Programação do Circuito Municipal de Cultura

Fevereiro 2018

CIRCO

O Grande Rabbit
O GRANDE RABBIT, surgiu da união de Conforto e Sizu, dois palhaços de cias. diferentes, que se encontraram e decidiram compartilhar seus sonhos. Acreditam que “o palhaço é a menor distância entre duas pessoas” e assim pensando, resolveram criar o Coletivo Miolo, que nada mais é do que a junção da Conforto & Cia. e da Cia dos Tortos. Desde o início dessa parceria (dezembro de 2015), o Coletivo Miolo passou por Shoppings de São Paulo, SESCs do interior e capital do estado, MIS, Teatros Distritais da cidade de São Paulo, festival de inverno de São Bento de Sapucaí, Teatro Fuscalhaço e teve sua estréia no SESC Campo Limpo.

Dia 03/02 às 16h - Casa de Cultura Itaquera-Raul Seixas
Dia 04/02 às 16h - Casa de Cultura São Rafael
Dia 17/02 às 16h - Centro Cultural do Jabaquara
Dia 24/02 às 18h - Casa de Cultura Tremembé

Precisa-se de Mágico
Cia Carolipa e Bartô

Bartolomeu e Carolipa são dois palhaços que estão procurando trabalho. Em uma de suas andanças eles encontram um circo que está precisando de um Mágico e uma assistente. Prontamente os dois se candidatam para as vagas no trabalho mais mágico no circo.
Os dois começam o show de mágicas. Entre elas estão algumas mágicas de baralho, As surpreendentes varinhas mágicas, A incrível transformação de Água em Café, A estonteante carta que pega fogo, entre muitas outras.
Ficha Técnica: Carolipa - Palhaça, Bartolomeu - Palhaç e Cristiana Fabricio - Técnica de Som.

Dia 03/02 às 14h - Casa de Cultura Campo Limpo
Dia 17/02 às 16h - Centro Cultural da Penha
Dia 18/02 às 16h - Casa de Cultura São Miguel Paulista
Dia 25/02 às 10h - Casa de Cultura Butantã

Se Chove Não Molha

Uma família de palhaços, o pai e seus dois filhos, chegam para apresentar um espetáculo, mas se atrapalham ao fazer os números, que acabam sempre da forma errada. Os 3 ficam nesse “chove não molha” e então percebem no final que, sem querer, apresentaram um espetáculo divertidíssimo. Nessa montagem o grupo traz esquetes tradicionais circenses adaptadas para a linguagem contemporânea do Circo Vox.
Ficha técnica: Gallo Cerello, Elena Cerântola e André Farias.

Dia 02/02 às 16h - Casa de Cultura Campo Limpo
Dia 10/02 às 16h - Casa de Cultura Itaquera-Raul Seixas
Dia 18/02 às 13h - CCJ Ruth Cardoso
Dia 24/02 às 16h - Casa de Cultura Guaianazes

Irmãos Becker - Circo Malabarístico
A dupla de palhaços André Becker e Duba Becker apresenta diversas técnicas de malabares, que evoluem ao longo da apresentação. O tradicional número com bolinhas chama atenção do público quando eles conseguem jogar sete objetos simultaneamente. Depois, eles usam chapéus como instrumento, criando um bonito e colorido desenho no ar.

Dia 17/02 às 15h - Casa de Cultura de Guaianazes
Dia 20/02 às 16h - Casa de Cultura M’Boi Mirim
Dia 24/02 às 16h - Casa de Cultura Brasilândia
Dia 25/02 às 16h - Casa de Cultura Santo Amaro

Comprei um circo, e agora?

A Cia Circle existe desde 2007, levando Circo de uma forma inovadora, criativa e com muita alegria por onde passa. Circle, vem do inglês e se traduz como círculo, além da pronuncia lembrar a palavra circo. A escolha desta palavra surgiu com a idéia de sermos um círculo. A Circle foi criada pelos artistas circenses Wellington Ramos e Daniele Ribeiro, em 2007. Trazendo a experiência da performance multimidia de Daniele Ribeiro, e o vasto conhecimento circense de Wellington Ramos. Assim, uniram o talento dos artistas circenses, aliados ao design de multimídia performático, trazendo uma nova forma de apresentar a arte circense.
Os palhaços resolvem comprar um circo, e marcam a grande inauguração, mas e agora? Cadê os artistas? Eles vão ter que se virar e ralar muito para fazer um grande espetáculo de Circo.

