Teatro nas bibliotecas em junho

Feira de Teatro Lambe-Lambe, Buzum, 100 + Nem Menos, A Bola: Histórias que rolam, A Loja de Brinquedos, Draguinho, Alvorada, Casos Cascudos, Que Bicho é Esse?, Página Mágica, Outros Eus e Recontando uma Aventura, Saltimbamcos, Dr Friky e Dandara são os espetáculos teatrais de junho nas bibliotecas.

Feira de Teatro Lambe-Lambe
Classificação Indicativa: Livre | Duração: 60 minutos A Feira é composta por cinco caixas independentes que se encontram para serem apresentadas simultaneamente, ocupando os espaços e povoando o ambiente com a poética que emana das histórias em minimalistas, contadas por meio das mais variadas técnicas de teatro de animação. Cinco caixeiros lambe-lambe se encontram para iniciar os trabalhos. Caixas se distribuem pelo espaço, formando a grande Feira de Teatro Lambe-lambe onde as mais diversas e poéticas histórias são contadas por meio de sombras, bonecos e interações das mais variadas linguagens do teatro de animação.
Dia 7 de junho às 11h - Biblioteca Vicente Paulo Guimarães
Dia 8 de junho às 14h - Biblioteca Jamil Almansur Haddad
Dia 9 de junho às 14h - Biblioteca Marcos Rey
Dia 12 de junho às 10h - Biblioteca Padre José de Anchieta
Dia 13 de junho às 14h - Biblioteca Gilberto Freyre
Dia 15 de junho às 14h - Biblioteca Vicente de Carvalho
Dia 16 de junho às 11h - Biblioteca Brito Broca
Dia 16 de junho às 14:30 - Biblioteca José Mauro de Vasconcelos
Dia 19 de junho às 10h - Biblioteca Menotti Del Picchia
Dia 20 de junho às 14h30 - Biblioteca José Mauro de Vasconcelos
Dia 21 de junho às 14h - Biblioteca Afonso Schimdt

Buzum
Classificação Indicativa: Livre | Duração: 6 horas
O espetáculo conta de maneira bem humorada o caminho da língua portuguesa pelo mundo, sua expansão pela Ásia, África e América do Sul. Em um ambiente intimista, com o uso de bonecos e um texto dinâmico, crianças e professores descobrem a presença de expressões e palavras africanas na língua portuguesa, de alimentos e plantas indígenas na cultura brasileira e que a tão comentada Globalização já começou há séculos. Os bonecos saem das páginas de um enorme livro para ilustrar os caminhos feitos pelos portugueses em busca de novos territórios e especiarias e é claro, sua chegada ao Brasil.
Dia 2 de junho às 09h30, 10h, 10h30, 13h30, 14h e 14h30 - Biblioteca Lenyra Fraccaroli
Dia 6 de junho às 09h30, 10h, 10h30, 13h30, 14h e 14h30 - Biblioteca Thales Castanho de Andrade
Dia 16 de junho às 10h30, 11h, 11h30, 14h, 14h30 e 15h - Biblioteca Paulo Duarte
Dia 23 de junho às 09h30, 10h, 10h30, 13h30, 14h e 14h30 - Biblioteca Helena Silveira
Dia 26 de junho às 09h30, 10h, 10h30, 13h30, 14h e 14h30 - Biblioteca Camila Cerqueira César
Dia 27 de junho às 09h30, 10h, 10h30, 13h30, 14h e 14h30 - Biblioteca Érico Veríssimo
Dia 30 de junho às 10h30, 11h, 11h30, 14h, 14h30 e 15h - Biblioteca Rubens Borba Alves de Moraes

100 + nem Menos

100 + Nem Menos
Classificação Indicativa: Livre | Duração: 60 minutos
O espetáculo “100 + Nem Menos” aborda os primeiros contatos da criança com o universo dos números, da matemática e do desenho, onde o contar ou riscar se apresentam de forma lúdica em seu cotidiano.
A encenação não usa texto, e de uma técnica original de animação de objetos, linhas coloridas flutuam pelo ar formando algarismos, bonecos e figuras inspiradas no traço infantil, que surgem e desaparecem de forma inesperada.
Com técnicas de teatro, dança e animação de objetos e bonecos, os esquetes reinventam brincadeiras folclóricas e temas do cancioneiro popular. A trilha sonora contém músicas cantadas ao vivo e outras compostas especialmente para a encenação. Imagens, ora remetem à arte Naif, às garatujas infantis e aos quadros de Joan Miró e Paul Klee e ora brincam com conceitos primários da Matemática.
Dia 2 de junho às 11h - Biblioteca Infantojuvenil Monteiro Lobato

