PREFEITURA DE SÃO PAULO

Dança nas bibliotecas de bairro em janeiro

Breves Partituras para Muitas Calçadas, Experimentos Concretos, Kelvin, O vira-lata e Cânticos Que Encantam são espetáculos de dança que acontecem em janeiro nas bibliotecas

20/12/2017 18h46

Breves Partituras para Muitas Calçadas
Dança para crianças.
A calçada é um universo, um território cheio de paisagens, de objetos e modos de estar. A calçada é mar? É rio? É córrego? É quintal? A calçada ficava a beira de uma criança... A calçada é casa, é cama, mesa, jardim, cadeira, sala, banheiro, teatro, lojinha, sala de dança, lugar de brincar, espaço de ir e vir, de esperar, de encontrar, de se despedir. A calçada é uma margem de uma ilha chamada quarteirão.
A proposta do grupo Lagartixa na Janela com a performance “Breves partituras para muitas calçadas” é constituir relações com o espaço em sua configuração territorial, criando assim um diálogo com o público, que se inicia pela contemplação estética, abrindo espaços para o encontro e interação com as performers.
Lagartixa na Janela grupo é dirigido por Uxa Xavier, artista e educadora da dança, e existe desde 2010. Tem como proposta pesquisar o território de criação e pedagogia em dança contemporânea para crianças.
Dia 20 de janeiro às 10h30 - Biblioteca Clarice Lispector
Dia 20 de janeiro às 14h30 - Biblioteca Camila Cerqueira César
Dia 21 de janeiro às 11h30 - Biblioteca Roberto Santos
Dia 27 de janeiro às 10h30 - Biblioteca Álvares de Azevedo
Dia 27 de janeiro às 14h30 - Biblioteca José Mauro de Vasconcelos
Dia 28 de janeiro às 11h - Biblioteca Vicente Paulo Guimarães

Experimentos Concretos
Ponto de partida de uma pesquisa que esboça contornos da relação do individuo com a cidade, trazendo uma estética urbana para o estado corporal do flamenco, na tentativa de ressignificar seus gestos e intenções. Inspirado no livro de George Perec “Tentativa de esgotamento de um local parisience” – obra que revela a experiência contemporânea de um vouyer urbano, contemplador e narrador da cidade. No ano de 1974, Perec permanece três dias seguidos na praça de Saint-Sulpice, em Paris, entre 18 e 20 de outubro, anotando tudo o que via. Com essa proposta, o autor transforma os acontecimentos cotidianos da rua em um texto composto por fotografias escritas, um catálogo de ações, gestos e imagens, uma lista de fatos insignificantes da vida cotidiana. Nesses primeiros 30 minutos que serão apresentados (primeira investigação), o caminho coreográfico escolhido assim como na narrativa de Perec, não terá regras, cadência ou hierarquia.
A movimentação flamenca é construída para além da estética e estrutura do flamenco tradicional. A inspiração dos gestos vem da experiência do ordinário, do simples, daquilo que acontece quando nada acontece, e da poesia que transborda dessa realidade banal e cotidiana.
Classificação indicativa: livre
Dia 27 de janeiro às 13h - Biblioteca Paulo Sérgio Duarte Milliet

Kelvin, O vira-lata
Espetáculo de dança para crianças
Dirigido pela Helena Figueira, da Cia. Suno, este espetáculo traz uma linda mensagem
de amor e esperança, facilmente compreendida no gesto, na mímica e na dança deste personagem. A peça conta a história de um cãozinho abandonado que busca um novo lar, um novo dono. De maneira poética e bem humorada ele se relaciona com a dura realidade das ruas: o lixo, as pulgas, o frio e a falta de comida. “Kelvim, o vira lata” entretém, emociona e leva ao público uma mensagem lúdica de amor e esperança.
Classificação indicativa: livre.
Dia 27 de janeiro às 11h - Biblioteca Álvaro Guerra

Cânticos Que Encantam
Espetáculo de dança
O projeto “ Cânticos que encantam” é um espetáculo/performance de dança com voz e percussão e interatividade com o público, inspirado em algumas expressões culturais existentes em nosso país como: Ciranda, afoxé, maculelê, capoeira, coco de roda, samba de roda, jongo, samba reggae, puxada de rede, percussão corporal, dança de rua, cacuriá e bumba meu boi. O trabalho é concebido para ser realizado em espaços alternativos,
como áreas de convivência, pátios, praças, ruas ou teatros onde o público possa ter acesso ao palco.
Classificação indicativa: livre.
Dia 27 de janeiro às 14h - Biblioteca Alceu Amoroso Lima