Dia 03/02 às 19h - Casa de Cultura da Freguesia do Ó
Dia 04/02 às 16h - Centro Cultural Cidade Tiradentes
Dia 07/02 às 15h - Casa de Cultura São Miguel
Dia 17/02 às 15h - Centro Cultural de Santo Amaro
Dia 17/02 às 18h - Casa de Cultura Butantã
Dia 18/02 às 15h - Centro Cultural Grajaú
Dia 24/02 às 18h - Casa de Cultura Mboi Mirim
Dia 25/02 às 18h - Casa de Cultura Itaim Paulista

 

 


TEATRO


Hysteria
Grupo XlX de Teatro
No final do século XIX, nas dependências de um hospício feminino carioca, cinco personagens internadas como histéricas revelam seus desvios e contradições - reflexos diretos de uma sociedade em transição, na qual os valores burgueses buscavam adequar a mulher a um novo pacto social. Cenicamente, abdica-se do palco e dos recursos de sonoplastia e iluminação, optando-se por um espaço não convencional, no qual a platéia masculina é separada da platéia feminina que é convidada a interagir com as atrizes. Esta interação, aliada a textos previamente elaborados, gera uma dramaturgia híbrida, única a cada apresentação.


Dia 07/02 às 19h - Casa de Cultura Mboi Mirim

Viajando com Mala Treco - Cia Malas Portam- Espetáculo Infantil
É uma mala de viagem com rodinhas ou um livro gigante? Será que é possível uma mala de viagem ser ela mesma um livro? Sim, é possível. Com vocês, Mala Treco. Quebra cabeças, brinquedos, experiências, mágicas... Quanto treco! Isso vai dar várias histórias,cantigas folclóricas que retratam a diversidade lúdica infantil.
Ficha Técnica:
Direção: Marlon Chucruts
Elenco: Marlon Chucruts, Edgard Jamelão,Rita Ritovski,Michele Mi
Dia 09/02 às 15h - Casa de Cultura de São Mateus


O Cabaré das Tias
Numa ambientação que remete aos antigos cabarés, quatro atrizes e um músico retomam poemas eróticos e luxuriosos de autores renomados, desde os gregos até os do século XX.
Dando representação a uma das mais importantes formas da experiência humana – o amor –, sempre de maneira divertida, ora encenando, ora cantando e dançando, buscam deleitar o público com o prazer de falar a respeito de coisas que ninguém ignora.

Dia 17/02 às 18h - Casa de Cultura Vila Guilherme
Dia 23/02 às 20h - Casa de Cultura Santo Amaro

 

Princesa Engasgada

A Peste, Cia. Urbana de Teatro conta a história de um grupo de comediantes, os clowns Laurel, Harpo e Groucho, que na busca pelo sustento chegam a uma cidade e em praça pública, apresentam a peça A Princesa Engasgada. O enredo mostra um camponês que é confundido com um médico e obrigado a curar a filha do rei, uma princesa que se engasgou com uma espinha de peixe. A sorte e a esperteza do humilde camponês fazem dele o médico mais famoso do reino a partir daí. O texto é baseado numa lenda medieval que deu origem à peça Médico à Força, de Molière.
Dia 03/02 às 16h - Centro Cultural Vila Formosa
Dia 10/02 às 14h - Casa de Cultura Hip Hop Leste
Dia 28/02 às 10h - Casa de Cultura São Mateus

MÚSICA


Cantoria Animada - Espetáculo Infantil
Cantando, dançando, tocando e escutando os pequeninos, a “Cantoria Animada” cria um ambiente lúdico e nostálgico ao explorar canções, sons de animais e de instrumentos e as deliciosas cirandas de rodas. O grupo, que já atua há 9 anos, tem se apresentado em Parques, Casas de Cultura, CEUs, Eventos e Festas. É formado por músicos atuantes em diversos outros projetos. Com interpretações próprias para clássicos, como Alecrim Dourado, Sapo Cururu e Fui no Mercado, os artistas convidam as crianças e toda a família a interagir, a brincar e a se divertir.
Dia 03/02 às 14h - Biblioteca Pública Municipal Rubens Borba Alves de Moraes
Dia 04/02 às 11h - Biblioteca Pública Municipal Ricardo Ramos
Dia 04/02 às 16h - Centro Cultural Vila Formosa
Dia 10/02 às 15h - Casa de Cultura São Rafael
Dia 24/02 às 14h - Biblioteca Pública Municipal Raimundo de Menezes


