Logotipo inovaçao

Programa WiFi Livre SP

O programa permite a qualquer cidadão o uso da rede a uma velocidade de 512 Kbps por usuário

wifi1Fabio Arantes/Secom

O que é o Projeto WiFiLivreSP?
Fruto de uma iniciativa da Prefeitura de São Paulo e de uma parceria entre a Secretaria de Serviços e a PRODAM, o programa WiFiLivreSP tem como objetivo levar internet gratuita e de qualidade disponibilizando um sinal WiFi nas principais praças de cada distrito da capital. A ação encoraja a cidadania por meio da inclusão digital.

O processo de implantação do Programa WiFiLivreSP durou um ano e quatro meses, tendo sua primeira praça inaugurada em janeiro de 2014 (Pateo do Collegio) e a 120ª em abril/2015 (Júlio César de Campos). O número de localidades públicas atendidas é de 120.

O programa está inserido no Programa de Metas da Cidade de São Paulo especificamente destacado na meta 36, duplicar para 240 pontos de WiFi livre na Cidade de São Paulo.

Programa de Expansão

A expansão dos pontos de acesso ao WiFi SP irá garantir que a maior parte da população tenha acesso à internet sem precisar realizar grandes deslocamentos para encontrar um local contemplado pelo programa. Ademais, com a estratégia de disponibilização de internet em diversos equipamentos públicos - como Prefeituras Regionais, CEUs e Fab Labs - , almeja-se melhorar o conforto dos cidadãos que utilizam os serviços da Prefeitura. Por meio de um plano de negócios adequado, espera-se reduzir significativamente o custo do programa, desonerando os cofres públicos e permitindo que esses recursos sejam investidos em outras áreas.

A velocidade e a qualidade da conexão são aferidas pelo Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (Nic.BR), em parceria com a Secretaria Municipal de Inovação e Tecnologia, por meio do Sistema de Medição de Tráfego de Última Milha (Simet), instalados em cada uma das localidades. A velocidade mínima de conexão é de 512kbps, atendendo de 50 a 250 usuários simultaneamente.

Considerando esse cenário e também a necessidade de fortalecer as ações de estímulo à cultura digital na cidade e de promover uma ocupação cada vez maior dos espaços públicos. Por meio da expansão desse Programa, a Prefeitura de São Paulo pretende aumentar o impacto e a amplitude das iniciativas de conectividade do município, aproveitando a oportunidade para desenvolver parcerias com a iniciativa privada e a sociedade civil, visando a gestão e manutenção dos espaços públicos digitais na cidade.

Por fim, espera-se que o WiFi SP também seja a porta de comunicação da Prefeitura Municipal. Por ele será possível que a PMSP propague campanhas, compartilhe os resultados e divulgue ações.