Dicas de Leitura - Antes do Arco-íris

Para as dicas de leitura de setembro, obras de Thomas Mann, Marcel Proust, Radclyffe Hall, Jean Genet, Gore Vidal, James Baldwin, Marguerite Yourcenar e Virginia Woolf trazem temas ligados à orientação sexual e/ou às identidades de gênero.

No decorrer da primeira metade do século XX, bem antes do surgimento do Movimento LGBT dar visibilidade a luta por direitos de Lésbicas, Gays, Bissexuais e Trangêneros, autores como Thomas Mann, Marcel Proust, Radclyffe Hall, Jean Genet, Gore Vidal, James Baldwin, Marguerite Yourcenar e Virginia Woolf produziram verdadeiros tesouros literários que também deram visibilidade a temas ligados à orientação sexual e/ou às identidades de gênero. Entre os anos de 1910 e 1950, a literatura, ao retratar as questões que cercavam essas temáticas, tornou-se, em conjunto com os tratados médicos-legais, um dos poucos canais a dar visibilidade social às diferenças humanas.  As Dicas de Leitura de setembro propõe uma viagem pelo universo produzido por esses autores.

dicas de leitura LGBT


A Cidade e o Pilar - Gore Vidal
Trata da passagem para a vida adulta de um jovem que descobre sua própria homossexualidade. Jim e Bob compartilham momentos de intimidade sexual. Jim não esquece esses momentos e passa grande parte da vida buscando algo que traga de volta a felicidade daquele instante.

Giovanni - James Baldwin
Quando David e Giovanni se conhecem em um bar em Paris, se envolvem em um caso de amor apaixonado, porém o retorno da namorada de David à capital francesa põe um fim no relacionamento dos rapazes. Incapaz de admitir a verdade, David finge que a relação entre os dois nunca aconteceu. Giovanni, louco pela perda de seu amado, se envolve em um homicídio e é sentenciado à morte, e David não consegue mais negar seu verdadeiro amor.

Memórias de Adriano - Margarite Yourcenar

Autobiografia imaginária sobre a vida do imperador romano Adriano. Tem o formato de uma carta, que teria sido escrita por Adriano ao seu filho adotivo, e futuro imperador, Marco Aurélio. Adriano se lembra dos principais episódios de sua existência, porém não são as façanhas públicas e heróicas que constituem o centro vital de seu relato, mas sim seu amor platônico pelo jovem Antínoo.

Morte em Veneza - Thomas Mann

Gustav von Aschenbach decide viajar para Veneza para descansar. No hotel se apaixona platonicamente por Tadzio, um jovem de família polonesa. Embora observe Tadzio obsessivamente, jamais ousa falar com ele, no máximo trocam olhares furtivos e fugazes.

Nossa Senhora das Flores - Jean Genet

O autor consegue tornar seus personagens marginais em seres apaixonantes, contando a história de um triângulo amoroso entre uma travesti, um ladrão e um adolescente. O romance se passa na cela de uma prisão, onde é retratada a solidão do homem e a hipocrisia das relações humanas.

Orlando: uma biografia – Virgínia Woolf

Uma biografia fictícia a respeito da vida de Orlando, um jovem nascido em uma família de boa posição em plena Inglaterra elisabetana e que um dia, durante uma viagem à Turquia, acorda no corpo de uma mulher.

O Poço da Solidão - Radclyffe Hall
Herdeira de uma família tradicional da classe alta, Stephen Gordon passou os primeiros anos de sua vida sob rígidas regras de conduta dos últimos anos do reinado da rainha Vitória.  Stephen teve a homossexualidade aparente desde tenra idade e se apaixona por Mary Llewellyn, mulher que conhece em seu serviço como motorista de ambulância durante a Primeira Guerra Mundial.

Sodoma e Gomorra - Marcel Proust
Quarto volume de Em busca do tempo perdido, apresenta o mundo do homoerotismo masculino (sodoma) e o do feminino (gomorra) através das relações amorosas de Barão de Charlus com Jupien e Morel, depois com Albertine.


Consulte o nosso catálogo onlinepara saber em quais bibliotecas estão disponíveis estes e outros livros. Veja também a lista das bibliotecas pelas regiões de São Paulo.

Os temas das dicas de leitura são escolhidos ao acaso,  levando-se em conta o número expressivo de exemplares disponíveis nas bibliotecas.