Cinnamon Tapes lança o disco “Nabia”
Cinnamon Tapes é o nome artístico da cantora, compositora, atriz e instrumentista brasileira Susan Souza, que lança “Nabia", disco de estreia em parceria com o norte-americano Steve Shelley como baterista e produtor, com lançamento pelo selo Balaclava Records.
O material foi gravado em Hoboken, nos Estados Unidos, entre 2016 e 2017, no estúdio mantido pelo Sonic Youth, local onde o grupo também registrou seus últimos trabalhos. As gravações contaram ainda com participações do norte-americano Emil Amos (Holy Sons, Grails, Om) e Paulo Kishimoto (Forgotten Boys, Riviera Gaz, Pitty).

10 de Fevereiro às 19h - Casa de cultura Hip Hop Leste
24 de Fevereiro às 20h - Casa de Cultura Ipiranga


Ary Sanches
Ary Sanches, acompanhado de sua banda, apresenta o show “EMOÇÕES”, uma viagem aos anos 60 e 70, com o melhor da jovem guarda, rock, pout pourri de italianas e boleros, além de grandes sucessos romanticos nacionais e internacionais, das décadas mais musicais da história.

17 de Fevereiro às 18h - Centro Cultural Penha
23 de Fevereiro às 15h - Casa de Cultura Ipiranga


Dexter
O rapper Dexter com a experiência dos seus 27 anos de carreira, se apresenta com o show de seu álbum mais recente: o “Flor de Lótus”. O nome vem de encontro a magia da linda flor oriental, que nasce em águas lodosas e faz uma analogia à uma fase difícil mas de grande aprendizado, enfrentada pelo rapper. Seu repertório em ordem cronológica dialoga entre as duas fases do álbum, período da vida de Dexter antes e após exílio como ele prefere chamar o tempo que esteve privado de sua liberdade. O show levará consciência, ritmo, entretenimento, muita emoção e acima de tudo muito amor por aquilo que o rapper faz.

04 de Fevereiro às 18h - Casa de Cultura Itaim Paulista
10 de Fevereiro às 20h - Casa de Cultura Vila Guilherme
25 de Fevereiro às 17h - Centro cultural da Juventude Ruth Cardoso


Músicas de Oz - Espetáculo Infantil
Tic Cultural

“Músicas de OZ”é a união do diretor musical Marcus Alcantarilla e dos artistas Anne Pelucci,Fagner Saraiva e Giba Freitas para cantar e narrar a história da garotinha Dorothy,do Homem de Lata,do Espantalho e d medroso Leão. Músicas originais acompanham esse enredo onde as personagens são apresentadas com bonecos, músicas e adereços...O público é convidado a cantar e embarcar no mágico mundo de OZ.

10 de Fevereiro às 15h - Casa de Cultura Guaianases
11 de Fevereiro às 15h - Casa de Cultura Itaim Paulista
17 de Fevereiro às 16h - Casa de Cultura Tremembé

Trio Macaíba

O Trio Macaíba nasceu em 2000 e, desde então, dedica-se a produzir uma linguagem musical que mistura ritmos tradicionais brasileiros (como baião, samba, côco e maracatu) ao jazz contemporâneo. À formação de sanfona, zabumba e triângulo – que marca o tradicional “forró pé-de- serra” – unem-se a riqueza rítmica da música popular brasileira, a improvisação e a harmonia jazzística.

17 de Fevereiro às 20h - Casa de Cultura Ipiranga
02 de Fevereiro às 19h - Casa de Cultura M’Boi Mirim
18 de Fevereiro às 16h - Casa de Cultura Itaquera-Raul Seixas

Tania alves “Alma Latina”

