PREFEITURA DE SÃO PAULO

Destaques do fim de semana - 11 e 12 de novembro

Brincante: Línguas Brincantes, Circo: Mágica para crianças e para toda família, Duo Simetria, Malabarista Bruno Edson, Um beijo para Benjamin, Intervenção Artística: Caça ao tesouro, Casinha de rodas, Komboio Cultural, Muliga, Intervenção Literária: Sob os olhos de Eva, Lançamento de livro e Contação de Histórias, Música: Devonts, Tressilo Trio, Roberta Oliveira e o Bando de Lá, Quarteto Tessares, Bimboleta, Póin, Hilda Maria voz e piano, Palestra: II Simpósio de Educação Inclusiva, Saraus: Café com Poesia, Veia e Ventania nas Bibliotecas de São Paulo, Teatro: Drive-Thru Petit, Crime e Castigo, Artimanhas do arco-da-velha, Quizumba

08/11/2017 11h28

BRINCANTE


Línguas Brincantes
Quando estamos num espaço público podemos encontrar com pessoas conhecidas e desconhecidas, diferentes e muito diferentes. Como lidamos com elas? Como aprendemos a lidar? Será que nós, ouvintes, podemos brincar com surdos? Será que quem usa a Língua Portuguesa pode se divertir com uma língua de sinais? E será que a tradução é o melhor caminho?

É este o desafio que o grupo êBA! propõe. Por meio de brincadeiras, dinâmicas e rodas de conversas, a ideia é levar todos a um grau de entrega e interação, quebrando barreiras que só o lúdico, o mágico e a diversão são capazes de quebrar. Serão realizadas atividades que estimulam a troca e o contato entre os participantes, utilizando o espaço público não como segregação e individualismos, mas como fonte de riquezas e aprendizados.
O gRUPO êBA! surgiu no início de 2012 a partir da intersecção entre diversos interesses: a contação de histórias, as brincadeiras infantis, a cultura popular e a cultura Surda. Foi com estas quatro bases que desenvolvem técnicas de narração que unem o público surdo e o ouvinte num mesmo universo lúdico e interativo – o que também se desdobra em oficinas, formação de educadores e intervenções culturais.
Dia 11 de novembro às 11h – Biblioteca Paulo Sérgio Duarte Milliet

CIRCO


Mágica para crianças e para toda família!

Um show de mágica completamente interativo, envolvendo e prendendo a atenção de todos, com um toque de humor inteligente e um tanto de mágica ao acaso. Maico Silveira utiliza seu conhecimento de mímica, teatro, contação de histórias e, claro, de mágica! Para encantar e surpreender o público.
Classificação indicativa: infantil/ todas as idades. 60 minutos de duração.
Dia 11 de novembro às 11h – Biblioteca Marcos Rey
Dia 11 de novembro às 14h – Biblioteca Malba Tahan
Dia 12 de novembro às 11h – Biblioteca Álvares de Azevedo

Duo Simetria
Duas vértices com um só objetivo, unindo força, flexibilidade, confiança e equilíbrio a fim de um mesmo propósito. A essência acrobática é o que alimenta o “Duo Vilela e Maeda”, a pró-atividade e a elegância os consomem!
Dia 11 de novembro às 11h – Biblioteca Álvaro Guerra
Dia 12 de novembro às 11h – Biblioteca Gilberto Freyre

Malabarista Bruno Edson
O artista circense Bruno Edson Equilibrista – O Homem Foca apresenta-se frequentemente nos eventos da Secretaria Municipal da Ação Cultural e Turismo de Caieiras, Grande São Paulo. Nesse mesmo órgão, é professor/oficineiro nesta arte há mais de 20 anos.
Trata-se de profissional com mais de 60 anos de atividade que tem apresentações em todo o país, nos circos mais renomados, e em diversos países.
O artista é bem versátil nas artes circenses: malabares, lenços chineses, equilíbrio em bola, blocos dançantes etc. E sua apresentação mais esperada é com os famosos pratos dançantes equilibrados.
O show pode chegar a até 60 minutos, via de regra é entre 40 e 50 minutos. É bastante alegre, com interação constante com os espectadores, especialmente se crianças.
A experiência do profissional transforma o show em sessão de visual estimulante e sonoridade agradável.
Dia 11 de novembro às 11h – Biblioteca Raul Bopp
Dia 12 de novembro às 11h – Biblioteca Roberto Santos

Um beijo para Benjamin
Respeitável público, o grupo Circo Teatro Palombar apresenta o espetáculo “Um beijo para Benjamim” composto por variedades circenses, música e poesia. É uma singela homenagem ao múltiplo artista Benjamim de Oliveira, um homem negro que marcou o Circo Teatro Brasileiro como ator, músico e palhaço entre tantos outros talentos. V
Dia 12 de novembro às 11h – Biblioteca Lenyra Fraccaroli
Dia 11 de novembro às 11h – Biblioteca Vinícius de Moraes