A Bola: Histórias que rolam
Classificação indicativa: Livre | Duração: 60 min
Inspirado no livro "O Chute que a bola levou" de Ricardo Azevedo.
Bolas de futebol nascem e vão parar na prateleira de uma loja. Todas têm um só sonho: jogar com os maiores craques e balançar as redes em grandes campeonatos. Mas quando saem da loja a história é outra: elas passam por diversas situações nada parecidas com aquelas sonhadas, sendo ora protagonistas, ora testemunhas dessas experiências de vida-jogo. Assim, as bolas vão descobrindo outros caminhos que a vida pode traçar, podendo ser tão divertidos quanto os seus sonhos.
Dia 1 de junho às 14h - Biblioteca Prof. Arnaldo Magalhães Giácomo
Dia 5 de junho às 10h - Biblioteca Menotti Del Picchia
Dia 6 de junho às 14h30 - Biblioteca Roberto Santos
Dia 7 de junho às 11h - Biblioteca Clarice Lispector
Dia 9 de junho às 11h - Biblioteca Camila Cerqueira César
Dia 14 de junho às 11h - Biblioteca Pedro Nava
Dia 16 de junho às 11h - Biblioteca Nuto Sant’Anna
Dia 21 de junho às 11h - Biblioteca Aureliano Leite
Dia 28 de junho às 14h - Biblioteca Raul Bopp

A loja de Brinquedos

A Loja de Brinquedos
Classificação Indicativa: Livre | Duração: 60 minutos
O espetáculo surge com a necessidade de estabelecer uma reflexão junto ao público infantojuvenil sobre uma maneira mais respeitável de estar no mundo discutindo de forma lúdica e descontraída sobre os padrões de beleza impostos pela mídia e sobre a beleza encontrada na diversidade.
Além dessa abordagem, que é fio condutor da peça, outras nuances do desenvolvimento infantil são abordadas, que são as brincadeiras e a sua importância. A partir do ato de brincar, as crianças trazem novas linguagens que lhe ajudam a pensar a realidade de forma mais criativa.
Dia 1o de junho às 10h - Biblioteca Menotti Del Picchia
Dia 7 de junho às 14h - Biblioteca Mário Schenberg
Dia 8 de junho às 14h30 - Biblioteca Affonso Taunay
Dia 9 de junho às 14h - Biblioteca Cassiano Ricardo
Dia 10 de junho às 11h - Biblioteca Hans Christian Andersen
Dia 14 de junho às 14h30 - Biblioteca Milton Santos

Draguinho

Draguinho
Classificação Indicativa: Livre | Duração: 60minutos
A longínqua cidade de Dragz é o cenário desse divertido espetáculo que conta a história de Draguinho, um jovem dragão que descobre de repente, que não é capaz de soltar fogo pela boca ou pelo nariz. Através de muitas gargalhadas e momentos de reflexão, o público é convidado a se encantar com esse simpático personagem, e a se questionar sobre onde está a beleza do mundo depois de se aventurar pela floresta e viajar para dentro de seus próprios sentimentos.
Dia 6 de junho às 14h - Biblioteca Érico Veríssimo
Dia 7 de junho às 15h - Biblioteca Viriato Corrêa
Dia 8 de junho às 16h - Biblioteca Álvaro Guerra


Alvorada

Alvorada
Classificação Indicativa: Livre | Duração: 60 minutos
Inspirado em letras de amor da música popular brasileira, Alvorada utiliza-se da linguagem das máscaras expressivas para contar uma linda história sem a utilização de palavras.
Dia 2 de junho às 11h - Biblioteca Cassiano Ricardo
Dia 7 de junho às 14h - Biblioteca Álvares de Azevedo
Dia 8 de junho às 15h - Biblioteca Castro Alves
Dia 10 de junho às 11h - Biblioteca Paulo Sérgio Duarte Milliet
Dia 14 de junho às 14h - Biblioteca Mário Schenberg
Dia 17 de junho às 11h - Biblioteca Cora Coralina
Dia 22 de junho às 14h30 - Biblioteca Affonso Taunay
Dia 24 de junho às 11h - Biblioteca Clarice Lispector

