SISTEMA MUNICIPAL DE BIBLIOTECAS

Quem somos em SMB

O Sistema Municipal de Bibliotecas – SMB é composto por 106 bibliotecas:

  • 51 bibliotecas públicas nos bairros
  • 5 bibliotecas centrais (Biblioteca Infantojuvenil Monteiro Lobato, Biblioteca Mário de Andrade e 3 bibliotecas do Centro Cultural São Paulo),
  • 46 bibliotecas dos CEUs,
  • 1 biblioteca do Arquivo Histórico Municipal,
  • 1 biblioteca do Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso - Biblioteca Jayme Cortez
  • 1 biblioteca do Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes (Biblioteca Maria Firmina dos Reis - temática de direitos humanos)
  • 1 biblioteca do Centro Cultural da Penha (Biblioteca José Paulo Paes)

Abertas ao público em geral, recebem cerca de quatro milhões de consultas por ano. Atualmente os acervos somam mais de cinco milhões de documentos, incluindo livros, CDs, DVDs, jornais, revistas, entre outros. Nas bibliotecas municipais o público poderá ler, pesquisar, pegar livros emprestados e outros materiais e usufruir de uma ampla programação cultural. O Sistema Municipal de Bibliotecas conta também com os Serviços de Extensão composto de Caixaestante, Ônibus-Biblioteca com roteiros fixos nas regiões mais periféricas da cidade, além de treze Bosques da Leitura e catorze Pontos de Leitura.

Bibliotecas de Bairro
São Paulo tem à disposição cinquenta e uma bibliotecas espalhadas pelos bairros da cidade que oferecem livros de literatura e informação, revistas, gibis, mangás, multimídia e outros. Doze delas fazem parte do projeto de Bibliotecas Temáticas, que tem acervo e atividades específicas nas áreas de poesia, cinema, música, cultura popular, ciências, meio ambiente, contos de fada, literatura fantástica, literatura policial, arquitetura e urbanismo, cultura afrobrasileira e direitos humanos. Além dos serviços de consulta, empréstimo e orientação à pesquisa e leitura, promovem atividades culturais.

Bibliotecas Temáticas
São bibliotecas de bairro que, além do acervo comum às demais, possuem acervo específico e programação cultural em uma determinada área do conhecimento. Treze bibliotecas já foram inauguradas entre 2006 e 2015.

Bibliotecas Centrais

Biblioteca Mário de Andrade
Uma das mais tradicionais instituições culturais do país, possui acervo expressivo com destaque para as coleções de artes, mapas periódicos, obras raras e acervo da ONU. Oferece, também, atendimento especializado a pesquisadores. No seu espaço acontecem eventos literários, exposições, cursos, palestras e outras atividades culturais.

Biblioteca Infantojuvenil Monteiro Lobato
Biblioteca infantil de referência nacional, reúne significativo acervo de literatura brasileira, infantil e juvenil, acervo bibliográfico e museológico sobre Monteiro Lobato, banco de textos teatrais e mantém o Teatro infantil Monteiro Lobato – Timol.

Bibliotecas do Centro Cultural São Paulo - Ocupando um espaço superior a 9 mil m², abrigam um dos mais significativos patrimônios bibliográficos do país.

  • Biblioteca Sérgio Milliet
    Destacam-se obras nas áreas de literatura latino-americana, filosofia, religião, ciências sociais e história. Possui seções especializadas em artes, hemeroteca, recursos audiovisuais e banco de peças teatrais.

  • Biblioteca Braille
    Planejada e equipada para atender a pessoas com deficiência visual, reúne em seu acervo livros didáticos, técnicos, literários, infanto-juvenis e periódicos em braille e áudio. A Biblioteca também atua como editora, produzindo livros em braille e livros falados. Possui computadores adaptados para que as pessoas com deficiência visual tenham acesso à internet.

  • Gibiteca Henfil
    Criada em 1991, na Biblioteca Viriato Correa, ganhou um novo espaço a partir de 1999, com sua reinauguração no CCSP. Sua coleção tem mais de 8 mil títulos entre quadrinhos, fanzines, periódicos e livros sobre histórias em quadrinhos.


Bibliotecas dos CEUs

As bibliotecas dos CEUs – Centros Educacionais Unificados – são unidades multidisciplinares, destinadas tanto ao público escolar quanto à comunidade em geral. Os acervos são compostos de livros, CDs, CD ROMs, DVDs, vídeos, e foram planejados de maneira a contemplar todas as faixas etárias, oferecendo atendimento à pesquisa, empréstimo domiciliar e programações culturais.

Serviços de Extensão

Bosque da Leitura
O Bosque da Leitura é um ambiente cultural alternativo localizado em parques da cidade que incentiva a leitura, facilita o acesso à informação e estimula a aprendizagem contínua dos cidadãos. Com um acervo de literatura e informação, funciona aos domingos das 10h às 16h (parte deles abrem também aos sábados, no mesmo horário), atendendo em média 700 usuários em cada unidade, entre crianças, jovens, adultos e idosos que frequentam os parques. Além de promover o lazer cultural, divulga os serviços regulares das bibliotecas públicas da cidade e promove eventos culturais como saraus, contação de histórias, encontro com escritores, espetáculos teatrais, apresentação de cordelistas entre outros, dentro da Programação Artes na Rua. Telefone: 11 2291-5763

Pontos de Leitura
Espaços criados em bairros desprovidos de equipamentos culturais ou de difícil acesso a Bibliotecas Públicas. Os Pontos de Leitura, com acervo de 2000 itens entre livros, revistas, jornais e obras de referência, permitem que a população local tenha acesso à leitura e à informação. Desde 2006 já foram instalados quinze Pontos de Leitura. Informações - Telefone: 11 2291-5763.

Ônibus-Biblioteca
Serviço criado para atender a bairros desprovidos de bibliotecas, facilitando o acesso à informação. Conta com paradas pré determinadas para cada dia da semana. Informações pelo telefone: 11 2291-5763 e 11 96051-2159

Caixaestante
Serviço móvel de leitura e extensão que conta com um acervo variado e visa atender comunidades com dificuldade de acesso às bibliotecas. É instalado em associações de bairro, entidades ou empresas. Para solicitação de implantação deste serviço, entrar em contato pelo telefone 11 2291-5763, informando perfil dos usuários e tipo de acervo de interesse.

logo SMB