INTERVENÇÃO ARTÍSTICA


Caça ao Tesouro
Linguagem: infantil
A ideia é achar os tesouros nas biblioteca: livros incríveis, ao descobrir os livros falamos deles. Contamos história, falamos dos autores.
Colocamos fantasias nas crianças, tapa-olhos, lenços, espadas (levo tudo pronto, feito artesanalmente). Teremos mapa, binóculos, pás, bússola.
O interessante nesse projeto é explorar os espaços das Bibliotecas que são incríveis, conhecer livros, autores, de uma maneira lúdica e divertida.
Classificação indicativa: Infantil/ todas as idades. 3h de duração.
Dia 11 de novembro às 11h – Biblioteca Menotti Del Picchia
Dia 12 de novembro às 10h – Biblioteca José Mauro Vasconcelos
Dia 12 de novembro às 14h – Biblioteca Chácara do Castelo

Casinha de Rodas
Um micro-ônibus totalmente transformado em um espaço lúdico produzido com todo carinho para as crianças brincarem e viajarem na imaginação. O “Casinha de Rodas” foi montado usando materiais reciclados e sustentáveis, e os ambientes foram preparados para estimular a criatividade das crianças onde elas se surpreendem encontrando várias atividades dentro de um ônibus nas suas proporções. A arte educadora Renata Martins, idealizadora e produtora do Casinha de Rodas é quem, juntamente com sua equipe, realiza as viagens e coordena as visitas dos nossos pequenos viajantes ao ônibus.
Classificação indicativa: Infantil/ todas as idades. 3h de duração.
Dia 11 de novembro às 13h – Biblioteca Adelpha Figueiredo
Dia 12 de novembro às 9h – Biblioteca Érico Veríssimo

Komboio Cultural
Ação itinerante destinada ao público infantil. Nela o grupo Zig Zag apresenta seu repertório de canções autorais e alegra a criançada com brincadeiras tradicionais interativas. Músicos e artistas circenses afirmam que brincar é coisa séria e convidam toda a família a se divertir.
Dia 12 de novembro às 10h – Biblioteca Thales Castanho de Andrade

Muliga
Um pocket show interativo a partir da possibilidade de desenvolver atividades manuais nascidas do próprio livro, envolvendo tintas, pinceis e papeis se tornam máscaras ou pássaros e abrindo novas possibilidades que estimulem a capacidade perceptiva das crianças através das artes.
A proposta do Projeto Muliga tem sua essência em canções performática e relação direta com a oficina sugerida (máscara de gato e/ou revoada de pássaros). Num primeiro momento, Julli Pop instrui as crianças e joga com elas em oficinas que envolvem tintas, pinceis e papeis que poderão se tornar mascaras ou pássaros, enquanto isso o Guilherme Chiappetta, conhecido como DJ Ratão solta bases para embalar a brincadeira.
Classificação indicativa: Infantil/ todas as idades. 60 minutos de duração.
Dia 12 de novembro às 11h – Biblioteca Pedro Nava

 

INTERVENÇÃO LITERÁRIA


Sob Os Olhos de Eva
Bate-papo lítero musical sobre o livro “Sob os Olhos de Eva” com trilha sonora, uma experiência marcante em conjunto com o show acústico.
O projeto “Sob os Olhos de Eva” visa a compreensão da história das revoluções através da releitura do mito da culpa original como mito heróico e fundador do espírito contestador dos protagonistas da história e agora visualizado como o primeiro ato da humanidade de romper com dogmas e estruturas de poder na busca pela verdade e autonomia, opondo-se a uma ordem caprichosa, que seria a expressão mítica dos vários veículos de opressão, sejam políticos ou religiosos.
Classificação indicativa: a partir de 14 anos. 50 minutos de duração.
Dia 11 de novembro às 14h – Biblioteca Alceu Amoroso Lima
Dia 12 de novembro às 11h – Biblioteca Camila Cerqueira César

Lançamento de Livro e Contação de Histórias
Contação de História, com temática infantil.
Dia 11 de novembro às 15h - Biblioteca Hans Christian Andersen

 