Casos Cascudos

Casos Cascudos
Classificação Indicativa: Livre | Duração: 60 minutos
Espetáculo de animação inspirado livremente em três contos do pesquisador brasileiro Câmara Cascudo. A montagem utiliza diferentes técnicas de manipulação e construção, como o tradicional mamulengo, bonecos de vara feitos a partir de cabaças e brinquedos populares de madeira. A trilha musical, ao vivo e gravada, traz à lembrança antigas canções populares.
Dia 7 de junho às 14h - Biblioteca Afonso Schimidt
Dia 12 de junho às 14h30 - Biblioteca Rubens Borba Alves de Moraes
Dia 14 de junho às 14h30 - Biblioteca Vinicius de Moraes
Dia 19 de junho às 14h - Biblioteca Jamil Almansur Haddad
Dia 21 de junho às 15h - Biblioteca Viriato Corrêa
Dia 26 de junho às 14h30 - Biblioteca Cora Coralina
Dia 28 de junho às 14h - Biblioteca Ricardo Ramos

Que Bicho é Esse?

Que Bicho é Esse?
Classificação Indicativa: Livre | Duração: 60 minutos
O Grupo Pasárgada, com mais de 45 anos de trajetória, apresenta "Que Bicho É Esse?". A companhia é conhecida por trabalhar com a cultura popular brasileira e com temas como a exclusão social. No palco, uma princesa, ao lado de um bicho esquisito, testemunha o esforço de príncipes que querem pedir sua mão em casamento. Para subir ao altar, eles precisam passar por uma série de provas - mas a princesa nem tem certeza se quer colocar a aliança.
Dia 6 de junho às 14h30 - Biblioteca Raimundo de Menezes
Dia 12 de junho às 14h - Biblioteca Malba Tahan
Dia 13 de junho às 14h30 - Biblioteca Roberto Santos
Dia 19 de junho às 15h - Biblioteca Paulo Setúbal
Dia 20 de junho às 14h - Biblioteca Sérgio Buarque de Holanda

Páginas Mágicas

Página Mágica
Classificação Indicativa: Livre | Duração: 50 minutos
'Página Mágica' foi concebida a partir da literatura. Serão 4 Histórias independentes: O Saci, Chapeuzinho Vermelho, A lenda do Guaraná e Dom Quixote. Nesse primeiro momento, a estória a ser contada será a do Saci.
Três atores, Manul Fadul, Felipe Lwe e Vanessa Silva e mais de 20 bonecos representam uma versão criada por Beto Andreetta, desse que é um dos personagens mais conhecidos da cultura popular. O enredo gira em torno da preservação de uma floresta que corre o risco de ser destruída para a construção de uma cidade.
Dia 2 de junho 11h e 14h - Biblioteca Alceu Amoroso Lima
Dia 5 de junho 11h30 e 14h30 - Biblioteca Belmonte
Dia 13 de junho 11h e 14h - Biblioteca Álvares de Azevedo
Dia 23 de junho 11h e 14h - Biblioteca Infantojuvenil Monteiro Lobato
Dia 27 de junho 11h e 14h - Biblioteca Gilberto Freyre
Dia 30 de junho 11h e 14h - Biblioteca Cassiano Ricardo

Outros Eus

Outros Eus
Classificação Indicativa: adulto | Duração: 60minutos
Outros Eus é a adaptação da obra teatral de Fernando Pessoa intitulada O Marinheiro, uma obra minutosimalista, provocatória e de vanguarda. O Marinheiro talvez seja o próprio Fernando Pessoa, concentrado na realidade e ação, no sonho de viver. O espetáculo percorre o pensamento e alguns poemas do poeta português, para falar deste estado criativo, inventando um personagem real em seu quarto, através da prosa e da poesia.
Dia 2 de junho às 14h - Biblioteca Helena Silveira
Dia 19 de junho às 14h30 - Biblioteca Belmonte

Recontando uma Aventura
Classificação Indicativa: Livre | Duração: 60minutos
Dois homens trabalham em sua rotina diária, fazendo a limpeza de uma esquina qualquer da cidade. Quando entre as sucatas encontram o livro “Moby Dick”. É quando, por meio de uma simples lembrança, embarcam em uma aventura inesperada, recontando, de forma extremamente criativa, lúdica e bem-humorada, o clássico.
Dia 24 de junho às 10h30 - Biblioteca Alceu Amoroso Lima
Dia 30 de junho às 11h - Biblioteca Jovina Rocha Álvares Pessoa
Dia 30 de junho às 14h - Biblioteca Marcos Rey

