Share

Vladimir Sacchetta

“A Mário de Andrade foi uma grande fonte de pesquisa.”

Imagem do post

Vladimir Sacchetta

Vladimir Sacchetta nasceu em 1950. Proveniente de uma família de militantes políticos, Sacchetta cresceu cercado de intelectuais, jornalistas e escritores, o que o motivou para entrar ainda muito jovem no mundo da leitura. Formou-se na Faculdade de Direito do Largo São Francisco e foi trabalhar como editor de coleções em fascículos da Editora Abril.

Foi justamente nesse momento que começou sua forte ligação com a Biblioteca Mário de Andrade. Para constituir a enciclopédia Nosso Século, a Biblioteca foi  sua grande fonte de pesquisa: “Eu era chefe de pesquisa dessa coleção e passava semanas e semanas na torre da Mário lendo as revistas”.

Na década de 1990 iniciou um projeto de pesquisa para fazer uma biografia de Monteiro Lobato. Desde então, foi cooptado pela vida e pela obra do escritor de O Sítio do Picapau Amarelo. E nessa busca por material, a Biblioteca Mário de Andrade foi, mais uma vez, fundamental.

Inspirado pela literatura de Monteiro Lobato, Sacchetta iniciou uma cruzada pela valorização do personagem Saci na cultura brasileira. É um dos criadores da Sosaci (Sociedade dos Observadores de Saci), entidade que busca discutir a identidade nacional: “Lobato foi o nosso saciólogo maior, como a gente diz”.

Sacchetta, que foi frequentador da Biblioteca em vários momentos e por vários motivos, considera a Biblioteca um símbolo da cidade que deve ser preservado: “Longa vida à Mário de Andrade! Tem que ficar mais aí, na cidade - bonita, prédio bonito, bem cuidado, iluminada, sala de leitura”.


Clique aqui para ler a transcrição do depoimento

 
Sinopse

Origem familiar: os pais militantes e o interesse pela leitura Infância e formação escolar Passagem pela Faculdade de Direito do Largo São Francisco Os anos de chumbo da Ditadura Militar Trabalho na Editora Abril Pesquisa de material na BMA para a elaboração da enciclopédia Nosso Século Contato com Paulo Duarte e palestras dele na BMA Interesse por Monteiro Lobato Elaboração da biografia de Monteiro Lobato Reedição das obras de Lobato Valorização do personagem Saci Projeto Sosaci (Sociedade dos Obervadores de Saci) Pesquisa sobre Carlos Marighella e o Partido Comunista BMA como um abrigo de intelectuais durante a Ditadura Militar Relação com Florestan Fernandes: como intelectual e político recuperação da BMA como espaço de debate e pesquisa Associação dos Amigos do Arquivo do Estado Obras revisitadas Situação das políticas culturais


Mapa afetivo de São Paulo

Gabriel Monteiro da Silva Rua Iguatemi Rua Augusta Praça Roosevelt Largo São Francisco


Expectativas e direções para a BMA

- Reativação das cabines de pesquisa;
- Melhoria do equipamento de reprografia;
- Recuperação do espaço para palestras, cursos e eventos;
- Ambiente agradável, funcionários preparados.


Ficha Técnica

data 27/08/2008 duração 107 minutos suporte 1 DVD transcrição 28 páginas / formato PDF local auditório da Galeria Olido interlocução Ana Elisa Antunes Viviani pesquisa Daisy Perelmutter/Ana Elisa Antunes Viviani / Jackeline Walendy direção audiovisual Sérgio Teichner edição de texto Suely Farah revisão e formatação Edélcio Lavandosk / Jackeline Walendy / Luana Vieira de Siqueira