MÚSICA


Devonts
Devonts é um duo que soa como banda. Chamam a atenção seus duetos vocais cheios de sintonia e seu formato visual único que, apesar de enxuto, traz uma sonoridade intensa e orgânica, a ponto de fazer os olhos duvidarem dos ouvidos. A partir do folk tradicional, contemporâneo e da música regional brasileira, criam uma identidade que funde a riqueza rítmica da nossa cultura popular com elementos do pop. Suas letras são reflexivas e questionadoras, muitas vezes trazendo à tona mazelas sociais e satirizando agentes repressores, sempre de modo originalmente descontraído e sutil. A banda apresenta as canções do seu primeiro álbum, “Alguns Anos Daqui”, lançado em agosto deste ano.
Classificação indicativa: a partir de 12 anos. 60 minutos de duração.
Dia 11 de novembro às 14h – Biblioteca Helena Silveira
Dia 12 de novembro às 11h – Biblioteca Castro Alves

Tressilo Trio
Um show de valorização da música e cultura latino americanas em versões instrumentais com gaita, violino, bandolim e violão. Tangos, boleros e música brasileira como ‘La Cumparcita’, ‘Sabor a mi’ e ‘Pedacinhos do céu’.
Classificação indicativa: a partir de 12 anos. 50 minutos de duração.
Dia 12 de novembro às 11h – Biblioteca Padre José de Anchieta

Roberta Oliveira e o Bando de Lá
Conhecida pela beleza da voz e expressividade no palco, a cantora Roberta Oliveira é tida atualmente como uma das revelações do samba paulista. Completando cinco anos de parceria musical com O Bando de Lá, a artista nascida em Campinas (SP) se destaca também pela singularidade do repertório, que traz influências do samba rural, cantigas de terreiro e sambas de velha guarda. O grupo Roberta Oliveira & O Bando de Lá surge em 2012 e nesses cinco anos de trajetória prova a importância da resistência artística de um conjunto que, mesmo inserido no contexto contemporâneo do samba, conquistou espaço e notoriedade pelo trabalho de pesquisa e valorização de compositores da velha guarda, do samba rural e do samba de terreiro. Com seu repertório singular, a banda contribui para levar adiante uma herança musical por vezes esquecida ou até desconhecida pelo atual público da metrópole.
Classificação indicativa: a partir de 12 anos
Dia 11 de novembro às 15h – Biblioteca Jayme Cortez
Dia 12 de novembro às 11h – Biblioteca Belmonte

Quarteto Tessares
O Quarteto Tessares tem como objetivo divulgar a música camerística através da popularidade da música de videogame, levando o ouvinte a uma viagem ao fascinante mundo dos videogames desde os anos 70, com os consoles ATARI e NES, até os dias de hoje, com Playstation 4 e o Xbox One, através dos seus principais temas, executados pela formação clássica de quarteto de cordas, com arranjos especialmente adaptados pelo grupo.
Classificação indicativa: a partir de 10 anos. 60 minutos de duração.
Dia 11 de novembro às 14h – Biblioteca Clarice Lispector

Bimboleta Grande Mar da Amizade
Musical infantil
Uma diversão para toda família. Neste show capitão Violão e Marinheira Violetta navegam por entre mares onde encontram-se com índios, princesas e palhaços. Convidando para um mergulho no universo lúdico Jaya e Violetta assumem diversos personagens enquanto cantam histórias cheias de aventura para crianças de todas as idades.
Dia 11 de novembro às 11h – Biblioteca Affonso Taunay
Dia 12 de novembro às 11h – Biblioteca Monteiro Lobato

Póin
Musical infantil
A POIN é um trabalho paralelo dos integrantes da cia cabelo de maria: um septeto formado por músicos que tocam violão, flauta, sosafone, acordeom, violino e percussão. É um espetáculo cuja principal característica a interatividade com o público, que é incluído de diferentes formas em todos os números musicais instrumentais apresentados, através de ações que explorem ritmo, afinação, coordenação motora e memória. E a diversão está garantida. O som da POIN é uma mistura de música dos bálcãs, klesmer, valsas malucas e música cigana. O ritmo é contagiante e é praticamente impossível assistir ao quarteto sem que o corpo inicie movimentos voluntários (ou não) ao compasso da música.
Classificação indicativa: a partir de 4 anos. 60 minutos de duração.
Dia 11 de novembro às 11h – Biblioteca Prefeito Prestes Maia
Dia 12 de novembro às 11h – Biblioteca Hans Christian Andersen

Hilda Maria voz e piano
Acompanhada pelo piano de Luciano Ruas, parcerias e composições suas inspiradas nas matrizes brasileiras, além de interpretações de Milton Nascimento, Dorival Caymmi e Ademilde Fonseca entre outros.
Classificação indicativa: a partir de 12 anos. 50 minutos de duração.
Dia 11 de novembro às 14h – Biblioteca Rubens Borba Alves de Moraes
Dia 12 de novembro às 11h – Biblioteca Amadeu Amaral