Os Saltimbancos
Classificação indicativa: Livre | Duração: 55min
A peça, inspirada no conto dos irmãos Grimm “Os Músicos de Bremen”, narra a história do encontro de quatro animais (um jumento, um cachorro, uma galinha e uma gata), que devido a maus tratos, fugiram de seus patrões. Juntos decidem formar um grupo musical e rumam a cidade para começar a carreira artística. No caminho encontram seus antigos donos e temendo serem novamente escravizados, resolvem enfrentá-los. Os bichos vencem e chegam a conclusão de que unidos conseguirão superar todas as dificuldades.
Dia 7 de junho às 15h - Biblioteca José Paulo Paes

Dr Friky
Classificação indicativa: Livre | Duração: 55min
Dr. Friky é um saltimbanco contemporâneo que viaja pelo mundo compartilhando a sua excêntrica maneira de ver as coisas. Com sua sagacidade e ingenuidade, o Dr. Friky desperta um olhar curioso e atrevido para tudo que faz, embarcando ao seu público numa viagem de loucura. Inspirado em personagens de comics e desenhos animados constrói cenas repletas de truques e gags originais que são elaboradas através da manipulação de objetos do cotidiano, acompanhados de comédia física, participação do público sobre uma base de humor ácido.
Dia 3 de junho às 11h - Biblioteca Paulo Duarte
Dia 14 de junho às 15h - Biblioteca José Paulo Paes
Dia 17 de junho às 15h - Biblioteca Jayme Cortez

Não Tem Xícara
Classificação indicativa: 14 anos. Indicado para jovens e adultos. Duração: 60 min
Com humor inteligente e ágil, o grupo de improvisadores promete fazer de cada sessão uma experiência única, através de espetáculos completamente diferentes, guiados a partir dos estímulos da plateia. A ideia a ser desenvolvida em cada sessão, parte de uma palavra que está em algum livro do acervo da Biblioteca dita por alguém da plateia. Esta palavra vai inspirar a criação de um monólogo que poderá ser realizado por um dos atores do elenco. Depois disso, todos os atores do elenco improvisam cenas utilizando-se de referências da literatura.
Dia 26 de junho às 14:00 - Biblioteca Pedro Nava
Dia 27 de junho às 15:00 - Biblioteca Paulo Sérgio Duarte Milliet
Dia 29 de junho às 15:00 - Biblioteca Castro Alves
Dia 30 de junho às 14:00 - Biblioteca Adelpha Figueiredo

Construtório
Classificação indicativa: Livre. Duração: 50 min
Três operários ficam impedidos de saírem da obra em que trabalham, ao final do cansativo expediente, por conta de uma tempestade que não os deixa voltarem para as suas casas. “Presos” que estão, no entanto, libertam a fantasia para criar as mais incríveis aventuras: transformam ferramentas, e demais objetos da obra, em instrumentos de suas viagens pela imaginação. Assim recontam, com muita criatividade, alguns contos de fadas, parodiam, com bom humor, filmes clássicos, criam e interagem com bichos e criaturas formadas pelas mais inusitadas coisas. Revelam-se, por fim, operários de uma obra muito especial. São, sobretudo, poetas, construtores de sonhos...
A Cia Truks utiliza a técnica de teatro conhecida por “Teatro de Objetos”, no qual o uso cotidiano do objeto são modificados para construir novas criaturas, ou simbolizar personagens.
Dia 10 de junho às 11:00 - Biblioteca Cora Coralina
Dia 17 de junho às 10:00 - Biblioteca Camila Cerqueira Cesar


Dandara

Classificação indicativa: Livre. Duração: 90 min
Dandara não quer casar com ninguém, mas seu pai Valduir quer que ela se case a qualquer custo, não vê a hora de ser avô e, por precisar de um sucessor para sua delegacia. É aí que Sebastião vê a oportunidade de se dar bem na história; decido a tomar o lugar de Valduir na delegacia ele aceita casar-se com Dandara, mas não é o único. Frederico que é muito esperto também está de olho no casório, ou melhor, no dote de Dandara, assim ele poderá salvar a sua falida fazendinha, única herança que recebeu do pai. Acontece que Dandara descobre tudo e bate o pé que não casará nem com Frederico nem com Sebastião. O que ela não sabe e que seu destino, na verdade, está na mão de outra pessoa, ou melhor, de outras pessoas.
Dia 5 de junho às 15:00 - Biblioteca Paulo Setúbal