Dicas de leitura - Folclore

Agosto é o mês do Folclore, aproveite para conhecer curiosidades sobre o assunto.

Folclore: riqueza em cultura e literatura


Em 22 de agosto é comemorado o Dia do Folclore no Brasil. Anualmente acontecem muitas festas e eventos que têm como tema as figuras tradicionais da cultura popular brasileira, como o Saci, a Mula-sem-cabeça e o Curupira.

A palavra folclore é de origem inglesa. A termo "folk", em inglês, significa povo, enquanto "lore" significa cultura. As histórias que conhecemos foram passadas de geração a geração e misturam fatos históricos com fantasias da imaginação popular. Esses mitos e lendas possuem um forte simbolismo e servem para passar mensagens importantes e explicar certos fenômenos da natureza.

O mês de agosto é dedicado a essa importante parte da cultura brasileira e você encontra nas prateleiras das Bibliotecas livros que falam sobre esse universo.

dicas de leitura - folclore

Abecê do folclore
Rossini Tavares de Lima
Painel representativo do que compõe a cultura popular brasileira. O estudante, além disso, encontrará informações que contribuirão para a sua formação intelectual. No Abecê entramos em contato com a Ciência do Folclore como defendia Rossini, com os conceitos e metodologias que norteiam as pesquisas nessa área.

O grande livro do folclore
Carlos Felipe
O Grande Livro do Folclore brasileiro é resultado de um magnífico trabalho de pesquisa, colhido durante anos por um dos maiores folcloristas do Brasil. Na hora de fazer sua pesquisa, professores, pais e alunos vão encontrar neste único volume, ricamente ilustrado, tudo de que precisam saber sobre as diversas formas de manifestações folclóricas de povo brasileiro: festas, danças, canções, lendas, mitos, costumes...

Armazém do folclore
Ricardo Azevedo
O saci, a Iara, o curupira, o Bicho-papão, o Lobisomem e muitas outras personagens do imaginário popular se reúnem nessa coletânea de contos, quadras populares, frases feitas, adivinhas, ditados, trava-línguas e receitas culinárias, abrindo ao leitor o vasto universo do folclore brasileiro.

Amigos do folclore brasileiro
Jonas Ribeiro
Quem já não ouviu falar dos pés virados do Curupira, da carapuça vermelha do Saci, da bela voz da Iara e do sofrimento do Negrinho do Pastoreio? Sem contar o medo que o Lobisomen, o Boitatá e a Mula-sem-cabeça provocam... Ah, como são lindas essas histórias brasileiras e que orgulho a gente sente da Vitória-régia, da Potira, do Barba Ruiva, do Anhangá e do Chico Rei. Engraçado... esses nomes nos são tão familiares que até parecem nomes de amigos. Pensando bem, de fato eles são sim. Amigos do folclore brasileiro.

Antologia do folclore brasileiro, vol. 1 e vol. 2
Luis da Câmara Cascudo
O primeiro volume apresenta os escritos deixados por cronistas dos séculos 16 ao 18, tais como os padres Anchieta e Manoel da Nóbrega, Fernão Cardim e Hans Staden. No segundo volume, Câmara Cascudo concentrou um maior número de autores brasileiros que desenvolveram seus trabalhos nos séculos 19 e 20. Estes documentos compilados respondem ao leitor as mais diversas questões sobre a essência da cultura brasileira, que tem suas raízes entre os índios, os negros e o europeu.

Folclore: mitos e lendas do folclore brasileiro
Marco Aurélio Lomonaco
O Folclore Brasileiro é um dos mais ricos do mundo. Nele, colaboraram além do elemento nativo (o í¬ndio), o português e o africano. Podemos dizer que esses três povos constituíram as raízes de nossa cultura. Ligado às mais profundas raízes do ser humano, o Folclore mantém de forma quase divinizada as lendas e os mitos que o compõe, isso em todas as suas incursões pelo mais longínquos lugares do país, florescendo de forma variada suas estórias, que agradam ao consciente coletivo.

Geografia dos mitos brasileiros
Luis da Câmara Cascudo
O autor percorreu o país de norte a sul numa pesquisa profundamente científica, relatando tudo quanto leu, viu e ouviu. Citando obras e autores idôneos no assunto, percorreu, pacientemente, todos os rincões, assinalando, comparando. Nesta obra é possível viajar num mundo maravilhoso e fantástico, acreditando em tudo e em todos, nesse passear geográfico em nosso país.


Na programação de agosto das Bibliotecas Públicas de São Paulo, temos o Agosto caipira, com teatros, filmes, contações e debates sobre a cultura popular brasileira, em especial a paulista. Vejam mais detalhes nas notícias de agosto.

Além da programação especial, existe a Biblioteca Temática em Cultura Popular Belmonte, onde você encontra acervo específico sobre o tema e também atividades ligadas ao assunto durante todo o ano.