Logo - Cultura

Mostras comemoram Centenário da Imigração japonesa

Presente no trabalho de artistas como Gauguin e Munch, a xilogravura colorida, original do Japão Imperial, foi uma das grandes técnicas de gravura disseminadas pela Europa no início do século 20, marcando presença, também, na obra de artistas brasileiros

Para comemorar o Centenário de Imigração Japonesa no Brasil e mostrar as diversas influências artísticas que aqui se mesclaram, o Centro Cultural São Paulo (CCSP) abre, dia 28, duas exposições: Oriente e Ocidente – na coleção de arte da cidade, na Sala Tarsila do Amaral; e Oriente/Ocidente, no Piso Caio Graco.

Da Coleção de Arte da Cidade de São Paulo, foram selecionados trabalhos de artistas japoneses que colaboraram para a formação da arte contemporânea brasileira. Entre eles está Tomie Ohtake. Nascida na cidade de Kyoto em 1913, Tomie chegou ao Brasil quando tinha 21 anos, tornando-se, mais tarde, uma das principais representantes do abstracionismo informal. Sua obra, composta por pinturas, gravuras e esculturas, é celebrada mundialmente. Da artista, o público pode conferir gravuras recentemente doadas ao acervo da Coleção.

Há 18 anos, o CCSP divulga trabalhos de artistas em início de carreira por meio de seu Programa de Exposições. A mostra Ocidente/Oriente apresenta obras de nipo-brasileiros que participaram desse projeto. Tendo como proposta relacionar três pinturas em grande formato e nove desenhos com o espaço físico e o visitante, Alice Shintani expõe Quimeras. Já Celina Yamauchi, graduada em Artes Plásticas pela Universidade de São Paulo, utiliza reproduções fotográficas para trazer à tona a discussão entre imagens e sua representação em fotos. Além delas, integram também a exposição obras de Cláudio Matsuno, Juliana Kase, André Komatsu e César Fujimoto.


Serviço: Centro Cultural São Paulo. Rua Vergueiro, 1000 - Centro. Piso Caio Graco. Oriente – Ocidente. Sala Tarsila do Amaral. Oriente – Ocidente na coleção de arte da cidade – Pinacoteca municipal. De 28/6 a 3/8. 3ª a 6ª, das 10h às 20h. Sáb., dom. e feriado, das 10h às 18h. Grátis