Teatro na Mário

Ciclo de Teatro na Biblioteca Mário de Andrade

Local: Auditório Rubens Borba de Moraes da Biblioteca Municipal Mário de Andrade – Rua da Consolação, 94, centro, São Paulo. Lotação: 170 lugares. 
Rua da Consolação, 94. / Telefone: (11) 3775-0002 

As senhas começarão a ser distribuídas 1h antes do início das atividades.

Entrada gratuita

 Foto de Ney Piacentini em cena

Espelhos- peça+ palestra+ oficina

A peça: "Espelhos", baseada nos contos "O Espelho" de Machado de Assis e Guimarães Rosa.

A trama propõe um personagem que se desdobra em duas figuras distintas, levando ao palco um inédito diálogo entre dois dos maiores escritores brasileiros. Machado de Assis, o cético, e Guimarães Rosa, o esperançoso.

Ney Piacentini Começou sua trajetória teatral na Universidade Federal de Santa Catarina e fundou, em 1980, em Florianópolis, o Grupo A de Teatro. Muda-se para São Paulo em 1985, a convite da TV Bandeirantes, e atua no programa Revistinha da TV Cultura ( que recebeu o prêmio APCA de melhor programa infanto-juvenil de 1990 e 1991). Participou dos filmes Cronicamente Inviável e O Quanto Vale ou É Por Quilo, de Sérgio Bianchi; Os últimos dias de Stephan Zweig de Sylvio Back, Não Por Acaso, de Felipe Barcisnki, Lula - o Filho do Brasil, de Fábio Barreto; Trabalhar Cansar de Marco Dutra e Juliana Rojas; e Tropicalismo Now, de Ninho Moraes. Em teatro fez, entre outros obras, Vira e Mexe (infantil de sua autoria), O Legítimo Inspetor Perdigueiro, de Tom Stoppard, O Catálogo, de Jean Claude-Carriére; Budro, de Bosco Brasil; e Um Céu de Estrelas, de Fernando Bonassi. A convite de Sérgio de Carvalho, entra, em 1997, para a Companhia do Latão, na atuou em todos as peças do grupo. É mestre em Artes Cênicas pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo. É idealizador e formatador das oito primeiras edições da Mostra Latino-Americana de Teatro de Grupo.
 

Datas das apresentações do espetáculo:

Local: Auditório
17/02 às 19h
19/02 às 19h
24/02 às 19h
26/02 às 19h

A palestra: A formação do sujeito brasileiro nas obras de Machado de Assis e Guimarães Rosa 

Local: Auditório

22/02 às 19h

A oficina: através de jogos, exercícios e improvisos teatrais serão encenados trechos de autores clássicos da literatura brasileira

mediante inscrição (30 vagas) através do e-mail ney.piacentini@gmail.com. Garantirão vaga na oficina os 30 primeiros que se inscreverem. Indicar no e-mail: nome completo, endereço, profissão, se é estudante ou não, se sim, indicar o local.

Local: Sala Branca- 2º andar

de 19/02 a 24/02 das 14h às 18h