.

O projeto, que chama Geladeiroteca, tem como objetivo incentivar a leitura de forma gratuita. O parque já possuía uma geladeira, doada por uma conselheira, com alguns livros. Porém a iniciativa ganhou corpo a partir do dia 12 de outubro deste ano, quando foi firmada uma parceria com o Instituto Pequenos Grandes Guerreiros.

O grupo, fundado por Simone Rosito, luta para divulgar e combater uma doença pouco conhecida: a enterocolite necrosante. Em 2015, Tom, sobrinho de Simone, nasceu com a doença, e a família ficou tocada. Após 10 meses lutando, o garoto não resistiu.

Como forma de homenagear a criança, que amava literatura, o Instituto Pequenos Grandes Guerreiros doou mais uma geladeira para o parque e batizou o projeto de “Viva o Tom”. Além disso, Simone passou a administrar a entrada e saída de livros, usando um sistema de carimbos.

Para Eliana Azevedo, administradora do Buenos Aires, a iniciativa está fluindo muito bem. “O público abraçou a causa. Muita gente tinha dúvidas, mas agora o projeto tomou conta. É um fluxo grande de entrada e saída de obras, há muita rotatividade.

Este é mais um serviço que o parque presta, e que propõe uma qualidade ambiental. As pessoas sentam para ler e também admirar a beleza do parque”, destaca a administradora.

Serviço
Parque Buenos Aires
Avenida Angélica, 1.500 - Higienópolis
Funcionamento: 6h às 22h
Telefone: (11) 3666-8032


  • Copyright
  • SAC