Dicas de Leitura - Rock

Dicas de Leitura de julho comemora o Dia Mundial do Rock


O ROCK NOS LIVROS


Inspire-se no Dia do Rock para aprender mais sobre esse estilo musical.
O dia 13 de julho é conhecido como o Dia Mundial do Rock, comemorado ao redor do mundo com muitos shows e encontros musicais.
Na Literatura, há muito sobre a história desse estilo musical que se espalhou pelo mundo a partir dos anos 50.

 

Dicas de leitura - Rock


Nas Bibliotecas Públicas você encontra livros sobre o Rock’n Roll e sobre as inúmeras bandas que fizeram sucesso com ele.


 

O que é rock
Paulo Chacon
Existem vários rocks. Do mais harmonioso e melódico como os dos Beatles, passando pelo progressivo do Genesis e do Yes, até o mais pauleira do Deep Purple ou do Led Zeppelin. Tudo, na verdade, são 7 notas.


O livro do guitarrista
Tony Bellotto
O autor fala do seu trajeto como instrumentista e, ao mesmo tempo, conta a história do rock, esse gênero musical que tem na guitarra o seu grande símbolo. Estão aqui todas as bandas que marcaram época, os guitarristas mais criativos, os diferentes estilos do rock, os discos que ninguém pode deixar de ouvir.
 

BRock: o rock brasileiro dos anos 80
Arthur Dapieve
O pop-rock brasileiro, chamado por Dapieve de BRock, é retratado e analisado em vários detalhes. Do começo de tudo, passando pela Jovem Guarda, Raul Seixas e Mutantes até a explosão roqueira nos anos 80, o autor dá um panorama social e político do Brasil daqueles tempos. E os clássicos são todos devidamente homenageados.
 

Jovem guarda: em ritmo de aventura
Marcelo Fróes
Trajetória do movimento da “Jovem Guarda” e de seus ídolos mais representativos: Roberto Carlos; Erasmo Carlos e Wanderléa. Outros nomes, também importantes, não são esquecidos pelo autor, entre os quais podemos citar o grupo Renato e seus Blue Caps, Golden Boys, Leno & Lilian, THe Clevers/Os incríveis, além de muitos outros.


O melhor de Mutantes
Luciano Alves
Álbum com 25 sucessos da primeira banda verdadeiramente pop do Brasil, no qual se destacam - Balada do louco, Desculpe babe, Banho de lua, Ando meio desligado, Baby, Hey boy, Panis et circenses, Bat macumba, Dois mil e um, Rita Lee, Uma pessoa só, Não vá se perder por aí, Cidadão da Terra, Rua Augusta, Portugal de navio, Dom Quixote e muitos outros.

 
A vida até parece uma festa: toda a história dos Titãs
Hérica Marmo e Luiz André Alzer
Considerada por muitos a maior banda de rock do Brasil (até numericamente, pois já teve oito integrantes) e até hoje um dos pilares da música pop brasileira, o grupo Titãs ganha uma caprichada biografia fruto de intensa e apaixonada pesquisa dos jornalistas Hérica Marmo e Luiz André Alzer.


Apenas uma garotinha: a história de Cássia Eller
Ana Claudia Landi e Eduardo Belo
Este livro tem como missão reconstituir a agitada trajetória de uma das maiores vozes que a música pop nacional já ouviu. A infância feliz, as primeiras traquinagens, a descoberta da música e do amor. Fala do talento e da ousadia de Cássia. Tímida, inteligente, divertida, debochada, brigona, calada, genial, paciente, terna, carinhosa, criativa. Cássia foi tudo isso ao mesmo tempo.


Barão Vermelho: por que a gente é assim
Guto Goffi, Ezequiel Neves e Rodrigo Pinto
O livro relata a história da banda Barão Vermelho desde a sua fundação em 1981 até o seu recesso em 2007 e vem acompanhado de um CD com os primeiros registros do Barão Vermelho. O livro é a imagem da banda: ágil, divertido, contestador. Com a cara da juventude que provocou um terremoto naquele país "careta" do final da ditadura militar. O leitor vai ter contato com o dia-a-dia dos barões sem retoques: as festas, os envolvimentos amorosos de Cazuza e o consumo de drogas.