PALESTRA

II Simpósio de Educação Inclusiva
“Perto dos olhos, perto do coração”
Com certificado e coffe-break. 14 palestrantes.
Investimento: R$100,00
Inscrições e maiores informações:
Espaço TK - (11) 2831-5064, espacotk@hotmail.com
Dias 11 e 12 de novembro das 8h às 17h - Biblioteca Hans Christian Andersen

SARAUS

Sarau Café com Poesia
Venham passar o sábado conosco, traga seu cafézinho e mostre sua arte no palco.
Dia 11 de novembro às 8h - Biblioteca Hans Christian Andersen

Projeto Literatura Periférica: Veia e Ventania nas Bibliotecas de São Paulo
O projeto Veia e Ventania tem como objetivo levar atividades artísticas que dialogam com o universo da Literatura e do Livro para as Bibliotecas da periferia de São Paulo: os Saraus.
Os encontros são feitos por grupos ou coletivos de pessoas que, por meio da mediação e mobilização das comunidades de onde são realizados, proporcionam a aproximação do público com a leitura e a literatura brasileira, criando uma experiência cultural única em seus territórios.
O Projeto é uma realização da Coordenadoria do Sistema de Bibliotecas em parceria com realizadores de Saraus que inclui grande programação nas diversas Bibliotecas Públicas da cidade.
Todos os saraus são gratuitos e com indicação livre.

Sarau Poetas do Tietê
Dia 11 de novembro às 14h – Biblioteca Afonso Schmidt

Sarau da Maloca
Dia 11 de novembro às 14h – Biblioteca Jamil Almansur Haddad


TEATRO


Drive-Thru Petit

Espetáculo/intervenção em formato de lanchonete fast-food. O público dispõe de um menu com cinco opções de monólogos de até 4 min. As crianças fazem o seu pedido e assistem individualmente à sua peça dentro desta caixa acolhedora e cheia de segredos. Sob um prisma inovador e de forte humor, as temáticas dos monólogos perpassam questões de identidade, medos, amadurecimento e relação com o outro.
Classificação indicativa: a partir de 6 anos. 60 minutos de duração.
Dia 11 de novembro às 12h30 – Biblioteca Ricardo Ramos
Dia 11 de novembro às 14h30 – Biblioteca Aureliano Leite
Dia 12 de novembro às 12h – Biblioteca José Paulo Paes

Crime e Castigo
Monólogo imaginado como sequência do romance escrito por Fiódor Dostoievsky entre 1866 e 1871. Comemora os 150 anos da primeira edição dessa obra clássica. Aos 60 anos, Ródion Românovitch Raskólnikov faz um retrospecto de sua vida, marcada pelo assassinato de duas mulheres. Após cumprir a pena de oito anos de prisão na Sibéria, ele teve a oportunidade de reconstruir sua história, graças ao amor de Sôfia Semionóvna Marmeládova, carinhosamente chamada de Sônia ou Sonechca. Esse contexto encerra o romance original. O monólogo pretende situar Raskólnikov como homem maduro, trinta após ser libertado. Quando cometeu o crime, ele era um jovem estudante de Direito em Petersburgo. De temperamento melancólico e irritadiço, ele se vê obrigado a abandonar a escola aos 23 anos por causa da pobreza, e se torna obcecado por uma ideia sobre a relatividade da moral burguesa. Ele quer saber se é "um piolho" ou se pertence àquela casta de humanos aos quais tudo é permitido.
Classificação indicativa: a partir de 14 anos. 60 minutos de duração.
Dia 12 de novembro às 11h – Biblioteca Mário Schenberg

Artimanhas do arco-da-velha
O espetáculo de teatro Infanto-juvenil Artimanhas do arco-da-velha resgata passagens espirituosas e bem humoradas da literatura popular como o conhecido conto “O macaco e o boneco de alcatrão”, e a história de Pedro Malasartes e a sopa de pedra.
Dia 12 de novembro às 11h – Biblioteca Paulo Duarte

Quizumba!
Espetáculo inspirado no andamento de uma roda de capoeira, num misto de jogo, canto, dança e teatro. No centro da roda dois meninos que estão (re)descobrindo o mundo.
Mestre Benedito é quem rege esta brincadeira, utilizando-se de elementos plásticos e musicais. Dando cor e vida aos personagens, o mestre viaja no tempo narrando a história do menino Francisco, o Zumbi dos Palmares, para ensinar seu discípulo Pastinha como equilibrar covardia e valentia e enfrentar os desafios da vida.
O espetáculo, dirigido por Camila Andrade e com dramaturgia de Tadeu Renato, estreou em 2011 no Quilombo Cafundó em Salto de Pirapora-SP. Realizou temporadas na cidade de São Paulo e desde então circula por diversas cidades.
Dia 11 de novembro às 14h – Biblioteca Sylvia Orthof
Dia 12 de novembro às 12h – Biblioteca Brito Broca