O show “ALMA LATINA”, da cantora e atriz Tania Alves, começa com uma linda e emocionante homenagem aos cantores que se tornaram ícones da música romântica, os grandes intérpretes da “dor de cotovelo” como Altemar Dutra (“Brigas”), Nelson Gonçalves (“Fica comigo Esta Noite”), Dalva de Oliveira (“Que Será?”) entre outros. Seguindo a trajetória dos grandes sucessos do rádio, Tania segue cantando o Amor ao interpretar hits da bossa- nova, um medley de um dos maiores representantes da música romântica no Brasil, o ídolo Roberto Carlos e ainda sucessos de Rita Lee e Caetano Veloso. Passeia pelas raízes do gênero cantando canções em espanhol e com seu carisma e alegria, finaliza o show com marchinhas de Carnaval, uma celebração ao espírito festeiro e à brejeirice da latinidade brasileira. “Mulata IÊIÊIÊ”, “Chiquita Bacana” e “Pierrot Apaixonado”

16 de Fevereiro às 19h - Centro Cultural Olido
18 de Fevereiro às 19h - Centro Cultural Flávio Império

Léo Maia canta Tim

Para celebrar a vida e a obra de um dos mais importantes – e controversos – talentos de nossa música, Léo Maia, filho do saudoso cantor e compositor, traz o show Tributo a Tim Maia, em homenagem ao pai. "Me sinto pronto para me dedicar ao repertório dele. Tem verdade no palco, dou vida às músicas do Tim", diz ele, que, com 20 anos de carreira e vários álbuns gravados, trilhou seu próprio caminho.

24 de Fevereiro às 19h - Casa de Cultura Butantã
18 de Fevereiro ás 15h - Casa de Cultura Brasilândia
17 de Fevereiro às 20h - Centro Cultural Flávio Império
10 de Fevereiro às 19h - Centro Cultural Olido

Picanha de Chernobill

Picanha de Chernobill, massiva e premiada melhor banda independente do Rio Grande do Sul, está em lançamento do terceiro álbum 'O Conto, a Selva e o Fim'.
Fenômeno nas ruas em São Paulo, com mais de 500 shows de livre acesso, mais de 13 mil fãs e seguidores, crescendo dia a dia entre público e crítica.
"Nos últimos anos, a rua tem sido nosso principal palco, é lá que temos o privilégio de mostrar nossa arte para qualquer pessoa, independente da idade, classe social, credo ou opção sexual. Nesse espaço democrático, a ajuda das pessoas possibilitou com que pudéssemos viver em São Paulo do nosso trabalho como músicos, que sempre foi o sonho de nossas vidas."

04 de Fevereiro às 16h - Casa de cultura Itaquera-Raul Seixas
25 de Fevereiro às 15h - Casa de Cultura Brasilândia

Linn da Quebrada

Uma Performance cênica musical pautada num repertório autoral atravessado pelas questões relativas ao corpo preto, periférico, bixa e transviado da artista. Nasce como grito, até então entalado na garganta. Nasce da necessidade de ter voz, de ser ouvida. Seu objetivo primeiro é empoderar corpos, é produzir encontros - seja nas ruas, festas, fervo - que modifiquem nossas relações ou o olhar
que temos sobre elas e nós mesmas. É resistência!

Dia 08/02 às 19h - Casa de Cultura São Rafael
Dia 10/02 às 19h - Centro Cultural Grajaú
Dia 09/02 às 21h - Casa de Cultura Freguesia do Ó
Dia 03/02 às 19h - Casa de Cultura Butantã
Dia 04/02 às 18h - Casa de Cultura Ipiranga

Organização Xiita

Organização Xiita foi formado em 1998 na cidade de Carapicuíba após a junção de três grupos da época, Tribunal Negro , Cães das Ruas e R.O.T.A , com o objetivo de trazer outra cara para o rap nacional. Em 1999 teve uma música na coletânea Nuno Mendes, 12 revelações da 105 FM . Em 2001 passaram a integrar o selo “Pau de dá em Doido” com Armagedom e Polemikaos, e em 2002 lançaram o disco “ GUERRA SANTA” com os grupos Armagedon, Polemikaos, Ponto de Tráfico, Xacara e Saga Periférica onde se apresentaram nas melhores festa de SP da época, com artistas internacionais como Ja Rule e Das EFX além de estar ao lado dos principais nomes do rap brasileiro como Racionais'mcs, Facção Central, Dina Di, Sp Funk , Criolo e vários outros , em 2006 o grupo lançou o DVD “Deixe os pretos loucos, ter dinheiro é ter sorte”
Após uma pausa de 11 anos o grupo volta aos trabalhos em 2017, com nova formação, que conta com Preta Bêa, Brado Anchieta, Nonato, Gegê que são as novas vozes do grupo liderados por Pixote Xiita e T-Mor, integrantes da formação Original.

