Prefeitura recebe proposta de doação de equipamentos para melhorar conectividade nas escolas

Poderão ser beneficiados 640 mil alunos de 4 a 17 anos de 1.065 unidades de ensino da capital paulista

Crédito: Assessoria Smit

O prefeito de São Paulo, João Doria, recebe nesta quinta-feira (11) uma proposta de doação feita pela empresa de tecnologia Cisco de cerca de 18,6 mil equipamentos que compõe plataformas de conectividade e soluções de segurança. As estruturas de wi-fi, servidores, switches e roteadores, entre outros itens, foram usados durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio em 2016 e agora poderão beneficiar cerca de 640 mil alunos da rede pública da capital paulista.

A proposta foi viabilizada e acompanhada pelos secretários Wilson Poit (Desestatização e Parceria), Daniel Annenberg (Inovação e Tecnologia) e Justiça (Anderson Pomini).

A partir da formalização da proposta, começam os processos administrativos para o recebimento da doação. A chegada dos equipamentos irá melhorar em aproximadamente 30% a qualidade da plataforma de conectividade atual do sistema educacional da cidade. Serão impactadas 1.065 unidades escolares e beneficiados cerca de 46 mil professores da rede municipal de ensino.

“Esta doação tem uma importância enorme para nós porque contribui com o Programa de Metas da Prefeitura, que prevê ampliar o acesso à internet de alta velocidade em todas as escolas municipais de ensino fundamental até 2020. Contando com maior conectividade, os educadores poderão acessar uma enorme gama de recursos tecnológicos que hoje está disponível gratuitamente na internet, aprimorando a prática pedagógica e ampliando os horizontes dos alunos”, afirma o secretário municipal da Educação, Alexandre Schneider.

A conectividade é um ponto central para a implantação de projetos inovadores na secretaria, como a incorporação das linguagens de programação no currículo, a transformação dos Laboratórios de Informática em Laboratórios de Educação Digital, Aprendizagem e Experimentação, inspirados na cultura maker, e o projeto CEU21, que prevê a implantação de espaços de aprendizagem criativa e inovação em todos os CEUs da cidade.

“Vivemos momentos de rápida transformação nas empresas e na sociedade. Repensar a Educação é fundamental para que possamos desenvolver as capacidades e preparar os profissionais e cidadãos para esta nova era digital. Conectividade é essencial para viabilizar um novo modelo de educação, mais colaborativo, mais ágil, mais global. Esta iniciativa é um passo importante na materialização desta visão para a cidade de São Paulo e para o Brasil”, explica Laercio Albuquerque, presidente da Cisco Brasil.

A proposta de doação está em linha com uma das principais iniciativas globais da Cisco no setor de educação e empregabilidade, o programa Networking Academy. Com mais de 1 milhão de alunos matriculados no mundo, sendo treinados em tecnologia e preparados para uma nova carreira profissional no setor de TI, o programa é um dos pilares da visão de responsabilidade social da empresa. O programa conta hoje com mais de 300 academias e 200.000 alunos matriculados por todos os Estados no Brasil, reforçando o compromisso da empresa com o país e com a área de Educação.