Logo SMDHC

Prêmio de Direitos Humanos Dom Paulo Evaristo Arns homenageia Padre Jaime Crowe

A premiação está em sua terceira edição e vai acontecer no Auditório do Ibirapuera no dia 12 de dezembro

Em sua terceira edição, esse ano o Prêmio de Direitos Humanos Dom Paulo Evaristo Arns homenageia o Padre Jaime Crowe. Conhecido pelo trabalho de combate a violência e promoção da cidadania na Zona Sul de São Paulo, o padre receberá o prêmio no dia 12 de dezembro, às 18h no Auditório do Ibirapuera. A homenagem faz parte da programação do 4º Festival de Direitos Humanos da cidade.

Nessa edição, pela primeira vez a escolha do homenageado envolveu uma consulta popular aberta ao público. O processo resultou em 17 indicações encaminhadas a comissão julgadora, composta por Paulo Vannuchi, Margarida Genevois, Moacir Gadotti, Maria Victoria Benevides, Maurício Piragino, Flávia Inês Schilling, José Sergio Fonseca Carvalho, Vera Masagão e Marco Antonio Barbosa, que elaboraram uma lista tríplice enviada ao prefeito Fernando Haddad para escolha final.

O Prêmio de Direitos Humanos Dom Paulo Evaristo Arns é uma homenagem do município de São Paulo a pessoas que se destacaram na luta pelos Direitos Humanos. Nas duas primeiras edições, os homenageados foram Frei Betto e Luiza Erundina.

No dia 12 também serão entregues as homenagens do Prêmio de Direito à Memória e à Verdade Alceri Maria Gomes da Silva e aos ganhadores do 4º Prêmio Municipal de Educação em Direitos Humanos.