Dia 16/02 às 18h - Casa de Cultura Hip Hop Sul
Dia 18/02 às 18h - Casa de Cultura Itaim Paulista
Dia 23/02 às 18h - Casa de Cultura Tremembé
Dia 24/02 às 19h - Casa de Cultura Hip Hop Leste

KL JAY (inserido em 30/01)
Foi apresentador do YO! MTV RAPS e discotecou de 1994 a 1996 na badalada Soweto, casa noturna que marcou a cultura Hip Hop em São Paulo. De 1999 a 2002 tocou juntamente com DJ Roger na festa Clube do Rap no Clube da Cidade de Diadema/SP e, atualmente se apresenta todas as noites de quinta-feira junto com os DJs Ajamu ,Marco e Will na festa conhecida por SINTONIA, projeto que já acontece há 11 anos. KL JAY também se apresenta por todo o país, dividindo o tempo em shows com o Racionais, discotecagem em casas noturnas, produções musicais e oficinas de DJ.

Dia 17 de Fevereiro às 19h - Casa de Cultura São Rafael
Dia 18 de Fevereiro às 16h - Casa de Cultura Itaquera/ Raul Seixas
Dia 24 de Fevereiro às 20h - Casa de Cultura Hip Hop/ Leste
Dia 25 de Fevereiro às 20h- Casa de Cultura São Mateus

INTERVENÇÕES ARTÍSTICAS

Black Poetry: Negritudes poéticas e outras consciências

BLACK POETRY é um dos espetáculos de spoken poetry do projeto Électricité, onde a performance literária e a interferência de vídeos pulsam no compasso rítmico do Soul, african-folk, spiritual jazz, cantiga de orixás e outras diásporas afrodescendentes.

Langston Hughes, Dundley Randall, Aimé Césaire, Gil Scott-Heron, Cruz e Sousa, Solano Trindade, Victoria Santa-Cruz, Alfred Panou, Candeia se alojam espiritualmente nas vozes e potência dramática de Rodrigo Brandão (MC Gorila Urbano), Rodrigo Carneiro (crooner do Mickey Junkies e performer dos Trovadores do Miocárdio) e com o ator e músico Caio Juliano.

Dia 18/02 às 19h - casa de cultura hip hop sul
Dia 25/02 às 16h - Casa de Cultura São Miguel
Dia 28/02 às 19h - Casa de Cultura do Campo Limpo

DANÇA

Cânticos que encantam - Batakere

O projeto “ Cânticos que Encantam” é um espetáculo/performance de dança com voz e percussão e interatividade com o público, inspirado em algumas expressões culturais existentes em nosso país como: Ciranda, afoxé, maculelê, capoeira, coco de roda, samba de roda, jongo, samba reggae, puxada de rede, percussão corporal, dança de rua, cacuriá e bumba meu boi. O trabalho é concebido para ser realizado em espaços alternativos, como áreas de convivência, pátios, praças, ruas ou teatros onde o público possa ter acesso ao palco.
Autor: Batakere | Elenco: Pedro Santos e Rafael oliveira | direção: Pedro Santos

Dia 03/02 às 14h - Biblioteca Pública Municipal Cora Coralina
Dia 04/02 às 19h - Casa de cultura Freguesia do Ó
ia 10/02 às 16h - Centro de Culturas Negras do Jabaquara
Dia 17/02 às 14:30h - Biblioteca Pública Municipal Vinicius de Moraes
Dia 18/02 às 11h - Biblioteca Pública Municipal Roberto Santos
Dia 23/02 às 18h - Casa de cultura Hip Hop Sul
Dia 24/02 às 20h - Casa de Cultura Campo Limpo
Dia 24/02 às 11h - Biblioteca Pública Municipal Jovina Rocha Álvares Pessoa

Dança Experimentos Concretos

Ponto de partida de uma pesquisa que esboça contornos da relação do indivíduo com a cidade, trazendo uma estética urbana para o estado corporal do flamenco, na tentativa de ressignificar seus gestos e intenções. Inspirado no livro de George Perec “Tentativa de esgotamento de um local parisiense” – obra que revela a experiência contemporânea de um voyeur urbano, contemplador e narrador da cidade. No ano de 1974, Perec permanece três dias seguidos na praça de Saint-Sulpice, em Paris, entre 18 e 20 de outubro, anotando tudo o que via. Com essa proposta, o autor transforma os acontecimentos cotidianos da rua em um texto composto por fotografias escritas, um catálogo de ações, gestos e imagens, uma lista de fatos insignificantes da vida cotidiana. Nesses primeiros 30 minutos que serão apresentados (primeira investigação), o caminho coreográfico escolhido assim como na narrativa de Perec, não terá regras, cadência ou hierarquia.
A movimentação flamenca é construída para além da estética e estrutura do flamenco tradicional. A inspiração dos gestos vem da experiência do ordinário, do simples, daquilo que acontece quando nada acontece, e da poesia que transborda dessa realidade banal e cotidiana.
Ficha Técnica: Ale Kalaf, Celine Costa, Erika Paulino de Carvalho, Carolina Prudente Corrêa

Dia 03/02 às 16h - Casa de Cultura Vila Guilherme
Dia 04/02 às 13h - Biblioteca Pública Municipal Viriato Corrêa
Dia 17/02 às 13h - Biblioteca Pública Municipal Jamil Almansur Haddad
Dia 18/02 às 13h - Biblioteca Pública Municipal Chácara do Castelo
Dia 23/02 às 14h - Biblioteca Pública Municipal Prof. Arnaldo Magalhães Giácomo
Dia 24/02 às 14h - Biblioteca Pública Municipal Malba Tahan
Dia 25/02 às 11h - Biblioteca Pública Municipal Vicente Paulo Guimarães


Kelvin, O vira-lata
Cia MovMente

Dirigido pela Helena Figueira, da Cia. Suno, este espetáculo traz uma linda mensagem de amor e esperança, facilmente compreendida no gesto, na mímica e na dança deste personagem. A peça conta a história de um cãozinho abandonado que busca um novo lar, um novo dono. De maneira poética e bem humorada ele se relaciona com a dura realidade das ruas: o lixo, as pulgas, o frio e a falta de comida. “Kelvin, o vira lata” entretém, emociona e leva ao público uma mensagem lúdica de amor e esperança.
Elenco: Léo Molognie | Concepção: Cia. MoviMente e Kelson Barros | Roteiro: Léo Mologni | Direção: Helena Figueira | Produção: Felipe Junqueira e Kelson Barros

Dia 03/02 às 11h - Biblioteca Pública Municipal Lenyra Fraccaroli
Dia 04/02 às 11h - Biblioteca Pública Municipal Milton Santos
Dia 17/02 às 14h - Biblioteca Pública Municipal Cassiano Ricardo
Dia 18/02 às 11h - Biblioteca Pública Municipal Raul Bopp
Dia 24/02 às 14h - Biblioteca Pública Municipal Marcos Rey

 

Langnifan África – a União Dá a Força
O espetáculo além de promover o intercâmbio de culturas, busca o resgate das matizes da cultura africana. No espetáculo, o canto, a dança e os ritmos suscitam antigos provérbios da África e revelam ao público um pouco da cultural tradicional Sussu, etnia da Guiné.
Dia 03/02 às 18h - Casa de Cultura de Santo Amaro
Dia 16/02 às 18h - Casa de Cultura Tremembé

CINEMA

Cine Solar

O CINESOLAR é o primeiro cinema itinerante do Brasil movido a energia limpa e renovável, a energia solar. O projeto exibe filmes a partir da energia solar e promove arte e sustentabilidade através de oficinas artísticas e lúdicas.

O Cinesolar conta com dois carros equipados com placas solares que possibilitam, através de um sistema conversor de energia solar para elétrica, a exibição de filmes e apresentações artísticas. No interior dos veículos há cadeiras para o público, sistema de som, projeção e telão. A primeira unidade do Cinesolar é equipado com cabine de DJ com sistema de som para acompanhar as atividades. A segunda estação móvel de cinema, denominado Cinesolar Tupã, conta com um estúdio de TV. Junto com a exibição de filmes, o Cinesolar realiza diversas atividades relacionadas à sustentabilidade e meio ambiente.

Dia 03/02 às 20h - Centro Cultural Cidade Tiradentes
Dia 17/02 às 20h- Casa de Cultura de São Mateus
Dia 24/02 às 20h - Casa de Cultura Vila Guilherme